Assine já
BTL

Áustria promove-se na BTL 2015

Sete empresas austríacas ligadas ao sector do turismo estão presentes no certame, que decorre de 25 de Fevereiro a 1 de Março, na FIL.

Marta Barradas
BTL

Áustria promove-se na BTL 2015

Sete empresas austríacas ligadas ao sector do turismo estão presentes no certame, que decorre de 25 de Fevereiro a 1 de Março, na FIL.

Marta Barradas
Sobre o autor
Marta Barradas
Artigos relacionados

O Advantage Austria, departamento Comercial da Embaixada da Áustria, vai estar presente na BTL 2015, que decorre de 25 de Fevereiro a 1 de Março, na FIL.

No certame estarão presentes sete empresas do país que actuam no sector do turismo, no pavilhão 3, stand 3C30, entre os quais especialistas e profissionais da indústria de turismo.

As empresas austríacas que estarão neste certame são: Botros Incoming Destination Management, agência de viagens e turismo; Brandauer GmbH, infraestrutura de animação turística; e+o meeting, event & travel management GmbH, congress travel & destination management; Pegasus Incoming GmbH, operador turístico; tourismusverband Innsbruck, organismo oficial regional; TSG Tourismus Salzburg GmbH, organismo oficial local; e TUI Austria Holding GmbH – TUI Incoming alps & cities, operador turístico e central de reservas.

Com um aumento de 10 % de turistas portugueses no passado ano de 2014, a Áustria apresenta-se agora na Feira Internacional de Turismo de Lisboa.

Sobre o autorMarta Barradas

Marta Barradas

Mais artigos
Artigos relacionados
Destinos

Receitas turísticas de julho sobem 137% e já superam igual mês de 2019, indica BdP

As receitas turísticas aumentaram 137% face a julho do ano passado, enquanto o valor das importações cresceu 63%, segundo dados preliminares do Banco de Portugal (BdP), que revela que estes indicadores estão já acima de igual mês de 2019.

Em julho, as receitas turísticas aumentaram 137% face a igual mês do ano passado, enquanto o valor das importações turísticas cresceu 63%, avança o Banco de Portugal (BdP), que indica que os montantes registados são já superiores aos de mês homólogo de 2019.

“Em julho de 2022, o indicador preliminar das viagens e turismo aponta para a manutenção de crescimentos acentuados face ao mesmo período do ano passado, devido ao contexto de restrições à movimentação internacional de pessoas que vigorava em 2021”, refere o Banco de Portugal (BdP), numa informação divulgada pela Lusa.

De acordo com o BdP, os dados preliminares das viagens e turismo mostram que se registou um “crescimento das exportações de 137% face a julho de 2021 (após uma variação de 164% em junho) e um crescimento das importações de 63% (variação de 74% em junho)”.

Os valores apurados em julho ficam já acima dos registados em igual mês de 2019, antes da chegada da pandemia da COVID-19, com as exportações – que se definem pelas receitas turísticas prevenientes dos gastos dos turistas estrangeiros em Portugal – a corresponderem a 120% e as importações – que se encontram pelos gastos dos turistas portugueses no estrangeiro – a 121% dos valores observados em julho de 2019.

A tendência de crescimento mantém-se também no acumulado até julho de 2022, uma vez que, segundo o BdP, as exportações e importações superam também os valores observados em igual período de 2019, correspondendo a 111% e 102% do valor então registado.

As séries hoje apresentadas pelo BdP são valores preliminares para a taxa de variação homóloga, tanto para as despesas de turistas estrangeiros em Portugal (também designadas por exportações ou créditos), como para as despesas de residentes em Portugal quando se deslocam a outros países (também designadas por importações ou débitos).

“Esta informação baseia-se num conjunto mais restrito de informação, predominantemente de cartões bancários, e não substitui as séries históricas de exportações e importações de viagens e turismo publicadas no BPstat, que pode encontrar no domínio das estatísticas externas | balança de pagamentos”, acrescenta o BdP.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel torna-se ‘Dog Friendly’

A presença dos animais no Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel está, contudo, sujeita a um regulamento que pode ser consultado através do site do hotel e que prevê a admissão apenas de cães com peso até 20 quilos e com idade superior a três meses.

O Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel passou a permitir que os clientes com reservas em quarto superior, no Bairro da Vista Alegre, levem consigo os seus cães, já que a unidade se tornou num hotel ‘Dog Friendly’.

“Ao tornar-se hotel “Dog-Friendly”, o Montebelo Vista Alegre pretende que os clientes, que não dispensam a companhia dos seus animais de estimação, possam usufruir da sua presença também fora de casa, independentemente do tempo de estadia na unidade”, indica o complexo hoteleiro de cinco estrelas, em comunicado.

A presença dos animais no Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel está, contudo, sujeita a um regulamento que pode ser consultado através do site do hotel e que prevê a admissão apenas de cães com peso até 20 quilos e com idade superior a três meses.

Para utilização durante a estadia, o hotel disponibiliza cama, cobertor, comedouro, bebedouro e sacos higiénicos, sujeito ao pagamento de uma tarifa incluída na reserva, ainda que seja recomendado que os donos levem também alguns dos pertences dos animais, assim como produtos de higiene e de alimentação.

E visto que o Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel está localizado no Lugar da Vista Alegre, espaço amplo que conta com diversas áreas e espaços verdes, os donos podem passear os seus cães nesta zona, usufruindo também de um momento de lazer na companhia dos seus animais de estimação.

Recorde-se que o Montebelo Vista Alegre Ílhavo Hotel é a segunda unidade da cadeia Montebelo Hotels & Resorts a tornar-se ‘Dog Friendly’, depois de também o Montebelo Aguieira Lake Resort & Spa, cinco estrelas na Barragem da Aguieira, em Mortágua, também ter passado a aceitar os animais de estimação dos hóspedes.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Viagens El Corte Inglés abre nova loja em Aveiro dia 8 de setembro

O Viagens El Corte Inglés prepara-se para abrir uma nova agência em Aveiro. A inauguração está prevista para o próximo dia 8 de setembro.

Durante a inauguração, que decorrerá entre as 16h30 e as 20h00, indica a empresa, em nota de imprensa, “iremos ter inúmeras surpresas para quem nos visitar”.

Na nova agência o Viagens El Corte Inglés vai disponibilizar uma ampla oferta de produtos e destinos com vantagens exclusivas, entre os quais Caraíbas, Réveillon, Costas Espanholas, Brasil, Ilhas Portuguesas e Espanholas, Portugal, Grandes Viagens, e Cruzeiros.

A nova loja ficará localizada no centro da cidade de Aveiro, na Avenida Dr. Lourenço Peixinho 95B. Poderá ser contactada pelo telefone 234 894 030, ou por email: [email protected]

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos

CROISIEUROPE retoma cruzeiros no rio MEKONG

Após dois anos de interrupção, a CroisiEurope anuncia que desde 1 de agosto de 2022 retomou as operações no Mekong, sendo o primeiro operador de cruzeiros fluviais a fazê-lo.

Os cruzeiros têm a duração de onze ou nove dias entre a cidade de Ho Chi Minh e Siem Reap, visitam os templos de Angkor e as aldeias flutuantes no lago Tonle Sap, além de descobrir o charme colonial de Phnom Penh e navegar pelo Canal Cho Gao. A empresa oferece opções de extensão de cruzeiros com estadias de 4 ou 7 dias visitando Hanói e Along Bay ou as cidades imperiais.

Os cinco navios da CroisiEurope combinam charme e conforto, inspirados no rico estilo dos navios comerciais que navegam no Mekong, cada um com seu decor individual:
• O RV Indochine I é um navio de 4 âncoras de estilo colonial, inspirado nos antigos barcos tradicionais do Mekong, completamente revestido com madeiras exóticas e elementos vegetais. Tem capacidade para 48 passageiros em 24 cabines dispostas em dois decks.
• O RV Indochine II é um navio de 5 âncoras que pode acomodar 62 passageiros em 31 cabines espaçosas, confortáveis ​​e iluminadas, dispostas em três decks. Construído com materiais nobres, combina um estilo com influências coloniais e contemporâneas, charme e conforto, elegância e requinte.
• O RV Lan Diep com 4 âncoras, tem uma decoração inspirada nos antigos barcos tradicionais do Mekong. Possui 22 cabines em dois decks com capacidade para 44 passageiros.
• O RV Toum Tiou I é um navio de estilo cambojano com 10 cabines em dois decks, com capacidade para 20 passageiros. Devido ao seu pequeno tamanho, oferece aos seus passageiros uma visão excepcional das paisagens e aldeias que se encontram nas margens do Mekong, proporcionando encontros privilegiados com a população local e seu modo de vida. O barco tem o tamanho perfeito para alugá-lo em exclusividade para famílias, grupos ou amigos.
• O RV Toum Tiou II é um navio de estilo colonial com 14 cabines em dois decks, com capacidade para 28 passageiros. Tal como o seu irmão, pode ser totalmente alugado para famílias, grupos ou amigos.
Cada navio oferece um restaurante panorâmico que serve deliciosos pratos asiáticos e internacionais, lounge climatizado, solário, cabines espaçosas e área de massagem. Os itinerários incluem bebidas, todas as excursões, além de Wi-Fi a bordo e taxas.

SOBRE A CROISIEUROPE: A CroisiEurope é a primeira empresa de cruzeiros fluviais da Europa na sua categoria e possui uma frota muito actualizada e moderna de 56 navios, 48 ​​navios próprios (33 fluviais, 6 peniche, 2 marítimo-costeiros, 5 no Mekong e 2 na África Austral) e 8 em operação. Todos eles são projetados, construídos e comercializados pela própria empresa. A sua sede está localizada em Estrasburgo e desde 2005 já tem uma forte presença em Espanha, onde se vai consolidando pouco a pouco. Há mais de 40 anos trabalhamos com a mesma ideia: Descobrir o mundo através de seus rios. Uma ideia na qual a CroisiEurope aplica toda a sua experiência para oferecer aos seus clientes férias inesquecíveis. Uma extensa variedade de destinos, uma frota de navios inovadora e elegante, uma gastronomia e seleção de vinhos cuidadosa e a atenção requintada ao detalhe por parte da tripulação significam que oferecer um cruzeiro CroisiEurope significa ter a certeza de satisfazer os clientes mais exigentes. No ano passado, mais de 220.000 pessoas viajaram com a CroisiEurope.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos
Destinos

Macau abre portas à entrada de viajantes de 41 países

Macau vai permitir, a partir desta quinta-feira, a entrada da maioria dos estrangeiros, pela primeira vez desde março de 2020, no início da pandemia de covid-19, anunciou o Governo da região administrativa especial chinesa.

Um despacho assinado pelo líder do Governo, Ho Iat Seng, divulgado pela Agência Lusa, refere que são revogadas as restrições atualmente em vigor, permitindo a estrada de “não residentes provenientes de outros países ou regiões designados pela autoridade sanitária, mediante avaliação do risco de epidemia e tendo em conta as necessidades reais de circulação de pessoas”.

A notícia da Lusa cita ainda um comunicado do Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, destacando que será permitida a entrada de trabalhadores não residentes e familiares de residentes, assim como viajantes de 41 países, incluindo o Brasil.

Ao contrário do que acontece para quem entra pela fronteira com a China continental, quem chega do estrangeiro continua a ser obrigado a cumprir uma quarentena de sete dias num hotel, seguido de três dias de “auto-vigilância médica” que pode ser feita em casa.

Macau fechou as fronteiras a estrangeiros sem o estatuto de residente em março de 2020. Em maio último, a região aprovou a entrada de todos os portugueses não residentes no território.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Açores: Dado primeiro passo para a construção da nova aerogare da Graciosa

A secretária Regional do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas dos Açores, Berta Cabral, presidiu, esta segunda-feira, ato que formaliza a construção da nova aerogare da ilha Graciosa.

Para Berta Cabral “a nova aerogare da ilha Graciosa representa um importante instrumento de progresso económico e social nos Açores, desejado e muito esperado pelos graciosenses”, para lembrar que este ato “vem fechar um ciclo de dois procedimentos concursais que ficaram desertos e que em muito condicionaram o desenrolar desta obra.

Citada no site oficial do Governo Regional, a governante considerou que “a nova aerogare permitirá maior organização, conforto e segurança, através de equipamentos e infraestruturas adequadas ao crescimento dos fluxos turísticos e à qualidade que se pretendem imprimir no serviço a prestar na ilha Graciosa”.

De acordo com Berta Cabral, “face à aposta na promoção equitativa de todas as ilhas e às evidências do fluxo turístico, o XIII Governo dos Açores tem vindo a assegurar, na ilha Graciosa, investimentos em infraestruturas que impulsionem o investimento privado”.

Refira-se que, em termos de oferta de alojamento nos últimos dois anos, por exemplo, foram aprovados mais oito empreendimentos turísticos e, em análise, estão mais cinco.

Com um valor de consignação de 6.164.000,00 euros, a empreitada de Requalificação e Ampliação da Aerogare da ilha Graciosa, cujo auto foi assinado pelo diretor-geral da SATA Gestão de Aeródromos, SA, Ricardo Ferraz Carvalho, e pelo representante do empreiteiro, TREPA, João Rodrigues, prevê a construção de uma nova aerogare junto à atual e dimensionada para a utilização de 120 passageiros, correspondentes a 75% da lotação máxima de dois DASH Q400 em operação simultânea.

A obra é objeto de uma candidatura aprovada por fundos comunitários e tem o prazo de execução de 20 meses, indica ainda a notícia publicada na página oficial do Governo dos Açores.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

4Tours com propostas para Mercados de Natal europeus

O operador turístico 4Tours anuncia ao mercado que tem disponível no seu site várias propostas para os Mercados de Natal europeus, de três, quatro e cinco dias, que permitirão vivenciar de perto a verdadeira magia dessa época do ano.

Os circuitos, com preços desde 695 euros por pessoa, incluem propostas para Berlim, Dresden e Praga, Viena, Tallinn e Riga, Heidelberg, Colmar e Estrasburgo, Bruges e Bruxelas, Colónia e Bruxelas e ainda Nuremberga, Munique e Wurztburg.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Woman using laptop to book hotel online

Destinos

Booking e Expedia mantêm domínio na UE

Um estudo da Comissão Europeia, que analisa o setor de distribuição hoteleira entre 2017 e 2021, indica que a Booking.com é “de longe” a agência online com maior quota de mercado, com 67,7%, seguindo-se a Expedia.

O relatório, que avalia o setor da distribuição hoteleira europeia entre 2017 e 2021 em seis Estados-membros: Espanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Polónia e Suécia, conclui que não se registou “nenhuma alteração significativa na situação competitiva do setor” face a 2016.

Da mesma forma, destaca que as OTA correspondem a 44% das vendas dos hotéis independentes, o que representa um “pequeno aumento” em relação à situação anterior ao período analisado.

A Booking.com e a Expedia continuam a dominar o setor e o relatório alerta que “não há sinais de grandes alterações nas quotas de mercado das agências de viagens online ou novas entradas de agências deste tipo”

Os principais players, Booking, Expedia e HRS, detêm 92% da quota de mercado, razão pela qual esta situação é muitas vezes descrita como um “duopólio” ou um “oligopólio”. Entre elas, a Booking.com é “de longe” a agência online com maior quota de mercado (67,7%), segundo o estudo.

No entanto, as comissões pagas pelos hotéis a estas agências “parecem ter-se mantido estáveis ​​ou diminuído ligeiramente”, enquanto os preços dos quartos e a diferenciação da disponibilidade destes, tanto pelos hotéis como pelas agências, “parecem ter diminuído “.

A Comissão Europeia está também a tentar apurar o impacto das leis que proíbem a utilização de cláusulas de paridade amplas e restritas, que impedem os hotéis de oferecer melhores condições em canais de venda que não o site da OTA com a qual têm contrato.

Bruxelas lembra que o setor da distribuição hoteleira tem sido alvo de várias “intervenções legislativas” e de defesa da concorrência nos últimos anos. Especificamente, várias autoridades nacionais da concorrência têm investigado desde 2010 a utilização de tais cláusulas de paridade em contratos entre agências de viagens e hotéis.

Entre 2015 e 2018, França, Áustria, Itália e Bélgica adotaram legislação nacional para proibir o uso de cláusulas de paridade pelas OTA. Da mesma forma, a Booking.com e a Expedia prometeram, em 2020, perante a Comissão Europeia não assinar esse tipo de acordo, pelo menos até junho de 2023.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Feira do Imobiliário e Turismo de Portugal em Paris vai ter Loulé como destaque

Investir, viver e fazer negócios… eis os temas-chave que vão animar a 9ª edição da Feira do Imobiliário e Turismo de Portugal (SDITP), de volta a Paris, Porte de Versailles, de sexta-feira 23 a domingo 25 de setembro. Loulé será o concelho em destaque.

Perante um crescente interesse pela expatriação, a Feira vai reunir consultores jurídicos, agentes imobiliários, serviços de saúde, autarquias e outras entidades locais e regionais para ir ao encontro das expectativas dos visitantes franceses relativamente aos seus planos de fixação em Portugal. O objetivo do evento e, de facto, apresentar a diversidade das ofertas do território português.

De acordo com a organização, graças à sua proximidade geográfica e cultural com a França, Portugal tem muitas vantagens para aí se instalar. Com um custo de vida 35% inferior em média ao da França, Portugal sempre foi o destino preferido dos franceses.

Também foi reconhecido como o segundo país mais acolhedor do mundo para expatriados em 2021 (Expat Insider) e o principal destino da Europa (European Best Destinations), no mesmo ano.

“Portugal é um país que está ligado à França há muitos anos. Muitos portugueses escolheram a França para construir uma nova vida e fugir dos problemas econômicos e políticos durante a ditadura, até 1974. Várias gerações continuaram a tentar a sorte em França e assim construíram um verdadeiro laço de amizade entre os dois países”, considera Vitor Aleixo, presidente da Câmara Municipal de Loulé, que vê o município ser o destaque da Feira na edição deste ano.

“É de facto a primeira vez que Loulé vai participar na Feira do Imobiliário e Turismo de Portugal, na esperança de mostrar aos franceses e a todos os visitantes da feira que a cidade tem muitos trunfos, que o nosso território é um pedacinho do paraíso onde a vida é boa. O nosso campo, as nossas serras, as nossas pequenas aldeias oferecem um excelente ambiente de vida e têm tudo para alegrar quem lá se instala”, afirma o autarca.

Refira-se, por outro lado, que Portugal subiu para o 1º lugar do ranking de paraísos para reformados estrangeiros, o que fez com que a comunidade francesa residente no nosso país crescesse de forma exponencial.

Segundo Vitor Aleixo, “ela cresce um pouco a cada ano e se interessa pela nossa cultura e pela nossa gastronomia. Além disso, várias iniciativas foram introduzidas para facilitar a adaptação do francês. Em Loulé, a Câmara Municipal publica mensalmente um programa de iniciativas municipais traduzido para francês”. Além disso, “recebemos cada vez mais jovens casais que optam por estabelecer-se em família no nosso concelho”.

A SDITP vai coordenar mais de 40 conferências, mesas redondas e reuniões para destacar as ​​atrações que fazem de Portugal um dos destinos mais populares e procurados.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Meeting Industry

APAVT abre inscrições para o seu Congresso de Ponta Delgada

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) acaba de anunciar a abertura das inscrições para o seu Congresso que decorrerá de 8 a 11 de dezembro, em Ponta Delgada (São Miguel – Açores).

Incluindo voo, três noites de alojamento e acesso a todo o programa de trabalhos e social do congresso, a inscrição, que pode ser feita em https://congressoapstg.wpengine.com/,  tem um custo, a acrescer de taxas, de 300 euros para o associado congressista e 200 euros para acompanhante a partilhar quarto, em unidade de três estrelas. Com alojamento em unidades de cinco estrelas, também com voo incluído, o valor é de 350 euros para congressista e 250 euros para acompanhante.

Em nota de imprensa, a APAVT informa que no seu site oficial constam todas as alternativas, incluindo inscrições sem voo e/ou sem hotel.

Em jeito de convite ao setor do turismo, o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira destaca que “sobre o fundo azul do mar dos Açores, vamos escrever o futuro do setor,  procurando sempre realizar, e não apenas debater. No final, só quem realiza induz o desenvolvimento e a mudança. Sabe quem já conhece os nossos congressos, que esse desenho vai ser feito por todos nós, congressistas, neste grande reencontro de todo o sector do turismo, que é um congresso da APAVT”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.