Assine já
Aviação

ANA saúda solução “pragmática” para Portela e Montijo e refere Alcochete como “nova etapa”

Para a ANA – Aeroportos de Portugal fala numa “solução pragmática de investimento” para os aeroportos Humberto Delgado e Montijo e diz que irá definir com o “concedente” as condições de “desencadeamento e realização” da nova etapa sem referir Alcochete.

Publituris
Aviação

ANA saúda solução “pragmática” para Portela e Montijo e refere Alcochete como “nova etapa”

Para a ANA – Aeroportos de Portugal fala numa “solução pragmática de investimento” para os aeroportos Humberto Delgado e Montijo e diz que irá definir com o “concedente” as condições de “desencadeamento e realização” da nova etapa sem referir Alcochete.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
CTP diz que solução para o novo aeroporto “é boa”, mas só acredita “quando vir as máquinas no terreno”
Aviação
Incertezas dominaram debate sobre aeroporto na IV Cimeira do Turismo Português
Homepage
Governo e ANA já têm acordo para aeroporto do Montijo
Homepage
Novo Aeroporto: negociações com a ANA devem ser concluídas “muito brevemente”
Homepage

Em comunicado, e depois das várias informações que vieram a público relativamente à decisão tomada pelo Governo para o “novo parque aeroportuário” para Lisboa, a ANA – Aeroportos de Portugal “saúda a decisão do Governo português que permitirá dar, a curto prazo, uma resposta viável e otimizada às necessidades de desenvolvimento aeroportuário da região de Lisboa, através de uma solução pragmática de investimento nos aeroportos Humberto Delgado e do Montijo”.

Segundo o grupo responsável pela gestão dos 10 aeroportos em Portugal, esta solução “permitirá obter a capacidade aeroportuária que o país necessita, da forma mais rápida e economicamente viável, com benefícios para a economia, o turismo, e a continuidade territorial portuguesa”.

Contudo, no comunicado enviado às redações, a ANA não refere uma única vez a localização Alcochete, referindo somente que toma “em consideração a vontade do concedente [Governo] enquadrar uma nova fase de desenvolvimento a longo prazo, e assumindo a saturação do sistema Lisboa-Montijo”.

Por isso, a ANA diz que irá, “no âmbito do seu contrato de concessão”, definir com o concedente as condições de “desencadeamento e realização dessa nova etapa”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Transportes

Movimento de passageiros nos aeroportos nacionais teve em setembro a menor diferença face aos níveis pré-pandemia

Em setembro, os aeroportos nacionais contabilizaram 5,9 milhões de passageiros, número que ficou apenas 1,0% abaixo de setembro de 2019, naquela que foi a “menor diferença face aos níveis pré-pandemia”, segundo o INE.

Inês de Matos

Em setembro, os aeroportos nacionais contabilizaram o movimento de 5,9 milhões de passageiros, número que traduz um crescimento de 63,1% face a mês homólogo de 2021 e que ficou apenas 1,0% abaixo de setembro de 2019, o que leva o Instituto Nacional de Estatística (INE) a afirmar que esta foi a “menor diferença face aos níveis pré-pandemia”.

De acordo com os dados divulgados esta quarta-feira, 16 de novembro, pelo INE, em setembro de 2022, registou-se o desembarque médio diário de 97,2 mil passageiros nos aeroportos nacionais (99,4 mil no mês anterior), número que também se aproximou “do valor observado em setembro de 2019 (98,3 mil)”.

No nono mês de 2022, os aeroportos nacionais contabilizaram também a aterragem de 21,4 mil aeronaves em voos comerciais, o que traduz  uma subida de 33,3% face ao mesmo período de 2021, ainda que, em comparação com igual mês de 2019 se registe uma descida de 1,4% no número de aeronaves aterradas.

Dos passageiros que chegaram aos aeroportos nacionais em setembro, 80,7% corresponderam a tráfego internacional, quando em igual mês do ano passado representavam 76,9% do total, tendo a maioria dos passageiros sido provenientes do continente europeu (67,3% do total).

Já no que diz respeito aos passageiros embarcados, 81,1% corresponderam a tráfego internacional (77,4% em setembro de 2021), e o principal destino voltou a ser o continente europeu (69,0% do total).

O dados de setembro levam o INE a indicar que, “em 2022, tem-se verificado uma tendência de aproximação aos níveis registados no período pré-pandémico,
com o mês de setembro a revelar a maior aproximação a 2019, até ao momento”.

Acumulado até setembro ainda abaixo de 2019

A recuperação é também visível nos dados relativos ao período acumulado entre janeiro e setembro de 2022, ao longo do qual o número de passageiros movimentados nos aeroportos nacionais aumentou 171,5% em comparação com o mesmo período de 2021, ainda que permaneça 8,2% abaixo de período homólogo de 2019.

Por aeroportos, foi a infraestrutura de Lisboa que movimentou a maior parte do tráfego de passageiros, contabilizando 48,7% do total, o que corresponde a 20,8 milhões de passageiros e traduz um aumento de 194,1% face ao mesmo período de 2021, ainda que, face ao acumulado até setembro de 2019, se registe ainda uma descida de 12,5%.

Entre os três aeroportos nacionais com maior volume de tráfego, foi em Faro que se registou o maior crescimento em relação ao ano passado, com um aumento de 214,1%, enquanto o Porto registou a maior aproximação aos níveis de 2019, ficando a apenas 5,5% do resultado do acumulado até setembro do período pré-pandemia.

No que diz respeito a mercados, o Reino Unido voltou a ser o principal país de origem e de destino dos voos, apresentando um crescimento de 326,8% no número de passageiros desembarcados e 338,4% no número de passageiros embarcados, face a 2021, o que, lembra o INE, também se deve ao facto do corredor aéreo com este país ter estado encerrado durante grande parte do período em análise de 2021.

Já a França ocupou a segunda posição e registou aumentos de 144,6% nos passageiros desembarcados e 145,4% nos passageiros embarcados, face ao mesmo período de 2021, enquanto Espanha ocupou a terceira posição como principal país de origem e de destino dos passageiros que passaram pelos aeroportos nacionais neste período.

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Transportes

Emirates volta a recrutar em Portugal

A companhia aérea do Dubai vai voltar a promover dois Open Days para recrutar tripulação em Lisboa e em Faro, que vão decorrer a 21 e 23 de novembro, respetivamente.

Publituris

A Emirates vai voltar a promover uma ação de recrutamento em Portugal e, desta vez, leva os seus Open Days a Lisboa e Faro, que recebem as sessões de recrutamento a 21 e 23 de novembro, respetivamente.

De acordo com um comunicado da companhia aérea do Dubai, os candidatos devem apresentar-se no hotel Ramada Lisbon by Wyndham, em Lisboa, ou no Eva Senses Hotel, em Faro, acompanhados  dos documentos necessários.

Todos os requisitos para este processo de recrutamento estão disponíveis aqui, onde é também possível fazer uma candidatura prévia e enviar “o curriculum vitae (CV) atualizado e em inglês, assim como uma fotografia recente”.

A companhia aérea lembra que os candidatos selecionados, assim como toda a tripulação da Emirates, recebem formação nas instalações da companhia aérea no Dubai.

Os candidatos selecionados podem também contar com “um pacote salarial distintivo no mercado que inclui uma variedade de benefícios, tais como um salário isento de impostos, alojamento gratuito oferecido pela companhia, transporte gratuito de e para o trabalho, excelente cobertura médica, bem como descontos exclusivos em compras e atividades de lazer no Dubai”.

Os benefícios oferecidos abrangem também família e amigos, uma vez que a tripulação de cabina da Emirates desfruta de benefícios de viagem para si e para as suas famílias e amigos, para todos os destinos para os quais a companhia aérea voa.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Qatar Airways abre nova rota diária para Düsseldorf

A nova rota diária para Düsseldorf é a quarta da Qatar Airways a ligar o Qatar e a Alemanha, e vem juntar-se aos voos para Munique, Frankfurt e Berlim que a companhia aérea de bandeira do Qatar já disponibilizava.

Publituris

A Qatar Airways inaugurou esta terça-feira, 15 de novembro, uma nova rota diária entre Doha, capital do Qatar, e a cidade alemã de Düsseldorf, operação que, segundo a companhia aérea, é a quarta a ligar o Qatar e a Alemanha.

“A Qatar Airways oferece atualmente voos para Munique, Frankfurt e Berlim, o que torna Düsseldorf no seu quarto destino na Alemanha”, lê-se no comunicado divulgado pela companhia de bandeira do Qatar

A transportadora lembra que, em julho de 2022, aumentou a operação de Frankfurt para três voos diários e sublinha que a abertura desta rota para Düsseldorf “demonstra ainda mais o compromisso da Qatar Airways com o mercado alemão”.

Os voos são operados em aviões Boeing 787, com capacidade para 254 passageiros, incluindo 22 em classe executiva e 232 em económica, e partem do Qatar pelas 08h00, para chegar a Düsseldorf às 12h45, enquanto em sentido contrário os voos partem da cidade alemã pelas 15h25 e chegam a Doha às 23h20.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Azul lembra que ainda é necessário certificado de vacinação ou teste negativo para entrar no Brasil

A companhia aérea brasileira indica que os passageiros que se apresentarem no aeroporto sem um destes documentos “terão o embarque negado e deverão arcar com os custos da remarcação”.

Publituris

A companhia aérea brasileira Azul veio esta segunda-feira, 14 de novembro, relembrar agentes de viagens e passageiros que ainda é necessário apresentou um certificado de vacinação completa ou um teste negativo à COVID-19 para viajar para o país, regra que se aplica tanto a passageiros brasileiros como internacionais.

De acordo com um comunicado da companhia aérea brasileira, os passageiros que se apresentarem no aeroporto sem um destes documentos “terão o embarque negado e deverão arcar com os custos da remarcação”.

A companhia aérea coloca-se à disposição dos agentes de viagens para esclarecer todas as dúvidas que possam existir e agradece a compreensão dos passageiros relativamente a esta exigência, que continua em vigor no Brasil.

As dúvidas podem ser esclarecidas através do e-mail [email protected] ou do número de telefone +351 211 350 520.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Star Alliance eleita melhor aliança de companhias aéreas nos WTA 2022

A Star Alliance foi distinguida como a melhor aliança de companhias aéreas na gala norte-americana dos World Travel Awards 2022 (WTA2022).

Publituris

A Star Alliance foi eleita a melhor aliança de companhias aéreas na última edição dos World Travel Awards 2022, prémios que distinguiram a aliança de transportadoras a que pertence a TAP pelo terceiro ano consecutivo.

“Estamos extremamente felizes por receber o World Travel Award pelo terceiro ano consecutivo. Isso é particularmente apropriado, pois comemoramos nosso 25.º aniversário este ano”, afirma Jeffrey Goh, CEO da Star Alliance.

Nesta edição, a Star Alliance foi também distinguida pelo seu lounge no aeroporto de Los Angeles, nos EUA, que foi igualmente premiado como o melhor da América do Norte pelo terceiro ano consecutivo.

Esta foi a 29.ª edição dos World Travel Awards, prémios que são entregues anualmente com o objetivo de reconhecer, recompensar e celebrar a excelência das viagens, turismo e indústrias de hospitalidade.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Condições de venda da TAP “devem começar a preocupar os portugueses”

A presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Nazaré Costa Cabral, está preocupada com as condições em que será feita a venda da TAP e com os impactos que a transação possa vir a ter para os contribuintes nacionais.

Publituris

A presidente do Conselho das Finanças Públicas (CFP), Nazaré Costa Cabral, considera que os portugueses devem preocupar-se com as condições em que será feita a venda da TAP e com os impactos que a transação possa vir a ter para os contribuintes nacionais.

“Penso que são questões que devem começar a preocupar os portugueses, porque a empresa tem um passivo muito grande, é uma empresa que tem dívida financeira e, aliás, alguma dela vai se vencer no próximo ano, portanto é importante ver em que condições essa venda se vai materializar e os impactos que isso possa vir a ter para os contribuintes e para os portugueses”, disse Nazaré Costa Cabral.

De acordo com a responsável, que foi ouvida esta quinta-feira, 10 de novembro, na Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito da discussão na especialidade da proposta de Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), mostrou-se preocupada com a intenção de venda da companhia aérea, até porque ainda não são conhecidos quaisquer detalhes sobre o negócio.

“Não sabemos detalhes do que é que se pretende fazer quer na conclusão do processo de reestruturação da TAP, nem em termos de privatização da empresa, mas é evidente que a situação da TAP nos preocupa”, afirmou a presidente do CFP.

Para Nazaré Costa Cabral, a questão está em saber “como é que a empresa vai ser vendida, por que preço, em que condições e a quem”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Aviação

Austrian Airlines abre nova rota para o Porto no verão de 2023

O Porto é um dos sete novos destinos que a companhia aérea austríaca do Grupo Lufthansa apresentou para o próximo verão e vai contar com até três voos por semana, desde Viena, na Áustria.

Inês de Matos

A Austrian Airlines, companhia aérea austríaca do Grupo Lufthansa, vai abrir sete novas rotas no próximo verão, incluindo uma nova para o Porto, passando a ligar Viena e a cidade invicta três vezes por semana.

De acordo com um comunicado publicado no site da Austrian Airlines esta quarta-feira, 9 de novembro, os voos para o Porto começam com a mudança para o horário de verão e são uma das principais novidades na rede da companhia aérea para a época estival de 2023.

Além do Porto, a companhia aérea austríaca anunciou também a abertura de novas rotas para Marselha, em França; Billund, na Dinamarca; e Tivat, no Montenegro; assim como o regresso da operação para Palermo, em Itália, e Vilnius, na Lituânia, num calendário de verão que fica ainda completo com Tromsø, na Noruega, que vai ter um voo por semana, entre junho e agosto.

“Os destinos Porto, Marselha, Billund e Tivat são completamente novos”, indica a Austrian Airlines no comunicado publicado online, revelando que os quatro novos destinos vão contar com até três voos por semana, desde Viena, capital da Áustria.

Além do Porto, Marselha e Tivat, a Austrian Airlines vai voar, no próximo verão, para 43 destinos no Mediterrâneo, disponibilizando cerca de 300 voos por semana, num aumento de operação que, segundo a companhia aérea, é possível graças ao recente aumento de frota da transportadora austríaca, que recebeu recentemente quatro novos aviões A320neo.

“O crescimento de quatro novos A320neo é visível no calendário de verão. Mais aviões significam mais destinos”, afirma o CCO da Austrian Airlines, Michael Trestl, explicando que a companhia aérea aproveitou a crise para se posicionar competitivamente no mercado e expandir a sua rede ponto-a-ponto.

Além dos novos destinos na Europa, a Austrian Airlines anunciou ainda o regresso dos voos para Los Angeles, nos EUA, a partir do próximo verão, com voos diretos desde Viena.

Todos as rotas e voos para o verão de 2023 estão já disponíveis para reserva através do site da Austrian Airlines.

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Transportes

Azul e JetBlue lançam voos para as Bahamas

A Azul e a JetBlue uniram-se para disponibilizar voos para as Bahamas, nas Caraíbas, numa parceria que permite que os clientes da Azul tenham acesso aos voos da JetBlue entre Fort Lauderdale, nos EUA, e Nassau, capital das Bahamas.

Publituris

A Azul e a JetBlue uniram-se para disponibilizar voos para as Bahamas, nas Caraíbas, numa parceria que permite que os clientes da Azul tenham acesso aos voos da JetBlue entre Fort Lauderdale, nos EUA, e Nassau, capital das Bahamas.

“A Azul oferece mais um destino operado pela companhia norte-americana dentro da sua rede aérea, facilitando que o cliente possa sair do Brasil e se conectar para Nassau, capital das Bahamas, no aeroporto de Fort Lauderdale, em voos da JetBlue”, indica a Azul, num comunicado divulgado esta quarta-feira, 9 de novembro.

Recorde-se que, além das Bahamas, a parceria entre a Azul e a JetBlue, ambas fundadas por David Neeleman, ex-acionista da TAP, abrange também destinos como Cancun, no México; San Juan, em Porto Rico; Port-au-Prince, no Haiti; Punta Cana, na República Dominicana; e Aruba.

“O Cliente Azul que pretende viajar para as Bahamas, desfrutando não somente das belezas naturais das ilhas, mas também de toda a experiência Azul que ele já conhece em nossos voos domésticos e internacionais, e com uma rápida conexão em Fort Lauderdale, tem a opção de realizar a compra até ao seu destino final nos nossos canais”, ressalta André Mercadante, diretor de Planeamento, Revenue Management e Alianças da Azul.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Aeromexico abre nova rota para Roma

Companhia aérea mexicana, que é representada em Portugal pela ATR, vai disponibilizar três voos por semana entre a Cidade do México e Roma, que passam a cinco a partir de 1 de junho.

Publituris

A Aeromexico anunciou a abertura de uma nova rota para Roma, passando a disponibilizar três voos por semana entre a Cidade do México e a capital italiana, que passam a cinco voos semanais a partir de 1 de junho.

De acordo com um comunicado da ATR, que representa a companhia aérea mexicana em Portugal, com a abertura dos voos para Roma, a Aeromexico aumenta em mais de 20% a operação para a Europa face ao último verão, num total de 54 frequências semanais.

“Esta é a maior operação da história da empresa entre os dois territórios utilizando o Boeing 787 Dreamliner, a aeronave mais segura, moderna, eficiente e ecológica disponível”, refere o comunicado divulgado pela ATR.

A companhia aérea conta ainda aumentar a sua oferta até março de 2023, ultrapassando as 100 rotas domésticas e internacionais, estando previsto que, a partir de 27 de março de 2023, a operação de Madrid a Monterrey e Guadalajara passe de três para cinco voos por semana.

“Atualmente, a Aeromexico conecta Espanha e México com 20 voos semanais para a Cidade do México, Guadalajara e Monterrey. Até junho de 2023, haverá 28 voos semanais da capital espanhola para estas três cidades mexicanas”, lê-se ainda na informação divulgada.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Airbus recorre à realidade virtual na formação de pilotos

O Airbus Virtual Procedure Trainer (VPT) é um novo software que recorre à realidade virtual e que já está a ser usado pelo Grupo Lufthansa.

Publituris

A Airbus lançou uma nova formação para pilotos que dispensa a utilização de um simulador de voo ou de um instrutor de procedimentos no local, graça ao Airbus Virtual Procedure Trainer (VPT), um novo software que recorre à realidade virtual, que já está a ser usado pelo Grupo Lufthansa.

Num comunicado enviado à imprensa, a Airbus explica que o novo software, lançado durante o European Airline Training Symposium, que se encontra a decorrer em Berlim, na Alemanha, permite que os pilotos em formação realizem “procedimentos dentro de um cockpit totalmente interativo”.

Enquanto companhia aérea de lançamento deste novo programa de formação, a Lufthansa vai utilizar o Airbus Virtual Procedure Trainer para formar pilotos no avião A320 para as suas companhias aéreas, através de dispositivos VR, PC e iPad.

“As melhorias de formação resultantes vão permitir outros tipos de utilização, bem como a aceitação regulatória. Isso será baseado nos dados recolhidos em conjunto, visando uma solução flexível e centrada no formando para apoiar as competências-chave”, refere Gilad Scherpf, chefe de formação de aviação do Grupo Lufthansa.

Já Fabrice Hamel, vice-presidente de operações e formação de voo da Airbus, destaca que a nova ferramenta permite uma aprendizagem com “muito mais flexibilidade”, uma vez que os pilotos em treino podem optar por treinar sozinhos com uma inteligência artificial ou online”.

O novo sistema de treino pode ser adquirido separadamente ou em conjunto com outras soluções da Airbus e está disponível através de dispositivos de realidade virtual conectados a computadores ou outros dispositivos como computadores portáteis e iPads.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.