Turismo de Compras sobe 41% até Setembro

Por a 20 de Novembro de 2017 as 10:31

Nos primeiros nove meses do ano, as compras tax free em Portugal subiram 41% face a período homólogo de 2016, segundo dados da Global Blue, empresa de gestão de operações Tax Free (reembolso de IVA a turistas).

Segundo os dados da Global Blue, os turistas angolanos continuam a liderar o top5 de compras em Portugal, seguindo-se a China, que é o mercado que mais tem vindo a crescer, e o Brasil, que foi o que mais subiu em volume de compras.

No caso do mercado chinês, a Global Blue refere que as compras destes turistas aumentaram 49% até Setembro, com o valor da compra média a subir para os 641 euros, quando em igual período do ano passado tinha sido de 631 euros.

Para Renato Lira Leite, Managing Director da Global Blue, “parte deste crescimento deve-se aos voos directos que desde Julho ligam Portugal e a China”.

Igual destaque merece também o mercado brasileiro, que foi o que “mais cresceu em volume de compras (mais 71% face ao período homólogo), contrariando a tendência de quebra do último ano”, refere a Global Blue, acrescentando que o valor médio por compra do turista brasileiro foi de 223 euros.

Já os norte-americanos ocupam a quarta posição, cujas compras subiram 47% face ao mesmo período de 2016, tendo o valor médio de compra subido de 474 para 505 euros, o que, segundo Renato Lira Leite, “se deve ao crescente numero de ligações aéreas directas com os EUA”, assim como “às taxas de câmbio favoráveis e que constituem, a par do incentivo fiscal que é o tax free, um importante estímulo às compras em Portugal”.

A fechar o Top 5 das nacionalidades que mais compram em Portugal, está o turista moçambicano, com 23% das compras e um valor médio de 200 euros por compra efectuada.

Os dados da Global Blue mostram ainda que o turismo de compras está a crescer a bom ritmo na cidade do Porto, subindo 45% face a igual período do ano passado, com o valor de compra médio a subir para 217 euros.

A empresa de gestão de operações Tax Free destaca ainda a região Centro, onde as compras subiram 34% face ao período homólogo de 2016, com a compra média a fixar-se nos 211 euros, subida que, segundo o Managing Director da Global Blue, está directamente ligada “à visita do Papa a Portugal e ao Santuário de Fátima”.

Apesar destas subidas, Lisboa continua a ser região com maior valor de compra média (318 euros) e com maior peso no volume total de vendas tax free (85%), números que bateram novos recordes durante a última edição da Web Summit.

“Último destaque para a Web Summit cujas compras tax free aumentaram 80% comparativamente ao ano passado, durante os 4 dias do evento na cidade de Lisboa. Também o valor da compra média subiu 18%, dos 286 euros, registados em 2016, para os 338 euros, registados agora em 2017”, refere a Global Blue.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *