Edição digital
Assine já
PUB
Transportes

“Se esta capacidade se consolidar, obviamente, vamos procurar continuar a crescer em Lisboa e chegar aos dois voos diários”

Em entrevista ao PUBLITURIS, Thibaud Morand, diretor-geral da LATAM Airlines para a Europa, fala sobre o aumento de capacidade a partir de novembro e que coloca a companhia aérea mais perto dos dois voos diários, que podem ser uma possibilidade no futuro. O interesse noutros destinos portugueses e a sustentabilidade também entraram na conversa.

Inês de Matos
Transportes

“Se esta capacidade se consolidar, obviamente, vamos procurar continuar a crescer em Lisboa e chegar aos dois voos diários”

Em entrevista ao PUBLITURIS, Thibaud Morand, diretor-geral da LATAM Airlines para a Europa, fala sobre o aumento de capacidade a partir de novembro e que coloca a companhia aérea mais perto dos dois voos diários, que podem ser uma possibilidade no futuro. O interesse noutros destinos portugueses e a sustentabilidade também entraram na conversa.

Inês de Matos
Sobre o autor
Inês de Matos
Artigos relacionados
MSC Cruzeiros vai ter 19 cruzeiros com partida e chegada ao Funchal no inverno 2024-2025
Transportes
Portugal entre os destinos com melhor performance em 2023, dizem dados da UN Tourism
Destinos
GoldenPark: A Nova Casa de Apostas em Portugal
Sabia que a Betclic Também Tem Jogos de Casino
Conheça a Secção de Desporto da Betclic
Porto e Norte de Portugal vai ter maior participação de sempre na BTL
Destinos
Algarve leva experiência imersiva pela região à BTL
Destinos
Booking.com e TAP com melhor reputação em 2024
Turismo
França marca presença sem precedente na BTL com a sua delegação “French Travel Tech”
Praia da Falésia ganha prémio “Travellers’ Choice” do Tripadvisor como “Melhor praia do Mundo”
Destinos

Em 8 novembro, a LATAM Airlines aumenta em quase 90% a capacidade na rota São Paulo-Lisboa, crescimento que Thibaud Morand, diretor-geral da LATAM Airlines para a Europa, confessa que “há algum tempo” que a companhia procurava e que vai permitir chegar a 10 ligações semanais, que passam a 11 em dezembro, janeiro e março.

Faltam poucas frequências para os dois voos diários, algo que o responsável não nega que esteja nos planos da transportadora sul-americana, que quer, no entanto, consolidar primeiro este crescimento. “Depois, veremos de que forma poderemos crescer, se o mercado acompanhar”, diz Thibaud Morand, que é, contudo, mais explicito em relação ao interesse noutros destinos nacionais, como o Porto, que a companhia vê como “um destino interessante”, mas que continua a não ser “uma possibilidade de curto prazo”.

Mais concreto é o trabalho que a transportadora tem vindo a fazer em prol da sustentabilidade, com o diretor-geral da LATAM Airlines para a Europa a admitir que a transportadora está “muito interessada em tudo o que possa contribuir para a descarbonização da indústria”.

A LATAM Airlines vai reforçar, a partir de novembro, a rota entre São Paulo e Lisboa. Qual é a expetativa relativamente a este forte aumento de oferta previsto?
Estamos muito contentes por poder, finalmente, crescer em Lisboa. Há algum tempo que o procurávamos, mas sabemos que o Aeroporto de Lisboa é complicado pelas restrições de slots e de capacidade a nível geral. Finalmente, a partir de novembro, conseguimos ter essa possibilidade.

Este aumento de capacidade traz duas coisas positivas, a primeira é a mudança de avião. Vamos mudar o avião que estamos a usar no voo diário para outro de maior capacidade. A partir de novembro, vamos operar com o Boeing 777, que tem capacidade para 410 passageiros, 40% mais do que o B787 que vínhamos a operar, que pode transportar 300 passageiros.

Adicionalmente, vamos operar até quatro frequências adicionais. Podem ser três ou quatro, conforme o período, no B787-9, que é o avião que temos vindo a operar para Lisboa.

A soma de tudo isto, resulta que, na temporada de inverno, vamos operar quase mais 90% de capacidade. É um crescimento enorme, mas no qual acreditamos porque existe muita procura desde e para Portugal.

Como dizia, há algum tempo que queríamos crescer em Portugal e, por isso, vemos este anúncio com muito otimismo. Estamos, realmente, muito contentes por oferecer mais opções aos passageiros. E devo lembrar que, a partir de São Paulo, os nossos passageiros podem fazer conexão para mais de 50 destinos no Brasil e mais de 150 destinos na América do Sul.

Na temporada de inverno, vamos operar quase mais 90% de capacidade. É um crescimento enorme, mas no qual acreditamos porque existe muita procura desde e para Portugal

Como está o load factor desta rota e qual é a expetativa com este aumento de oferta, será possível manter um load factor elevado como, habitualmente, os voos da LATAM Airlines para Lisboa apresentam?
Nos últimos meses, estamos com um load factor de cerca de 90% em todas as rotas da Europa e esperamos manter este índice de ocupação. É possível que venha a baixar um pouco com este aumento de capacidade e também por ser inverno, uma vez que é a temporada mais baixa, mas temos vindo a assistir a uma procura robusta e, por isso, acreditamos que será possível manter este load factor, o que significa que, em termos de passageiros, esperamos crescer 80% a 90%, em linha com a capacidade adicional que vamos operar a partir de novembro.

O número de passageiros portugueses nesta rota já é mais significativo ou ainda continua a ser baixo?
O mercado português está a crescer, mas é preciso ver que, em termos de volume, do outro lado do Atlântico temos um mercado de 200 milhões de habitantes e que é quase uma ‘casa’ para a LATAM Airlines, onde temos uma posição muito mais importante. Mas o que posso dizer é que o mercado português está a crescer, voa muito para o Brasil e aquilo que queremos é que os portugueses descubram outros destinos além do Brasil, com as conexões que possibilitamos para o Peru, Chile e Argentina. Queremos promover a região como um todo e, apesar do Brasil ser um dos nossos mercados mais importantes, queremos promover toda a região.

Como referiu, a LATAM Airlines vai colocar também um novo avião na rota São Paulo-Lisboa, o Boeing 777-300, que oferece maior capacidade. Além do aumento da capacidade, que outras vantagens traz este novo avião à operação e aos passageiros?
Diria que, hoje, toda a nossa frota tem um produto muito equiparado. Temos investido muito, nos últimos anos, na renovação das cabines e, por isso, quando o passageiro entra nos nossos aviões, encontra o melhor produto que podemos oferecer.

No caso do B777, toda a frota tem um novo produto na cabine executiva, com assentos totalmente reclináveis, todos os assentos têm acesso ao corredor e oferecem privacidade. Mas, de forma geral, o produto foi melhorado a todos os níveis, temos investido também na renovação de oferta gastronómica. Em março, renovámos completamente a oferta gastronómica a bordo e este é um exemplo que, para nós, é muito importante porque aquilo que pretendemos é que o cliente viva uma experiência sul-americana assim que entra no avião e não apenas quando chega ao destino. E sabemos que a gastronomia contribui muito para essa experiência que queremos oferece. Por isso, fizemos esta renovação que, na cabine business, inclui produtos icónicos como peixe da América do Sul e do Pacífico, tubérculos do altiplano, frutas tropicais, ou seja, tudo o que mostra a versatilidade da gastronomia sul-americana.

E também ao nível do serviço, que é algo muito importante para a LATAM Airlines, queremos refletir um pouco aquilo que é a cultura sul-americana e a alegria que os sul-americanos transmitem, que é algo que os passageiros também sentem quando entram num dos nossos aviões.

Vamos agora encarar este crescimento e, depois, veremos de que forma poderemos crescer, se o mercado acompanhar. De momento, temos de consolidar este crescimento

Mais perto do segundo voo diário
O que está previsto é que a LATAM Airlines venha a operar 10 voos por semana, passando a 11 voos semanais em alguns meses. A procura nesta rota não justificaria a passagem a dois voos diários? Existe alguma possibilidade de a rota passar para dois voos por dia?
Como dizia, além do aumento de frequências, vamos ter um aumento da capacidade do avião. Por isso, vamos praticamente duplicar a oferta e este é um aumento muito importante.

Queremos ir acompanhando a procura para ver com reagem os dois mercados, Portugal e o Brasil, mas aquilo que posso dizer é que estamos muito otimistas em relação à operação, contudo, não temos ainda certeza de como vai ser 2024. Por isso, este é um processo que estamos a tratar progressivamente, se esta capacidade se consolidar, obviamente, vamos procurar continuar a crescer em Lisboa e chegar aos dois voos diários. Mas, atualmente, estamos muito contentes com estas 11 frequências semanais.

Isso quer dizer que os dois voos diários não estão descartados e, caso este aumento corra como previsto, esse passo poderá mesmo ser dado no futuro?
Sim, estamos sempre à procura de oportunidades para crescer e para abrir novas rotas. Mas, como digo, temos de fazer as coisas de forma responsável e, por isso, vamos agora encarar este crescimento e, depois, veremos de que forma poderemos crescer, se o mercado acompanhar.

De momento, temos de consolidar este crescimento.

E há algum interesse em voar para outros destinos em Portugal, nomeadamente para o Porto, que é um destino que também tem muita procura por parte das companhias aéreas e também porque atrai muito tráfego corporativo?
É verdade que o Porto é um destino interessante, mas devo dizer que não estamos a olhar para o Porto como uma possibilidade de curto prazo, para ser sincero. E isso acontece porque, de momento, temos um crescimento muito interessante em Lisboa e, a nível operacional, é diferente crescer num aeroporto onde já estamos presentes ou abrir uma nova rota para outro aeroporto. Ao nível da carga, também é mais fácil centralizar a procura de carga num único aeroporto do que dividir em dois.

Por isso, digo que o Porto é um dos destinos na Europa que estamos sempre a acompanhar, mas que continua a não ser um objetivo de curto prazo. Queremos concentrar-nos em consolidar o aumento em Lisboa e ver qual é a possibilidade de continuar a crescer em Lisboa.

O Porto é um dos destinos na Europa que estamos sempre a acompanhar, mas que continua a não ser um objetivo de curto prazo

Proteger o planeta e a América do Sul
Nos últimos tempos, principalmente depois da pandemia, as companhias aéreas têm vindo a dar maior atenção à sustentabilidade e a LATAM Airlines não é exceção. Como está a política de sustentabilidade da companhia aérea?
A sustentabilidade é um repto muito importante para a indústria do transporte aéreo. Na LATAM Airlines, lançámos uma política de sustentabilidade em 2021, que se chama “Um destino necessário” e que inclui compromissos importantes em três pilares distintos.

O primeiro são as alterações climáticas, para o qual anunciámos compromissos claros e fundamentais, como o objetivo de não crescer em emissões de CO2 face a 2019 e, neste pilar, queremos também compensar 50% das emissões domésticas até 2030. Já estamos a promover várias iniciativas com vista a atingir este objetivo, como a Sexta-Feira Neutra, em que operamos alguns voos domésticos com compensação de emissões.

Grande parte da solução que temos atualmente para reduzir emissões passa pela otimização e renovação das frotas, porque a nova geração de aviões permite reduzir consumos e emissões em cerca de 25% face à anterior. Isto é algo que a LATAM Airlines também está a fazer, o avião B787 que operamos já consome menos 20% que a geração anterior e toda a nossa frota, incluindo a doméstica, conta com aviões de nova geração.

Estamos também a otimizar as operações no ar e em terra para minimizar o consumo e, depois, temos a parte das compensações, mas, no nosso caso, não usamos as compensações de forma típica, em que se plantam árvores, mas sim para proteger ecossistemas icónicos da América do Sul.

A América do Sul tem uma grande parte da biodiversidade do mundo e pensamos que, por sermos sul-americanos, devemos participar na sua proteção. Por isso, temo-nos comprometido com projetos importantes na Colômbia que melhoram a biodiversidade e ajudam as comunidades e famílias locais. Procuramos ter um impacto mais global do que se apenas plantássemos árvores, queremos dar um passo maior.

Além das alterações climáticas, a nossa política de sustentabilidade tem mais dois pilares, a economia circular, em que já estamos a fazer um grande trabalho para eliminar os plásticos de uso único porque temos o compromisso de, até ao final do ano, não usarmos mais estes. E está a correr muito bem, já eliminámos 90% dos plásticos de uso único.

Também fazemos um grande trabalho de reciclagem e trabalhamos com associações nos países onde operamos com vista à reutilização e temos ainda iniciativas para a redução do plástico nas operações de carga.

Portanto, estamos a trabalhar em muitas frentes e, a bordo, introduzimos também eco-kits sem plástico na classe business, que são assinados por artistas sul-americanos para promover e valorizar a cultura sul-americana.

O último pilar é a partilha de valor e aqui temos um programa que se chama ‘Avião Solidário’ que realiza transporte humanitário, principalmente na América do Sul. Durante a pandemia, por exemplo, transportámos mais de 300 milhões de vacinas gratuitamente, 117 milhões só no ano passado. E transportámos mais de 3.500 pessoas de forma gratuita, principalmente médicos e pessoal de ajuda humanitária.

Queremos que a nossa política seja o mais completa possível, para podermos também devolver um pouco o valor às comunidades em que operamos.

Na América do Sul, por exemplo, ainda não existe, ao dia de hoje, produção de SAF. A primeira fábrica da América do Sul só deverá começar a funcionar no final do ano ou no início de 2024

Os passageiros da LATAM Airlines já estão comprometidos com a sustentabilidade e têm a preocupação de compensar as suas viagens?
No caso dos passageiros individuais, vemos que essa é uma preocupação, mas a compensação continua a ser baixa. Por isso, procurámos focar-nos nos passageiros corporativos porque esses passageiros, mais do que os individuais, procuram compensar as suas viagens. Temos tido muito sucesso nesta missão, principalmente na América do Sul porque, obviamente, estamos a falar de empresas que atuam no mesmo país e na mesma região que nós e, por isso, têm o mesmo objetivo de contribuir para a conservação da região. É um programa que funciona muito bem e no qual propomos às empresas que calculem a sua pegada de carbono do ano anterior, que poderá ser compensada até 100%. Além dessa compensação, a LATAM Airlines compromete-se a compensar na mesma proporção que os passageiros. Portanto, se uma empresa compensar 100% do seu voo, haverá uma compensação de 200%, porque a LATAM Airlines compensa outros 100%. Fazemos o mesmo com os charters, que já têm a compensação de carbono incluída, e lançámos recentemente a possibilidade do cliente individual compensar os seus voos a titulo pessoal, mas esta é um projeto recente, que deverá ser um pouco mais lento.

A aviação está também a apostar cada vez mais nos voos sem CO2, seja através do SAF – combustível sustentável para a aviação ou de aparelhos elétricos ou movidos a hidrogénio. Como olha a LATAM Airlines para estas inovações e o que está a companhia a fazer neste sentido?
A LATAM está muito interessada em tudo o que possa contribuir para a descarbonização da indústria. Acreditamos que não há uma solução única, é necessário explorar e trabalhar numa multiplicidade de soluções.

O SAF é uma solução que já existe, mas que tem um problema de produção. Na América do Sul, por exemplo, ainda não existe, ao dia de hoje, produção de SAF. A primeira fábrica só deverá começar a funcionar no final do ano ou no início de 2024.

Contudo, acreditamos que a América do Sul tem um potencial enorme na produção de SAF e há um grande trabalho para juntar os setores público e privado para incentivar a produção e mostrar que a aviação está comprometida a adquirir essa produção.

Sabemos também que há outras soluções, seja aviões elétricos ou a hidrogénio, mas este é um tema mais para os construtores, apesar de interessar às companhias aéreas. No entanto, também nos parece que estas são soluções para voos de curta distância.

Mas estamos, claro, muito interessados em ver que soluções podem apresentar os construtores aeronáuticos, acreditamos que, no futuro, a solução poderá passar por uma mescla entre a aviação elétrica e o hidrogénio, e também aqui a América do Sul tem um grande potencial no hidrogénio verde. Mas acredito que não vamos ter uma única solução.

A aviação tem um papel tão importante que é necessário procurar soluções para a descarbonização. A aviação é imprescindível e vai continuar a ser

Com todas estas mudanças e testes que se começam a fazer, como vê a LATAM Airlines o futuro da aviação, será possível atingir as metas de descarbonização que a indústria tem vindo a definir?
É uma pergunta interessante, mas creio que o principal é recordar qual é o objetivo da aviação. E a aviação serve para conectar os povos, gera desenvolvimento económico e, por isso, acreditamos que a aviação tem um papel tão importante que é necessário procurar soluções para a descarbonização. A aviação é imprescindível e vai continuar a ser.

Creio que o futuro passará pela otimização dos voos curtos, como a Europa está a fazer com o desenvolvimento da bimodalidade, aliando o avião ao comboio. No entanto, na América do Sul isso é algo que ainda não é possível porque não há muitas infraestruturas ferroviárias, mas há potencial para que a América do Sul seja um ator relevante na produção de SAF e no hidrogénio verde, e venha a ser um dos motores desta transformação para uma aviação descarbonizada até 2050.

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Artigos relacionados
MSC Cruzeiros vai ter 19 cruzeiros com partida e chegada ao Funchal no inverno 2024-2025
Transportes
Portugal entre os destinos com melhor performance em 2023, dizem dados da UN Tourism
Destinos
GoldenPark: A Nova Casa de Apostas em Portugal
Sabia que a Betclic Também Tem Jogos de Casino
Conheça a Secção de Desporto da Betclic
Porto e Norte de Portugal vai ter maior participação de sempre na BTL
Destinos
Algarve leva experiência imersiva pela região à BTL
Destinos
Booking.com e TAP com melhor reputação em 2024
Turismo
França marca presença sem precedente na BTL com a sua delegação “French Travel Tech”
Praia da Falésia ganha prémio “Travellers’ Choice” do Tripadvisor como “Melhor praia do Mundo”
Destinos
PUB

MSC Opera

Transportes

MSC Cruzeiros vai ter 19 cruzeiros com partida e chegada ao Funchal no inverno 2024-2025

A MSC Cruzeiros vai disponibilizar, entre novembro de 2024 e março de 2025, 19 cruzeiros com partida e chegada ao Funchal, que vão ser realizados pelo navio MSC Opera e contam com escalas nas ilhas Canárias, Espanha.

Publituris

A MSC Cruzeiros anunciou que, na próxima temporada de inverno, vai disponibilizar um ciclo completo de cruzeiros com partida e chegada ao Funchal, Madeira, num total de 19 viagens realizadas a bordo do navio MSC Opera.

“No total, a MSC Cruzeiros terá 19 cruzeiros com embarque e desembarque no Funchal.  Serão 11 cruzeiros de sete noites, quatro cruzeiros com a duração de seis noites, três cruzeiros com a duração de oito noites e um cruzeiro de nove noites”, indica a companhia de cruzeiros, em comunicado enviado à imprensa.

Nestes cruzeiros, que vão decorrer entre novembro de 2024 e março de 2025, o MSC Opera vai realizar escalas nas Ilhas Canárias, concretamente em Santa Cruz de Tenerife (ilha de Tenerife), Arrecife (capital de Lanzarote), Las Palmas (na Gran Canária), Puerto del Rosário (em Fuerteventura) e Santa Cruz de La Palma (a capital de La Palma), existindo a possibilidade de o embarque decorrer também em Santa Cruz de Tenerife, Arrecife e Las Palmas.

“Com estadias prolongadas nos portos, o novo itinerário oferece aos turistas até 16 horas nas cidades, tempo suficiente para aproveitar tudo o que cada destino vibrante tem para oferecer”, refere ainda a companhia de cruzeiros.

Além destas 19 viagens, a MSC Cruzeiros vai também ter quatro mini-cruzeiros no Funchal, dois dos quais com a duração de três noites, um cruzeiro com a duração de sete noites e ainda um cruzeiro de quatro noites.

Os itinerários de inverno 2024-2025 com partida e chegada ao Funchal já estão disponíveis para reserva e as informações detalhadas sobre as viagens previstas desde portos portugueses podem ser consultadas aqui. Já as informações sobre datas e horários dos cruzeiros do Funchal podem ser vistas aqui.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Portugal entre os destinos com melhor performance em 2023, dizem dados da UN Tourism

O Barómetro Mundial do Turismo das Nações Unidas monitoriza regularmente as tendências do turismo a curto prazo para fornecer às partes interessadas do turismo mundial uma análise atualizada do turismo internacional. Neste barómetro que analisa as melhores performances dos destinos, Portugal aparece em destaque.

Victor Jorge

Publicado quatro vezes por ano, incluindo uma análise dos dados mais recentes sobre destinos turísticos (inbound) e mercados de origem (outbound), Barómetro Mundial do Turismo das Nações Unidas (UN Tourism) coloca as Ilhas Turcas e Caicos com a melhor performance no ano 2023 face a 2019, com um crescimento de 127%.

Neste barómetro, Portugal aparece destacado com um crescimento de 11%, sendo que na região da Europa, somente Albânia (+53%), Andorra (+31%), Lichtenstein (+16%) e Sérvia (+15%) aparecem à frente de Portugal.

O barómetro estima que 1286 milhões de turistas internacionais (dormidas) foram registados em todo o mundo em 2023, um aumento de 34% em relação a 2022, correspondendo a mais 325 milhões.

Segundo as contas, o turismo internacional recuperou 88% dos níveis pré-pandémicos em 2023, apoiado por uma forte procura reprimida.

O Médio Oriente liderou a recuperação por regiões em termos relativos, sendo a única região a superar os níveis pré-pandémicos com chegadas 22% acima de 2019.

A Europa atingiu 94% dos níveis pré-pandémicos em 2023, enquanto a África recuperou 96% e as Américas 90%.

A Ásia e o Pacífico atingiram 65% dos níveis pré-pandémicos, com uma recuperação gradual desde o início de 2023.

Quatro sub-regiões: Norte de África, América Central (ambas +5%), Europa do Sul Mediterrânica e Caraíbas (ambas +1%) excederam os níveis pré-pandémicos em 2023.

Já as receitas totais das exportações do turismo (incluindo o transporte de passageiros) estão estimadas em 1,6 biliões de dólares em 2023 (cerca de 1,48 biliões de euros), quase 95% dos 1,7 biliões de dólares (1,57 biliões de euros) registados em 2019.

As estimativas preliminares do Produto Interno Bruto Direto do Turismo (PIBDT) apontam para 3,3 biliões de USD em 2023 (pouco mais de 3 biliões de euros), ou seja, 3% do PIB mundial, o mesmo nível de 2019, impulsionado pelas viagens nacionais e internacionais.

“Após uma forte recuperação em 2023, espera-se que o turismo internacional recupere totalmente os níveis pré-pandémicos em 2024, com estimativas iniciais que apontam para um crescimento de 2 % acima dos níveis de 2019 nas chegadas de turistas internacionais”, refere a UN Tourism.

As perspetivas positivas para o setor estão refletidas no último inquérito do Índice de Confiança do Turismo da ONU, com 67 % dos profissionais do turismo a indicarem perspetivas melhores ou muito melhores para 2024 em comparação com 2023.

“Espera-se que o desencadeamento da restante procura reprimida, o aumento da conectividade aérea e uma recuperação mais forte dos mercados e destinos asiáticos sustentem uma recuperação total até ao final de 2024”, admite o relatório da UN Tourism.

Os desafios económicos e geopolíticos continuam a representar desafios significativos para a recuperação sustentada do turismo internacional e dos níveis de confiança.

Sobre o autorVictor Jorge

Victor Jorge

Mais artigos

Fonte: GoldenPark

GoldenPark: A Nova Casa de Apostas em Portugal

GoldenPark

Brand SHARE

A GoldenPark é uma marca espanhola que chegou recentemente a Portugal. Trata-se de uma casa de apostas (e também casino online), que até ao momento da sua chegada era desconhecida para a maioria dos apostadores, mas traz consigo boas surpresas.

Para entrarmos com o pé direito, ao fazer o registo recebemos logo 10€ grátis para apostar. Além disso, no nosso primeiro depósito, temos acesso a um bónus de boas-vindas de até 40€ em apostas grátis!

No que diz respeito às modalidades disponíveis, neste momento são 17, desde o tradicional futebol, ténis e basquetebol, até ao ciclismo ou MMA.

5 Modalidades mais Populares para Apostar na GoldenPark

Quando o tema é as melhores casas de apostas online, precisamos ter em conta alguns fatores importantes. A diversidade das modalidades desportivas, bem como a oferta de mercados em cada uma delas, são exemplos disso.

Na nossa opinião, estas são as 5 modalidades mais populares na GoldenPark.

    1. Futebol

Como não poderia deixar de ser, esta é a modalidade com maior representação na plataforma. São mais de 45 competições, entre elas a Premier League, Bundesliga e Liga dos Campeões.

Um jogo entre equipas de uma das ligas do Top 5 europeu, tem uma média superior a 130 mercados. Entre eles, o vencedor da partida, resultado exato, hipótese dupla e número de golos.

    2. Basquetebol

Trata-se de uma modalidade que conquista cada vez mais adeptos, principalmente à custa da competição mais fascinante, a NBA. De qualquer forma, as outras competições não foram esquecidas, ao todo são mais de 12.

Numa partida de NBA, temos mais de 130 mercados, entre eles o vencedor do jogo, vencedor por período, total de pontos e handicap.

    3. Ténis

Nesta modalidade estão presentes competições do ATP e WTA, singulares e pares. Os torneios do Grand Slam não poderiam faltar, e competições inferiores como os Challenger.

Os jogos que estão disponíveis atualmente, oferecem mais de 35 opções de mercados para cada partida. Não faltam os de vencedor do encontro, resultado exato, vencedor de set e handicap.

    4. Hóquei no gelo

Tal como no basquetebol, esta modalidade tem maior peso graças à sua competição mais famosa, a NHL. Apesar disso, a oferta é atualmente superior a 12 competições.

Um jogo a contar para a NHL, tem normalmente mais de 25 mercados disponíveis, entre eles o vencedor do jogo, hipótese dupla e total de pontos.

    5. MMA

A modalidade de artes marciais está representada pela sua competição de maior relevo, a UFC. Neste momento, tem 65 combates disponíveis, sendo que apenas podemos apostar no mercado de vencedor do combate.

Notas Finais

Já lá vão muitos anos desde que o governo foi autorizado a legislar este setor, e a verdade é que continuam a entrar novas empresas neste mercado competitivo das apostas legais.

Apesar da GoldenPark ainda estar numa fase inicial, faltando-lhe, por exemplo, uma aplicação móvel, a marca tem uma boa margem para continuar a crescer.

Vale a pena ainda referir que a plataforma apresenta um bom suporte ao cliente, por via de telefone, email e chat ao vivo, bem como vários métodos de pagamento, entre eles um dos favoritos no nosso país, o MBWay.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Betclic

Sabia que a Betclic Também Tem Jogos de Casino

Betclic

Brand SHARE

Quando pensamos na prestigiada marca, rapidamente nos lembramos de apostas desportivas. Contudo, existe também uma vertente de casino, e lá podemos encontrar não só as melhores slots da betclic, como também outros jogos fantásticos.

Ao optar por esta estratégia de juntar desporto e casino, a Betclic conseguiu atrair um público com gostos bastante diversificados.

Além de ser um dos casinos online que adiciona slots e jogos de mesa com mais regularidade, realiza ainda vários torneios e até oferece rodadas grátis. 

4 Tipos de Jogos de Casino na Betclic

Como sabemos, um bom casino é constituído por diferentes tipos de jogos, e podemos dizer que a Betclic sabe disso. Veja o que pode encontrar na plataforma:

    1. Slot machines

Este é sem dúvida o jogo que mais atrai os fãs de casino. A Betclic tem um número superior a 1600 slots, sendo mais de 10 exclusivas. 

Com apostas mínimas tão baixas como 0.10€, é acessível a qualquer tipo de banca. Apesar da grande maioria ser em formato tradicional, estão disponíveis também slots Megaways e Hold & Win.

Temos ainda à disposição, mais de 180 slots especiais (jackpot), onde os prémios podem chegar a valores bem acima da média. 

    2. Roleta

Faz parte dos jogos de mesa com muita tradição no casino. Podemos contar com mais de 10 opções, sendo 4 delas exclusivas da marca. 

Estão disponíveis todos os tipos de apostas comuns, números individuais, grupos de números, par ou ímpar e cores.

De destacar a inclusão de uma roleta americana, algo que não encontramos com tanta frequência nos seus concorrentes.

    3. Blackjack

Quem é fã de casino, está certamente familiarizado com o blackjack. E a plataforma apresenta mais de 16 títulos, e a maioria é exclusiva. Dentro dessa oferta, estão disponíveis os formatos de single hand ou multi hand.

É um jogo onde o fundamental é tomar a decisão certa, entre pedir cartas, parar, dobrar a aposta ou dividir os pares.

    4. Banca francesa

Por último, a novidade. Trata-se da banca francesa, um jogo com uma procura crescente, e que a Betclic já implementou no seu casino. São duas salas, ambas exclusivas.

São lançados 3 dados, sendo que o objetivo do jogador é prever qual será a soma dos números em cada lançamento. Existem 3 seleções possíveis que incluem diferentes somas, grande, pequeno e ases.

Um facto curioso, é que apesar do seu nome, é de origem portuguesa.

Notas Finais

Claramente, o número de slot machines é muito superior à restante oferta, mas a quantidade de jogos de mesa também tem aumentado. Algo que demonstra o interesse da plataforma em agradar ao maior número de jogadores possível. 

Para além de tudo isso, não podemos ignorar os fatores de segurança e credibilidade que uma marca como a Betclic transporta consigo.

Em Portugal a evolução pós-regulamentação é notória, o que é um ótimo sinal para outros países que ainda não o fizeram. E talvez por influência desse mesmo sucesso, o Brasil parece aproximar-se da legalização.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Fonte: Betclic

Conheça a Secção de Desporto da Betclic

Betclic

Brand SHARE

A Betclic apresenta uma boa secção de desporto. Atualmente, são mais de 12 as modalidades disponíveis e podemos contar também com uma boa variedade de mercados, dentro de cada um dos eventos.

Foi a primeira marca a obter licença para operar em Portugal, e ao longo destes 7 anos, tem conquistado a preferência de muitos apostadores.

As melhores casas de apostas oferecem bons bónus e odds atrativas. Contudo, algo fundamental é que tenham também as melhores modalidades disponíveis. E uma coisa é certa, esse aspeto não foi esquecido pela Betclic.

4 Melhores Modalidades na Betclic

Um bom site de apostas desportivas, não pode estar limitado a um ou dois desportos. Ter várias opções que agradem a muitos tipos de apostadores, é essencial.

Mostramos agora uma lista daquelas que, na nossa opinião, são as melhores modalidades presentes na Betclic.

    1. Futebol

É uma modalidade com adeptos espalhados um pouco por todo o mundo, e o mediatismo do futebolista argentino Lionel Messi ou de Cristiano Ronaldo, em muito contribui para isso.

Não existem dúvidas de que está no topo da preferência, são mais de 35 competições, e um jogo entre equipas das principais ligas, apresenta mais de 200 mercados disponíveis para apostar.

São mais de 50 competições desde a Premier League, Liga Portugal, Liga dos Campeões entre outras e poderá encontrar mais de 150 eventos por dia.

    2. Basquetebol

Este é um desporto que beneficia bastante do grande sucesso que é a NBA. Contudo, a Betclic tem também mais de 20 ligas de países diferentes, bem como a principal competição de equipas europeias, a Euroliga.

Num jogo de NBA, existem mais de 150 mercados para apostar. Vencedor do jogo, total de pontos, resultado handicap e desempenho do jogador são alguns exemplos.

    3. Ténis

Aqui podemos contar com os torneios do Grand Slam, e ainda com competições de nível inferior, atualmente estão mais de 5 Challengers disponíveis. Também é possível apostar nos encontros femininos e de pares.

Um evento disputado, por exemplo, no Open da Austrália, oferece mais de 40 mercados. Entre os quais, destacamos o vencedor do encontro, vencedor do set, total de jogos e handicap de sets.

    4. Hóquei no gelo

Com mais de 10 ligas presentes, o interesse por este desporto tem aumentado nos últimos tempos. O principal fator é a competição dos Estados Unidos da América, a NHL.

Cada encontro da NHL, tem um número superior a 50 mercados de aposta, estando entre eles o resultado do jogo, total de golos e resultado handicap 3-way.

Notas Finais

Como seria de esperar, o futebol tem um lugar de grande destaque na marca. Até pelo facto da Betclic ser o patrocinador principal da Liga Portugal. Contudo, podemos verificar que existem também outras modalidades, com imensos mercados de interesse. 

Não deixe de explorar o site, pois a plataforma atualiza a sua oferta de desportos com alguma regularidade e apresenta ainda várias transmissões ao vivo, em diversos eventos.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos
Destinos

Porto e Norte de Portugal vai ter maior participação de sempre na BTL

O stand do TPNP vai contar com uma área total de 1296 m2 e, além de acolher mais de 600 ações, entre apresentações de projetos, degustações, showcookings, workshops e momentos de animação, vai ter também em destaque o tema da sustentabilidade.

Publituris

O Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP) vai contar, este ano, com a maior participação de sempre na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorre entre 28 de fevereiro e 3 de março, onde a entidade regional de turismo vai promover mais de 600 ações.

O stand do TPNP vai contar com uma área total de 1296 m2 e, além de acolher mais de 600 ações, entre apresentações de projetos, degustações, showcookings, workshops e momentos de animação, vai ter também em destaque o tema da sustentabilidade.

Segundo Luís Pedro Martins, presidente do TPNP, esta participação pretende “afirmar o Porto e Norte de Portugal como um destino de elevado prestígio junto dos diferentes segmentos da procura turística, colocando um especial destaque na sustentabilidade, que é uma tendência central do desenvolvimento do turismo, da atividade dos seus operadores e da gestão das suas ofertas e territórios”.

O TPNP recorda que tem em marcha um programa para incentivar práticas de sustentabilidade nas empresas do setor, com vista à sua certificação e num segundo momento certificar a própria região, em parceria com a Global Sustainable Tourism Councial, a entidade mundial que atribui certificados de sustentabilidade no setor.

“A Sustentabilidade surge como princípio orientador de todo o modelo de participação e execução do stand de 1296 m2, privilegiando materiais reutilizáveis e processos eficientes, numa ótica de otimização de recursos. No stand estará disponível um espaço dedicado à gastronomia e vinhos, um produto estratégico do destino, onde decorrerão showcookings dinamizados por alguns dos mais renomados chefs da região”, acrescenta a entidade regional de turismo.

Em destaque vai estar ainda a nova marca do destino, que foi recentemente apresentada e que, segundo o TPNP, “remete para a origem e o original da região, para a fundação da nação e para todo o património único, material e imaterial, transversal aos quatro subdestinos que, distinguindo-se pelas suas especificidades, formam um todo indivisível”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Algarve leva experiência imersiva pela região à BTL

O Turismo do Algarve vai levar um novo stand de 700 m2 à BTL, no qual vai dar a conhecer a experiência imersiva que a região proporciona e que vai ainda contar com a presença dos 16 municípios algarvios e de 18 empresas regionais.

Publituris

O Turismo do Algarve vai voltar a participar na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorre na FIL, Parque das Nações, em Lisboa, entre 28 de fevereiro e 3 de março, contando com um novo stand de 700 m2, onde vai ser dada a conhecer a “experiência imersiva” que a região proporciona, com destaque para a gastronomia, cultura e experiências que o destino oferece.

Num comunicado enviado à imprensa, o Turismo do Algarve indica que o stand de 700 m2 vai contar com a presença dos 16 municípios da região, bem como de 18 empresas algarvias, sendo o “palco privilegiado” para a apresentação das principais atrações e novidades da região.

“Para o Algarve, a BTL é uma montra estratégica para a promoção da região como destino turístico de excelência. A região estará representada por um stand de grande dimensão, com uma área total de 700 m2, que reúne ainda os 16 municípios e 18 empresas do setor”, destaca André Gomes, presidente do Turismo do Algarve, citado no comunicado divulgado.

O stand do Turismo do Algarve vai receber apresentações de projetos e produtos turísticos, eventos-âncora dos municípios, demonstrações gastronómicas, provas de vinhos e produtos regionais, assim como diversas atividades promovidas pelos parceiros da região, funcionando como “um ponto de encontro para profissionais do turismo e público em geral”.

“É também este o palco privilegiado da apresentação, pelo presidente do Turismo do Algarve, das novidades e apostas do destino turístico para 2024, a ter lugar no dia 29 de fevereiro, a partir das 14h30”, indica ainda o comunicado do Turismo do Algarve.

Nesta edição da BTL, o Turismo do Algarve vai estrear um novo stand que, segundo a entidade regional de turismo, “foi concebido para proporcionar uma experiência imersiva aos visitantes”.

“Através de uma decoração moderna e convidativa, inspirada na natureza e na cultura da região, os visitantes sentirão a energia vibrante do Algarve e a promessa de férias inesquecíveis no destino”, explica o Turismo do Algarve, revelando que o conceito do stand baseia-se no posicionamento do Algarve como “O segredo mais famoso da Europa”.

Segundo o Turismo do Algarve, o objetivo é “divulgar e promover não só as praias e as paisagens, mas também o segredo cultural da região: o artesanato local”, pelo que o stand irá apresentar “cestos suspensos, representando este valioso património histórico e cultural do Algarve, a cestaria e a empreita de palma”.

Na zona da restauração da BTL, o Algarve está ainda representado pelo restaurante “O Algarvio”, que convida a uma viagem pelos sabores mais autênticos da região, com destaque para os petiscos, carnes, peixes e mariscos, sem esquecer as sobremesas à base de amêndoa, figo, fios de ovos e laranja do Algarve.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Turismo

Booking.com e TAP com melhor reputação em 2024

Numa escala de 100 pontos, entre mais de 2.000 marcas auditadas (associadas a mais de 70 setores de atividade) pela OnStrategy, nos setores das “Viagens e Lazer”, Booking.com e TAP lideram.

Publituris

Todos os anos a consultora OnStrategy apresenta os resultados do estudo de “Reputação de Marca” em Portugal.

Referente ao ano consolidado de 2023, em conformidade com a certificação das normas ISO20671 (avaliação de estratégia e força) e ISO10668 (avaliação financeira), consolidando a informação referente à dimensão emocional de reputação (Relevância, Consideração, Confiança, Admiração, Intenção de Compra, Preferência, Recomendação e Defesa), em “Travel&Leisure”, a liderança pertence à Booking.com, com uma pontuação de 73,1. Em segundo lugar, com a mesma pontuação (71,8) surge o Pestana e as Pousadas de Portugal.

Fazem ainda parte deste ranking: Sheraton, Vila Galé, viagns Abreu, VIP, Ritz Carlton, Top Atlântico e Marriott.

Já nas “Companhias Aéreas”, o primeiro lugar ficou reservado para a TAP, com 72,9 pontos, seguindo-se a Emirates (72,8) e British Airways (71,7).

Neste ranking aparecem ainda: Lufthansa, Air France, Sata, KLM, Iberia, Ryanair e easyJet.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

França marca presença sem precedente na BTL com a sua delegação “French Travel Tech”

Pela primeira vez, a França estará presente na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, de 28 de fevereiro a 1 de março de 2024, representada por 8 start-ups dedicadas à “Travel Tech” (soluções digitais para viagens e turismo). Estas empresas contribuíram para vários projectos internacionais e têm excelentes referências no sector. Venha conhecê-las.

Brand SHARE

O Ministério francês da Economia e das Finanças, o BPI France, banco de investimento francês, e a Business France, agência francesa para a internacionalização da economia francesa, apoiam 8 empresas na segunda fase da missão “Digitalização do turismo no Sul da Europa” em Portugal. Este programa de apoio e de promoção permitirá às empresas Broke & Abroad, Clorofil (Majorian), Ezus, Guidap, Keru Project, MTrip, Peek´in e The City Hub prepararem-se para as especificidades deste mercado e desenvolverem a sua atividade no mesmo.

Para mergulhar no ecossistema tecnológico do turismo em Portugal, as empresas terão um stand (Pavilhão 3, 3E41) na Bolsa de Turismo de Lisboa. Este espaço permitir-lhes-á apresentar as suas soluções inovadoras aos grandes investidores portugueses e a outros visitantes, identificando simultaneamente os actores locais do sector do turismo e das viagens, de forma a criar oportunidades de negócio no país.

Desde já, pode descobrir 8 soluções que melhoram a produtividade das agências de viagens ou dos centros de lazer, a experiência dos hospedes nos hotéis, a pegada ambiental destes últimos e até a ligação entre os sítios turísticos e os seus visitantes https://www.french-tourism-solutions.com/pt

Se estiver de visita à feira, passe pelo pavilhão Choose France para conhecer os fundadores destas oito start-ups. Pode assistir às sessões de apresentação de empresas todos os dias, entre as 11h30 e as 12h00. Se não estiver presente no evento, pode sempre contactar as equipas da Business France para o pôr em contacto com as empresas: https://world.businessfrance.fr/portugal/contate-nos/

 

INOVAÇÃO FRANCESA DEDICADA À TECNOLOGIA DE TURISMO E VIAGENS

No âmbito do programa de aceleração, a Business France e os seus parceiros selecionaram cuidadosamente 8 empresas francesas do sector das tecnologias de viagem.

  • GUIDAP, o software de gestão do seu smartphone para empresas de lazer
  • mTrip, aplicações móveis para o sector das viagens
  • BROKE AND ABROAD, a viagem da nova geração
  • EZUS, o software de agência de viagens para viagens a medida
  • KERU, ampliar as suas experiências, criar lembranças digitais
  • CLOROFIL, a solução para calcular a sua pegada de carbono
  • PeeK’in, a solução de gestão de bens perdidos para profissionais da hotelaria
  • The City Hub, explore a cidade com o City Hub

A MISSÃO DE DIGITALIZAR O TURISMO E OS EVENTOS NO SUL DA EUROPA

Business France e Bpifrance lançam a primeira edição da missão Digitalização do Turismo e dos Eventos no Sul da Europa, com o apoio da Direção-Geral das Empresas, no âmbito do plano de recuperação e transformação do turismo (PRTT) anunciado pelo Primeiro-Ministro no dia 20 de novembro de 2021.

Este programa destina-se a start-ups tecnológicas francesas inovadoras nos sectores do turismo e dos eventos. Entre janeiro e outubro de 2024, as 8 empresas selecionadas participarão em três feiras internacionais em Espanha, Portugal e Itália. Este programa de aceleração, destinado a favorecer o desenvolvimento das empresas, permitir-lhes-á conhecer melhor as especificidades do mercado do turismo e dos eventos do Sul da Europa, desenvolver a sua rede de contactos e acelerar o seu desenvolvimento nesta região. Espanha, Portugal e Itália destacam-se como actores-chave do turismo na Europa e no mundo. Portugal é o 7º país mais visitado por turistas internacionais na Europa. O país investiu 2,5 mil milhões de euros na sua transição digital e no desenvolvimento do seu património nacional.

 

 

 

 

 

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos
Destinos

Praia da Falésia ganha prémio “Travellers’ Choice” do Tripadvisor como “Melhor praia do Mundo”

Areias douradas, costas irregulares, águas azuis cristalinas – as praias vencedoras deste ano do“Travellers’ Choice” do Tripadvisor são as favoritas dos viajantes. E a Praia da Falésia está em primeiro lugar.

Publituris

O título “O melhor dos melhores dos Prémios Travellers’ Choice” celebra o mais elevado nível de excelência nas viagens. É atribuído àqueles que recebem um elevado volume de avaliações e opiniões que excedem as expetativas da Comunidade do Tripadvisor ao longo de um período de 12 meses.

Na edição de 2024, o título de “Melhor Praia” fica no Algarve: a Praia da Falésia.

“Conhecida pelas suas falésias impressionantes, areias douradas e águas azuis cintilantes”, a Praia da Falésia ficou à frente de outras, tais como Isola dei Conigli (Lampedusa, Donostia, Itália), La Concha Beach (Donostia, Espanha), Ka’anapali (Maui, Havai), Grace Beach (Ilhas Turcas e Caicos), Anse Lazio (Seicheles), Manly Beach (Sydney, Austrália), Eagle Beach (Aruba), Siesta Beach (Flórida, EUA) ou Varadero (Cuba).

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.