Edição digital
Assine já
PUB
Transportes

Costa Cruzeiros lança folheto para o mercado português e promove itinerários com golfe

Companhia de cruzeiros apresentou esta sexta-feira, a bordo do Costa Fascinosa, em Lisboa, as propostas para o mercado português ao longo do próximo ano.

Inês de Matos
Transportes

Costa Cruzeiros lança folheto para o mercado português e promove itinerários com golfe

Companhia de cruzeiros apresentou esta sexta-feira, a bordo do Costa Fascinosa, em Lisboa, as propostas para o mercado português ao longo do próximo ano.

Inês de Matos
Sobre o autor
Inês de Matos
Artigos relacionados
TICV recebe avião para repor ligações interilhas em Cabo Verde
Aviação
Etihad Airways retoma voos para Bali a 25 de junho
Aviação
Aeroporto Internacional de Hamad é o “Melhor do Mundo”
Transportes
Grupo SATA com sistema braille a bordo
Transportes
Receitas turísticas voltam a crescer em fevereiro e somam mais 181M€
Destinos
Vila Galé abre as portas dos seus hotéis na Figueira da Foz e em Isla Canela
Hotelaria
ADHP considera aumento da taxa turística em Lisboa “despropositado”
Alojamento
MotoGP em Portimão traz cerca de 87M€ para o Algarve
Destinos
MSC Cruzeiros apresenta os sete distritos do MSC World America
Transportes
10.ª edição do “Vê Portugal” aposta nos desafios futuros das ERT e na paz para o turismo
Destinos

A Costa Cruzeiros lançou um novo folheto dedicado ao mercado português, denominado ‘O Melhor da Costa 2023’, que inclui as propostas da companhia de cruzeiros para os Emirados Árabes Unidos, Mediterrâneo, Ilhas Gregas e Norte da Europa ao longo do próximo ano.

“Temos um novo folheto, que se chama ‘O Melhor da Costa para 2023’. Lançámos este folheto em português, para mostrar quais são os melhores programas que temos para o mercado português”, explicou esta sexta-feira, 30 de setembro, Rafael Fernández, responsável de Comunicação da Costa Cruzeiros para Espanha e Portugal, durante uma apresentação a bordo do Costa Fascinosa.

De acordo com o responsável, este novo folheto inclui “também uma série de argumentos sobre porque se deve fazer um cruzeiro na Costa”, assim como as propostas da companhia que levam diretamente o passageiro “desde casa até ao porto de embarque”.

Incluído no novo folheto da Costa Cruzeiros está também um itinerário, em outubro do próximo ano, com partida e chegada a Lisboa, e que contempla 15 dias de duração e escalas em Cádis, Barcelona, Marselha, Savona, Valência, Lanzarote, St. Cruz de Tenerife e Funchal.

Além deste, a Costa Cruzeiros vai ainda promover um itinerário, em junho, com partida de Lisboa e oito dias de duração, que prevê escalas em Vigo, Le Havre, Kristiansand, Aahrus e chegada a Kiel.

Além dos itinerários portugueses, Rafael Fernández falou ainda sobre o novo programa Cruise & Golf que a companhia lançou para os adeptos do golfe e que permite “comprar um pacote de três ou quatro green fees em campos de golfe em Itália, França e Espanha”.

“Está a ter muito sucesso porque quem gosta de golfe pode jogar em três ou quatro campos distintos na mesma semana, sem os custos associados a essas viagens”, explicou o responsável, revelando que devido à elevada procura a companhia decidiu alargar esta oferta aos Emirado Árabes Unidos.

“Como está a ter muito sucesso, no próximo ano vamos também lançar este pacote nos Emirados Árabes Unidos. Vai ser possível jogar, até durante a noite, em campos do Dubai, Abu Dhabi, Omã ou Qatar”, acrescentou.

A apresentação dos destaque da programação da Costa Cruzeiros para o próximo ano decorreu esta sexta-feira, 30 de setembro, a bordo do Costa Fascinosa, navio que está a realizar um itinerário de posicionamento desde o Norte da Europa para o Mediterrâneo e que embarcou cerca de 50 passageiros na capital portuguesa.

Depois deste itinerário de reposicionamento, o Costa Fascinosa vai fazer mais dois cruzeiros com partida e chegada a Lisboa, a 30 de outubro e 19 de novembro, e duração de 11 e 13 dias, respetivamente. O primeiro itinerário prevê escalas em Gibraltar, Valência, Barcelona, Savona, Marselha, Málaga e Cádis, enquanto o segundo passa em Gibraltar, Valência, Barcelona, Savona, Marselha, Tanger, Casablanca e Cádis.

O Costa Fascinosa fica no Mediterrâneo até dezembro, altura em que será novamente reposicionado nas Caraíbas, onde vai passar o inverno.

Com 1508 cabines, das quais 524 com varanda, o Costa Fascinosa presta homenagem ao teatro e ao grande cinema, e que conta com parque aquático com nove piscinas e hidromassagens, casino, 12 bares, seis restaurantes, área infantil com temática Peppa Pig, percurso para corrida, campo de jogos, teatro e Spa.

 

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Artigos relacionados
TICV recebe avião para repor ligações interilhas em Cabo Verde
Aviação
Etihad Airways retoma voos para Bali a 25 de junho
Aviação
Aeroporto Internacional de Hamad é o “Melhor do Mundo”
Transportes
Grupo SATA com sistema braille a bordo
Transportes
Receitas turísticas voltam a crescer em fevereiro e somam mais 181M€
Destinos
Vila Galé abre as portas dos seus hotéis na Figueira da Foz e em Isla Canela
Hotelaria
ADHP considera aumento da taxa turística em Lisboa “despropositado”
Alojamento
MotoGP em Portimão traz cerca de 87M€ para o Algarve
Destinos
MSC Cruzeiros apresenta os sete distritos do MSC World America
Transportes
10.ª edição do “Vê Portugal” aposta nos desafios futuros das ERT e na paz para o turismo
Destinos
PUB
Aviação

TICV recebe avião para repor ligações interilhas em Cabo Verde

Segundo a TICV, a entrada deste aparelho no país já foi autorizada pela Agência de Aviação Civil de Cabo Verde, prevendo-se que o aparelho comece a operar nos próximos dias, com capacidade para transportar 50 passageiros.

A TICV – Transportes Interilhas de Cabo Verde recebeu um avião Bombardier Dash 8 Q300 que vai permitir a reposição das ligações interilhas em Cabo Verde, indicou a companhia aérea que realiza os voos entre as ilhas do arquipélago cabo-verdiano.

“A TICV – Transportes Interilhas de Cabo Verde recebeu uma aeronave Bombardier Dash 8 Q300, que foi mobilizada para suprir a ausência, por motivos de manutenção, de dois aviões ATR 72-600”, lê-se num comunicado da companhia aérea, que é controlada pela Bestfly.

A TICV indica que a entrada deste aparelho no país já foi autorizada pela Agência de Aviação Civil de Cabo Verde, prevendo-se que o aparelho comece a operar nos próximos dias.

“A aeronave ficará ao serviço da TICV até à entrada em linha dos aviões que se encontram em manutenção”, acrescenta a companhia aérea, que revela que este aparelho de substituição conta com capacidade para transportar 50 passageiros.

Segundo Nuno Pereira, CEO da BestFly World Wide, acionista maioritário da TICV, a empresa continua empenhada em “promover uma conectividade interilhas funcional, eficiente e confiável”, uma vez que está ciente do “importante papel” que desempenha em Cabo Verde.

“A entrada desta nova aeronave irá regularizar a operação da companhia e suprir as dificuldades verificadas nas últimas semanas. Estamos inteiramente comprometidos com a missão que assumimos para com Cabo Verde e os cabo-verdianos e continuaremos a mobilizar todos os esforços para prestar um serviço de qualidade”, acrescenta o responsável.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Aviação

Etihad Airways retoma voos para Bali a 25 de junho

Os voos da Etihad Airways para Bali são retomados a 25 de junho, com quatro ligações semanais que, segundo a companhia aérea, estão “programadas para chegar a Bali pela manhã”.

A Etihad Airways vai retomar, a 25 de junho, a operação entre Abu Dhabi e a ilha de Bali, na Indonésia, disponibilizando quatro voos por semana entre os dois destinos.

“Os voos diretos para a ilha tropical da Indonésia começam a 25 de junho, com partida de Abu Dhabi, quatro vezes por semana”, lê-se numa nota informativa da companhia aérea.

A Etihad Airways indica que os voos estão “programados para chegar a Bali pela manhã”, permitindo que os passageiros passem “o resto da tarde a aproveitar tudo o que a ilha tem a oferecer”.

As partidas da Etihad Airways para Bali decorrem às terças, quintas, sábados e domingos, saindo de Abu Dhabi às 22h25 para chegar à ilha da Indonésia às 11h35 do dia seguinte. Em sentido contrário, as partidas de Bali são às segundas, quartas, sextas e domingos, pelas 18h45, chegando a Abu Dhabi às 23h45.

Além de Bali, a Etihad Airways vai abrir também voos para Al Qassim, Antalya, Jaipur, Málaga, Mykonos, Nairobi, Nice e Santorini, este verão.

Todos os destinos estão acessíveis para os passageiros portugueses através do Aeroporto Internacional de Abu Dhabi e dos voos que a companhia aérea realizar entre Lisboa e a capital dos Emirados Árabes Unidos.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Aeroporto Internacional de Hamad é o “Melhor do Mundo”

Além de ter sido considerado como “Melhor Aeroporto do Mundo” nos Skytrax World Airport Awards de 2024, o Aeroporto Internacional de Hamad também foi reconhecido como “Melhor Aeroporto do Mundo para Compras” pela segunda vez consecutiva e “Melhor Aeroporto do Médio Oriente” pelo décimo ano consecutivo.

O Aeroporto Internacional de Hamad (DOH) garantiu novamente a sua distinção como o “Melhor Aeroporto do Mundo” nos Skytrax World Airport Awards 2024, atribuídos na Passenger Terminal Expo 2024 em Frankfurt, Alemanha. O aeroporto também conquistou o título de “Melhor Aeroporto do Mundo para Compras” pela segunda vez consecutiva e de “Melhor Aeroporto do Médio Oriente” pelo décimo ano consecutivo.

O reconhecimento do Aeroporto Internacional de Hamad baseia-se em avaliações meticulosas efetuadas por passageiros de companhias aéreas. Estes avaliaram o desempenho do aeroporto em vários indicadores-chave e elegeram-no como o melhor do mundo entre um grupo com mais de 500 aeroportos concorrentes a nível mundial.

Badr Mohammed Al-Meer, CEO do Grupo Qatar Airways que liderou o desenvolvimento e crescimento do Aeroporto Internacional de Hamad durante a última década, considera que este feito é “um testemunho da dedicação da nossa equipa e dos nossos parceiros, que contribuíram para proporcionar aos passageiros a melhor experiência de viagem”.

Badr Mohammed Al-Meer sublinhou, de resto, a importância de compreender as necessidades dos passageiros e a evolução das tendências de viagem. “No centro da nossa estratégia de crescimento estão os passageiros, a evolução das suas necessidades e o nosso empenho em satisfazer e exceder as suas expectativas. Introduzimos uma série de experiências no aeroporto, incluindo o ‘Souq Al Matar’, que aproxima os viajantes da hospitalidade e da cultura do Qatar, o ‘Orchard’, local ideal para relaxar e repor energias entre voos, e um conjunto de lounges de luxo. Continuamos empenhados em superar os padrões da indústria para manter a nossa posição como o principal aeroporto do mundo.”

O Aeroporto Internacional de Hamad serviu mais de 45 milhões de passageiros, em 2023, correspondendo a um aumento de 31% em comparação com o ano anterior, ultrapassando o impulso que havia sido estabelecido durante o Campeonato do Mundo da FIFA. O aeroporto também deu as boas-vindas a novas companhias aéreas parceiras, incluindo a Vistara, Iberia, Xiamen Airlines, Garuda Indonesia e Japan Airlines, e serve mais de 250 destinos, incluindo voos de passageiros, de mercadorias e charter.

À medida que o Aeroporto Internacional de Hamad se aproxima do seu 10.º ano de operações, os responsáveis preveem um 2024 “cheio de atividade”. Os planos incluem o acolhimento de novas companhias aéreas parceiras, a melhoria das ligações e o apoio aos esforços do Qatar para receber diversos eventos globais. Comprometido com a Visão Nacional do Qatar para 2030, o Aeroporto Internacional de Hamad tem como objetivo aumentar os esforços de sustentabilidade através de investimentos em novas tecnologias e de iniciativas pioneiras no setor, solidificando ainda mais a sua posição como líder na indústria da aviação.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Foto: Depositphotos.com

Transportes

Grupo SATA com sistema braille a bordo

Com a adoção deste novo sistema, o grupo SATA pretende proporcionar viagens mais inclusivas e tranquilas para todos os passageiros.

A companhia aérea Azores Airlines passou a disponibilizar a bordo das suas aeronaves folhetos de segurança em Sistema Braille e aposta na formação em língua gestual portuguesa. Estas iniciativas fazem parte do “Programa SATA Inclusiva” que tem como objetivo proporcionar a melhor experiência de viagem a todos os passageiros, garantindo o seu conforto e segurança.

Os folhetos em braille indicam os procedimentos que devem ser adotados em caso de emergência e serão entregues pela tripulação de bordo aos passageiros com deficiência visual. Estarão disponíveis a partir desta sexta-feira, 19 de abril, na Azores Airlines e, muito brevemente, na SATA Air Açores, sendo mais um passo a juntar-se a outros já incorporados nos serviços prestados pelas transportadoras aéreas do Grupo SATA.

O grupo informa, em comunicado, que a formação em linguagem gestual será “gradualmente introduzida nos planos de formação e é essencialmente destinada aos funcionários que desempenham funções nas áreas com maior contacto com os passageiros, em particular, aos que asseguram serviços de assistência especial”.

As companhias aéreas do Grupo SATA têm implementado medidas para assegurar a mobilidade dos passageiros com necessidades específicas, garantindo o cumprimento dos princípios de acessibilidade e mobilidade previstos nas leis e regulamentos dos países em que operam.

Assim, com vista a assegurar o conforto, bem-estar e segurança dos passageiros com incapacidades, as companhias aéreas já dispõem de medidas como o transporte gratuito de dispositivos auxiliares de locomoção e de cães de assistência; a assistência por pessoal com formação nos aeroportos e a bordo dos aviões; a acomodação em lugares adequados; a disponibilização de um website e de uma aplicação móvel adaptados.

Foto: Depositphotos.com
Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

MSC Cruzeiros apresenta os sete distritos do MSC World America

O MSC World America, o próximo navio da World Class da MSC Cruzeiros, vai ser inaugurado em 2025 e conta com sete distritos, cada um dos quais com “uma gama de experiências personalizadas” e incluindo bares, restaurantes, instalações de entretenimento e lazer.

A MSC Cruzeiros revelou que o MSC World America, o próximo navio da World Class da companhia de cruzeiros, que vai ser inaugurado em 2025, conta com sete distritos, cada um dos quais com “uma gama de experiências personalizadas” e incluindo bares, restaurantes, instalações de entretenimento e lazer.

“O navio irá inaugurar um novo mundo de cruzeiros nas costas americanas quando for inaugurado em abril de 2025. Cada um dos sete distritos possui a sua própria atmosfera, instalações e experiências, concebidas para melhorar a experiência a bordo, permitindo que cada passageiro crie umas férias únicas e exclusivas, maximizando o seu tempo a bordo”, destaca a MSC Cruzeiros, em comunicado.

Como é habitual nos navios da MSC Cruzeiros, um dos destaque do MSC World America será o MSC Yacht Club, um espaço de luxo localizado nos decks na proa do navio.

“Os viajantes mais exigentes irão desfrutar do serviço personalizado no MSC Yacht Club, com serviço de mordomo 24 horas por dia, 7 dias por semana, embarque e desembarque prioritários, áreas de lounge e de jantar exclusivas e muito mais. Os passageiros do MSC Yacht Club serão mimados com a experiência única do MSC Yacht Club, onde poderão desfrutar de uma escapadela exclusiva do resto do navio”, refere a MSC Cruzeiros, em comunicado.

Outro destes distritos é o Family Aventura, destinado a famílias e que também se localiza no topo do navio, contando com o The Harbour, um novo e revolucionário parque ao ar livre, como coração.

“O The Harbour oferece um emocionante percurso de cordas altas e uma atração de última geração nunca antes vista no mar, que será revelada em breve, juntamente com uma área de residência familiar e um parque infantil inspirado no icónico farol da Ocean Cay MSC Marine Reserve”, indica a companhia de cruzeiros.

Este distrito inclui ainda um Doremiland, a área infantil com instalações desenvolvidas para cada faixa etária, desde bebés a adolescentes e que conta com carrinhos de choque, pistas de patinagem, escorregas aquáticos de alta emoção e um escorrega seco.

Destaque ainda para o Aqua Deck, onde se encontram as duas principais piscinas do navio e que muda de ambiente consoante a hora do dia, assim como para a Zen Area, reservada apenas a adultos, no alto da popa do navio e que se assume como um “refúgio de relaxamento e rejuvenescimento”.

“Descontraia ao sol ou observe as estrelas junto às duas piscinas exclusivas e saboreie um cocktail refrescante, enquanto relaxa durante a tarde e a noite, num local onde a tranquilidade se encontra com a sofisticação, tornando-o o local perfeito para os passageiros rejuvenescerem a mente, o corpo e a alma”, refere a MSC Cruzeiros.

No coração do navio, destaque ainda para a Galleria, uma zona que oferece diversas opções de refeições, compras exclusivas, jogos emocionantes e muito mais, enquanto o The Terraces é um distrito onde existem nove restaurantes e bares, quatro lojas de retalho e um clube de comédia que também funciona como bar de duelos de pianos e karaoke noturno.

“Um ambiente cativante envolve uma mistura harmoniosa de conceitos gastronómicos e de vanguarda, entretenimento sofisticado e ofertas de retalho atraentes numa área única abrangendo espaços internos e externos”, destaca a MSC Cruzeiros, sobre o The Terraces.

A Promenade encerra os distritos do MSC World America e oferece um passeio ao ar livre semi-coberto, contando igualmente com opções de entretenimentos para os mais pequenos, assim como atividades noturnas e gastronómicas para os adultos.

O MSC World America entra ao serviço no próximo ano e, durante a sua temporada inaugural, vai contar com partidas de Miami, EUA, para itinerários de sete noites para alguns dos destinos mais procurados nas Caraíbas Orientais e Ocidentais, com escalas na Ocean Cay MSC Marine Reserve, a ilha privada da MSC Cruzeiros nas Bahamas.

Além da vasta oferta de entretenimento, lazer e restauração, o MSC World America distingue-se também por ser um navio concebido para ajudar a reduzir o seu impacto no meio ambiente, sendo, por isso, movido a GNL, entre outras inovações ambientais.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Joaquim Robalo de Almeida, secretário-geral da ARAC

Transportes

ARAC reúne em assembleia geral para discutir plano de atividades e orçamento para 2024

A Associação Nacional dos Locadores de Veículos (ARAC) considera que, dada a progressiva substituição de veículos de combustão interna por veículos elétricos e híbridos plugin, “justifica-se” a atribuição de incentivos financeiros às empresas de rent-a-car, rent-a-cargo e carsharing para a aquisição destes equipamentos.

Publituris

A Associação Nacional dos Locadores de Veículos (ARAC) realizou uma assembleia geral ordinária no passado dia 15 de abril para discutir e aprovar o Relatório do Conselho Diretor e das Contas referentes ao exercício de 2023 e do Parecer do Conselho Fiscal. Num segundo ponto, a associação reuniu-se para discutir e aprovar o Plano de Atividades e Orçamento para 2024 apresentados pelo Conselho Diretor, bem como o Parecer do Conselho Fiscal sobre estes dois últimos documentos.

Em nota de imprensa, a associação que completou 49 anos de atividade em 2023 dá conta de ter alcançado a “maioria” dos objetivos estabelecidos no plano de atividades para 2023. Agora, para 2024, a associação elenca uma série de objetivos, entre eles a descarbonização da frota e transição digital.

Como refere em nota de imprensa, prevendo-se a substituição progressiva de veículos de combustão interna por veículos elétricos e híbridos plugin, a ARAC entende “justificar-se a atribuição de incentivos financeiros destinados à aquisição, pelas empresas de rent-a-car, rent-a-cargo e carsharing de: veículos elétricos e híbridos plug-in novos; de estações de carregamento para veículos elétricos e híbridos plug-in; de sistemas de entrega e receção de veículos com recurso a sistemas de contactless e de soluções informáticas com vista à otimização de processos e eliminação do papel na celebração de contratos de aluguer de veículos sem condutor”.

Outros dos objetivos da ARAC para este ano passa pelo estudo da criação de hub’s para carregamento de veículos elétricos, que a associação entende serem “sobretudo” importantes “junto dos terminais de transporte, como aeroportos e terminais de caminhos de ferro” e que refere estar dependente da “colaboração de parceiros como as câmaras municipais, fornecedores de energia e empresas de higienização de veículos”.

A lista de objetivos da ARAC para este ano inclui ainda o desenvolvimento de uma aplicação para gestão de sócios e veículos, com vista a garantir a informação estatística sobre os setores representados pela ARAC; pela formação profissional, com a realização de mais cursos profissionais dirigidos aos colaboradores das empresas associadas da ARAC e a “correção das distorções existentes no rent-a-car face aos restantes países da União Europeia”.

Num último ponto, a associação refere que “continuará a promover o combate ao aluguer ilegal, apresentando exposições junto do Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, do Secretário de Estado do Turismo, do presidente do Conselho Diretivo do IMT – Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P. e da presidente do Conselho de Administração da AMT –Autoridade da Mobilidade e dos Transportes”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

easyJet corta voos para Israel até outubro

Dado o atual clima de instabilidade e insegurança no Médio Oriente, a easyJet decidiu cancelar os voos até outubro deste ano.

Publituris

A easyJet suspendeu os voos para Telavive (Israel) durante os próximos seis meses na sequência do recente ataque com mísseis e drones do Irão contra Israel.

A companhia aérea informou que suspenderá os voos até 27 de outubro, dada a “situação em Israel”, depois de ter retomado recentemente os voos para Telavive, na sequência do ataque do Hamas a Israel no ano passado, que desencadeou uma guerra na Faixa de Gaza.

A companhia informa que os clientes com reservas para voar nesta rota até esta data estão a receber opções que incluem um reembolso total.

“Em resultado da contínua evolução da situação em Israel, a easyJet tomou a decisão de suspender os seus voos para Telavive durante o resto da época de verão, até 27 de outubro”, refere a companhia que operava cerca de quatro voos por semana para Telavive.

Várias companhias aéreas suspenderam os voos para Israel e outras partes do Médio Oriente na sequência dos recentes acontecimentos, outras reencaminharam os voos para evitar o espaço aéreo israelita ou iraniano, o que pode aumentar o tempo dos voos.

A 27 de outubro, a easyJet lançará a sua nova operação de inverno, altura em que reavaliará a situação do mercado israelita.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Novo MSC World America navega a partir de abril de 2025 com sete distritos distintos

O novo navio da MSC Cruzeiros navegará a partir do porto de embarque de Miami, Flórida (EUA), a partir de abril de 2025, com itinerários já disponíveis para reserva e contará com com sete distritos distintos.

Publituris

O MSC World America, novo navio da companhia MSC Cruzeiros, contará com sete distritos distintos, cada um reunindo uma gama de experiências personalizadas, combinando bares, restaurantes, instalações de entretenimento e lazer.

O navio será inaugurado em abril de 2025 e a MSC revela, em comunicado, que cada um dos sete distritos possui “a sua própria atmosfera, instalações e experiências, concebidas para melhorar a experiência a bordo, permitindo que cada passageiro crie umas férias únicas e exclusivas, maximizando o seu tempo a bordo”.

Durante a temporada inaugural, o MSC World America partirá de Miami com itinerários de 7 noites para destinos nas Caraíbas Orientais e Ocidentais, com escalas na Ocean Cay MSC Marine Reserve- a ilha privada da MSC Cruzeiros nas Bahamas.

Os sete distritos do MSC World America são: MSC Yacht Club, Family Aventura, Aqua Deck, Zen Area, Galleria, The Terraces e Promenade

O MSC World America foi cuidadosamente concebido para ajudar a reduzir o seu impacto no meio ambiente. O navio funciona com LNG, um combustível de baixas emissões e está pronto para fontes de energia renováveis. A ligação de energia em terra, quando disponível, reduz as emissões, pois os motores podem ser desligados no porto. A tecnologia inteligente é utilizada em todo o navio para garantir que os passageiros possam viajar com conforto, mantendo baixo o consumo de energia e água, sendo que até as hélices foram concebidas para minimizar o ruído e não perturbar a vida marinha durante a navegação.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Movimentação de passageiros nos aeroportos nacionais ultrapassa os 8,3 milhões nos dois primeiros meses

Os primeiros dois meses de 2024 ditam um aumento de 4,5% na movimentação de passageiros nos aeroportos nacionais, totalizando mais de 8,3 milhões.

Publituris

Em fevereiro de 2024, os aeroportos nacionais movimentaram 4,3 milhões de passageiros, correspondendo a uma evolução de 7,3% face a fevereiro de 2023.

Os dados mais recentes do Instituto Nacional de Estatística (INE), mostram, igualmente, que no início de 2024 continuou a verificar-se máximos históricos nos valores mensais de passageiros nos aeroportos nacionais. Em fevereiro de 2024, registou-se o desembarque médio diário de 76,6 mil passageiros, valor superior ao registado em fevereiro de 2023 (73,6 mil; +4%).

“O movimento diário de aeronaves e passageiros é tipicamente influenciado por flutuações sazonais e de ciclo semanal. Os valores diários mais elevados são geralmente encontrados no período de verão e o sábado foi, no ano passado, o dia da semana com maior número de passageiros desembarcados”, refere o INE.

No acumulado do ano – janeiro fevereiro – os dados do INE mostram que o número de passageiros nos aeroportos nacionais atingiu os 8,346 milhões, uma subida de 4,5% face aos 7,986 milhões de igual período de 2023 (+68,4% face a janeiro/fevereiro 2022).

Segundo avançam os dados do INE aterraram, em fevereiro, nos aeroportos nacionais 15,7 mil aeronaves em voos comerciais

Em fevereiro de 2024, 82,3% dos passageiros desembarcados nos aeroportos nacionais corresponderam a tráfego internacional, atingindo 1,8 milhões de passageiros (+9%), na maioria provenientes do continente europeu (68,4% do total), correspondendo a um aumento de 7,4% face a fevereiro de 2023.

O continente americano foi a segunda principal origem, concentrando 9,1% do total de passageiros desembarcados (+21,1%).

Relativamente aos passageiros embarcados, 81,3% corresponderam a tráfego internacional, perfazendo um total de 1,7 milhões de passageiros (+8,3%), tendo como principal destino aeroportos no continente europeu (67,9% do total), registando um crescimento de 6,8% face a fevereiro de 2023. Os aeroportos no continente americano foram o segundo principal destino dos passageiros embarcados (9% do total; +19,5%).

Nos primeiros dois meses de 2024, o aeroporto de Lisboa movimentou 56,1% do total de passageiros (4,7 milhões), +4,2% comparando com os primeiros dois meses de 2023. O aeroporto de Faro registou um crescimento de 8,8% no movimento de passageiros (651,4 mil) e o aeroporto do Porto concentrou 23% do total de passageiros movimentados (1,9 milhões) e aumentou 5,5%.

Considerando o volume de passageiros desembarcados e embarcados em voos internacionais nos primeiros dois meses de 2024, França foi o principal país de origem e de destino dos voos, apesar de ter registado decréscimos no número de passageiros desembarcados e embarcados face ao mesmo período de 2023 (-6,6%; -6,4%). Espanha e Reino Unido ocuparam a 2ª e a 3ª posição, como principais países de origem, e posições inversas como principais países de destino. Alemanha e Brasil ocuparam a 4ª e a 5ª posição.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Aviação

Media Travel ganha torneio de bowling da Turkish Airlines e vai representar Portugal na Turquia

A equipa “TEKIA”, da agência Media Travel, foi a vencedora do torneio de bowling que a Turkish Airlines voltou a promover em território nacional e que vai representar Portugal na grande final de Istambul, na Turquia, entre 26 e 28 de abril.

Publituris

A equipa “TEKIA”, da agência Media Travel, foi a vencedora do torneio de bowling que a Turkish Airlines voltou a promover em território nacional e que vai representar Portugal na grande final que vai ter lugar em Istambul, na Turquia, entre 26 e 28 de abril.

A prova, que na versão portuguesa contou com a participação de 24 equipas, decorreu esta quinta-feira, 11 de abril, no Microlândia Club, no Porto, resultando, segundo a companhia aérea de bandeira da Turquia, num “extraordinário momento de convívio e partilha”.

“As 24 equipas competiram pelo pódio e pela oportunidade de representar Portugal na grande final, onde se encontrarão os vencedores dos 76 países onde a competição terá também lugar”, indica a Turkish Airlines, num comunicado enviado à imprensa.

A final da competição vai contar com a participação de equipas de 76 países e tem lugar em Istambul, entre 26 e 28 de abril.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.