Centro de Portugal vai ter maior representação de sempre na BTL

Por a 14 de Fevereiro de 2018 as 17:45

O Centro de Portugal é o destino nacional convidado da BTL’18 e vai contar com a maior representação de sempre na feira de turismo nacional, com um stand de 702 metros quadrados, no qual vão participar 30 empresas da região, incluindo 10 empresas que foram directamente atingidas pelos incêndios de 2017 e que vão ter uma “participação totalmente gratuita”, revelou Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

“É a maior representação física alguma vez feita pela Turismo Centro de Portugal na BTL e com algumas particularidades. A primeira particularidade diz respeito à dimensão do stand, são 702 metros quadrados e, portanto, é a maior área física em que o Turismo Centro de Portugal alguma vez esteve na sua representação institucional. Tem mais 54 metros quadrados que em 2017”, destacou o responsável, durante uma conferência de imprensa, em que o destino apresentou as principais novidades da sua participação na BTL’18.

Entre as principais novidades, Pedro Machado destacou a participação de 10 empresas que foram directamente atingidas pelos incêndios de 2017 e que vão estar presentes na principal feira de turismo do país de forma totalmente gratuita.

“Das 30 empresas que têm assento no stand Centro de Portugal, dedicamos um terço desse espaço, que será gratuito do ponto de vista do investimento, para as empresas que foram atingidas nos territórios ardidos poderem estar representadas. Isto é, das 30 empresas que vão estar no stand do Centro de Portugal, 10 dessas empresas são empresas que nós convidámos, exclusivamente dos territórios atingidos”, explicou o responsável, revelando que se tratam essencialmente de empresas de animação turística.

Na próxima edição da BTL, o stand do Centro de Portugal vai contar também com a presença das oito Comunidades Intermunicipais existentes nos 100 municípios do território da entidade regional de turismo, que vão apresentar na feira produtos turísticos integrados, estando ainda prevista a existência de simuladores que remetem para os principais produtos turísticos da região, como o mar, o turismo activo e de natureza, e os lugares património mundial.

Segundo Pedro Machado, na edição deste ano da BTL, a região vai destacar os seus principais produtos turísticos, ao contrário do que aconteceu nas últimas edições da feira, em que a aposta recaiu na afirmação da marca Centro de Portugal

“As últimas edições foram muito concentradas na promoção e na afirmação da marca Centro de Portugal, mas, em 2018, queremos transpor esse esforço que tem sido feito na marca mais centrado nos seus produtos, que têm um grau de maturidade ou de actualidade no mercado, que julgamos que se ajusta mais aquilo que é a BTL”, referiu o responsável.

Durante a conferência de imprensa, Pedro Machado agradeceu à BTL o convite para que o Centro de Portugal fosse o destino nacional convidado da próxima edição, considerando que se tratou de um “gesto solidário”, que vai permitir que “um destino atingido no seu coração no ano transacto de 2017”, se possa mostrar “naquilo que tem de melhor”, contribuindo também para “repor a normalidade da sua actividade turística”.

Na BTL’18, o Centro de Portugal vai também promover uma série de iniciativas, a exemplo da assinatura do protocolo com a APAVT, a 28 de Fevereiro, que torna o Centro de Portugal no destino preferido das agências de viagens, estando também prevista a apresentação do plano de acção e comunicação no âmbito do protocolo de cooperação transfronteiriça com o Alentejo e a Extremadura espanhola. Também na BTL, será assinado um protocolo com o IEFP, com vista à qualificação de activos.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *