Air Australia suspende operações

Por a 17 de Fevereiro de 2012 as 10:16

É mais um caso. Em apenas um mês, é já a quinta companhia aérea que suspende operações. Desta feira, foi a Air Australia, que deixou em terra cerca de quatro mil passageiros, dando-lhes, como única alternativa, “encontrar outra transportadora.”

De acordo com as notícias veiculadas pela edição online do The Telegraph, que cita um porta-voz da administração da KordaMentha (empresa que está a tratar da insolvência da companhia), Mark Korda: “Há cerca de quatro mil pessoas à espera de voo e eles precisam de resolver o seu problema activamente. O nosso call center pode receber as chamadas, mas eles não deverão fiar-se na Air Australia para regressar aos seus países de origem.”

“Eles [passageiros] deveriam estar à procura de outra companhia aérea. Durante a noite, também falámos com a Quantas, a Jetstar e a Virgin”, acrescentou o responsável.

Segundo Mark Korda, a Air Australia não teve dinheiro para comprar o combustível necessário para reabastecer os seus aviões. “Tivemos que suspender as operações, foi a primeira coisa que fizemos e é possível que consigamos encontrar um ‘cavaleiro branco’ que salve a companhia,mas ainda é cedo para saber isso”.

Os administradores indicaram, ainda, que é provável que os passageiros que pagaram a sua viagem através de cartão de crédito ou que têm seguro de viagem sejam reembolsados, mas os que pagaram em dinheiro podem ter perdido o mesmo, visto que a companhia não tem verbas para devoluções.

A referida companhia aérea foi fundada em 2008 como Strategic Airlines, passando, a 15 de Fevereiro do ano passado, a denominar-se Air Australia. A transportadora começou a operar como companhia charter, mas rapidamente passou a realizar voos regulares, sob a chancela de low cost. Com uma frota composta por oito aviões, a Air Australia tinha bases nos aeroportos de Brisbane e Melbourne, na Austrália.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *