Madeira em “sintonia” com visão europeia para o Turismo

Por a 22 de Novembro de 2017 as 12:38

A secretária Regional de Turismo, Cultura e Assuntos Europeus da Madeira, Paula Cabaço, considera que “existe uma clara sintonia entre aquilo que se defende para o futuro do sector no espaço europeu e a estratégia que a Madeira tem vindo a seguir” e defende que “o futuro do turismo na Madeira implicará, sempre, falar de consolidação, de sustentabilidade e de identidade”.

Paula Cabaço participou esta terça-feira, 21 de Novembro, na 3.ª Conferência Internacional de Turismo, promovida pela eurodeputada portuguesa Cláudia Monteiro de Aguiar, durante a qual se discutiram as grandes temáticas e as grandes áreas que influenciam o sector, trazendo para a realidade nacional alguns dos principais temas em debate no Parlamento Europeu e na Comissão Europeia.

Paula Cabaço destaca a “sintonia” que existe entre a estratégia madeirense e as recomendações europeias, principalmente ao nível do “desenvolvimento sustentável e integrado” e da “necessidade de incentivar o investimento na requalificação e melhoria contínua da oferta turística”.

A secretária Regional de Turismo da Madeira considera que o futuro desta actividade no arquipélago obriga “a uma preocupação que alie, simultaneamente, a sustentabilidade, a qualidade e a evolução positiva dos indicadores de produção” e alerta para a necessidade de “manter a confiança e a convicção na qualidade do destino”.

“Falar do futuro do turismo na Madeira implicará, sempre, falar de consolidação, de sustentabilidade e de identidade. De qualidade de vida e bem-estar. De capital humano e patrimonial que importa valorizar. E, sobretudo, de correspondência e honestidade entre o que se vende e o que realmente temos para oferecer, reforçando-se, desta forma, a confiança que depositam em nós e a consequente fidelização de quem nos procura”, afirma.

Sobre a conferência, Paula Cabaço considera que se tratou de uma reflexão “altamente positiva e construtiva, graças ao contributo das mais diversas individualidades” e, face aos temas abordados, destaca o recurso ao digital, que é “já uma realidade” na Madeira e tem vindo a sustentar “uma promoção actualmente mais eficaz porque concentrada, interactiva e direccionada ao consumidor final, na base das novas tecnologias”.

A secretária Regional de Turismo da Madeira destaca ainda o tema da sustentabilidade, uma área em que a região “soma pontos, quer do ponto de vista da hotelaria e dos reconhecimentos internacionais que têm vindo a ser ganhos, quer do ponto de vista da preservação natural que tem vindo a ser trabalhada”, até porque o Turismo de Natureza é um dos “principais activos do destino”, responsável por uma cada vez maior procura.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *