Edição digital
Assine já
PUB
Aviação

LATAM Airlines está “dececionada” com congestionamento do aeroporto de Lisboa que obriga a reduzir oferta para o verão

A partir de abril, a LATAM Airlines volta a oferecer voos diários entre Lisboa e São Paulo, numa redução de oferta face aos 11 voos por semana do último inverno, que se deve ao congestionamento do aeroporto de Lisboa, segundo Thibaud Morand, diretor-geral da LATAM Airlines para a Europa e Oceania.

Inês de Matos
Aviação

LATAM Airlines está “dececionada” com congestionamento do aeroporto de Lisboa que obriga a reduzir oferta para o verão

A partir de abril, a LATAM Airlines volta a oferecer voos diários entre Lisboa e São Paulo, numa redução de oferta face aos 11 voos por semana do último inverno, que se deve ao congestionamento do aeroporto de Lisboa, segundo Thibaud Morand, diretor-geral da LATAM Airlines para a Europa e Oceania.

Inês de Matos
Sobre o autor
Inês de Matos
Artigos relacionados
Ryanair abre quarta base em Marrocos com rotas para Lisboa e Porto
Aviação
Abreu regressa com os Travel Talks em streaming
Distribuição
Aeroporto do Porto volta a ser o melhor de Portugal, diz AirHelp
Transportes
Alpino Atlântico garante Travelife Gold para o triénio 2023-2025
Sentido Galo Resort garante Travelife Gold para o triénio 2023-2025
TAAG aumenta frequências para São Tomé a partir de setembro
Aviação
Europa cresce a duplo dígito nas chegadas internacionais em julho e agosto
Destinos
Solférias, Exoticoonline, Sonhando e Alto Astral lançam mais um voo charter para o Brasil no Fim de Ano
Distribuição
Highgate Portugal contrata dois novos vice-presidentes
Figuras
Tailândia promove Amazing Beach Life Festival em julho e agosto
Destinos

O congestionamento do aeroporto de Lisboa não permite que, no próximo verão, a LATAM Airlines mantenha os 11 voos por semana entre Lisboa e São Paulo que disponibilizou no último inverno, numa redução de oferta que, segundo Thibaud Morand, diretor-geral da companhia aérea para a Europa e Oceania, deixa a transportadora “dececionada”.

“Estamos dececionados por não podermos manter os 11 voos, por acreditarmos que conseguiríamos ainda melhores resultados no verão do que conseguimos no inverno”, queixou-se o responsável aos jornalistas, num encontro com a imprensa à margem da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa.

De acordo com o responsável, a partir de abril, a LATAM Airlines volta a oferecer voos diários na rota entre Lisboa e São Paulo, que vão ser operados num aparelho B777, com 410 lugares, aparelho que, no entanto, representa um aumento de capacidade face ao 787-900, com 300 lugares, que a LATAM Airlines operou no verão de 2023.

“Este ano, lamentavelmente, no verão, a partir de abril, devido ao congestionamento de slots no aeroporto, não conseguimos manter os quatro voos adicionais, porque não havia disponibilidade de slots nos horários que nos permitem conectar bem. Por isso, de abril a outubro, vamos voltar a ter sete voos, mas conseguimos manter os voos no B777, que representa um aumento de 33% na capacidade face ao verão anterior”, explicou Thibaud Morand.

O responsável da LATAM Airlines espera, contudo, que o regresso aos 11 voos por semana possa acontecer já no próximo inverno, no qual é ainda possível que a companhia aérea chegue aos dois voos diários.

Thibaud Morand mostra-se confiante de que também este verão seja possível manter os bons resultados desta rota, que conta com um load factor “um pouco superior a 90%”, até porque as reservas para a época alta seguem a bom ritmo, sem refletir o “panorama macro-económico global menos positivo” que se vive atualmente.

“Não vemos um impacto nas reservas. É como se o conceito da viagem fosse prioritário para quem pode viajar. Por isso, neste momento, estão muito confiantes”, concluiu.

 

 

 

 

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Artigos relacionados
Ryanair abre quarta base em Marrocos com rotas para Lisboa e Porto
Aviação
Abreu regressa com os Travel Talks em streaming
Distribuição
Aeroporto do Porto volta a ser o melhor de Portugal, diz AirHelp
Transportes
Alpino Atlântico garante Travelife Gold para o triénio 2023-2025
Sentido Galo Resort garante Travelife Gold para o triénio 2023-2025
TAAG aumenta frequências para São Tomé a partir de setembro
Aviação
Europa cresce a duplo dígito nas chegadas internacionais em julho e agosto
Destinos
Solférias, Exoticoonline, Sonhando e Alto Astral lançam mais um voo charter para o Brasil no Fim de Ano
Distribuição
Highgate Portugal contrata dois novos vice-presidentes
Figuras
Tailândia promove Amazing Beach Life Festival em julho e agosto
Destinos
PUB
Aviação

Ryanair abre quarta base em Marrocos com rotas para Lisboa e Porto

A nova base da Ryanair em Tanger, Marrocos, começou a operar ainda em maio, conta com duas aeronaves baseadas e um total de 25 rotas, incluindo 13 novas ligações aéreas, uma das quais para Lisboa e outra para o Porto.

Publituris

A Ryanair  abriu esta terça-feira, 9 de julho, uma nova base em Marrocos, localizada em Tanger e que é a quarta da companhia aérea low cost naquele país do Norte de África, informou a transportadora, em comunicado.

De acordo com a informação divulgada pela companhia aérea, a base de Tanger, que começou a operar ainda em maio, conta com duas aeronaves baseadas e um total de 25 rotas, incluindo 13 novas ligações aéreas, uma das quais para Lisboa e outra para o Porto.

O comunicado divulgado pela Ryanair destaca que a nova base de Tanger motivou um investimento de cerca de 200 milhões de euros e vai disponibilizar voos para oito novas cidades europeias e cinco novos destinos marroquinos, já neste verão de 2024.

A Ryanair sublinha também que a nova base de Tanger vai permitir criar 600 novos empregos locais, incluindo 60 para pilotos e tripulantes de cabine, aumentando ainda em 70% a capacidade na cidade marroquina.

“O investimento da Ryanair em Marrocos ultrapassa agora mais de 1,4 mil milhões de dólares em aeronaves – apoiando mais de 5.000 empregos diretos e indiretos e proporcionando crescimento económico em 12 cidades, incluindo Rabat, Marraquexe, Fez, Agadir, Tetouan, Essaouira e Nador”, lê-se na informação divulgada pela companhia aérea.

Segundo Eddie Wilson, CEO da Ryanair, com a abertura da nova base em Tanger, a Ryanair vai operar mais de 170 rotas em Marrocos, numa oferta que conta com tarifas baixas e que, espera o responsável, deverá contribuir para impulsionar o “turismo e a conectividade” aérea no país.

“Esperamos continuar a apoiar a economia de Marrocos, bem como a conectividade regional e internacional, posicionando Tânger como um destino líder de verão com os seus museus, medina, souq e, claro, as suas belas praias”, acrescenta o responsável.

Baden Baden, Barcelona, Carcassonne, Eindhoven, Lisboa, Manchester, Memmingen e Porto são as novas rotas internacionais que a Ryanair abriu na base de Tanger, às quais se juntam ainda rotas domésticas para Agadir, Essaouira, Marrakesh, Ouarzazate e Oujda.

Para assinalar a abertura da base, a Ryanair lançou uma promoção cujos preços começam nos 159 dirham (cerca de 15 euros) e que é válida para viagens que decorram até outubro de 2024. As vendas decorrem aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Abreu regressa com os Travel Talks em streaming

As Abreu Travel Talks estão de volta com as conversas descontraídas sobre viagens em que várias figuras públicas nacionais contam as suas experiências.

Publituris

As Abreu Travel Talks estão de regresso às plataformas de streaming e o primeiro episódio conta com a participação de Bruno Nogueira. O humorista e ator aceitou o desafio e juntou-se à Agência Abreu para a gravação, ao vivo, do primeiro episódio desta segunda temporada. A melhor altura para viajar, os destinos preferidos e peripécias vividas são contadas na primeira pessoa por Bruno Nogueira, que recorda experiências em países como o Japão, Argentina, Marrocos, entre outros.

Rodrigo Gomes, Roberta Medina, Ljubomir Stanisic e Mónica Franco, Luís Castro, chef Kiko, Isabela Valadeiro, Pedro Ribeiro, Mariana Monteiro e Joana Marques completam o leque de convidados das restantes Abreu Travel Talks, gravadas em estúdio.

Dirigido a todos os apaixonados por viagens – mas também a quem não o seja e pretenda apenas saber mais sobre a sua figura pública favorita -, estas conversas apresentam-se como um espaço de partilha e primam pelo ambiente descontraído, sem qualquer guião definido ou convenções, onde cada um revela o que mais aprecia quando viaja.

Tal como na primeira temporada, as 10 Abreu Travel Talks desta nova edição, serão disponibilizadas, semanalmente, nas plataformas do Spotify, Apple e Youtube.

“O que move estas pessoas quando viajam? Será a cultura e a história? A gastronomia? A atração pela novidade? Voltamos com esta 2.ª temporada das Abreu Travel Talks para conhecer as experiências únicas que os nossos convidados têm para partilhar”, refere Pedro Quintela, diretor-geral de Vendas e Marketing da Abreu.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Foto: Depositphotos.com

Transportes

Aeroporto do Porto volta a ser o melhor de Portugal, diz AirHelp

De um total de 239 aeroportos analisados, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro é o primeiro aeroporto português em 117.º lugar. O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, é considerado o pior aeroporto português.

Publituris

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro volta a ser considerado o melhor aeroporto de Portugal. Segundo a análise realizada pela AirHelp – formada por aproximadamente 240 aeroportos de 70 países distintos de todo o mundo e recolhidos dados sobre chegadas e partidas entre 1 de maio de 2023 e 30 de abril de 2024 – o aeroporto do Porto obteve uma pontuação global de 7,60, alcançado 7,30 na pontualidade; 8,20 na consideração dos clientes e 7,90 na qualidade da sua área de restauração e lojas. De uma forma geral, a pontuação global deste aeroporto melhorou, já que, em 2023, apresentou uma pontuação de 7,52, tal como os parâmetros de pontualidade e consideração dos clientes, tendo piorado somente na qualidade da sua área de restauração e lojas.

Em segundo lugar no ranking nacional, o Aeroporto de Faro obteve uma pontuação global de 7,27, enquanto o Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, continua a ser o pior aeroporto de Portugal, com uma pontuação global de 6,59.

A nível global, contudo, o Aeroporto Francisco Sá Carneiro passou do 91.º lugar, em 2023, para o 117.º lugar, enquanto as infraestruturas aeroportuárias de Faro e Lisboa desceram, respetivamente, da 137.ª para a 185.ª posição, e do 191.º para o 234.º lugar, pela mesma ordem.

É na Ásia, mais precisamente na cidade de Doha (Catar) que se situa o melhor aeroporto do mundo, segundo o ranking da AirHelp. O Doha Hamad International Airport obteve uma pontuação global de 8,52, considerando 8,30 na pontualidade; 8,70 nas avaliações dos passageiros; e 8,90 para a qualidade das instalações comerciais e de restauração. Em 2023, este aeroporto ficou na quinta posição.

Em segundo lugar na classificação está o aeroporto sul-africano da Cidade do Cabo, com uma pontuação de 8,50. Por fim, em terceiro lugar, encontra-se o Aeroporto de Chubu, Nagoya (Japão), com uma pontuação de 8,49. Este aeroporto foi avaliado pela primeira vez pela AirHelp e teve uma entrada direta para o Top 3 do ranking.

De referir que, para determinar a classificação dos aeroportos, a AirHelp considera três áreas: a pontualidade (60%), a consideração dos clientes (20%) e a qualidade das suas áreas de restauração e lojas (20%).

Foto: Depositphotos.com
Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Alpino Atlântico garante Travelife Gold para o triénio 2023-2025

O Alpino Atlântico Ayurveda Hotel, no Caniço-de-Baixo, ilha da Madeira, foi novamente distinguido com a certificação Gold da Travelife para o triénio 2023 2025

Brand SHARE

Esta certificação internacional, que é atribuída mediante uma meticulosa auditoria, reconhece o compromisso do Alpino Atlântico em minimizar o seu impacto ambiental, melhorar o impacto económico e social para as pessoas na sua comunidade, respeitar e proteger os direitos humanos e práticas laborais justas, e salvaguardar o bem-estar dos animais e a biodiversidade.

De ressalvar que o Alpino Atlântico Ayurveda Hotel é um pequeno hotel para retiros de medicina Ayurveda, onde os tratamentos incluem a aromaterapia, a fitoterapia e a nutrição vegetariana, sendo esta certificação mais uma prova do trabalho positivo desenvolvido de forma consistente em prol da sustentabilidade ambiental e social.

Importante referir que a Travelife é um organismo internacional de certificação de sustentabilidade de alojamento, respeitado por ser imparcial e sólido, obrigando a 100% de conformidade com um conjunto abrangente de requisitos reconhecidos pelo GSTC (O Conselho Global de Turismo Sustentável que gere os Critérios GSTC, ou seja, normas globais para viagens e turismo sustentáveis; bem como fornece acreditação internacional para organismos de certificação de turismo sustentável). A conformidade é verificada através de uma auditoria completa no local de cada propriedade de 2 em 2 anos.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Sentido Galo Resort garante Travelife Gold para o triénio 2023-2025

Os hotéis Sentido Galomar e Sentido Galosol, no Caniço-de-Baixo, ilha da Madeira, foram novamente distinguidos com a certificação Gold da Travelife para o triénio 2023-2025

Brand SHARE

Esta certificação que é atribuída, mediante uma meticulosa auditoria, reconhece o compromisso do Sentido Galo Resort em minimizar o seu impacto ambiental, melhorar o impacto económico e social para as pessoas na sua comunidade, respeitar e proteger os direitos humanos e práticas laborais justas, e salvaguardar o bem-estar dos animais e a biodiversidade.

De ressalvar que o Sentido Galo Resort é já uma referência a nível internacional de sustentabilidade, acumulando prémios e certificações como o Eco Trophea, GreenKey, sendo esta certificação mais uma prova do trabalho positivo desenvolvido de forma consistente em prol da sustentabilidade ambiental e social.

Importa referir que a Travelife é um organismo internacional de certificação de sustentabilidade de alojamento, respeitado por ser imparcial e sólido, obrigando a 100% de conformidade com um conjunto abrangente de requisitos reconhecidos pelo GSTC (O Conselho Global de Turismo Sustentável que gere os Critérios GSTC, ou seja, normas globais para viagens e turismo sustentáveis; bem como fornece acreditação internacional para organismos de certificação de turismo sustentável). A conformidade é verificada através de uma auditoria completa no local de cada propriedade de 2 em 2 anos.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos
Aviação

TAAG aumenta frequências para São Tomé a partir de setembro

A partir de setembro, a TAAG aumenta de dois para três o número de voos semanais para São Tomé, que passa a contar com ligações às terças, quintas e domingos.

Publituris

A TAAG vai aumentar o número de voos semanais entre Lisboa e São Tomé, via Luanda, a partir de setembro, passando de duas para três frequências por semana, segundo informação divulgada pela companhia aérea angolana esta terça-feira, 9 de julho.

“A partir de setembro teremos um aumento de frequências na rota de São Tomé a partir de Lisboa: passaremos de 2 para 3 frequências semanais às terças-feiras, quintas-feiras e domingos”, lê-se numa nota divulgada pela companhia aérea.

Segundo a TAAG, o aumento de frequências proporciona “mais conectividade dentro do continente Africano”, com a companhia aérea a destacar ainda que “a duração da escala para estes voos de longa duração será mais curta”.

Os novos voos já  estão disponíveis para compra e as reservas podem ser realizadas aqui, bem como nos outros canais oficiais da TAAG e nas agências de viagens.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Europa cresce a duplo dígito nas chegadas internacionais em julho e agosto

Uma recente análise da ForwardKeys, em parceria com a ETOA, revela que os meses de julho e agosto deverão ultrapassar recordes anteriores, apontando crescimentos de duplo dígito para os mercados de longo curso da Ásia-Pacífico e EUA.

Publituris

“A Europa está preparada para um verão excecional”, indica uma análise da ForwardKeys, em parceria com a European Tourism Association (ETOA), com o turismo recetivo europeu a ultrapassar recordes anteriores.

Globalmente, as chegadas internacionais à Europa, em julho e agosto, registam um crescimento anual de 12%, um pouco acima da média mundial (+11%), com esta evolução a ser impulsionada, principalmente, pelas viagens intra-regionais com um aumento de 10% em relação a 2023 e um afluxo significativo de visitantes de mercados de longo curso da Ásia-Pacífico (+11%) e dos EUA (+21%).

Segundo a ForwardKeys, os aumentos nas pesquisas de voos e nas reservas de bilhetes indicam “um forte interesse pelos destinos europeus, apesar dos efeitos persistentes dos desafios económicos globais, devido, em parte, aos grandes eventos que se realizam durante a época de verão”.

No entanto, esta incerteza económica pode refletir-se num crescimento mais rápido dos lugares em classe económica (+11%), em comparação com os bilhetes de classe premium, que se mantêm aos mesmos níveis de 2023 (+1%).

Cidades ganham ao sol e praia
A Europa Central e Oriental estão a registar o crescimento mais rápido no turismo inbound, após um período de reativação tardio devido à guerra na Ucrânia. Este verão, a região espera um aumento notável de 23% no volume de turistas em relação ao ano passado. O Norte da Europa também está no bom caminho para crescer a um ritmo mais rápido (+12%) do que os destinos do Sul da Europa (+10%), refletindo uma tendência mais ampla de recuperação em todas as sub-regiões europeias.

Os destinos urbanos estão a liderar o renascimento do turismo na Europa, ultrapassando as tradicionais férias de sol e praia, indicando a análise que cidades como Munique (+37%), que beneficia de eventos desportivos importantes este verão, estão a registar um crescimento significativo face a 2023. O padrão é equilibrado nas sub-regiões europeias, com aumentos substanciais em todo o continente incluindo Viena (+23%), Edimburgo (+19%), Madrid (+16%) e Veneza (+16%).

Embora as estadias de média duração continuem a representar a maior parte das chegadas intra-regionais (63%), as viagens curtas de uma a três noites registam o maior crescimento no período em análise, com +23%, representando 16% de todas as estadias. As viagens longas – mais de duas semanas – registam um crescimento mais modesto de +5%.

A força asiática e norte-americana
A região da Ásia-Pacífico está a começar a mostrar sinais de reativação, com um crescimento impressionante das chegadas provenientes da China (+64%) e Japão (+53%) em comparação com 2023. Embora os volumes globais ainda estejam abaixo dos níveis pré-pandémicos, as melhorias na conectividade aérea conduziram a um aumento das viagens a partir destes países.

A China, em particular, é responsável por uma parte muito maior da capacidade de lugares do que antes da pandemia (+12 p.p.), em parte devido ao facto de a conectividade entre a China e os EUA continuar a estar limitada, o que significa que as companhias aéreas chinesas estão a utilizar a sua frota de aviões de grande porte em rotas para a Europa.

As viagens com vários destinos também estão a ser procuradas pelo mercado da Ásia-Pacífico neste verão de 2024, destacando a análise da ForwardKeys os pares de cidades como Budapeste-Viena (+118%), Milão-Munique (+106%), Praga-Amesterdão (+71%) e Istambul-Atenas (+63%), refletindo a popularidade dos destinos europeus urbanos para os viajantes asiáticos que procuram combinar atividades culturais, históricas e de compras.

Eventos globais impulsionam turismo
Certo é que os eventos estão a desempenhar um papel crucial no aumento da procura turística. As chegadas à Alemanha – anfitriã do Euro 2024 – apresentam um crescimento de 19% em comparação com o mesmo período em 2023. A procura de viagens durante os Jogos Olímpicos de Paris também é superior à do ano passado, com os mercados com melhor desempenho a incluir a China (+124%), o Japão (+57%), Alemanha (+32%) e os EUA (+25%).

O efeito da digressão “Eras” da cantora Taylor Swift também é notório, revelando um aumento significativo nas chegadas em torno das datas dos concertos em comparação com o período de verão no seu conjunto – incluindo Estocolmo (+136% vs +15%), Varsóvia (+203% vs +31%) e Londres (+45% vs +12%).

Estas mudanças, ligadas a datas de eventos específicos, revelam a importância dos grandes eventos para impulsionar o crescimento, mesmo em períodos de recessão económica, uma vez que a procura continua a ser elevada para experiências “únicas na vida”. Os destinos com infraestruturas bem desenvolvidas, como estádios, salas de espetáculos ou locais de festivais, podem beneficiar significativamente desta realidade.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Solférias, Exoticoonline, Sonhando e Alto Astral lançam mais um voo charter para o Brasil no Fim de Ano

O novo voo charter, o quarto anunciado pela Solférias, Exoticoonline, Sonhando e Alto Astral para o Brasil no Fim de Ano, vai ter destino a Natal e conta com partida do Porto, a 26 de dezembro.

Publituris

A Solférias, a Exoticoonline, a Sonhando e a Alto Astral anunciaram mais um voo charter para o Brasil no Fim do Ano, que vai ter Natal como destino e que conta com partida do Porto no dia 26 de dezembro.

De acordo com os operadores turísticos, este será o quarto voo charter para o Brasil no período do Fim de Ano, o que se deve à “elevada procura existente para esta época do ano”.

“Esta parceria dá não só continuidade ao sucesso das operações recentes, como reforça a posição dos operadores como especialistas na venda do destino Brasil”, lê-se num comunicado conjunto divulgado esta terça-feira, 9 de julho.

O voo charter desde o Porto para Natal vai contar com programas para alojamento de sete noites no destino, cujas informações vão estar disponíveis nos sites dos operadores parceiros nesta operação.

“A Solférias, Exoticoonline, Sonhando e Alto Astral (este último com a responsabilidade da venda dos trajetos Brasil/Portugal), numa estreita colaboração com todos os seus parceiros no destino, proporcionam aos agentes de viagem a capacidade de responder à crescente procura por este encantador país, e mais concretamente por esta época emblemática do ano”, lê-se ainda na informação divulgada.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Figuras

Highgate Portugal contrata dois novos vice-presidentes

A multinacional de gestão hoteleira apostou em Gaurav Garg para o cargo de vice-presidente de Revenue Management & Distribution. Já Nuno Sancho ficará responsável pela vice-presidência de Desenvolvimento de Negócio da Highgate Portugal.

Publituris

A Highgate Portugal contratou Gaurav Garg e Nuno Sancho para cargos de vice-presidência na multinacional de gestão hoteleira, investimento, tecnologia e desenvolvimento.

Desta forma, Gaurav Garg assume o cargo de vice-presidente de Revenue Management & Distribution, enquanto Nuno Sancho passa a desempenhar a função de vice-presidente de Desenvolvimento de Negócio da empresa.

Com um percurso profissional de mais de 23 anos, Gaurav Garg passou pelo Grupo MGM Muthu Hotels enquanto diretor comercial e diretor do grupo, entre 2016 e 2024. Anteriormente, exerceu diferentes funções no Grupo Oberoi Hotels & Resorts, em Deli, Índia, entre as quais a de vice-presidente adjunto de Revenue Management & Contact Centre.

Neste novo cargo na Highgate Portugal, Gaurav Garg ficará responsável pela implementação das estratégias e processos de Revenue Management e Distribuição, “com o objetivo de continuar a otimizar e maximizar as receitas da operação do portefólio dos 18 hotéis e dos três campos de golfe em Portugal”, como a empresa refere em nota de imprensa.

Já Nuno Sancho terá como principais funções identificar e avaliar novas oportunidades para a gestão e aquisição de ativos hoteleiros, “impulsionando a expansão do portfolio da Highgate Portugal tanto no mercado português como no mercado espanhol”.

Com mais de duas décadas de experiência, Nuno Sancho ocupou o cargo de consultor sénior na JLL Portugal. Já entre 2019 e 2022, enquanto Business Development Manager, na Eurostars Hotel Company, liderou os esforços de expansão em várias regiões, incluindo Brasil, Portugal e Marrocos.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Tailândia promove Amazing Beach Life Festival em julho e agosto

A Tailândia vai promover, nos meses de julho e agosto, o Amazing Beach Life Festival, iniciativa organizada pela Autoridade de Turismo da Tailândia (TAT) e que passa por quatro destinos de praia tailandeses.

Publituris

A Tailândia vai promover, nos meses de julho e agosto, o Amazing Beach Life Festival, iniciativa organizada pela Autoridade de Turismo da Tailândia (TAT) e que passa por quatro destinos de praia tailandeses.

Rayong, Phang-Nga, Phuket e Songkhla são os destinos de praia da Tailândia onde vai decorrer o Amazing Beach Life Festival, que visa “impulsionar o turismo durante a estação verde da Tailândia”.

“Este projeto destaca a visão do governo ‘Ignite Tourism Thailand’ de tornar a Tailândia num centro de turismo e eventos a nível mundial. O objetivo é atingir mais de 88 mil milhões de euros em receitas turísticas para este ano e muito mais nos próximos anos”, afirma Phonpoom Vipattipumiprates, vice-ministro do Turismo e Desporto da Tailândia.

Em Rayong, o evento vai ter lugar na praia de Laem Charoen entre 12 a 14 de julho, enquanto Phang-Nga recebe o festival entre 26 a 28 de julho. Já a praia Patong, em Phuket, é palco do Amazing Beach Life Festival entre 2 e 4 de agosto, com a iniciativa a terminar em Chalatat Beach, em Songkhla, entre 9 e 11 de agosto.

O Amazing Beach Life Festival conta com diversas atividades, com destaque para os desportos aquáticos como o Sup-Board Surfskate, concertos musicais de artistas tailandeses famosos, atuações dos principais DJ’s da Tailândia, tatuagens, festas na praia e workshops DIY, como pinturas em tabuleiros de madeira e porta-chaves.

Uma feira de arte e artesanato local, food trucks, bar de praia e artigos de moda vão também fazer parte do Amazing Beach Life Festival, que vai ainda contar com instalações artísticas e pontos de referência alusivos a cada local anfitrião.

“O objetivo do evento é estimular mais viagens entre turistas estrangeiros e tailandeses com elevado poder de compra, o que ajudará a promover os benefícios do turismo pelas comunidades locais nestes quatro destinos de praia”, acrescenta Apichai Chatchalermkit, vice-governador de Produtos e Negócios Turísticos da TAT.

O evento pretende ainda destacar o esforço da TAT na promoção de um turismo mais sustentável e responsável, motivo pelo qual o festival vai contar com decorações sustentáveis e um stand para promoção de empresas premiadas de turismo sustentável.

A entrada no Amazing Beach Life Festival é gratuita e estão disponíveis mais informações aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2024 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.