Edição digital
Assine já
PUB
Figuras

Nova SBE Westmont Institute of Tourism & Hospitality conta com nova direção académica

Graham Miller assume desde setembro deste ano a direção académica do Westmont Institute of Tourism & Hospitality, da Nova SBE, sendo que a contratação do profissional decorre num momento em que a instituição aposta numa nova equipa executiva.

Publituris
Figuras

Nova SBE Westmont Institute of Tourism & Hospitality conta com nova direção académica

Graham Miller assume desde setembro deste ano a direção académica do Westmont Institute of Tourism & Hospitality, da Nova SBE, sendo que a contratação do profissional decorre num momento em que a instituição aposta numa nova equipa executiva.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Air Transat aposta no lazer e vê reservas a subir para o verão
Aviação
AP Hotels & Resorts aposta em Sines com nova unidade em 2025
Alojamento
Maioria dos visitantes dos Açores fica satisfeita com o destino e 87,1% recomendam o destino
Destinos
Aviação viveu ano mais seguro da última década em 2023
Aviação
Na BTL: Bestravel disponibiliza projeto piloto de aventura interativa
Agências
in.to: Business Tourism mostra na BTL que “o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”
Meeting Industry
TUI Portugal apresentou novos catálogos na BTL
Distribuição
PortoBay adquire TUI Blue Falésia após acordo de joint venture com o grupo Humbria
Alojamento
APG Portugal é o novo GSA da FlyAngola no mercado português
Aviação
SIXT volta à BTL a 28 de fevereiro com novidades

O professor de Sustainable Business Graham Miller integrou a equipa da Nova SBE como professor, assumindo também o cargo de diretor académico do Westmont Institute of Tourism & Hospitality.

Detentor da Cátedra em Turismo & Hospitalidade do Instituto Rodrigo Guimarães, em parceria com a Nova SBE, Graham Miller desenvolve investigação na área do turismo. Em nota de imprensa a Nova SBE refere que “o Instituto Rodrigo de Guimarães apoia esta Cátedra para promover a reputação e o desenvolvimento da investigação na área do Turismo e Hospitalidade em Portugal, promover o conhecimento de ponta com impacto para o setor e ainda atrair talento, que contribua para o desenvolvimento do sector através da investigação e educação”.

Graham Miller, que integra a nova equipa executiva do Westmont Institute of Tourism & Hospitality desde setembro de 2023, dará continuidade ao trabalho de posicionamento do instituto como um “centro de conhecimento de referência internacional, assumindo o compromisso de promover a excelência académica através da expansão das fronteiras da investigação”, como apontado em nota de imprensa.

“Estou entusiasmado com esta oportunidade de integrar o Westmont Institute for Tourism and Hospitality. Estas indústrias são muito importantes economicamente para Portugal e o seu impacto estende-se muito além da sociedade e do ambiente do país”, afirma Graham Miller, acrescentando estar “motivado por poder trazer uma perspetiva internacional para o instituto, dando oportunidade de conectar todas estas indústrias com as questões mais globais”.

A instituição avança em comunicado que a chegada de Graham Miller à Nova SBE é acompanhada “de uma nova equipa executiva, experiente, dinâmica, com uma compreensão profunda do cenário evolutivo do sector e com uma visão de futuro”, que promete guiar “o caminho do Westmont Institute of Tourism & Hospitality na criação de novos horizontes com base na inovação, nas práticas sustentáveis e na colaboração”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Air Transat aposta no lazer e vê reservas a subir para o verão
Aviação
AP Hotels & Resorts aposta em Sines com nova unidade em 2025
Alojamento
Maioria dos visitantes dos Açores fica satisfeita com o destino e 87,1% recomendam o destino
Destinos
Aviação viveu ano mais seguro da última década em 2023
Aviação
Na BTL: Bestravel disponibiliza projeto piloto de aventura interativa
Agências
in.to: Business Tourism mostra na BTL que “o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”
Meeting Industry
TUI Portugal apresentou novos catálogos na BTL
Distribuição
PortoBay adquire TUI Blue Falésia após acordo de joint venture com o grupo Humbria
Alojamento
APG Portugal é o novo GSA da FlyAngola no mercado português
Aviação
SIXT volta à BTL a 28 de fevereiro com novidades
PUB
Aviação

Air Transat aposta no lazer e vê reservas a subir para o verão

Segundo Artur Sousa, diretor-geral da ATR, que representa a Air Transat em Portugal, as vendas para o verão estão a correr a bom ritmo, até porque a antecedência com que os portugueses fazem a reserva está a aumentar.

A Air Transat está satisfeita com o ritmo das reservas para o próximo verão e espera atrair um maior volume de tráfego de lazer, apesar de Artur Sousa, diretor-geral da ATR, que representa a companhia aérea canadiana em Portugal, admitir que é necessário “haver mais promoção do próprio Turismo de Portugal” no Canadá.

“A Air Transat aumentou novamente frequências este ano, temos uma maior oferta e estamos a falar de uma companhia que opera durante o ano todo, em Lisboa, Porto e Faro. O target que, para este ano, tem mais enfoque é a captação de mais turismo, mais lazer”, explicou Artur Sousa, durante um cocktail da ATR, na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa.

No entanto, as rotas da Air Transat continuam a captar mais tráfego étnico do que turístico, com Artur Sousa a indicar que também o tráfego corporativo tem vindo a crescer, o que leva o responsável a defender um aumento da promoção.

“Continua a ser um mercado muito étnico, já começa a haver mais corporativo, mas o turismo ainda não está muito promovido, não pela Air Transat, que faz o seu trabalho, mas somos uma companhia aérea e tem de haver mais promoção do próprio Turismo de Portugal”, queixou-se o responsável, admitindo, no entanto, que a Air Transat tem “algumas ideias para pôr em prática este ano”, que vão ajudar a impulsionar alguns nichos do mercado de lazer.

Apesar disso, as vendas para o verão estão a correr a bom ritmo, com Artur Sousa a destacar que também a antecedência com que os portugueses fazem a reserva está a aumentar.

“Houve uma mudança desde há um par de ano e que é muito significativa, que tem a ver com o Advance Booking, ou seja, os portugueses estão a comprar com maior antecedência, o que é bom para a Air Transat e para todos os nossos parceiros. Estamos com um Advance Booking muito interessante, temos objetivos que penso que vamos concretizar. Prevemos aumentos face ao ano passado”, afirmou ainda o responsável.

Quanto a rotas, Artur Sousa destaca essencialmente os voos do Porto, onde a Air Transat é a única companhia aérea a voar diretamente para o Canadá, numa oferta que tem também atraído muitos turistas americanos.

“Há americanos a apanhar voos no Canadá. O sucesso de algumas rotas para o Canadá, em grande parte, vem do mercado americano. Ou seja, muitos americanos preferem fazer EUA-Canadá-Portugal em várias situações”, revelou ainda Artur Sousa.

 

 

 

 

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Alojamento

AP Hotels & Resorts aposta em Sines com nova unidade em 2025

Este novo hotel vai surgir da reconversão do atual Sinerama Hotel, um três estrelas aparthotel que o grupo adquiriu recentemente à Teixeira Duarte, e para o qual tem em vista um plano de remodelações que deverá começar até ao final deste ano e que se espera que termine no início de 2025.

O grupo AP Hotels & Resorts vai contar com uma nova unidade hoteleira sob a marca AP em 2025 na cidade de Sines.

A informação foi adiantada ao Publituris por Emanuel Freitas, diretor-geral do AP Hotels & Resorts, durante a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), não referindo, para já, nem o valor de aquisição deste hotel, nem o investimento previsto para as obras de remodelação, que transformarão a unidade num “hotel quatro estrelas superior, dentro do padrão daquilo que é um hotel AP”, como refere o profissional.

O Sinerama Hotel encontra-se atualmente em operação com 105 apartamentos, mas a expectativa é a de que a unidade passe a contar com 135 a 136 quartos após a intervenção, além de um restaurante, spa e piscina. Para este futuro quatro estrelas está a ser desenhado um conceito “muito corporativo, mas também muito virado para a cidade, com restaurante aberto [a passantes], e para famílias e lazer durante o verão”, já que está “muito próximo de Porto Covo e das praias da Costa Vicentina”, segundo Emanuel Freitas.

A escolha desta cidade para um novo hotel AP é justificada pelo diretor-geral com a oportunidade não só de desenvolver a marca numa nova região, como também de aproveitar o desenvolvimento da área para o crescimento do grupo.

“Vemos Sines com um potencial muito grande em termos do desenvolvimento industrial e tecnológico. A cidade está num forte crescimento em todas essas áreas, [pelo que] temos uma oportunidade de desenvolvimento da nossa marca nessa cidade e do nosso crescimento”, explica Emanuel Freitas.

Crescimento de receitas de 20% face a 2022 motiva novas remodelações

Outra das novidades do grupo AP Hotels & Resorts passa pelo Hotel Lago Montargil Villas, que o grupo adquiriu no final de dezembro de 2023 e que passa agora a designar-se AP Lago Montargil Conference and Spa. Emanuel Freitas explica que neste momento estão a fazer “pequenas remodelações e adaptações à marca AP”, com o intuito de criar um produto cinco estrelas virado não só para empresas, como também para famílias e crianças.

Já o AP Lisboa, a primeira unidade do grupo hoteleiro na capital, só deverá abrir em 2025, apesar de o grupo ter estimado o ano passado que a abertura decorreria ainda este ano.

Em entrevista ao Publituris, Emanuel Freitas deu conta que o grupo cresceu em receitas no ano passado “acima de 20% relativamente a 2022”, pelo que “o forte desenvolvimento que temos feito em termos da melhoria das unidades hoteleiras tem sido o reflexo deste aumento”.

Em Cabanas de Tavira, a unidade hoteleira do grupo que fechou em novembro do ano passado para remodelações vai reabrir com 340 quartos, por oposição aos anteriores 274 quartos. Já no AP Maria Nova Lounge Hotel, a intervenção prevista para terminar “daqui a mais duas semanas” vai acrescentar mais seis quartos no piso das suites.

Por fim, em novembro deste ano, o grupo vai acrescentar mais uma suite e quatro unidades de alojamento ao AP Oriental, além de estar a analisar a ampliação do recente AP Dona Aninhas para cerca de mais 30 quartos, entre outubro e novembro.

Sobre o autorCarla Nunes

Carla Nunes

Mais artigos
Destinos

Maioria dos visitantes dos Açores fica satisfeita com o destino e 87,1% recomendam o destino

De acordo com o mais recente Inquérito  de Satisfação do Turista nos Açores, a maioria dos turistas que visitou os Açores “expressou grande satisfação com o destino em geral, correspondendo este às suas expectativas” e 69,5% apresenta intenção de regressar.

O mais recente Inquérito  de Satisfação do Turista nos Açores, conduzido pelo Observatório do Turismo dos Açores, apurou que a maioria dos visitantes do arquipélago sente-se satisfeita com o destino e 87,1% recomendariam mesmo os Açores a amigos e familiares.

O estudo, que abrangeu 1728 inquéritos válidos, procurou saber quem são os turistas que visitaram os Açores na época alta de 2023, abrangendo desde a caraterização dos indivíduos até à avaliação da viagem e satisfação.

Entre as principais conclusões está a satisfação com o destino, uma vez que 64,57% da amostra “expressou grande satisfação com o destino em geral, correspondendo este às suas expectativas”, sendo que 87,1% recomendaria o destino Açores a amigos e familiares e 69,5% apresenta intenção de regressar.

Entre os principais motivos de satisfação estão os recursos naturais, a paisagem, a tranquilidade e a segurança, que apresentam níveis elevados, com 65,3% da amostra a considerar que o preço do destino Açores, “em termos de caraterização e avaliação da viagem, é justo”.

O turista que visitou os Açores no verão de 2023 quis “maioritariamente visitar o arquipélago por recomendação de amigos e familiares, mas também pelo conhecimento do destino através da internet e das redes sociais” e “optou maioritariamente por Alojamento Local, em termos de tipologia de alojamento, sendo que está satisfeito com a relação preço/qualidade do mesmo”.

No entanto, o visitante também observa que “há necessidade de melhorias nos serviços de restauração, na agenda de eventos culturais, gastronómicos e/ou desportivos, bem como nos serviços de transportes públicos terrestres (táxis e autocarros)”.

Entre os entrevistados, 69,8% afirma que foi a primeira vez que visitaram o arquipélago e a maioria dos turistas, 78,9%, não optou por pacote turístico, tendo viajado através das companhias aéreas Azores Airlines e Tap Portugal, estando satisfeitos com a relação qualidade/preço da viagem.

Os visitantes parecem, contudo, ter pouco conhecimento sobre o facto dos Açores serem o primeiro e único arquipélago no mundo com certificação internacional de destino sustentável, já que 75,4% não conheciam a distinção.

Este relatório apurou ainda que, ao nível da caracterização, a maioria dos visitantes estava na faixa etária entre os 25 e 54 anos, e 82,4% residiam no estrangeiro, com destaque para as nacionalidades alemã, espanhola e americana.

A maioria eram profissionais liberais, 46,1% viajaram para o destino Açores em casal e 18,8% da amostra tinha um rendimento líquido mensal do agregado familiar superior a 8000 euros, sendo esta a faixa de rendimentos com maior número de respondentes.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Aviação

Aviação viveu ano mais seguro da última década em 2023

De acordo com o Relatório Anual de Segurança da IATA – Associação Internacional de Transporte Aéreo, no ano passado, apenas se registou um acidente fatal em 1,26 milhões de voos, a taxa mais baixa dos últimos 10 anos.

2023 foi o ano mais seguro da última década na aviação, apurou o Relatório Anual de Segurança da IATA – Associação Internacional de Transporte Aéreo, que diz que, no ano passado, se registou apenas um acidente em 1,26 milhões de voos, a taxa mais baixa dos últimos 10 anos.

“Não houve perdas de casco ou acidentes fatais envolvendo aeronaves a jato de passageiros em 2023”, acrescenta a associação, num comunicado divulgado esta quarta-feira, 28 de fevereiro.

Os dados do relatório da IATA mostram que, em 37 milhões de movimentos de aeronaves em 2023, que corresponderam a mais 17% face ao ano anterior, houve apenas um acidente fatal com uma aeronave turboélice.

No ano passado, também o risco de mortalidade melhorou, num rácio que passou de 0,11 em 2022 para 0,03 em 2023, o que quer dizer que, “com este nível de segurança, em média, uma pessoa teria que viajar de avião todos os dias durante 103.239 anos para sofrer um acidente fatal”.

Nenhuma das companhias aéreas da IATA registou qualquer acidente fatal e, no total, houve apenas registo de uma ocorrência com um aparelho turboélice, o que, diz a associação, representa uma melhoria positiva em relação aos cinco acidentes fatais registados em 2022 e à média dos últimos cinco anos (2019-2023), que era de cinco fatalidades.

“O desempenho de segurança de 2023 continua a demonstrar que voar é o meio de transporte mais seguro. A aviação dá maior prioridade à segurança e isso ficou evidente no desempenho de 2023”, congratula-se Willie Walsh, diretor-geral da IATA.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Agências

Na BTL: Bestravel disponibiliza projeto piloto de aventura interativa

A Bestravel disponibiliza, durante os cinco dias da BTL, uma aventura interativa com base na plataforma ‘Triportation’ powered by Amadeus.

Publituris

Este novo conceito de realidade virtual, desenvolvido em parceria com a Amadeus, de acordo com a rede de agências de viagens em regime de franchising, promete revolucionar a forma como os visitantes interagem com destinos turísticos, estando disponível na feira uma viagem virtual às tartarugas de Cabo Verde.

A Bestravel refere que experiência ‘Triportation’ foi desenhada para ser intuitiva e acessível para visitantes de todas as idades, garantindo que cada participante saia com uma maior apreciação pela beleza e pela importância da conservação marinha.

A experiência estará disponível durante todos os dias da BTL, com a equipa da Bestravel pronta para guiar os visitantes nesta viagem virtual.

“Na Bestravel, estamos sempre à procura de formas inovadoras de envolver os nossos clientes e proporcionar-lhes experiências memoráveis,” referiu Carlos Baptista, administrador da rede, para realçar que, com este projeto-piloto “estamos a testar um novo padrão para um turismo interativo e educativo”.

Refira-se que, o lançamento desta experiência na BTL é apenas o começo de um projeto da marca de oferecer uma experiência mais dinâmica e interativa ao seu cliente, diz a marca, que aponta que, na Bestravel, o uso de tecnologia é fundamental para proporcionar aos viajantes uma nova forma de explorar o mundo antes mesmo de fazerem as malas.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

in.to: Business Tourism mostra na BTL que “o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”

Maria Xavier, Business Tourism Director da in.to: Business Tourism, revelou que, com esta participação na BTL, a nova marca UPPartner pretende “aumentar o conhecimento da marca e dos seus serviços ao mesmo tempo que damos a conhecer a nossa equipa. Importa mostrar como é que o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”.

Publituris

A in.to: Business Tourism, a nova marca da UPPartner que promete trazer um novo propósito ao turismo de negócios, está presente na BTL. Esta participação tem como objetivo reforçar a posição da marca como referência no mercado de turismo de negócios em Portugal e divulgar o seu compromisso com o Turismo com Propósito, que combina o sucesso empresarial com a responsabilidade social e ambiental.

Através de um espaço com elementos visuais atraentes, interatividade e mensagens impactantes, todos serão convidados, durante a Feira, a refletir sobre como as suas escolhas nos negócios podem ter um impacto positivo no mundo. “Queremos por isso convidar todos a visitarem o nosso espaço onde, através da nossa ativação “in.to: Discover”, poderão descobrir como é que negócios e propósito se conectam de forma envolvente e inspiradora”, disse a responsável pela nova marca.

O stand da in.to: Business Tourism visa inspirar e educar sobre a importância do turismo com propósito e será transformado numa viagem multissensorial, através do uso da realidade aumentada, pelas paisagens de Portugal.

Neste espaço será ainda possível participar numa ativação com postais, dando uma segunda vida a uma parte dos materiais que compõem o expositor da marca. Ao levar para casa um pedaço do stand, os visitantes levam consigo não apenas uma peça de decoração, mas também um lembrete tangível do compromisso das empresas com as práticas responsáveis e significativas no turismo de negócios.

Será ainda oferecido a todos os visitantes um marcador de livros em papel de sementes, brinde que pretende não apenas promover a marca ou a consciencialização ambiental, mas também refletir os valores das empresas em oferecer soluções sustentáveis e responsáveis.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

TUI Portugal apresentou novos catálogos na BTL

Novos catálogos e campanha de incentivo para agentes de viagens foram duas novidades do operador turístico TUI Portugal anunciadas no primeiro dia da BTL.

Publituris

A TUI Portugal, que marca presença na BTL com um espaço exclusivo no Pavilhão 4, apresentou ao mercado, esta quarta-feira, três novos catálogos: “Tendências”, “Viagens sem Fronteiras” e “Safaris” – este último em colaboração da Emirates.

“Tendências” TUI é o catálogo que reflete o espírito de especialista do operador, já que inclui uma seleção de destinos-tendência para a temporada 2024/2025. Já o “Viagens sem fronteiras” revela o vasto portefólio de produtos da TUI Portugal, em destinos onde a sua expertise é reconhecida, mas também em novas ofertas para destinos como Moçambique, Sri Lanka, Dubai & Abu Dhabi, Peru, entre outros. “Com um novo formato, acreditamos que este catálogo é uma excelente ferramenta de vendas e de conhecimento do destino”, refere o operador turístico.

“Safaris” é a grande novidade deste ano. Em colaboração com a Emirates, este catálogo é exclusivamente dedicado às experiências de safari, com propostas para destinos como África do Sul, Quénia, Tanzânia, Namíbia e Botswana.

Para os agentes de viagens, a TUI Portugal aproveitou o momento da apresentação dos catálogos para anunciar o lançamento de três ofertas de incentivo. Para o período da campanha exclusiva BTL, que decorre entre 1 e 17 de março, o melhor vendedor dos resorts Hard Rock Maldives e SAii Lagoon Maldives, irá ser premiado com uma estadia de quatro noites, em pensão completa, para duas pessoas combinada entre ambos os resorts. Esta oferta inclui os transferes (ida e volta) em speedboat.

Por outro lado, o primeiro agente de viagens a confirmar cinco reservas para as Maldivas, será contemplado com uma estadia de quatro noites para duas pessoas, em pensão completa, no hotel TUI Blue Olhuveli, de cinco estrelas.

Além disso, o melhor vendedor da campanha BTL da TUI Portugal, ganha uma estadia para duas pessoas, com tudo incluído, no hotel The Mora Zanzibar, de cinco estrelas, que irá estrear a nova marca do Grupo TUI, no nicho dos hotéis de luxo.

Nos dias abertos ao público (1 a 3 de março), o operador turístico volta a disponibilizar no seu stand balcões de atendimento para apoio ao cliente final, com mais de 150 ofertas a serem disponibilizadas ao mercado, com descontos e condições exclusivas em vários destinos. Para quem fizer a reserva presencialmente na BTL, a TUI Portugal tem reservado um brinde especial e uma vantagem adicional no sorteio de uma viagem a Bali, com estadia para duas pessoas no cinco estrelas The Mulia Resort.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

PortoBay adquire TUI Blue Falésia após acordo de joint venture com o grupo Humbria

O grupo PortoBay celebrou um acordo de joint venture com o grupo Humbria, passando assim a deter a propriedade imobiliária a 50% do PortoBay Falésia e do TUI Blue Falésia, que passará a designar-se PortoBay Blue Ocean.

Carla Nunes

A novidade foi avançada esta quarta-feira, 28 de março, por António Trindade, presidente do PortoBay Hotels & Resorts, durante a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que explicou que este acordo decorre numa altura em que se aproximava o “possível término ou renovação de contrato” do PortoBay Falésia, a par da vontade do grupo em “crescer no Algarve”.

Apesar de tanto o PortoBay como o grupo Humbria deterem partes iguais de ambas as propriedades imobiliárias, a gestão hoteleira destas duas unidades ficará a cargo do PortoBay. Em causa está um investimento superior a 150 milhões de euros, que inclui a requalificação dos hotéis.

Numa conversa com os jornalistas, António Trindade explicou que o PortoBay Falésia, de 314 quartos, passará a estar “mais vocacionado para o lazer desportivo”, após uma renovação que vai decorrer de janeiro a março.

Já o TUI Blue Falésia, de 349 quartos, será reconvertido no PortoBay Blue Ocean, onde o foco será a criação de “produtos de lifestyle”, como indica António Trindade. A atual exploração por parte da TUI cessa no princípio de dezembro, altura em que o hotel vai fechar por um período de seis meses para as obras de remodelação que o vão transformar no PortoBay Blue Ocean.

Sobre este acordo com o grupo Humbria, António Trindade refere que o PortoBay sente a “necessidade de consolidar em termos patrimoniais” os seus investimentos, “num mundo onde há excesso de dinheiro e uma necessidade enorme de fundos de investimento irem à procura de novos projetos”.

Créditos: Frame It

“O que temos assistido no mundo é que este aumento de procura de projetos tem criado um movimento tremendamente inflacionista nos preços da propriedade. Face a esta inflação, e sobretudo às exigências que se põe por parte dos fundos na renumeração destes ativos, leva a que os grupos [hoteleiros] que tenham uma maior posição em termos financeiros comecem a olhar de uma outra forma para novos investimentos imobiliários”, refere António Trindade.

Sobre os futuros projetos hoteleiros do grupo no Funchal e em Lagos, já comunicados anteriormente na Bolsa de Turismo de Lisboa de 2023, o PortoBay deu conta em comunicado de que a construção do PortoBay Old Town, um cinco estrelas no Funchal, deverá começar ainda este ano, prevendo-se a sua conclusão no início de 2027. Quanto à unidade de Lagos, um hotel no segmento cinco estrelas de 120 quartos, o grupo “aguarda a conclusão de um Plano de Pormenor que se encontra em fase final”.

Sobre o autorCarla Nunes

Carla Nunes

Mais artigos
Aviação

APG Portugal é o novo GSA da FlyAngola no mercado português

Apesar de não voar para aeroportos portugueses, a FlyAngola conta com uma rede de destinos relevantes para o mercado português, com destaque para os voos entre São Tomé e a ilha de Príncipe, bem como entre Luanda e Cabinda.

Publituris

A APG Portugal passou a representar comercialmente a FlyAngola no mercado nacional, depois de ter sido nomeada GSA da companhia aérea angolana em Portugal, segundo comunicado enviado à imprensa.

“Esta parceria estratégica visa fortalecer a presença e promover o desenvolvimento comercial da FlyAngola em Portugal”, lê-se na informação divulgada pela APG Portugal.

A empresa de representação salienta que, apesar da FlyAngola não voar para aeroportos portugueses, conta com uma rede de destinos que relevante, com destaque para os voos que a transportadora angolana opera entre São Tomé e a ilha de Príncipe, bem como entre Luanda e Cabinda, em aviões Embraer 145 de 50 lugares.

“A FlyAngola traz algo de muito relevante para o mercado Português que são os voos domésticos de São Tomé para a ilha do Príncipe. Estes vão permitir a reserva de grupos, todos os passageiros poderão levar uma mala de porão de 23kgs e acontecem em dias em que não existem voos ou em que existem menos voos entre as duas ilhas”, salienta Rute Rapaz, responsável pela APG em Portugal.

No caso dos voos entre Luanda e o enclave de Cabinda, que segundo a responsável é “a rota doméstica mais importante de Angola”, a FlyAngola tem ainda “tarifas flexíveis que permitem alterações de última hora, sem custos, o que é excelente para passageiros em ligação”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

SIXT volta à BTL a 28 de fevereiro com novidades

Durante 5 dias, a SIXT rent a car leva à FIL novos serviços e ofertas.

Brand SHARE

Há mais uma edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) a caminho e a SIXT rent a car regressa ao evento para divulgar os serviços e ofertas que estão a dar velocidade ao seu projeto de mobilidade premium.

Situado no Pavilhão 4, Stand 4D54, o espaço da SIXT na BTL será paragem obrigatória para agências de viagens e empresas do setor hoteleiro, entre outras do panorama nacional. Para este segmento em concreto, a rent a car tem novamente destinadas tarifas e condições especiais. De um modo abrangente, o público B2B terá aqui a oportunidade de contactar com as diversas possibilidades de parceria SIXT, assim como de descobrir descontos e outros benefícios associados. No stand, será ainda possível às empresas ficarem a par de outras soluções que a SIXT tem para oferecer, a exemplo do serviço de carsharing.

Até 3 de março, os visitantes poderão conhecer novos serviços da marca: o SIXT Ride, através do qual o cliente pode requisitar um motorista em território nacional ou internacional (um serviço útil para quem precisa de um transfer à chegada ao aeroporto ou numa viagem de negócios, por exemplo); o SIXT Guest, que lhe permite pedir uma viatura sem ter de sair do hotel em que está hospedado; e ainda o SIXT Luxury, destinado ao aluguer de viaturas Porsche. Trata-se de uma aposta da SIXT que contempla atualmente as versões mais recentes de 9 modelos da icónica marca germânica. A propósito, na BTL irá estar em exposição um Porsche 911, junto ao qual poderá tirar uma fotografia.

Com uma cobertura nacional em expansão – agora com 30 balcões em todo o país – e uma frota diversificada e cada vez mais sustentável, a SIXT apresenta-se na Bolsa de Turismo de Lisboa como a solução de mobilidade premium de todos os viajantes, sejam eles profissionais ou particulares. Para estes últimos, haverá um desconto exclusivo nos alugueres que sejam feitos diretamente no stand da rent a car na BTL e ainda brindes surpresa.

Em 2023, a SIXT voltou a ser distinguida a nível mundial como a melhor empresa para alugueres corporativos* (6º ano consecutivo), melhor rent a car de luxo* (8º ano consecutivo) e melhor serviço de chauffeur* (11º ano consecutivo).

*distinções atribuídas pela World Travel Awards nas categorias World’s Leading Business Car Rental Company, World’s Leading Luxury Car Rental Company e World’s Leading Luxury Chauffeur Service.

 

 

 

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.