Edição digital
Assine já
PUB
Destinos

Rota turística ‘Descubriter’ promove património luso-espanhol

Um museu virtual, jornadas sobre o papel dos portugueses e andaluzes nas expedições marítimas e passeios a bordo de réplicas de embarcações são acções que vão acontecer até Julho.

Tiago da Cunha Esteves
Destinos

Rota turística ‘Descubriter’ promove património luso-espanhol

Um museu virtual, jornadas sobre o papel dos portugueses e andaluzes nas expedições marítimas e passeios a bordo de réplicas de embarcações são acções que vão acontecer até Julho.

Sobre o autor
Tiago da Cunha Esteves
Artigos relacionados
Aliança entre Paraty e Spazious oferece motor de reservas para grupos e eventos aos hotéis
Hotelaria
Lusanova leva agentes de viagens à Turquia e Índia
Distribuição
Aumento de movimentos na Portela implica estudo das obras necessárias
Aviação
unusual voyages celebra 1º aniversário com oferta de viagens
Distribuição
Solférias tem “preços mais baixos para o verão” na Disneyland Paris
Distribuição
Hotéis de Macau recebem 1,15 milhões de hóspedes em abril
Destinos
Algarve apresenta-se a diferentes públicos durante o mês de junho
Destinos
Lisboa e Funchal entre os destinos mais populares neste verão
Destinos
Living Tours promove na China novas experiências turísticas em Portugal e Espanha
Distribuição
Fundação INATEL lança debate sobre economia social e incluiu o turismo
Meeting Industry

O projecto “Descubriter – Rota Europeia dos Descobrimentos” foi apresentado em Sagres esta sexta-feira. Um museu virtual, jornadas sobre o papel dos portugueses e andaluzes nas expedições marítimas da época e passeios a bordo de réplicas de embarcações históricas são algumas das acções que vão ganhar vida no âmbito deste projecto.

De acordo com a Turismo do Algarve, todas essas acções serão postas em prática até ao final de Julho. O projecto une sete entidades do território ibérico: Fundación Nao Victoria, Prodetur (Diputación de Sevilla), Ayuntamiento de Palos de la Frontera, Turismo do Algarve, Direcção Regional de Cultura do Algarve, Câmara Municipal de Vila do Bispo e Promosagres.

O investimento é de 450 mil euros, cofinanciados a 75% pelo Programa Operativo de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal 2007-2013 (POCTEP).

Com esta rota turística as entidades pretendem “promover a cultura, a história e o património das navegações do território de onde partiram as primeiras expedições marítimas do mundo”.

Para o presidente da Turismo do Algarve, Desidério Silva, trata-se de “um projecto lúdico de grande envergadura, e com rigor histórico, que está a ser desenvolvido por uma equipa transfronteiriça que inclui entidades algarvias. É uma iniciativa que vai certamente valorizar o património luso-espanhol”.

Sobre o autorTiago da Cunha Esteves

Tiago da Cunha Esteves

Mais artigos
Artigos relacionados
Aliança entre Paraty e Spazious oferece motor de reservas para grupos e eventos aos hotéis
Hotelaria
Lusanova leva agentes de viagens à Turquia e Índia
Distribuição
Aumento de movimentos na Portela implica estudo das obras necessárias
Aviação
unusual voyages celebra 1º aniversário com oferta de viagens
Distribuição
Solférias tem “preços mais baixos para o verão” na Disneyland Paris
Distribuição
Hotéis de Macau recebem 1,15 milhões de hóspedes em abril
Destinos
Algarve apresenta-se a diferentes públicos durante o mês de junho
Destinos
Lisboa e Funchal entre os destinos mais populares neste verão
Destinos
Living Tours promove na China novas experiências turísticas em Portugal e Espanha
Distribuição
Fundação INATEL lança debate sobre economia social e incluiu o turismo
Meeting Industry
PUB
Hotelaria

Aliança entre Paraty e Spazious oferece motor de reservas para grupos e eventos aos hotéis

A aliança agora anunciada permitirá aos hotéis de todo o mundo aceder à tecnologia de última geração da Spazious, em conjunto com o motor de reservas e o restante portfólio de soluções da Paraty, simplificando significativamente a sua operação diária.

A Paraty Tech e a Spazious aliam-se estrategicamente para oferecer um motor de reservas para grupos e eventos aos hotéis, permitindo aos mesmos aceder, em todo o mundo, à tecnologia de última geração da Spazious, em conjunto com o motor de reservas e o restante portfólio de soluções da Paraty, simplificando significativamente a sua operação diária.

A Spazious automatiza os processos de reserva e gestão de grupos, desde o pedido inicial até à confirmação final, reduzindo o trabalho manual, eliminando erros e libertando tempo aos funcionários do hotel, para que se possam dedicar a outras tarefas mais importantes.

Através desta aliança, os hotéis poderão receber de forma centralizada todos os pedidos de grupos e eventos, bem como verificar a disponibilidade de quartos e espaços para eventos em tempo real. Além disso, será possível recriar de forma imersiva em 3D a visualização do futuro evento, confirmar as reservas e gerir os pagamentos de forma segura e aceder a relatórios detalhados sobre o desempenho das reservas de grupos e eventos.

Com a fusão de ambas as tecnologias, a API da Paraty Tech alimentará a plataforma da Spazious a nível de preços, favorecendo e potenciando a automatização de processos relacionados com os métodos de pagamento, o download de reservas, entre outros.

Além dos benefícios mencionados pelas empresas que firmaram esta aliança, os hotéis terão acesso a tarifas preferenciais ao contratar ambas as soluções em pacote.

Gina Matheis, CEO da Paraty Tech, considera que “esta aliança permitirá oferecer aos hotéis uma tecnologia de última geração que os ajudará a melhorar a eficiência, aumentar as vendas e proporcionar uma melhor experiência aos seus clientes.”

Por sua vez, Antonio Batanero, CEO da Spazious, assinala que “esta colaboração permitirá que cheguemos a um maior número de hotéis e os ajudemos a aproveitar ao máximo as nossas soluções para a digitalização do negócio de eventos e grupos”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Lusanova leva agentes de viagens à Turquia e Índia

A Lusanova, com o apoio da Turkish Airlines, levou um grupo de oito agentes de viagens numa viagem de familiarização à Turquia e Índia, destinos considerados estratégicos na sua programação ano, “o que se tem refletido nas vendas do operador turístico nos últimos meses”, sublinha Tiago Encarnação, diretor operacional da Lusanova.

Ao longo de uma semana, o grupo de agentes de viagem da ACP, Bestravel Espinho, All the Way Travel Vila Nova de Gaia, Top Atlântico Guimarães, Aventouras Coimbra, Viajes El Corte Inglés Leiria, ClickViaja de Santa Maria da Feira e Boutique das Viagens da Figueira da Foz, acompanhado por Olinda Gomes da Lusanova e Nuno Figueiredo da Turkish Portugal, experienciou dois dos principais Grandes Destinos de aposta do operador turístico.

Na capital turca, os participantes puderam conhecer algumas das principais atrações de Istambul, como o Mercado Egípcio e o bazar das especiarias, a Basília de Santa Sofia e a Mesquita Azul. Após um cruzeiro que atravessa o estreito do Bósforo, os agentes de viagem portugueses visitaram o Palácio de Dolmabahce, o bairro boémio de Ortakoy, as Fortalezas de Rumeli e Anatólia e o Palácio de Beylerbeyi. A famosa Praça de Taksim ou o Grande Bazar são outras atrações que integraram o itinerário do grupo.

Ainda em Istambul, o grupo de agentes de viagens foi conhecer a Flight Academy da Turkish Airlines e ainda o recente Istambul Grand Airport (IGA).

Já em Deli, na Índia, os convidados da Lusanova começaram por visitar Raj Ghat, o memorial a Mahatma Ghandi, seguido da Jama Masjid, uma das maiores mesquitas da Ásia, de arquitetura hindu e mogol. Em riquexós, os agentes de viagens partiram também à descoberta das ruas e becos da “Velha Deli”, uma área repleta de lojas e bazares, passando pelo Forte Vermelho.

Em Agra, cidade banhada pelo rio Yamuna, descobriram um pouco mais sobre a história do Império Mughal e visitaram ainda o majestoso Taj Mahal.

Jaipur, a Cidade Rosa do Rajastão, com os seus palácios e fortalezas encerrou a viagem de familiarização do grupo, com uma última passagem por Deli, desta vez para explorar a “Nova Deli” com visitas a Qutub Minar, Rashtrapati Bhawan e o templo de Sikh Gurudwara Bangla Shabib, entre outros.

Tiago Encarnação, diretor operacional da Lusanova destacou o valor estratégico que as viagens de familiarização têm dentro da estratégia comercial do operador turístico, ao realçar que “além de proporcionar aos agentes de viagem uma imersão direta nos nossos produtos, estas servem para capacitá-los com um conhecimento prático e uma compreensão profunda de nosso portefólio”.

Sublinhou ainda que “essa experiência na primeira pessoa fortalece a nossa parceria com os agentes de viagens, mas também faculta as ferramentas necessárias para comercializarem eficazmente estes produtos junto dos seus clientes”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Foto: Depositphotos.com

Aviação

Aumento de movimentos na Portela implica estudo das obras necessárias

Uma recente resolução do Conselho de Ministros prevê o desenvolvimento de um plano detalhado de investimentos e a criação de um grupo de acompanhamento para o aumento da capacidade para 45 movimentos por hora no Aeroporto Humberto Delgado.

O aumento da capacidade para 45 movimentos por hora no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai motivar um estudo sobre as intervenções necessárias e vai ser acompanhado por um grupo de trabalho que inclui os Ministérios das Infraestruturas e da Defesa, avançou à Lusa fonte oficial do Ministério das Infraestruturas e da Habitação.

“A concretização do objetivo de 45 movimentos por hora, que deverá ocorrer de forma faseada, requererá o estudo das obras a efetuar e será acompanhado pelo grupo de acompanhamento”, avança a fonte oficial à Lusa.

A Lusa recorda que, na resolução do Conselho de Ministros publicada segunda-feira, o Governo indica o desenvolvimento de um plano detalhado de investimentos e a criação de um grupo de acompanhamento “com vista a atingir o objetivo de aumentar a capacidade dos 38 para os 45 movimentos por hora no Aeroporto Humberto Delgado” (AHD).

A resolução prevê que o grupo de acompanhamento seja coordenado pelo ministro das Infraestruturas e Habitação, contando ainda com a participação de um representante do Ministério da Defesa Nacional e de outras entidades envolvidas neste processo.

A resolução publicada na segunda-feira determina ainda que a Navegação Aérea de Portugal (NAV Portugal) apresente “um plano de expansão da capacidade do espaço aéreo de Lisboa com vista a atingir 45 movimentos, por hora, com possibilidade de acrescerem outros dois por tráfego aéreo de/para o aeródromo municipal de Cascais”.

À Lusa, fonte oficial da NAV disse ainda que a resolução do Conselho de Ministros “leva em consideração as condições identificadas pela NAV Portugal para incrementar o número de movimentos até uma capacidade declarada de 45 mov/hora no AHD” e que “entre estas encontram-se o Point Merge System agora implementado”, sendo que “a aquisição do novo sistema TopSky Tower dará o seu contributo para esse objetivo”.

A resolução que entrou em vigor prevê também a constituição de uma comissão de negociação, em substituição da que estava anteriormente prevista, que “irá abranger também outras matérias (além das identificadas na Resolução de Conselho de Ministros nº 201/2023, de 28 de dezembro), nomeadamente, uma permanente utilização civil do espaço afeto ao Aeródromo de Trânsito N.º 1 [Figo Maduro], além da parcela a desafetar do domínio público militar”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

unusual voyages celebra 1º aniversário com oferta de viagens

A unusual voyages celebra o primeiro ano de operações com um evento online e gratuito para a comunidade viajante, que decorrerá esta quinta-feira, dia 30 de maio, às 19 horas.

A unusual voyages, localizada na Ericeira, que está a assinalar o primeiro aniversário, vai aproveitar o evento online e gratuito que promove no dia 30 de maio para oferecer uma das suas viagens, e ainda ofertas como descontos em viagens e em equipamento fotográfico Fujifilm, talks sobre saúde em viagem com o Dr. Diogo Medina da Consulta do Viajante, e partilhas de experiências de líderes e viajantes da agência.

O evento decorrerá numa sessão zoom com interação de todos os participantes. Para participar, basta inscrever na página de reservas no Eventbrite.

Refira-se que na passada sexta-feira dia 24 maio a agência de viagens foi premiada na semana do empreendedorismo de Mafra na categoria de startup, pelas mãos do country manager da Web Summit, Artur Pereira.

A agência foi fundada em 2023 e realizou viagens à Mongólia, Nepal e Etiópia. Em 2024 o portfólio estende-se a 14 destinos, alguns dos quais serão relevados no decorrer do evento. Os participantes terão ainda acesso a preços early bird para todas as novas viagens.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Solférias tem “preços mais baixos para o verão” na Disneyland Paris

O operador turístico Solférias e a Disneyland Paris lançam uma nova campanha com os melhores preços para estadias no parque temático nos meses de julho e agosto.

Com o lema “Os preços mais baixos para o verão”, esta campanha que a Solférias acaba de lançar no mercado, para a Disneyland Paris, tem um custo de referência de 121 euros por pessoa (hotel: Disney Hotel Cheyenne, três noites baseado em dois adultos / duas crianças) e é aplicável para datas de reserva até 1 de julho de 2024 para chegadas entre 1 de julho e 31 de agosto deste ano.

Para quem não conhece ou para quem queira regressar, “esta é uma excelente oportunidade para descobrir ou regressar a um dos mais mágicos lugares do planeta: a Disneyland Paris”, indica o operador turístico em nota de imprensa.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Hotéis de Macau recebem 1,15 milhões de hóspedes em abril

Os hotéis de Macau receberam mais de 1,15 milhões de hóspedes em abril, uma subida de 5,6% em termos anuais.

Publituris

No mês em análise, o território contava com 143 estabelecimentos hoteleiros, mais 13 do que no mesmo período do ano passado, a disponibilizar 47 mil quartos, de acordo com um comunicado da Direção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC).

Em abril, a taxa de ocupação média dos quartos de hóspedes dos estabelecimentos hoteleiros fixou-se em 83,3%, subindo quatro pontos percentuais, em termos anuais, indicou a DSEC na mesma nota.

Do total de 1.159.000 hóspedes, 823 mil chegaram da China continental, ou mais 11,8%, em termos anuais, enquanto os de Taiwan (34 mil) e da Coreia do Sul (24 mil) subiram 96,1% e 245,2%, respetivamente. Já o número de hóspedes de Hong Kong (165 mil) registou uma queda de 35%.

Já nos quatro primeiros meses de 2024, a taxa de ocupação média dos quartos dos hotéis foi de 84,5%, representando mais 8,4 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado.

Nessa altura, os estabelecimentos hoteleiros hospedaram cerca de 4,93 milhões de pessoas, mais 29,8%, face a idêntico período de 2023.

A região administrativa especial chinesa recebeu 11,47 milhões de visitantes entre janeiro e abril deste ano, uma subida de 58,9% em termos anuais, segundo dados da DSEC.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Algarve apresenta-se a diferentes públicos durante o mês de junho

O Turismo do Algarve está a intensificar a estratégia promocional da região com uma série de eventos ao longo do próximo mês de junho, marcando presença em Monchique, no Aeroporto de Faro e na Marina de Vilamoura.

Publituris

Neste âmbito, o Turismo do Algarve participa, pelo segundo ano consecutivo, no evento “Vamos à Vila”, que este ano terá lugar nos dias 31 de maio e 1 e 2 de junho, em Monchique. A mostra celebra as tradições locais, convidando os visitantes a partilhar os saberes e sabores da região. O espaço do Turismo do Algarve oferecerá informações sobre a região e material promocional focado no turismo de natureza, património cultural e observação de aves, entre outros.

Por outro lado, o  Turismo do Algarve marcará presença no Aeroporto de Faro para receber em festa e com lembranças da região os passageiros do voo inaugural da nova rota direta entre Ponta Delgada e Faro, operada pela Azores Airlines. Esta nova ligação, que começa a 2 de junho e se estenderá até 29 de setembro, terá três frequências semanais, às quartas-feiras, sextas-feiras e domingos.

Finalmente, o turismo da região estará também na 27.ª edição do Vilamoura Boat Show, que acontecerá de 8 a 16 de junho, na Marina de Vilamoura. Este evento reúne uma ampla gama de embarcações, equipamentos e serviços ligados à náutica. O Turismo do Algarve aproveitará esta oportunidade para promover a sua oferta náutica, mas também outros produtos turísticos algarvios, como a cultura, a gastronomia e a natureza. Durante o evento, no espaço do Turismo do Algarve estarão disponíveis materiais de informação e promoção turística, como brochuras, brindes e vídeos promocionais, destacando a diversidade e riqueza do destino além do sol e mar.

A propósito destas iniciativas, André Gomes, presidente do Turismo do Algarve, considera que “eventos como o Vamos à Vila são essenciais para manter viva a tradição e promover a autenticidade do Algarve”, ao passo que “participar no Boat Show é uma forma eficaz de apresentar o Algarve como um destino multifacetado e atraente para diferentes tipos de turistas, aproveitando a fantástica porta de entrada que é a Marina de Vilamoura”, destacou.

Falando sobre a o voo inaugural a partir de Ponta Delgada, André Gomes refere que “esta nova rota não só reforça a conectividade do Algarve com os Açores, como também abre novas oportunidades para os turistas norte-americanos que visitam aquela região continuarem a explorar o país através do Algarve”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Foto: Depositphotos.com

Destinos

Lisboa e Funchal entre os destinos mais populares neste verão

Embora com registos diferentes, Lisboa e Funchal estão entre as cidades mais populares para o verão de 2024. Lisboa desce 0,3 pontos percentuais (p.p.), enquanto o Funchal sobe 0,14 p.p..

Victor Jorge

Entre as cidades mais populares para este verão de 2024 (pesquisa de voos para os meses de julho e agosto), segundo análise da ForwardKeys, contam-se Lisboa e Funchal.

Lisboa, com uma quota de 2%, cai, contudo, quando comparado o período em análise de 2024 com os mesmos meses de 2023, registando uma quebra de 0,3 pontos percentuais (p.p.). Já o Funchal está entre as cidades que mais crescem, quando analisado o aumento de popularidade, com um crescimento de 0,14 p.p. face a igual período do ano passado.

Se no primeiro caso, o ranking das cidades mais pesquisadas é liderado por Londres, com um aumento de 1,9 p.p., a restante listagem revela comportamentos díspares. Paris, em 2.º lugar, cresce 0,5 p.p. face aos meses de julho e agosto de 2023, mantendo-se Barcelona, em 3.º lugar, com registo igual. O Top 10 é composto ainda por Istambul, Roma, Atenas, Lisboa, Madrid, Milão e Palma de Maiorca.

No ranking das cidades com aumento de pesquisa para julho e agosto de 2024 a liderança pertence a Tenerife (+0,41 p.p.), seguida de Izmir (+0,25 p.p.) e Reiquiavique (+0,21 p.p.). Funchal surge em 5.º lugar, com +0,14 p.p., depois de Munique (+0,15 p.p.), mas antes de Tbilissi (+0,09 p.p.), Malta e Tirana (+0,07 p.p.), Nice (+0,06 p.p) e Yerevan (+0,03 p.p).

A análise dos dados de emissão de bilhetes para viagens para destinos urbanos europeus em julho e agosto de 2024 revela uma mudança nas preferências dos consumidores para destinos naturais (+19%) e urbanos (+14%) em detrimento dos tradicionais destinos de sol e praia (+8%). Esta situação reflete-se a nível sub-regional, uma vez que o crescimento anual das chegadas internacionais à Europa Central e Oriental (+25%), à Europa Ocidental (+15%) e à Europa do Norte (+13%) ultrapassa o dos destinos do Sul da Europa (+11%).

Já as viagens de saída da Europa também estão a revelar tendências claras, com um crescimento anual nas viagens intra-europeias (+14%) e de longo curso para uma gama diversificada de mercados asiáticos (+16%). Os dados relativos aos bilhetes para julho e agosto indicam que os viajantes europeus estão a optar cada vez mais por se aventurar mais longe para explorar as paisagens e culturas de Pequim (+132%) em particular, bem como Osaka (+66%), Banguecoque (+21%), Colombo (+21%) e Kuala Lumpur (+14%). Estes destinos beneficiam, segundo a ForwardKeys, de vários fatores, incluindo a melhoria da conectividade, a isenção de vistos para os europeus que entram na China e a taxa de câmbio favorável entre o euro e o iene. O crescimento moderado da procura nos mercados americanos de Chicago (+14%) e Miami (+9%) também é notável.

Olivier Ponti, diretor de Informações e Marketing da ForwardKeys, admite que, de um modo geral, “o panorama é positivo para os destinos de todo o mundo que pretendem atrair o lucrativo turismo europeu nos próximos anos. Com a perturbação da procura e das reservas causada pela pandemia de COVID-19 já pertencente ao passado, a época de verão de 2024 parece suscetível de estabelecer uma nova referência para as viagens europeias, tanto na região como fora dela”.

Foto: Depositphotos.com

 

Sobre o autorVictor Jorge

Victor Jorge

Mais artigos
Distribuição

Living Tours promove na China novas experiências turísticas em Portugal e Espanha

O operador turístico Living Tours está a promover na China novas tours e atividades em Portugal e Espanha, com novidades para quem planeia viajar para as cidades de Lisboa, Barcelona, Madrid, Ibiza ou Palma de Maiorca.

Publituris

O grupo português Living Tours está, pela primeira vez, na China para participar no ITB China (27 a 29 de maio), em Shanghai, e integrar a comitiva de empresas portuguesas do China Roadshow (entre os dias 29 e 31 de maio), organizado com o apoio do Turismo de Portugal, com passagens por Pequim, Guangzhou e Macau.

A estreia faz-se nos eventos, mas a ligação ao mercado asiático já era conhecida, de acordo com o operador. No início do ano, a Living Tours confirmou o fecho de parceria com a plataforma de viagens online Trip.com do Ctrip Group, operador de tours da China, que irá permitir o reforço da oferta de todas as atividades e experiências disponíveis em território português para os viajantes chineses.

Para esta visita, a Living Tours leva na bagagem novidades sobre novas rotas e atividades privadas em território português, em cidades como Lisboa, Fátima, Nazaré, Óbidos, Arrábida ou Comporta, onde a empresa passou a disponibilizar recursos próprios, entre frotas e equipas, para concretizar experiências com foco nos roteiros gastronómicos e vinícolas, e também sobre experiências por Espanha, em cidades como Barcelona, Madrid ou Andaluzia, onde é responsável pela gestão de roteiros chave na mão através da área de especialização Living DMC (Destination Management Company).

Na região das Ilhas Baleares, mais especificamente em Ibiza e Palma de Maiorca, explora-se o turismo de natureza e de aventura com atividades como voos de balão de ar quente, visitas a grutas marinhas e coasteering. Ficam, ainda, disponíveis as muito requisitadas festas de barco com DJs internacionais, equipa de animação e paragens para nadar nas águas do Mar Mediterrâneo.

A promoção de Portugal como destino para eventos corporativos e para o segmento MICE também estará assegurada com a apresentação de outra das grandes novidades da Living Tours para 2024: a aposta na Living Events, que procura potencializar os recursos turísticos dos destinos que representa e promover este segmento.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Fundação INATEL lança debate sobre economia social e incluiu o turismo

A Conferência “Diálogos INATEL Economia Social”, que decorreu em Lisboa e reuniu especialistas nacionais e internacionais para discutir e refletir sobre o futuro da economia social e solidária, incluiu também o setor do turismo social como catalisador do desenvolvimento sustentável.

Publituris

Sob o tema “Os desafios da inovação na Economia Social”, o evento reuniu especialistas nacionais e internacionais para discutir e refletir sobre o futuro da economia social e solidária, destacando as oportunidades e tendências de inovação no setor.

O objetivo principal da conferência foi promover a reflexão e uma maior cooperação entre diferentes entidades e organizações, visando criar soluções inovadoras para os desafios contemporâneos e construir uma sociedade mais justa e inclusiva.

Entre as várias questões abordadas, realce para o painel III que analisou o “Turismo Social como catalisador do desenvolvimento sustentável”. Este painel explorou como o turismo social pode promover o desenvolvimento sustentável, para públicos mais vulneráveis, com impacto social nos territórios e economias locais.

Esta temática foi identificada como um exemplo notável de economia social. O turismo social, ou turismo para todos, apoia públicos mais vulneráveis, promove o lazer inclusivo, o acesso sócio-cultural e beneficia as economias locais, foi destacado. A Fundação INATEL sendo um membro ativo, há 50 anos, da Organização Internacional de Turismo Social (ISTO), é uma organização- modelo nesta área de intervenção, apontou a conferência.

Em jeito de conclusão, a Fundação INATEL reafirma seu compromisso em continuar a promover encontros de especialistas e incentivando a inovação na economia social.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.