Ryanair aplaude conclusões do CEPS sobre importância das low-cost

Por a 15 de Maio de 2018 as 15:26

A Ryanair veio esta terça-feira, 15 de Maio, aplaudir as conclusões de um relatório do Centro para os Estudos de Políticas Europeias (CEPS) sobre a importância das companhias aéreas low-cost, que apurou que “a conectividade de baixo custo permite melhorar a qualidade de vida”.

“O relatório conclui que as companhias aéreas low-cost têm tido um papel vital no processo de aproximação da Europa ao fomentar a mobilidade e tornando as viagens aéreas possíveis para um público mais amplo”, destaca a Ryanair numa nota enviada à imprensa.

O relatório, intitulado “Companhias Aéreas Low-Cost: Tornando a UE mais próxima”, inclui vários meios para avaliar o alcance da contribuição de companhias aéreas low-cost na integração Europeia, incluindo na mobilidade de trabalhadores e estudantes, viagens de trabalho e turismo de lazer, recorrendo a dados quantitativos, bem como a casos de estudo qualitativos individuais.

“A Ryanair recebe com bastante agrado as conclusões deste relatório do CEPS, cujo objectivo era compreender qual o alcance do contributo das companhias aéreas low-cost para a integração Europeia. Como se confirma por este relatório, as tarifas baixas ajudaram à criação de um novo e crescente mercado para pessoas que nunca teriam viajado de outro modo. Assim se manifesta a conexão e integração da Europa, ao mesmo tempo que são criadas oportunidades de emprego e o aumento dos gastos no turismo”, congratula-se Kenny Jacobs, CMO da Ryanair.

A Ryanair opera, actualmente, para 216 aeroportos em 37 países europeus e, este ano, conta transportar um total de 138 milhões de passageiros em mais de 1800 rotas.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *