Edição digital
Assine já
PUB
Transportes

Lionel Messi nomeado ‘ícone’ do novo cruzeiro da Royal Caribbean International

O novo navio da Royal Caribbean International vai ser inaugurado em janeiro de 2024, contando com Lionel Messi como ‘ícone’, ao abrigo de uma parceria entre a companhia de cruzeiros e o Inter Miami FC, o atual clube do futebolista argentino.

Publituris
Transportes

Lionel Messi nomeado ‘ícone’ do novo cruzeiro da Royal Caribbean International

O novo navio da Royal Caribbean International vai ser inaugurado em janeiro de 2024, contando com Lionel Messi como ‘ícone’, ao abrigo de uma parceria entre a companhia de cruzeiros e o Inter Miami FC, o atual clube do futebolista argentino.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Porto de Setúbal reforça aposta nos cruzeiros e participa na Seatrade Cruise Global
Destinos
Coimbra acolhe 2.ª edição da Feira de Emprego do Centro
Emprego e Formação
MSC Cruzeiros anuncia início da construção do MSC World Asia
Transportes
Castelo de Guimarães distinguido nos Prémios Cinco Estrelas Regiões 2024
Destinos
Guimarães
Quinta do Pessegueiro tem novo programa de enoturismo
Destinos
Azul retoma voos para o Acre e passa a voar para todas as capitais brasileiras
Aviação
Sierra e PGIM anunciam joint venture em hotelaria com um hotel no Porto
Hotelaria
Bestravel promove Dubai e Tailândia com campanha “Viva o melhor dos dois mundos”
Distribuição
easyJet recebe mais um avião A321neo
Aviação
Turismo de Portugal, CMVM e IAPMEI assinam protocolo de colaboração
Turismo

O futebolista argentino Lionel Messi foi nomeado ‘ícone’ do Icon of the Seas, o novo navio de cruzeiro da Royal Caribbean International, que vai ser inaugurado em janeiro de 2024.

De acordo com a publicação britânica Travel Weekly, a nomeação de Lionel Messi para ‘ícone’ do novo navio surge ao abrigo de uma parceria entre a Royal Caribbean International e o Inter Miami FC, o atual clube do futebolista argentino, para o desenvolvimento de várias iniciativas na Florida, EUA.

Enquanto ‘ícone’ do Icon of the Seas, Lionel Messi vai marcar presença na cerimónia de batismo do navio, que vai decorrer em janeiro, em Miami, EUA, após a qual o navio passa a realizar itinerários de sete noites, nas Caraíbas.

“É essa capacidade de causar um impacto tão generalizado e mudar o ‘status quo’ que o ‘ícone’ do Icon of the Seas deve personificar e Lionel Messi provou ser o exemplo perfeito disso durante anos no mundo do desporto e, mais recentemente, ao introduzir uma nova era de emoção e paixão pelo futebol em Miami e nos EUA”, afirma Michael Bayley, presidente executivo da Royal Caribbean International.

Já Lionel Messi declarou-se emocionado com a nomeação e honrado por se juntar à “família Royal Caribbean para celebrar a chegada do revolucionário Icon of the Seas”.

“O Icon está além de tudo o que existe para férias em família, com recursos incríveis e nunca antes vistos, todos projetados para criar memórias juntos”, acrescentou o jogador de futebol argentino.

Recorde-se que o Icon of the Seas conta com capacidade para transportar mais de 5.600 passageiros em ocupação dupla e 2.350 tripulantes, disponibilizando 20 decks onde se encontram sete piscinas e seis escorregas de água.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Porto de Setúbal reforça aposta nos cruzeiros e participa na Seatrade Cruise Global
Destinos
Coimbra acolhe 2.ª edição da Feira de Emprego do Centro
Emprego e Formação
MSC Cruzeiros anuncia início da construção do MSC World Asia
Transportes
Guimarães
Castelo de Guimarães distinguido nos Prémios Cinco Estrelas Regiões 2024
Destinos
Quinta do Pessegueiro tem novo programa de enoturismo
Destinos
Azul retoma voos para o Acre e passa a voar para todas as capitais brasileiras
Aviação
Sierra e PGIM anunciam joint venture em hotelaria com um hotel no Porto
Hotelaria
Bestravel promove Dubai e Tailândia com campanha “Viva o melhor dos dois mundos”
Distribuição
easyJet recebe mais um avião A321neo
Aviação
Turismo de Portugal, CMVM e IAPMEI assinam protocolo de colaboração
Turismo
PUB
Destinos

Porto de Setúbal reforça aposta nos cruzeiros e participa na Seatrade Cruise Global

O Porto de Setúbal explica que esta participação se insere no reforço da aposta na indústria dos cruzeiros, uma vez que a infraestrutura se pretende posicionar “como porto vocacionado para receber pequenos navios de cruzeiros, inseridos em rotas europeias”.

O Porto de Setúbal está a participar na Seatrade Cruise Global, o maior evento mundial da indústria de cruzeiros, que se encontra a decorrer em Miami, EUA, até esta quinta-feira, 11 de abril.

Num comunicado enviado à imprensa, o Porto de Setúbal explica que esta participação se insere no reforço da aposta na indústria dos cruzeiros, uma vez que a infraestrutura se pretende posicionar “como porto vocacionado para receber pequenos navios de cruzeiros, inseridos em rotas europeias”.

A aposta neste tipo de cruzeiros, acrescenta o Porto de Setúbal, “permitirá desenvolver a região e potenciar sinergias com outras áreas económicas, tais como o turismo, a marítimo-turística, a pesca e a aquicultura”.

“A aposta na atividade de cruzeiros justifica-se pela procura crescente do porto por parte dos operadores e pelo interesse que manifestam em incluí-lo nos seus itinerários. Para além das experiências com escalas anteriores, uma 2019 e outra em 2021, estão já previstas quatro para 2024. Estima-se que, em poucos anos, seja alcançada uma “velocidade de cruzeiro” de quarenta navios por ano”, afirma António Caracol, vogal do Conselho de Administração da APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra.

Recorde-se que, atualmente, a APSS está a ultimar o projeto para um edifício modular, de apoio à atividade de cruzeiros, a construir em zona portuária, junto à Doca dos Pescadores, cujo desenho e requisitos têm vindo a ser articulados com as entidades que efetuam o controlo operacional e têm envolvimento nas escalas, concretamente com a Autoridade Aduaneira, a GNR e Capitania / Polícia Marítima.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

Coimbra acolhe 2.ª edição da Feira de Emprego do Centro

O Convento São Francisco vai juntar, no dia 16 de abril, empresas e candidatos da área do turismo, com a finalidade de facilitar a contratação neste setor.

O Convento São Francisco, em Coimbra, vai receber, a 16 de abril, a segunda edição da Feira de Emprego do Centro, um evento organizado pela Bolsa de Empregabilidade e que tem como objetivo pôr em contacto os empregadores e os candidatos a trabalhar na área do Turismo.

A Bolsa de Empregabilidade é o maior evento de empregabilidade nacional nas áreas do Turismo. Desde 2016, a Bolsa de Empregabilidade já desenvolveu mais de uma dezena de edições, entre Lisboa, Porto, Alentejo, Algarve e, desde o ano passado, também no Centro de Portugal, tendo acelerado o processo de contratação e identificação de talento de milhares de candidatos.

A 2.ª Feira de Emprego no Centro contará com cerca de 50 empresas a identificar talento e a contratar trabalhadores, ao longo de todo o dia. As empresas, entre as quais estão alguns dos mais importantes empregadores da região e do país, irão promover junto dos candidatos as vagas de emprego que têm disponíveis.

Os candidatos são estudantes de instituições de ensino superior e profissional das áreas de turismo, assim como desempregados identificados pelo IEFP e também profissionais de outras áreas que estejam interessados em novas oportunidades. Até ao momento, estão já inscritos 300 estudantes e cerca de 1200 profissionais, entre desempregados e pessoas interessadas em trabalhar no setor. As inscrições dos candidatos são gratuitas e podem ser feitas desde já em https://bolsadeempregabilidade.pt.

Na apresentação, António Marto explicou que “esta feira de empregabilidade acontece em Coimbra, mas o seu âmbito é de todo o Centro. É condição para as empresas que participam terem vagas no setor do Turismo para contratar em Coimbra e na região Centro”.

De acordo ainda com António Marto, “é verdade que há falta de mão de obra nesta área, mas a experiências que temos tido demonstra que nestes eventos as pessoas que querem trabalhar aparecem”.

Já Anabela Freitas, vice-presidente da Turismo Centro de Portugal, reconhece que a falta de trabalhadores “é um dos maiores desafios do setor do turismo”, admitindo que, “se queremos posicionar-nos cada vez mais como um destino sustentável, diferenciado e qualificado, temos de ter empresas e trabalhadores qualificados”.

Sobre a realização do evento no Centro de Portugal, Anabela Freitas salienta que “a Feira de Emprego do Centro é um exemplo claro daquilo que pretendemos fazer no território para atrair e fixar mão-de-obra”.

Por fim, Francisco Veiga, vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra, defendeu a importância do evento, ao destacar que, “sendo este um evento que visa identificar talentos e acelerar o processo de contratação de profissionais para o setor do turismo, é evidente que o Município de Coimbra tem todo o interesse em apoiar a sua realização”, concluindo que, “nesta feira estarão representadas dezenas de empresas e espero que muitos candidatos encontrem aqui uma oportunidade de emprego que vá ao encontro dos seus desígnios, ajudando o turismo a crescer de forma sustentada”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

MSC Cruzeiros anuncia início da construção do MSC World Asia

O MSC World Asia será o terceiro navio da “World Class” da MSC Cruzeiros, que deverá ser entregue à companhia de cruzeiros em 2026. Em abril do próximo ano, chega ainda o MSC World America, o segundo desta classe, cuja cerimónia de ‘float out’ já foi realizada.

A MSC Cruzeiros e os estaleiros Chantiers de l’Atlantique anunciaram esta quarta-feira, 10 de abril, o início da construção do MSC World Asia, o terceiro navio da “World Class” da companhia de cruzeiros, que deverá ser entregue em 2026.

O anuncio foi feito durante a Seatrade Cruise Global, em Miami, durante a qual a MSC Cruzeiros realizou também o  float out do MSC World America, o segundo navio desta classe, que vai ser batizado em Miami, a 9 de abril de 2025.

“O nome segue o formato dos navios de “World Class” que homenageiam os diferentes continentes, simbolizando a natureza global da MSC Cruzeiros e, embora os detalhes de onde o navio irá operar ainda não tenham sido revelados, o MSC World Asia contará com toques de design exclusivos, experiências e características inspiradas neste incrível continente”, começa por indica a companhia de cruzeiros.

Tal como o MSC World Europa e o MSC World America, também o terceiro navio desta classe vai ser movido a GNL, um tipo de combustível mais sustentável e que continua a ser visto como o “caminho para a descarbonização marítima”, entre outras inovações que permitem um menor impacto ambiental, a exemplo da ligação à rede elétrica em terra.

Além do nome do terceiro navio da “World Class”, a MSC Cruzeiros realizou também a cerimónia de float out do MSC World America, que decorreu no estaleiro de Saint-Nazaire em França e que assinala a entrada na fase final de construção deste navio.

“O navio ultramoderno entra na sua fase final de construção, pronto para ser oficialmente nomeado no dia 9 de abril de 2025 no novo e moderno terminal da MSC Cruzeiros em PortMiami, com uma viagem de celebração para a Ocean Cay MSC Marine Reserve”, indica ainda a MSC Cruzeiros.

De acordo com a MSC Cruzeiros, este navio “promete um novo mundo de cruzeiros com uma série de novos recursos enriquecedores e envolventes, especialmente concebidos para todos os segmentos do mercado de cruzeiros norte-americano, desde jovens casais até famílias multigeracionais”.

“O MSC World America é mais um exemplo da incrível parceria profissional entre nós e os Chantiers de l’Atlantique, com quem concebemos cinco protótipos distintos e inovadores-sendo o mais recente a inovadora plataforma “World Class”. Em cada navio, esforçamo-nos por melhorar e aperfeiçoar não apenas a tecnologia ambiental, mas também os novos recursos que enriquecem a experiência do passageiro”, refere Pierfrancesco Vago, Executive Chairman da MSC Cruises.

Além das preocupações ambientais, os navios da “World Class” da MSC Cruzeiros contam com uma silhueta distinta, que exibe uma “proma de prumo exclusiva que se eleva verticalmente a partir da linha da água com uma elegante popa em forma de Y que se abre para uma impressionante promenade”.

“Estes navios são uma metrópole urbana ultramoderna no mar, oferecendo um mundo de experiências diferentes- abrangendo 22 decks, com mais de 2.600 camarotes e suítes, oferecendo mais de 40.000 metros quadrados de espaço público e apresentando o maior Yacht Club da MSC Cruzeiros até hoje. O exclusivo conceito “navio dentro de um navio” oferece níveis de conforto incomparáveis, com generosos espaços públicos que incluem um lounge e restaurantes privativos, camarotes elegantes e áreas externas com um solário que se estende por dois decks com vistas panorâmicas para o oceano”, refere ainda a MSC Cruzeiros.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Guimarães
Destinos

Castelo de Guimarães distinguido nos Prémios Cinco Estrelas Regiões 2024

O Castelo de Guimarães foi reconhecido na categoria Monumentos como um dos principais ícones regionais na 7.ª edição dos Prémios Cinco Estrelas Regiões – 2024, em que o norte arrecadou 64 prémios, com destaque para os distritos de Braga, Bragança, Porto, Viana do Castelo e Vila Real.

A 7.ª edição do Prémio Cinco Estrelas Regiões deu a conhecer os principais ícones regionais, como praias, monumentos, museus, aldeias e vilas ou cozinha tradicional, além de avaliar as marcas regionais e premiar as que se evidenciam pela sua excelência e elevado nível de satisfação global junto dos consumidores, contribuindo para a promoção das regiões onde estão inseridas. Este ano a região norte arrecadou 64 prémios, entre os distritos de Braga, Bragança, Porto, Viana do Castelo e Vila Real. O Castelo de Guimarães foi um dos galardoados na categoria de Monumentos.

Refira-se que os Prémios Cinco Estrelas Regiões reconhecem o esforço contínuo de preservação e promoção do património cultural e histórico da região, impulsionando o turismo e fortalecendo a identidade local.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Quinta do Pessegueiro tem novo programa de enoturismo

Quinta do Pessegueiro, em São João da Pesqueira, volta a abrir portas para visitas ao público, com novos roteiros que incluem provas de vinhos.

A Quinta do Pessegueiro, no Douro Vinhateiro, encontra-se de portas abertas ao público, com um programa de enoturismo personalizado, que inclui, este ano, três percursos turísticos, com ofertas de degustação de vinhos, que variam entre opções DOC e do Porto.

O objetivo é continuar a surpreender os apreciadores de vinhos e cativar novos públicos, num ano que se perspetiva largamente superior a 2023, com o número de visitantes registado ao longo do primeiro trimestre a apontar para isso mesmo.

“Clássica”, “Douro” e “Prestígio” são as três rotas, atualmente, disponíveis no programa da Quinta do Pessegueiro, localizada em Ervedosa do Douro, em São João da Pesqueira. A primeira tem como protagonista principal a moderna adega, construída para acolher o processo de vinificação por gravidade, concebida pela dupla da OitoEmPonto. A visita guiada, com duração de 45 minutos, contempla a degustação de três vinhos DOC, numa sala contemporânea, com uma vista estupenda sobre as vinhas do Douro.

Por sua vez, os visitantes que optarem pelo percurso turístico “Douro”, além de ficarem a conhecer todo o processo de produção vínica da adega, são, ainda, brindados com a prova de três vinhos DOC e dois Portos. Já no roteiro “Prestígio”, acresce a oportunidade de conhecer a vinha, num percurso sem pressas, de quase duas horas, que culmina com uma prova especial de seis vinhos DOC e Porto acompanhados por uma tábua de charcutaria local.

A quinta do francês Roger Zannier, há uma década no Douro, tem já uma procura crescente por portugueses e estrangeiros interessados em conhecer, de perto, aquele que é considerado um dos espaços mais bonitos do Douro Vinhateiro. Em 2023, os portugueses foram os que mais visitaram o espaço, ocupando o primeiro lugar (36,8%) do top3 de nacionalidades registadas, seguindo-se os americanos (22,2%) e franceses (18,01%).

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Aviação

Azul retoma voos para o Acre e passa a voar para todas as capitais brasileiras

Com a abertura de dois voos diários para Rio Branco, no estado brasileiro do Acre, a 4 de outubro, a Azul passa a voar para todas as 27 capitais brasileiras.

A Azul – Linhas Aéreas do Brasil vai retomar, a 4 de outubro, os voos para Rio Branco, no estado brasileiro do Acre, passando a ligar todas as 27 capitais brasileiras, informou a companhia aérea, em comunicado.

A operação para o Acre, indica a companhia aérea, vai contar com dois voos por dia, ligando a capital acreana com Rondônia e Minas Gerais, sendo a única rota direta do Acre com a região Sudeste.

“Os voos serão operados por aeronaves Airbus A320, com capacidade para 174 Clientes, o que aumentará em 50% a oferta de assentos no aeroporto de Rio Branco”, revela a Azul, explicando que “os dois voos vão conectar as três capitais, Rio Branco (AC), Porto Velho (RO) e Belo Horizonte (MG)”.

De acordo com a transportadora, o primeiro voo sai às 08h45 de Belo Horizonte e chega em Rio Branco às 11h00, depois segue em direção a Porto Velho, pousando às 13h55, e retornando para a capital mineira às 14h40 com chegada prevista às 19h05.

Já o segundo voo parte às 21h40 de Belo Horizonte e chega em Porto Velho às 0h05, pousando em Rio Branco às 01h00, retornando para a capital mineira às 01h45 com chegada prevista às 07h40.

“Esta retoma é um marco muito importante para a Azul, pois operar em todas as capitais vai ao encontro da proposta da empresa de conectar o Brasil com os brasileiros. Isso é especialmente importante num país de dimensões continentais, em que o transporte regional que fazemos assume um protagonismo maior”, refere Fábio Campos, vice-presidente Institucional da Azul.

Os voos da Azul para o Acre permitem também conexão com outros 54 destinos no Brasil, como Brasília, Rio de Janeiro, Recife e São Paulo, além de voos internacionais como Fort Lauderdale e Orlando, nos Estados Unidos, e Curaçao no caribe, através do BH Airport, o hub da Azul em Belo Horizonte.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

Sierra e PGIM anunciam joint venture em hotelaria com um hotel no Porto

A PGIM Real Estate, o segmento imobiliário da PGIM, avançou um modelo de parceria com a Sierra para investir em oportunidades value-add na área da hotelaria, apoiadas por uma plataforma de gestão.

Publituris

Em nota de imprensa é explicado que a joint venture tem como objetivo adquirir e gerir ativamente hotéis em destinos turísticos consolidados, unindo forças com a equipa de gestão operacional da Iberian Hospitality Solutions (IHSP), liderada por Gonçalo Batalha.

É também referido que esta iniciativa está “alinhada com a estratégia de gestão de investimentos da Sierra, que pretende estabelecer parcerias com investidores reconhecidos no mercado, para promover oportunidades de investimento atrativas”. Refira-se que esta joint venture tem como objetivo um valor bruto de ativos (GAV) de 200 milhões de euros.

A parceria terá em conta “hotéis de dimensão considerável em destinos turísticos consolidados”, de acordo com ambas as empresas. A primeira aquisição, com inauguração prevista para a segunda metade deste ano, é constituída por um “hotel de categoria superior em pleno centro do Porto”, não se conhecendo ainda de que hotel se trata ou quais os futuros hotéis em vista por esta joint venture.

Contudo, em resposta ao Publituris, a joint venture deu conta de que “terá em vista a aposta na região de Lisboa e no Algarve”, com quatro projetos em pipeline*.

“O mercado hoteleiro e de lazer é, desde há muito tempo, um setor fundamental para a economia ibérica. Portugal é um dos principais mercados hoteleiros do sul da Europa, atraindo uma procura internacional crescente e com potencial significativo decorrente de melhorias na qualidade da oferta para satisfazer as exigências da procura internacional. Na atual conjuntura, os investidores procuram investimentos que acrescentem valor, que ofereçam proteção face à inflação e que gerem fluxos de caixa para obterem retornos atrativos. A nossa estratégia tem como objetivo consolidar os operadores locais e melhorar a qualidade da oferta para os hóspedes. A nossa parceria com a Sonae Sierra e a IHSP e a aquisição do primeiro hotel no Porto confirmam as nossas perspetivas positivas para a região e a estratégia implementada”, refere Nabil Mabed, Head of France, Spain and Portugal na PGIM Real Estate, em nota de imprensa.

Já Luis Mota Duarte, Chief Financial Officer and Executive Director, Investment Management na Sierra, refere que  estão “muito satisfeitos por nos associarmos à PGIM Real Estate e à equipa de Gonçalo Batalha, com quem vemos uma oportunidade para executar uma estratégia evidente de criação de valor no segmento europeu da hotelaria, reunindo as nossas distintas capacidades de investimento e de gestão de ativos. Este é o nosso primeiro veículo dedicado à hotelaria, o que comprova a nossa ambição de cobrir o espetro completo de classes de ativos e setores com competências específicas, incluindo a nossa recente aquisição no Porto”.

Numa nota final, Gonçalo Batalha, da IHSP, considera que “no atual contexto de mercado, marcado por taxas de juro mais elevadas e por requisitos de investimento consideráveis para restabelecer padrões de qualidade mais elevados na hotelaria, vemos nesta nova plataforma a oportunidade de obter retornos superiores ajustados pelo risco”.

Gonçalo Batalha “acredita” ainda “numa tendência positiva a longo prazo para o setor do turismo, uma vez que a percentagem de rendimentos alocada a experiências continua a crescer, fortemente suportada por um conjunto de fatores estruturais atrativos”.

*Informação atualizada a 10 de abril às 10h40, após a joint venture adiantar o número de projetos em pipeline e respetivas localizações.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Bestravel promove Dubai e Tailândia com campanha “Viva o melhor dos dois mundos”

Sob o mote “Viva o melhor dos dois mundos”, a campanha que a Bestravel acaba de colocar no mercado, e que conta com a cara da Rita Ferro Rodrigues, promove a riqueza cultural e histórica do Dubai e da Tailândia, com uma diversidade de programas turísticos e está disponível nas agências de viagens da rede, até 28 de abril.

Publituris

A rede de agência de viagens Bestravel acaba de lançar uma nova campanha promocional em parceria com o Turismo de Dubai e o Turismo da Tailândia.

A campanha teve como kick-off a viagem da conhecida personalidade Rita Ferro Rodrigues, que permitiu conhecer em primeira mão e discurso direto as múltiplas facetas do Dubai e da Tailândia, tendo partilhado com os seus seguidores um conjunto de experiências em família.

A Bestravel, em parceria com o operador turístico Icárion, desenvolveu um programa taylor-made de viagem, semelhante ao programa de férias de Rita Ferro Rodrigues. Ao reservar este programa, os viajantes poderão desfrutar dos mesmos itinerários personalizados, tal e qual como retratado durante a viagem da personalidade portuguesa.

Na campanha, que termina no final do mês de abril, a Bestravel incluiu programas de viagem combinados, que exploram os dois destinos em conjunto, assim como opções para visitar cada um separadamente.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Aviação

easyJet recebe mais um avião A321neo

A easyJet recebeu esta terça-feira, 9 de abril, mais um aparelho A321neo, o 400.º a juntar-se à frota da companhia aérea low cost e cujo primeiro voo foi realizado com uma mistura com 5% de Combustível de Aviação Sustentável (SAF).

Publituris

A easyJet recebeu esta terça-feira, 9 de abril, mais um avião A321neo, o 400.º a juntar-se à frota da companhia aérea low cost e cuja entrega foi assinalada com uma cerimónia na fábrica da Airbus em Hamburgo, na Alemanha.

“A mais nova aquisição à frota apresenta um design de pintura especial, com o número 400 composto por aviões em miniatura”, refere a easyJet, explicando que também o primeiro voo deste novo avião foi especial.

Este primeiro voo do novo avião da easyJet, que decorreu esta terça-feira e ligou Hamburgo-Finkenwerder ao hangar de manutenção da easyJet em Berlim/Brandemburgo, foi alimentado “com 5% de Combustível de Aviação Sustentável (SAF), marcando a primeira utilização de SAF num serviço easyJet na Alemanha”.

“À medida que continuamos o nosso programa de renovação da frota com aeronaves mais eficientes em termos de consumo de combustível e mais silenciosas da família A320neo, estamos orgulhosos de continuar a trabalhar com a Airbus e a CFM, que têm uma abordagem persistente ao nível da produção e sustentabilidade e continuam a ser parceiros fiáveis da easyJet”, congratula-se David Morgan, Diretor de Operações da easyJet, citado no comunicado divulgado pela companhia aérea.

Recorde-se que o primeiro avião Airbus A320 foi entregue à easyJet há 20 anos e, desde então, a companhia aérea tornou-se num dos maiores operadores destes aparelhos, contando, atualmente, com mais de 330 destas aeronaves ao serviço.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Turismo

Turismo de Portugal, CMVM e IAPMEI assinam protocolo de colaboração

O Turismo de Portugal, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P., assinaram um protocolo de colaboração com vista a alcançar objetivos comuns respeitantes ao desenvolvimento empresarial.

Publituris

A assinatura deste protocolo representa um marco significativo para o reforço da cooperação entre instituições com contacto relevante junto das empresas, contribuindo para um empreendedorismo ativo e conhecedor das oportunidades e desafios, promovendo o crescimento sustentável da economia portuguesa.

Neste âmbito, a CMVM, o IAPMEI e o Turismo de Portugal comprometem-se a desenvolver iniciativas conjuntas, nomeadamente para a promoção do recurso a opções alternativas de financiamento, incluindo o mercado de capitais, e para incentivar a adoção pelas empresas de boas práticas ambientais, sociais e de governance.

O conjunto de iniciativas planeadas incluem a realização de encontros com empresas para partilhar informação sobre o financiamento através do mercado de capitais, nomeadamente através da organização de encontros no âmbito do “Roteiro de Financiamento em Mercado” e da colaboração da CMVM em iniciativas e eventos do IAPMEI e do Turismo de Portugal nos quais a sua participação se justifique.

O protocolo prevê ainda o desenvolvimento de projetos de apoio às empresas que visam a respetiva capacitação e o reforço da governance bem como a divulgação de iniciativas relevantes conjuntas ou de cada uma das instituições, através dos seus canais de comunicação.

De forma a estimular a partilha de conhecimentos entre as três instituições, serão promovidas ações de capacitação, entre as quais sessões dedicadas ao processo de entrada e as vantagens do mercado de capitais para as empresas portuguesas.

Esta parceria vem na sequência do trabalho já desenvolvido nesta matéria e reflete o compromisso e a dedicação das instituições em identificar oportunidades para desenvolver mais ações de cooperação para o desenvolvimento empresarial.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.