Assine já
Alojamento

Miguel Andrade assume direção geral de Operações do PHC Hotels

Com vista a consolidar o seu crescimento, e com a abertura este ano da quarta unidade hoteleira, o Grupo PHC Hotels – Portuguese Hospitality Collection, acaba de contratar um novo diretor geral de Operações: Miguel Andrade.

Publituris
Alojamento

Miguel Andrade assume direção geral de Operações do PHC Hotels

Com vista a consolidar o seu crescimento, e com a abertura este ano da quarta unidade hoteleira, o Grupo PHC Hotels – Portuguese Hospitality Collection, acaba de contratar um novo diretor geral de Operações: Miguel Andrade.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Diogo Fonseca e Silva é o novo Director Geral de Operações do Grupo Altis Hotels
Alojamento
Frederico Costa sai para as Pestana Pousadas de Portugal
Alojamento
Alexandre Abade assume cargo de CEO no Grupo Oásis Atlântico
Homepage
Newhotel tem novo CEO
Figuras do Turismo

Miguel Andrade acaba de ser contratado como diretor geral de Operações do Grupo PHC Hotels – Portuguese Hospitality Collection, que pretende consolidar o seu crescimento com a abertura da quarta unidade hoteleira em 2022.

Reconhecido pela sua elevada capacidade de gestão, exigência profissional e foco nos resultados alcançados, Miguel Andrade assume, segundo a cadeia hoteleira, a missão de colocar a sua longa experiência nacional e internacional ao serviço da PHC Hotels.

Trata-se de “um profissional com uma carreira muito estruturada e com uma visão estratégica do negócio que tem o fit apropriado para o nosso grupo hoteleiro”, refere Carla Maximino, administradora da PHC Hotels. “Para além de um percurso sólido e estruturado em hotelaria de alta qualidade, o fato de Miguel Andrade ter uma carreira global, com cadeias internacionais, e experiência em projetos de recuperação e tournaround, com fundos de investimento, garante-nos um ainda maior rigor que queremos trazer para a nossa empresa” destaca ainda a executiva.

O agora diretor geral de Operações da PHC Hotels conta com sete anos de gestão ligada a fundos de investimento. O mais recente foi o Oxy Capital Fund – no Marriott Praia D’el Rey. Em 32 anos de carreira hoteleira foi, igualmente, diretor geral de unidades como Cascade Wellness Resort, Dolce Campo Real Lisboa, Tróia Design Hotel, Blue & Green Hotels, Direção Comercial do Grupo Amorim Turismo. Esteve ainda presente no desenvolvimento do grupo Regency Hotels & Resorts com DGO / COO e em diversas posições de direção executiva com a cadeia Intercontinental Hotels Group, que foi a sua grande escola. Passou também por cargos internacionais como Madrid, Londres, Paris, Manágua, Guadalajara e Cancún.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Transportes

Turkish Airlines lança Gift Card

A Turkish Airlines lançou um novo serviço, o Gift Card, que pode ser carregado com o valor pretendido e oferecido a amigos ou familiares.

Publituris

A Turkish Airlines lançou um novo serviço, o Gift Card, que pode ser carregado com o valor pretendido e oferecido a amigos ou familiares, informou a companhia aérea turca em comunicado.

“Com este serviço, a companhia aérea permite que cada pessoa possa oferecer um cartão presente personalizado aos seus familiares e amigos, carregando-o com o valor pretendido”, lê-se no comunicado divulgado pela transportadora turca.

O Gift Card da Turkish Airlines tem uma validade de dois anos, só pode ser adquirido através da app ou do website da companhia aérea e é válido apenas para produtos e serviços determinados pela Turkish Airlines.

Todas as condições do Gift Card podem ser consultadas online aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Press Releases

NAU Palácio do Governador com sabores únicos na quadra festiva

A quadra natalícia é, por excelência, associada ao convívio e à partilha de momentos com a família, amigos e colegas de trabalho. O hotel NAU Palácio do Governador preparou um programa para o Natal, Réveillon e Dia de Ano Novo, para os que escolhem passar esta época festiva na companhia dos que mais gostam.

Publituris

É no hotel NAU Palácio do Governador que a magia do Natal acontece à mesa. Num ambiente de conforto e requinte, o restaurante Ânfora dispõe de menus únicos para provar os sabores típicos da quadra natalícia.

Natal
Na Noite de Consoada serve-se, no NAU Palácio do Governador, um buffet de pratos frios – com saladas várias, seleção de salgados, enchidos, pães e compotas, queijos nacionais e internacionais e salmão fumado. O buffet de pratos quentes é composto por um aveludado de cogumelos, bacalhau confit e lombo de cordeio com especiarias. O arroz-doce, o pudim “Abade Priscos”, o Bolo-rei e os sonhos com calda de especiarias vêm adoçar o menu desta noite especial.

Para o Almoço de Natal, esta unidade propõe um buffet repleto de iguarias que conta com uma salada de salmão e uma salada de queijo Chèvre numa combinação de frutos vermelhos, para os que gostam de experimentar combinações únicas. Nos pratos quentes destaca-se o polvo à lagareiro com migas de couve-lombarda, o naco de novilho, presunto e cogumelos e o aveludado de couve-flor com azeite de trufa. As sobremesas de Natal escolhidas para este almoço são variadas – o tronco de Natal, o Bolo-rei, as rabanadas, mousse de morango, coscorões, molotof ou bolo de mel e nozes.

Os Buffets de Natal estão disponíveis a 75€ por adulto, com desconto de 50% para crianças entre os 3 e os 12 anos (com oferta gratuita para as crianças até aos 2 anos). Incluem água, sumo de laranja, limonada e café. É necessária reserva prévia.

Para grupos e empresas, o restaurante dispõe ainda de duas opções de menu – Menu Empratado “Estrela de Natal”, para grupos com menos de 30 convidados, e Menu Buffet “Buffet Belém”, para mais de 30 pessoas.

Réveillon e Dia de Ano Novo
Para celebrar a noite de Réveillon, o hotel NAU Palácio do Governador dispõe de um programa especial, disponível a 190€ por pessoa.

Por volta das 19h30 inicia-se a noite de celebração com um cocktail de boas-vindas, servido no Bar Occasus, composto por preparados de bacalhau e trufa, foie gras e legumes em especiarias. O jantar de Ano Novo serve-se no restaurante Ânfora, uma hora depois.

Na última noite do ano o hotel NAU Palácio do Governador incorpora no seu menu os sabores do mar e da terra, harmonizados com vinhos de eleição- Herdade Papa Leite (branco, 2021), Heaven’s Door (branco, 2021) e Pacto do Diabo (tinto, 2020).

O início desta combinação de sabores é feito com uma lagosta em caldo e emulsão de coentros e lima. O mar é trazido para o restaurante Ânfora num prato de robalo de linha em arroz carolino de “Alcácer do Sal” e bivalves e o prato de veado em creme de pastinaca, crumble de cogumelos e espargos combina os sabores da terra. A refeição termina com um doce crème brûlée e frutos vermelhos e mignardises.

Com uma Flute de Champagne os clientes serão convidados a brindar a 2023, pelas 23h30. Serão também oferecidas as tradicionais uvas-passas para contar as doze badaladas e os desejos para o novo ano. Já no primeiro dia do ano é possível desfrutar de um delicioso Brunch de Ano Novo no restaurante Ânfora, disponível a 82€ por pessoa.

O Brunch conta com uma variada oferta de bebidas quentes e frias, uma seleção de cereais, pães e pastelaria com manteigas e compotas para acompanhar. Queijos, enchidos, mariscos e saladas com diversos sabores complementam a gama de oferta.  Nos pratos quentes nota para o espadarte e sementes de sésamo, o pargo no forno, o novilho lardeado com bacon e cogumelos e as pernas de frango confit e limão. Os doces típicos da quadra encerram a refeição do primeiro dia do ano.

Em todos os programas as crianças entre os 3 e os 12 anos beneficiam de um desconto de 50% (oferta gratuita até aos dois anos).

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Press Releases

Natal e Réveillon ficam para a história no Vidago Palace

O Vidago Palace preparou um programa especial para a época de Natal, e uma festa a combinar com a opulência do Salão Nobre para o Réveillon.

Publituris

O Parque Natural de Vidago é o cenário perfeito para um Natal e um fim de ano descontraídos, relaxados e memoráveis. O Vidago Palace preparou um programa especial para a época de Natal, e uma festa a combinar com a opulência do Salão Nobre para o Réveillon. Há ainda vários menus para grupos que queiram celebrar a época festiva nos restaurantes do hotel, com degustações assinadas pelo chef Vítor Matos.

Aberto em 1910, o hotel já foi palco de muitas festas, mas nem por isso descurou na preparação das celebrações vindouras. Para terminar o ano em beleza, o Spa by Clarins and Aromatherapy Associated, num edifício assinado por Siza Vieira, está aberto a todos os que queiram experimentar os tratamentos Iyashi Dôme, as terapias de vapores, as aulas de pilates, ioga e shiatsu, ou as sessões de reflexologia, além de tratamentos prescritos medicamente ou de outras terapias de bem-estar, disponíveis no hotel.

Para que a época seja ainda mais feliz e aconchegada, o Vidago Palace abre as suas portas a todos aqueles que este ano pretendam desembrulhar os seus presentes e/ou receber o novo ano com muito brilho.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Press Releases

O Natal no Crowne Plaza Porto & soMos

O Crowne Plaza Porto tem opções para grupos corporativos e particulares que procuram salas privadas e um menu de Natal à medida. Já o soMos põe ao dispor a sua sala com menus a preço especial para desfrutar da quadra em boa companhia.

Publituris

O espírito da quadra natalícia regressa em todo o seu esplendor – estar juntos é, novamente, o melhor presente a dar e a receber. Amigos, famílias e empresas voltam a reunir-se para celebrar os feitos de um ano e as ligações. A pensar nos habituais almoços e jantares numerosos, o Crowne Plaza Porto e o soMos Restaurant & Lounge fazem contar na sua oferta de Natal, com menus assinados pelo chefe Jorge Sousa, diferentes salas, ementas e condições especiais para grupos.

O Crowne Plaza Porto tem ao dispor 11 salas privadas para uso exclusivo e personalizado de cada grupo. A equipa do hotel da Avenida da Boavista disponibiliza-se para ajudar com a decoração, animação e tudo o que cada conjunto precisa para criar memórias inesquecíveis. Para degustar, o chefe preparou 3 menus que podem ser adaptados conforme o número de pratos principais, buffet total ou apenas de sobremesas. O preço dos menus pode variar entre 27€ e 47,50€ por pessoa e o suplemento de bebidas deverá ser ajustado à parte.

No cardápio não faltam as estrelas da quadra: o Tradicional Bacalhau, Polvo à Lagareiro, Vitela Assada com Batatinhas Assadas, Esparregado de Grelos, entre muitos outros clássicos. Nas sobremesas, o destaque vai para as Rabanadas com Espuma de Requeijão. Redução de Vinho do Porto e Gelado de Cereja, Leite Creme e Arroz Doce. As iguarias e menus no Crowne Plaza Porto já estão disponíveis para consulta.

Na porta ao lado, no soMos, que sempre foi reconhecido como um lugar de união e reencontros à mesa, as opções são pensadas para facilitar a decisão do grupo. À escolha estão os pratos de assinatura do restaurante português de influência mediterrânica, nomeadamente as estrelas da casa: nas entradas o Camarão crocante com Sweet chili e guacamole, Creme de tomate com ovo escalfado ou Salada caprese. No que toca a pratos principais, destacam-se as Lascas de Bacalhau com puré de grão-de-bico e ovo a baixa temperatura, Posta de vitela, gratin de batata e vegetais, Pizza de legumes mediterrânicos e mozarela e, ainda, o Gnocchi com vegetais e mozarela. A sobremesa é dedicada à trilogia mais afamada da quadra: Bolo Rei, Leite creme e Rabanada.

Os grupos podem optar pelas seguintes modalidades do menu: uma entrada, um prato principal e uma sobremesa por 29€ por pessoa; ou uma entrada, dois pratos principais e uma sobremesa por 40€ por pessoa. O suplemento de bebidas varia entre 8,50€ e 11€, consoante a preferência dos clientes. O soMos dispõe ainda de uma sala semi privada para recato de alguns grupos.

O Crowne Plaza Porto terá ainda soluções para hóspedes e visitantes que procurem uma Consoada ou Passagem de Ano tranquilas e saborosas. Os menus de dia 24 de dezembro e de dia 31 de dezembro, serão em breve divulgados nos canais do hotel.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Press Releases

Celebre a entrada no novo ano no The Lodge

O Porto é destino ideal para dar as boas-vindas a 2023 e o The Lodge é o cenário perfeito para celebrar esta data. A unidade hoteleira tem uma oferta imperdível para uma passagem de ano a dois.

Publituris

A passagem de ano é o momento perfeito para uma escapadinha a dois e comemorar a entrada em 2023 de forma diferente. O The Lodge Hotel oferece o ambiente perfeito para uma noite memorável, longe da confusão que se vive nas ruas, mas com uma vista única para a cidade do Porto.

A proposta da unidade hoteleira inclui uma noite de alojamento em quarto duplo (na noite de 31 de dezembro), um Welcome Drink & Cocktail no The Lodge Bar; Jantar de Fim de Ano no Restaurante Dona Maria; Festa de Ano Novo e pequeno-almoço no primeiro dia do ano, a partir de 680 euros (para duas pessoas).

Mas há ainda a possibilidade de celebrar com família e/ou amigos no restaurante Dona Maria e desfrutar de um menu requintado preparado pelo chef João Vieira. Para começar, será servida vieira corada, mousseline de cherovia e trufa, seguindo-se um aveludado de faisão real e castanhas, funcho e erva-príncipe. Nos pratos principais será servido o carabineiro da costa vicentina braseado, lingote de santola, sabayon de espumante e baunilha bourbon e depois um Wellington de novilho Maronês com foie gras, presunto e cogumelos Chanterelle. Para terminar a refeição, não faltará uma deliciosa sobremesa: gourmandise chocolate em várias texturas. O jantar será acompanhado por uma seleção de bebidas. Para recuperar energias na festa com música ao vivo que se prolongará até às 2h00, haverá ainda uma mesa de sobremesas e uma mesa de queijos nacionais e internacionais.

Após brindar à meia-noite com champagne e pedir os desejos com as uvas passas, será servida ainda uma ceia, que inclui caldo-verde; mini pães com chouriço; mini pregos em bolo de caco e mini pastéis de nata. O preço por pessoa é de 275 euros.

No dia seguinte, ao almoço será servido o Brunch de Ano Novo, com sabores imperdíveis e variadas opções desde saladas e outras entradas, passando pela canja de galinha do campo com arroz de erva-príncipe, sem esquecer os pratos principais (lasanha vegetariana; bacalhau espiritual; tranche de salmão, estufado de funcho e laranja; rosbife à inglesa com crosta de mostarda; peito de peru com molho de cogumelos e tomilho). Nas sobremesas também haverá muito por onde escolher: pão de ló, mousse de chocolate e framboesa; arroz-doce; seleção de frutas, entre outras. O preço é de 110 euros por pessoa (com bebidas incluídas).

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Turismo

CTP espera que novo SECTS “prossiga o trabalho de reforço do turismo na economia portuguesa”

Depois de anunciada a saída de Rita Marques, a CTP “agradece o serviço prestado em prol do turismo”, esperando que o novo responsável pela Secretaria de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda de Almeida, “prossiga o trabalho, tendo em vista o reforço do papel do turismo na economia portuguesa”.

Publituris

A Confederação do Turismo de Portugal (CTP) reagiu, em comunicado, à saída da secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, agradecendo-lhe “o serviço prestado em prol do turismo, durante estes anos que foi responsável pela tutela da atividade turística”.

Na breve nota de imprensa, a diz ter mantido sempre “um relacionamento institucional muito positivo com a secretária de Estado”, considerando que Rita Marques, nestes anos que esteve à frente desta pasta, “sempre se pautou por um diálogo aberto com a Confederação do Turismo de Portugal; mostrou-se conhecedora dos dossiers; reforçou o papel do Turismo como atividade essencial para a economia do País e esteve sempre disponível e atenta aos problemas que a atividade enfrentou, nomeadamente nos difíceis anos da pandemia”.

A concluir, a CTP espera que o novo secretário de Estado com a tutela do Turismo “prossiga o trabalho de parceria realizado até aqui, tendo em vista o reforço do papel do Turismo na economia portuguesa”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

1.º Roadshow do Enoturismo aposta na diferenciação da oferta turística (c/ fotogaleria)

No 1.º Roadshow do Enoturismo Atlântico Bairrada Lisboa, organizado pelo jornal Publituris, em parceria com as CVR da Bairrada e de Lisboa, dezenas de produtores apresentaram novos projetos de enoturismo a agentes de viagens e operadores turísticos e vários representantes de organismos dos setores vitivinícola e do turismo.

Publituris

O 1.º Roadshow do Enoturismo Atlântico Bairrada Lisboa, organizado jornal Publituris, em parceria com as Comissões Vitivinícolas de Bairrada e de Lisboa, realizou-se a 23 e 24 de novembro em Lisboa e no Porto, respetivamente no Altis Grand Hotel e no Hotel HF Ipanema Park, na presença de dezenas de produtores que apresentaram novos projetos de enoturismo a agentes de viagens e operadores turísticos e vários representantes de organismos dos setores vitivinícola e do turismo.

Foi o caso da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, incluindo o seu presidente, Francisco Toscano Rico; da Comissão Vitivinícola da Bairrada, com a presença também do presidente, José Pedro Soares; do Turismo de Portugal, representado por Lídia Monteiro, Senior Director of Sales and Marketing do Turismo de Portugal; e do Turismo Centro de Portugal, cujo presidente, Pedro Machado participou também no Roadshow que teve lugar no Altis Grand Hotel, em Lisboa.

Reunindo quase duas dezenas de expositores, em representação das regiões de Lisboa e da Bairrada, a iniciativa permitiu às centenas de agentes de viagens presentes fazer networking e conhecer os vários projetos de enoturismo desenhados para momentos em família, casais, grupos, em stopover ou eventos corporate, dos produtores representados: Adega Cooperativa da Lourinhã, Adega Mãe, Manzwine, Quinta do Gradil, Quinta do Sanguinhal, Quinta das Carrafouchas, Quinta de Almiara, Quinta da Boa Esperança, Quinta dos Capuchos, Quinta do Monte d`Oiro, Quinta de Chocapalha, Quinta do Porto Nogueira, Caves Velhas, pertencentes às região vitivinícola de Lisboa, bem como Caves São João, Caves dos Solar de São Domingos, Luís Pato, Quinta das Bágeiras, Prior Lucas, Caves Messias, da região vitivinícola da Bairrada e, por fim, o Turismo do Centro.

Esta foi a 1.ª edição deste Roadshow que divulga o Enoturismo das Regiões Vinhateiras da Bairrada e Lisboa, tendo sido promovido pelas Comissões Vitivinícolas da Bairrada e de Lisboa. Apoiado pelo Turismo de Portugal, através do Programa de Qualificação da Oferta Enoturística da Região Centro, com recurso ao “Programa Valorizar ‐ Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior”, conta ainda com apoio institucional do Turismo do Centro de Portugal, e com a organização do Jornal Publituris.

A Publituris acompanhou, em reportagem, o 1.º Roadshow do Enoturismo Atlântico Bairrada Lisboa e dará conta ao leitor, na sua próxima edição, da perspetiva de produtores de vinho, agentes turísticos e organismos oficiais sobre o potencial do enoturismo no setor.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Hóspedes e dormidas de outubro crescem 5,0% e 6,2% face a 2019

Segundo o INE, em outubro “registaram-se aumentos de 21,0% nas dormidas de residentes e 1,5% nas de não residentes”, tendo os não residentes apresentado mesmo “o maior crescimento face a 2019”.

Inês de Matos

Em outubro, o setor do alojamento turístico nacional contabilizou 2,6 milhões de hóspedes e 6,8 milhões de dormidas, números que traduzem aumentos de 23,4% e 23,5% face a mês homólogo do ano passado e de 5,0% e 6,2%, respetivamente, em comparação com outubro de 2019, o último ano antes da pandemia.

De acordo com os dados divulgado esta quarta-feira, 30 de novembro, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em outubro, o mercado interno contribuiu com 1,8 milhões de dormidas, enquanto os mercados externos totalizaram 4,9 milhões, o que traduz uma descida de 2,7% no mercado interno mas um aumento de 37,3% no que respeita às dormidas dos mercados externos.

No entanto, face a outubro de 2019, acrescenta o INE, “registaram-se aumentos de 21,0% nas dormidas de residentes e 1,5% nas de não residentes”, tendo os não residentes apresentado mesmo “o maior crescimento face a 2019”.

Por tipo de estabelecimento, as dormidas na hotelaria, que representaram 83,4% do total de dormidas, aumentaram 23,4% em comparação com outubro de 2021 e 6,1% face ao mesmo mês de 2019, enquanto as dormidas nos estabelecimentos de alojamento local, que representaram 13,3% do total, cresceram 28,4% e 0,6% face aos mesmos meses de 2021 e 2019, respetivamente. Já as dormidas em unidades de turismo no espaço rural e de habitação, que representaram 3,2% do total, apresentaram um aumento de 9,0% face a outubro de 2021 e de 45,2% em comparação com o mesmo mês de 2019.

O INE diz ainda que, em outubro, 21,6% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes, quando em igual mês do ano passado esta percentagem chegava aos 26,5%.

Por mercados, o destaque vai para o britânico, que apesar de ter representado 20,8% do total das dormidas de não residentes em outubro, apresentou uma descida de 1,7% relativamente a outubro de 2019.

Já as dormidas dos turistas alemães, cuja quota foi de 12%, registaram, de acordo com o INE, a “segunda maior diminuição no grupo dos 17 principais mercados emissores”, com uma quebra de 10,2%, ainda que o maior decréscimo se tenha registado no mercado brasileiro, que caiu 15,3%. A descer esteve também o mercado francês, que representou 8,3% do total, mas que apresentou uma descida de 2,2%.

Em sentido contrário manteve-se o mercado norte-americano, que representou 8,8% do total e “continuou a destacar-se, com um crescimento de 39,5% em outubro face a igual mês de 2019”, enquanto o mercado espanhol, cuja quota foi de 8,2%, aumentou 17,4% face a outubro de 2019.

O INE destaca ainda o crescimento das dormidas do mercado checo, que subiram 63,1% face a outubro de 2019.

O INE diz também que, em outubro, se registaram “aumentos das dormidas em todas as regiões”, com o Algarve a concentrar 28,2% das dormidas, seguindo-se a AM Lisboa (26,6%) e o Norte (16,5%).

Face a outubro de 2019, apenas o Algarve registou um decréscimo de 1,3%, aponta o INE, acrescentando que “os maiores aumentos ocorreram na RA Madeira (+25,0%) e na RA Açores (+17,5%)”.

Em outubro, também as dormidas dos residentes aumentaram em todas as regiões mas, neste caso, o destaque vai para a RA Madeira (+97,1%), seguida do Algarve
(+24,8%), Alentejo (+23,9%) e Centro (+20,1%).

Já as dormidas de não residentes aumentaram na RA Açores (+21,4%), RA Madeira (+15,4%), Norte (+7,9%) e AM Lisboa (+2,5%) e diminuíram no Centro (-9,5%), Algarve (-4,9%) e Alentejo (-3,4%).

A estada média de outubro ficou nas 2,57 noites, o que traduz um aumento de 0,1% face a outubro de 2021, ainda que a estada média dos residentes, que se situou nas 1,88 noites, tenha recuado 1,4%, enquanto a dos não residentes desceu 5,2%, fixando-se nas 2,98 noites.

A estada média mais elevada foi registada na Madeira, com 4,55 noites, seguindo-se o Algarve, onde os turistas ficaram, em média 3,99 noites, com o INE a indicar que, à exceção da RA Madeira (-4,0%) e da AM Lisboa (-0,9%), “todas as restantes regiões apresentaram aumentos da estada média”.

No acumulado desde janeiro, as dormidas aumentaram 97,3%, com destaque para as dormidas dos não residentes, que apresentaram um acréscimo de 177,9%, enquanto as dormidas dos residentes cresceram 23,7% face ao mesmo período de 2021.

“Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas decresceram 1,6%,
como consequência da diminuição das dormidas de não residentes (-6,0%), dado que as de residentes cresceram 9,0%”, acrescenta o INE.

 

 

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Transportes

Air France abre nova rota para a Tanzânia e reforça ligações na África Oriental no verão

A Air France vai abrir, no próximo verão, uma nova rota para Dar Es Salam, na Tanzânia, que vai operar em continuação ao serviço para Zanzibar, e decidiu também reforçar as ligações a Zanzibar, Nairóbi e Antananarivo.

Publituris

A Air France vai abrir, no próximo verão, uma nova rota para Dar Es Salam, na Tanzânia, que vai operar em continuação ao serviço para Zanzibar, e decidiu também reforçar as ligações a Zanzibar (Tanzânia), Nairobi (Quénia) e Antananarivo (Madagáscar), destinos da África Oriental que vão estar também disponíveis para os passageiros portugueses da transportadora francesa.

Num comunicado enviado à imprensa, a Air France revela que a nova rota para Dar Es Salam arranca a 12 de junho de 2023, em continuação do serviço para Zanzibar (também na Tanzânia), e vai contar com três ligações por semana, realizadas num avião Boeing 787-9, com 30 lugares em classe Business, 21 em Premium Economy e 225 na Economy.

Na informação divulgada, a Air France explica que Dar Es Salam é atualmente a capital económica e maior cidade da Tanzânia e, além da nova rota da Air France, conta também com voos da KLM, parceira da transportadora francesa, que realiza um voo diário desde Amesterdão, em continuação do serviço para Zanzibar, às quintas-feiras e domingos, assim como em continuação do serviço para Kilimanjaro (também na Tanzânia) nos restantes dias da semana.

“O horário de voos, coordenado entre as duas companhias, permite aos clientes desfrutar de uma escolha mais ampla”, acrescenta a companhia aérea francesa.

Além da nova rota, a Air France vai também reforçar a operação para outros destinos da África Oriental, a exemplo de Zamzibar, que passa a contar com três voos por semana a partir do verão de 2023, mais um do que no verão de 2022, uma vez que, diz a Air France, o novo serviço de Dar es Salaam “vai resultar num aumento nas frequências entre Paris-CDG e Zanzibar”.

A partir de 12 de junho de 2023, a Air France vai também aumentar o número de voos para Nairobi, capital do Quénia, que passa a contar com um “serviço direto em ambos os sentidos, operado em Boeing 787-9, com um voo diário de/para Paris-CDG – face aos atuais 6 voos/semana”.

Mais a sul, a Air France vai ainda oferecer um extenso programa a iniciar no próximo verão entre Paris-CDG e Antananarivo, em Madagáscar, que vai contar com cinco voos diretos por semana, contra os quatro atuais.

Segundo a Air France, “os voos de/para Madagáscar vão ser operados pela primeira vez em Airbus A350-900, a nova joia da frota de longo curso da companhia, equipada com 34 assentos na classe Business, 24 na Premium Economy e 266 na Economy”.

No próximo verão, novidade vai também ser a continuação dos voos entre Paris-CDG e Nova Iorque – Newark (EUA), uma vez que, a 12 de dezembro, a companhia vai inaugurar um novo serviço ao longo de todo o ano, com um voo diário operado em Boeing 777-200 ER.

A 9 de janeiro de 2023, a Air France conta ainda retomar a ligação entre Paris-CDG e Hong Kong (China), que se encontra ainda suspensa, e que, segundo a companhia aérea francesa, vai contar com três voos por semana às segundas, quintas e sábados (regresso às terças, sextas e domingos), operados em Boeing 777-300ER.

Todos os destinos estão disponíveis para os passageiros portugueses da Air France, graças às ligações que a companhia aérea disponibiliza à partida de Lisboa ou do Porto, através do seu hub em Paris-CDG.

Os detalhes do programa de voos e as tarifas podem ser consultados em airfrance.pt.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

The Lumiares e The Vintage Hotel & Spa tornam-se ‘pet-friendly’

O The Lumiares e o The Vintage Hotel & Spa, unidades do Grupo Bomporto em Lisboa, passaram a permitir que os donos de animais de estimação levem o melhor amigo de férias e tornaram-se unidades ‘pet-friendly’.

Publituris

O The Lumiares e o The Vintage Hotel & Spa, unidades do Grupo Bomporto em Lisboa, passaram a permitir que os donos de animais de estimação levem o melhor amigo de férias e tornaram-se unidades ‘pet-friendly’.

Num comunicado divulgado esta terça-feira, 29 de novembro, o Grupo Bomporto revela que, à chegada à duas unidades de cinco estrelas, os hóspedes que viajem com o seu animal de estimação recebem um “‘pet friendly welcome kit’, que inclui snacks saudáveis, cobertor e cama para dormirem e tudo o que for necessário para que os seus companheiros se sintam em casa”.

Nas proximidades das unidades, os donos destes animais podem ainda encontrar “vários serviços dedicados aos seus animais, desde dog walking a pet sitting”, acrescenta o Grupo Bomporto, que sublinha ainda que a equipa das unidades “está sempre pronta a ajudar”, recomendando “uma lista completa de restaurantes ‘pet-friendly’ na cidade”.

A estadia de animais de estimação implica o pagamento de uma taxa adicional de 30 euros e os amigos de quatro patas não devem ultrapassar o limite de peso de 15kg.

Recorde-se que o The Lumiares funciona num palacete do século XVIII, que foi completamente renovado, e que conta com uma seleção impressionante de quartos em estilo apartamento e onde cada suíte tem uma cozinha totalmente equipada para que os clientes possam “desfrutar da estadia com o seu animal de estimação com todos os confortos da sua casa”.

Já o The Vintage, por outro lado, é hotel boutique que presta tributo à cultura artística da cidade de Lisboa e cujos quartos contam com todo o tipo de peças de arte, desde lindos quadros a esculturas e peças de cerâmica.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.