Londres publica “lista verde” de destinos de férias em maio

Por a 9 de Abril de 2021 as 10:20

Quem queira viajar de Inglaterra para o estrangeiro este verão deverá descobrir no início do próximo mês quais os destinos que não vão implicar quarentena no regresso, anunciou, esta sexta-feira, o Governo britânico.

De acordo com um novo sistema ordenado de acordo com as cores dos semáforos, os visitantes dos países da “lista verde” vão estar isentos de isolamento ou de testes à chegada, mas terão de realizar um teste PCR antes do embarque, mesmo se já estiverem vacinados.

Os que chegarem de países da lista amarela precisarão de fazer um teste PCR antes do embarque e ficar em quarentena por 10 dias no regresso, durante a qual têm de fazer mais dois testes PCR.

Pessoas que viagem de países da “lista vermelha”, na qual Portugal esteve de janeiro até março, terão de ficar em quarentena vigiada num hotel designado durante 10 dias a um custo de 1.750 libras (2.015 euros), além de se sujeitar aos testes PCR antes do embarque e durante o isolamento.

O ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps, disse à BBC que a decisão sobre a classificação dos países será feita de acordo com critérios como a percentagem da população vacinada, a taxa de infeção, a prevalência de variantes perigosas e a existência de capacidade para sequenciar testes e identificar variantes.

Porém, mostrou-se confiante de que será possível levantar a proibição em vigor, pelo menos até 17 de maio, de viagens para o estrangeiro para férias ou para visitar família e amigos, e não apenas por motivo de força maior, como acontece atualmente.

2 comentários

  1. Isabel Barbosa

    15 de Abril de 2021 at 16:12

    Nao sei porque fazer testes se ja esta vacinado entendo testes rapidos mas nao o pcr.

  2. Marcelo de Almeida Moura

    15 de Abril de 2021 at 9:28

    Não intendo uma coisa.
    Se a pessoa, testou negativo pro virus.
    Porque ela tem que ficar de quarentena ?
    Se so posso viajar, com Teste negativo, logo TODOS os que embarcarem(passageiros e tripulantes), estaremos livres do Virus…
    Ou seja não havendo qualquer possibilidade de apanhar o Virus no Aeroporto e muito menos no Avião.

    Ou seja, podemos ficar infectados, assim que desembarcamos no Pais de destino…

    Isso faz com que o confinamento, seja ineficaz…

    Passa-se algo mais, so que ninguem vé isso… :(

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *