Fisco tem agências de viagens na mira

Por a 21 de Maio de 2013 as 16:30

O Fisco pode estar com o sector das agências de viagens debaixo de olho e prepara-se para exercer durante o corrente ano um controlo mais apertado. A notícia foi avançada pelo Diário Económico, que teve acesso ao Plano Nacional de Actividades da Inspecção Tributária e Aduaneira para 2013.

Além das agências de viagens, os inspectores das Finanças irão dedicar especial atenção às empresas das áreas do vestuário, equipamento electrónico e informático, materiais de construção e área alimentar.

Contactado pela Publituris, Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT), refere que a ideia de uma maior fiscalidade é recebida com agrado pelo sector. No entanto, o mesmo responsável ressalva que a mesma “deveria focar-se sobre quem está ilegal e não registado no RNAVT e não sobre quem exerce o seu trabalho dentro da legalidade”. Costa Ferreira vai mais longe: “Se este anúncio de uma maior fiscalidade sobre as agências de viagens é uma insinuação que não cumprimos a lei, então repudiamos veementemente. Este é dos sectores mais acompanhados da economia nacional.”

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *