Aeroporto de Faro testa projecto pioneiro de reconhecimento de passageiros

Por a 2 de Maio de 2007 as 6:30

O Aeroporto Internacional de Faro está a testar, entre Maio e Junho, o reconhecimento automático de passageiros assente em tecnologias que põem de parte o tradicional registo de papel. O projecto é pioneiro a nível mundial.

Intitulado RAPID – Reconhecimento Automático de Passageiros Identificados Documentalmente, o sistema permite o controlo automatizado de passageiros munidos de passaporte electrónico, através de dados biométricos, não sendo necessário a intervenção humana.

O passageiro apresenta o seu passaporte e a unidade autentica o documento. Em seguida, a pessoa apresenta-se a uma câmara, que efectua a leitura facial e compara com a foto no “chip”, abrindo posteriormente as portas. Este processo não deve levar mais que 20 segundos a ser concluído, de acordo com Carlos Gonçalves, director geral adjunto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras(SEF), responsável pela concepção do sistema em conjunto com a empresa Vision Box.

Enquanto o sistema não chega a todos os aeroportos nacionais, vai funcionando em sistema misto, em Faro e em Lisboa.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *