Assine já
Homepage

ITB Ásia abre inscrições para compradores

A feira vai decorrer de 17 a 19 de Outubro, em Singapura.

Tiago da Cunha Esteves
Homepage

ITB Ásia abre inscrições para compradores

A feira vai decorrer de 17 a 19 de Outubro, em Singapura.

Sobre o autor
Tiago da Cunha Esteves
Artigos relacionados

A ITB Ásia deu início às inscrições para o seu programa de compradores deste ano, anunciou a organização. Assim, os ‘buyers’ interessados em participar na feira, que vai decorrer de 17 a 19 de Outubro, na Sands Expo e Centro de Convenções, em Singapura, poderão fazer a sua inscrição aqui.

A organização anunciou novidades para o programa de compradores da edição deste ano, no sentido de melhorar a sua qualidade. Os expositores serão incentivados a nomear compradores com os quais gostariam de ter uma reunião na feira. Uma vez aprovadas essas nomeações, ser-lhes-á dado um código para que convidem os ‘buyers’ a registarem-se na categoria ‘Grupo’.

“Todos os potenciais compradores serão alvo de um processo de selecção restrito e avaliados de acordo com o seu potencial e com a sua experiência, de forma a garantir que apenas os melhores serão integrados no sistema de reuniões pré-agendadas”, informa a organização.

Sobre o autorTiago da Cunha Esteves

Tiago da Cunha Esteves

Mais artigos
Artigos relacionados
Distribuição

TUI Portugal e Qatar Airways lançam pacotes para o Mundial e Doha

A TUI Portugal e a Qatar Airways uniram-se para lançar uma série de propostas para levar os portugueses a conhecer Doha, capital do Qatar, incluindo durante o Mundial de Futebol de 2022.

A TUI Portugal e a Qatar Airways uniram-se para lançar uma série de propostas para levar os portugueses a conhecer Doha, capital do Qatar, incluindo durante o Mundial de Futebol de 2022, que vai decorrer no país, entre 20 de novembro e 18 de dezembro.

“Operador turístico e companhia aérea trabalham em conjunto na promoção do destino como stopover para destinos de praia como Maldivas e Zanzibar, ambos na lista de mais procurados da TUI Portugal, mas também como destino final, já que Doha se assume como uma opção cada vez mais apelativa para quem procura combinar a vertente cultural com atividades de lazer ao livre”, indica a TUI Portugal, num comunicado enviado à imprensa.

Além da capital do Qatar, a parceria entre a TUI Portugal e a Qatar Airways vai ainda promover os pacotes para o Mundial de Futebol de 2022, disponibilizando três datas de saída, para combinar em função dos jogos mais apelativos para os viajantes.

As ofertas no âmbito desta parceria já podem ser consultadas online, através do site da TUI Portugal, e as reservas podem ser realizadas nas agências de viagens da rede do operador turístico.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Air France abre cinco novos destinos no inverno e aumenta capacidade em Portugal

A Air France vai voar para 171 destinos no inverno, incluindo 86 no longo curso e 85 no curto e no médio curso, numa capacidade que já se aproxima do inverno de 2019 e que cresce também 18% em Portugal.

A Air France vai voar, durante o próximo inverno, para 171 destinos, incluindo 86 no longo curso e 85 no curto e no médio curso, numa oferta cuja capacidade já se aproxima do inverno de 2019 e que prevê também um aumento de 18% na capacidade oferecida pela companhia aérea francesa em Portugal.

“A oferta da Air France cresce 18% este Inverno em Portugal face a período homólogo de 2021”, indica a Air France, revelando que esta oferta é “idêntica à oferecida e operada em 2019” e tem por base um maior número de frequências de/para o Porto a partir de Paris-CDG, que passam a sete em vez das seis disponibilizadas no inverno de 2021.

Além do aumento de frequências no Porto, a Air France vai também aumentar a capacidade na rota de Lisboa para Paris, que passa a ser operada por “aviões de maior capacidade”, mantendo-se as quatro frequências que a companhia aérea já oferecia no inverno passado.

As rotas de Lisboa e Porto podem, no entanto, ser utilizadas para chegar a Paris e viajar para um dos cinco novos destinos que a Air France vai abrir este inverno e vão passar a ligar Paris-CDG a Nova Iorque-Newark (EUA), Tromsø (Noruega), Kittilä (Finlândia), Innsbruck e Salzburg (Áustria).

No caso de Nova Iorque-Newark, os voos arrancam a 12 de dezembro de 2022 e contam com uma ligação diária e direta, marcando o regresso da Air France ao segundo maior aeroporto de Nova Iorque.

“Este voo será adicionado ao produto do tipo “Shuttle” oferecido entre Paris-CDG e Nova Iorque-JFK, com 6 voos diários operados pela Air France e 2 pela sua parceira na aliança Skyteam, a Delta Air Lines”, indica a Air France em comunicado.

Este inverno, a Air France decidiu também manter a rota de verão que liga Paris-CDG – Dallas e que vai contar com três voos por semana, operados em aviões 777-200 ER.

Também no longo curso, destaque ainda para o regresso dos voos da Air France entre Paris-CDG e a Cidade do Cabo, na África do Sul, operação que estava suspensa desde o início da COVID-19 e que vai regressar a 30 de outubro, com três voos por semana, em avião Boeing 787-9.

Além da Cidade do Cabo, a Air France vai também voar para Joanesburgo este inverno, disponibilizando um total de sete voos por semana entre a capital francesa e a cidade sul-africana.

De assinalar é ainda o regresso dos voos da Air France para o Japão, numa retoma que é permitida pela reabertura gradual de fronteiras no país depois da COVID-19 e que, segundo a Air France, conta com cinco voos por semana para Tóquio-Haneda, em aviões Boeing 787-9.

“A Air France passa, assim, a ligar Paris aos dois aeroportos de Tóquio neste inverno, com o aeroporto de Tóquio-Narita a ser servido até 5 vezes por semana a partir de Paris-Charles de Gaulle”, refere ainda a transportadora gaulesa.

As novidades da Air France para este inverno incluem ainda quatro novas rotas de curta distância e médio curso, que vão passar a ligar Paris às cidades de Tromsø (Noruega), Kittilä (Finlândia), Innsbruck e Salzburg (Áustria), além de outras novidades nomeadamente no Norte de África.

A partir de 30 de outubro, a Air France passa a voar entre Paris-Orly e Casablanca, em Marrocos, com um voo diário operado em Airbus A320, data em que as ligações entre Nice e Londres Heathrow passam a ser anuais, contando com um voo por dia, uma vez que atualmente apenas decorriam no verão.

Já o serviço sazonal Paris-CDG – Rovaniemi (Finlândia), que tinha sido inaugurado em 2021, vai ser retomado este ano a partir de 27 de novembro, com até um voo diário operado em Airbus A320 durante os feriados de fim de ano.

O dia 10 de dezembro marca a inauguração das quatro novas rotas da Air France de curta distância e médio curso, já que a partir deste dia a companhia aérea francesa passa a voar para Kittilä (Finlândia) e Tromsø (Noruega), com um voo por semana, realizado em aviões A320 e Airbus A319, respetivamente.

Já Innsbruck e Salzburg (Áustria) vão contar com dois e um voo por semana, respetivamente, que vão ser operados em aviões Embraer 190, também com início a partir de 10 de dezembro de 2022.

Além destas novidades, a Air France vai ainda estender ao longo de todo o ano os voos Paris-Orly – Tunes (Tunísia), Marselha – Argel (Argélia), Toulouse – Argel (Argélia) e Toulouse – Oran (Argélia), que até aqui eram apenas realizados na temporada de verão.

Todos os destalhes sobre os novos destinos, programas de voo e tarifas podem já ser consultados em airfrance.pt.

A companhia aérea francesa alerta, no entanto, que “este programa de voos é suscetível de mudanças e mantém-se sujeito à obtenção das necessárias autorizações governamentais”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

InterContinental Cascais – Estoril contrata novo Housekeeping Manager

O profissional começou o seu percurso em Housekeeping há cerca de sete anos, juntando no currículo referências como o grupo NAU e o Vila Vita Parc.

O InterContinental Cascais – Estoril apostou em João Fonseca para o cargo de Housekeeping Manager da unidade. O profissional começou o seu percurso em Housekeeping há cerca de sete anos, de acordo com informação adiantada em comunicado, juntando no currículo referências como o grupo NAU e o Vila Vita Parc.

Com um mestrado em Marketing Relacional, João Fonseca tem como principal prioridade “a singularidade do serviço, a qual promete continuar a integrar nos objetivos da equipa de Housekeeping do InterContinental Cascais – Estoril”, como indicado em nota de imprensa. Na mesma é assegurado que “a vasta experiência, o grande sentido de organização, a atenção ao detalhe e a agilidade na tomada de decisão são algumas das muitas aptidões que João Fonseca ganhou ao longo dos anos e que irá agora pôr em prática na sua nova função”.

“Estou bastante entusiasmado com este novo desafio profissional no InterContinental Cascais – Estoril. Este é um hotel com o qual partilho vários valores, como o serviço de excelência e o atendimento personalizado, os quais me irão permitir continuar a crescer no serviço a clientes no segmento de luxo”, garante João.

Durante a pandemia, João Fonseca criou a plataforma Housekeeping Talks, uma forma de “unir os profissionais da área e enaltecer o sector”. Das lives do Instagram ao grupo de WhatsApp com mais de 250 profissionais, o objetivo agora será o de organizar brevemente um “GatheringKeeping” nacional.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

Tivoli Hotels & Resorts marca presença em Espanha com novo resort

A unidade localizada em Tenerife representa a estreia da marca Tivoli Hotels & Resorts em Espanha e será apresentada na primavera do próximo ano.

A Tivoli Hotels & Resorts estreia a sua marca em Espanha com a aquisição do hotel La Caleta Resort, situado na Costa Adeje, em Tenerife. A unidade, que anteriormente operava sob a marca Sheraton, vai ser apresentada como Tivoli La Caleta Resort na primavera do próximo ano, conforme adiantado em comunicado.

Neste momento, o resort encontra-se fechado para obras, prevendo-se que reabra com 284 quartos, nos quais estão incluídas 20 suítes. Das restantes valências farão parte quatro restaurantes, dois bares e dez salas de reuniões, além de três piscinas, ginásio, campos de ténis e padel. A propriedade também passará a incluir um Anantara Spa.

Em comunicado, a marca adianta ainda que o Tivoli La Caleta Resort prestará “uma nova oferta de serviços”, atribuindo um “papel de destaque à gastronomia para a experiência do cliente”. Desta forma, a unidade vai manter a parceria com Olivier da Costa “para o desenvolvimento e implementação de novos conceitos de restauração que o hotel irá oferecer”.

O primeiro conceito será o espaço de restauração Yakuza, especializado em comida de fusão entre o Oriente e o Ocidente, ao qual se junta o Guilty, com uma oferta ‘casual food’. O último dos conceitos será o Clássico Beach Club, um ponto de encontro debaixo do sol quente das Canárias, cuja carta incluirá na sua carta alguns dos pratos mais conhecidos da gastronomia da ilha.

Com um portfólio de 16 propriedades em quatro países, a marca Tivoli Hotels & Resorts é propriedade da Minor Hotels e gerida pelo NH Hotel Group na Europa. Com uma história que remonta a 1933 em Lisboa, a Tivoli Hotels & Resorts cresceu de Portugal para o Brasil e do Qatar para a China, expandindo agora a sua presença na Europa com a primeira abertura em Espanha.

A aposta no Tivoli La Caleta Resort vem no seguimento da pretensão da Tivoli Hotels & Resorts “liderar o crescimento do NH Hotel Group com novos resorts nos melhores destinos de férias do sul da Europa”, como indicam em nota de imprensa.

Ramón Aragonés, CEO do NH Hotel Group, destaca esta operação como um importante salto qualitativo para a marca Tivoli e para a empresa como um todo.

“Durante este ano, o compromisso combinado e simultâneo entre os destinos de lazer e os destinos de viagens de negócios fortaleceu a capacidade de recuperação do NH Hotel Group. A entrada da Tivoli Hotels & Resorts em Espanha, com um resort tão emblemático como o La Caleta em Tenerife, permite-nos dar um passo estratégico. No futuro, será uma prioridade para nós expandir a presença da marca através de resorts de elevada qualidade”, declara o CEO em comunicado.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Bragança disponibiliza mais e melhor informação turística

Com as dormidas e proveitos de aposento a atingiram níveis recorde no concelho, no segundo trimestre, comparativamente com períodos homólogos, valores superiores aos registados antes da pandemia, na primavera de 2019, Bragança passa a disponibilizar mais e melhor informação turística.

O município de Bragança passou a disponibilizar, no website de turismo municipal, áudioguias em português, castelhano, francês e inglês, relativos a 34 pontos de interesse turístico do concelho, permitindo ao turista um acesso privilegiado e universal, através do uso dos smartphones ou tablets, a conteúdos informativos e descritivos do património cultural e religioso deste território.

Em conjunto com esta iniciativa, foram instalados novos totens de informação turística, substituindo os existentes, bem como sinalética direcional pedonal para o turista. Os novos totens, com uma nova e mais atrativa imagem, dispõem de informação em português e inglês, estando associado a cada um deles, um QRcode à aplicação Visit.Bragança, que permite o acesso a informação relacionada com o património a visitar – descrições, fotografias 360.º, vídeos e informação útil.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Destinos

Governo cria Programa Festivais Acessíveis

Este programa visa distinguir “os festivais que apresentem condições de acessibilidade para todos os que tenham mobilidade condicionada, como pessoas com deficiência física ou sensorial, grávidas, crianças ou pessoas idosas”.

O Governo criou, através uma parceria entre o Turismo de Portugal I.P. e o Instituto Nacional de Reabilitação (INR), o Programa Festivais Acessíveis para distinguir “os festivais que apresentem condições de acessibilidade para todos os que tenham mobilidade condicionada, como pessoas com deficiência física ou sensorial, grávidas, crianças, pessoas idosas, entre outros”.

Este programa, que nasce através do Despacho Conjunto n.º 11448/2022 da Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços e da Secretária de Estado da Inclusão, de 26 de setembro de 2022, contempla, ainda, “a atribuição anual do Prémio “Festival + Acessível”, ao evento mais acessível do conjunto dos festivais reconhecidos, em cada ano”.

O programa está aberto a candidaturas de entidades públicas ou privadas, assim como de organizadores de festivais nas tipologias previstas, devendo as candidaturas ser realizadas três meses antes do início do festival.

“As entidades interessadas em candidatar o seu festival devem consultar o regulamento constante do Despacho Conjunto n.º 11448/2022, assim como o Manual de Apoio que contém informação detalhada sobre o preenchimento do Formulário de Candidatura”, indica uma nota da Secretaria de Estado do Turismo, Comércio e Serviços.

Toda a documentação para as candidaturas está disponível através do site do Turismo de Portugal, numa página dedicada exclusivamente a este Programa Festivais Acessíveis.

“Portugal é já hoje reconhecido, tanto por portugueses como estrangeiros, pela diversidade e qualidade da sua oferta de festivais, em todo o território e ao longo de todo o ano. Damos agora um passo deveras significativo no caminho da fruição destas experiências por todos, sem exceção. E este é também o papel do turismo e no qual estamos fortemente empenhados: construir um mundo mais justo, inclusivo e sustentável”, considera Rita Marques, secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços

Este programa enquadra-se nos objetivos do Programa “All for All – Portuguese Tourism”, que visa contribuir para o incremento da oferta turística acessível, assim como para a promoção de Portugal como destino para todos, no âmbito do qual foram já apoiados 129 projetos visando a adaptação da oferta nas várias tipologias da cadeia turística, com destaque a melhoria das condições de acessibilidade física e comunicacional dos equipamentos culturais.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Tailândia deixa de exigir certificado de vacinação a partir de 1 de outubro

Além de deixar de ser obrigatório apresentar o certificado de vacinação, os turistas internacionais deixam também de ter de apresentar um teste negativo para a COVID-19 à chegada à Tailândia.

A Tailândia vai deixar de exigir a apresentação do certificado de vacinação à COVID-19 ou do resultado negativo de um teste ATK aos viajantes internacionais a partir de 1 de outubro, informou a Autoridade de Turismo da Tailândia (TAT) em comunicado.

Na informação divulgada, a TAT explica que a medida foi decidida depois do fim do  do Decreto de Emergência COVID-19, que deixa de vigorar a 30 de setembro, e  que deixa de classificar a COVID-19 como uma “uma doença transmissível perigosa”, passando a ser vista como “uma doença transmissível sob vigilância”.

Recorde-se que a Tailândia tem vindo gradualmente a reabrir para o turismo internacional desde julho de 2021 e, desde julho de 2022, deixou de ser necessário realizar o registo no Thailand Pass, passando apenas a ser necessário apresentar prova de vacinação ou um resultado negativo do teste ATK nas 72 horas anteriores à viagem.

Com o fim do Decreto de Emergência COVID-19, além de deixar de ser obrigatória a apresentação do certificado de vacinação, deixa também de ser necessário apresentar qualquer teste negativo para entrar no país.

Paralelamente, as autoridade tailandesas aprovaram também o alargamento do período de estada para 45 dias (a partir de 30 dias) para turistas de países/territórios com direito a isenção de visto, e para 30 dias (a partir de 15 dias) para os turistas elegíveis a visto de chegada (VOA), medida que entra igualmente em vigor a 1 de outubro e que se vai manter até 31 de março de 2023.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Património da Universidade de Coimbra pode ser conhecido virtualmente

Os espaços emblemáticos da Universidade de Coimbra podem agora ser conhecidos através do UC Space of Knowledge, um inovador mundo virtual que pretende oferecer uma experiência a quem visita o património da instituição, integrado desde 2013 na lista do Património Mundial da Humanidade da Unesco.

Com o download gratuito deste módulo UC Space of Knowledge, integrado na aplicação UC One, que se encontra disponível na Apple Store e Play Store, os visitantes do património da Universidade de Coimbra podem percorrer online todos estes espaços ao mesmo tempo que os visitam fisicamente.

O UC Space of Knowledge disponibiliza audioguias em nove idiomas, incluindo a língua gestual portuguesa, com possibilidade de transcrição e legendas para uma experiência mais inclusiva, bem como um slideshow de imagens exclusivas dos vários espaços da Universidade de Coimbra.

Este mundo virtual oferece seis coleções de ficheiros sobre locais a visitar, com diferentes rotas turísticas, nomeadamente Capela de São Miguel, Rua Larga, Pátio das Escolas, Jardim Botânico e o Aqueduto de S. Sebastião, Palácio Real e a Biblioteca Joanina e Prisão Académica.

Estas coleções podem ser descarregadas e utilizadas posteriormente offline, ou seja, os visitantes que não tenham acesso à internet no momento da visita conseguem aceder na mesma a estes ficheiros, desde que os tenham descarregado previamente.

O UC Space of Knowledge estará acessível na bilheteira do Núcleo de Turismo (localizada no Colégio de Jesus) assim como nos próprios locais emblemáticos da UC, onde os visitantes poderão descarregar a aplicação através de um QR Code. Depois da sua instalação, o utilizador tem apenas de escolher um avatar para o representar no mundo virtual e dar início à aventura pelo património da Universidade de Coimbra.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Icárion reforça oferta para o Japão até final de 2023

Porque as fronteiras do Japão já estão reabertas para portugueses, o operador turístico Icárion, acaba de anunciar o reforço da sua programação para este destino asiático, prolongando todos os circuitos até ao final de 2023.

Com propostas entre seis e 12 noites, desde o combinado mais simples de Quioto e Tóquio até programas mais enraizados na cultura japonesa, todos podem ser combinados com as várias praias da Tailândia (Krabi, Phuket e Koh Samui), Bali e Maldivas, indica o operador.

Francisca Ferreira, Product Manager, destaca a importância desta reabertura, para salientar que “o Japão sempre foi um destino bastante desejado pelo mercado português e mal foram anunciadas estas novas medidas, com maior liberdade para o viajante, notou-se logo a procura a aumentar”.

Assim, segundo a responsável, “faz todo o sentido a Icárion apostar numa programação vasta neste destino, com a opção de finalizar qualquer circuito com uma extensão às praias que já têm ligações aéreas”.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Moneris lança Anuário do Turismo 2022 no dia mundial do setor

A publicação tem a chancela do Centro de Competências em Turismo da Moneris, que elabora o documento desde 2017, e conta com a participação da Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques.

Publituris

A Moneris aproveita o Dia Mundial do Turismo, a 27 de setembro, para lançar a sua edição do Anuário do Turismo 2022. A publicação tem a chancela do Centro de Competências em Turismo da Moneris, que elabora o documento desde 2017.

Em comunicado, a Moneris explica que no anuário “são discutidas as múltiplas realidades do setor, o seu contributo e relevância para a economia das regiões, para o desenvolvimento do território e para a emergência de atividades económicas essenciais à competitividade das nossas terras”.

A edição deste ano conta com a participação da Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques; dos presidentes das Regiões de Turismo de Portugal; do CFO do Grupo Pestana, Pedro Fino; do presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve, Hélder Martins, entre outros.

No Anuário do Turismo da Moneris é possível encontrar a análise dos principais indicadores do setor que, de acordo com esta entidade, “traduzem uma recuperação inegável em 2021”, com o crescimento do número de hóspedes, do número de dormidas, do RevPar, e do Total de Proveitos, em todas as regiões, “de forma muito significativa”.

Nas palavras da Secretária de Estado, Rita Marques, “as receitas do turismo continuam a crescer de forma expressiva, acima de 2019”, salientando ainda que as previsões apontam para valores superiores a 2019, já em 2022. Segundo a responsável política, “isto representa uma aceleração significativa das receitas do turismo, que deverão atingir, já em 2022, um valor próximo do que se previa para 2024 (+6,1%)”.

Apesar das perspetivas positivas, Carlos Rosa, partner e coordenador do Centro de Competências em Turismo da Moneris, refere que “a aprendizagem dos últimos dois anos tornou-nos conscientes de que existem variáveis exógenas que poderão, a qualquer momento, distorcer as previsões e obrigar a novas adaptações, como já aconteceu no passado”.

O anuário, de caráter público, já esta disponível e pode ser consultado no website da Moneris.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.