Assine já
Destinos

Negócios no turismo e viagens caem mais de 60% em fevereiro

Depois de em janeiro terem caído 42,4% face ao mês anterior, os negócios no setor do turismo e viagens decresceram mais de 60% em fevereiro de 2023, face a igual mês de 2022.

Publituris
Destinos

Negócios no turismo e viagens caem mais de 60% em fevereiro

Depois de em janeiro terem caído 42,4% face ao mês anterior, os negócios no setor do turismo e viagens decresceram mais de 60% em fevereiro de 2023, face a igual mês de 2022.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Douro Wine City: Régua celebra o vinho de 8 a 11 de junho
Press Releases
Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort desvenda novidades para desfrutar em junho
Press Releases
Publituris Portugal Travel Awards 2023
AL representou 40% do total de dormidas, em 2019, e hóspedes deixaram 8MM€ na economia nacional
Alojamento
Iberia defende voos de curta distância ao contrário da França
Transportes
Os nomeados na categoria de “Melhor Hotel Resort” nos Publituris Portugal Travel Awards 2023 são?
Eventos Publituris
Conheça “Os Melhores Hotéis de Quatro Estrelas” nomeados para os Publituris Portugal Travel Awards 2023
Eventos Publituris
Portugal mostra-se em São Paulo no maior evento sobre o destino no Brasil
Destinos
Setores ligados ao turismo lideram constituição de novas empresas no início de 2023
Destinos
Autarca de Mira formaliza candidatura ao Turismo do Centro a 19 de junho
Destinos

Os negócios no setor do turismo e viagens continuam em queda. Os dados mais recentes da GlobalData mostram que, em fevereiro de 2023, os negócios neste setor caíram 60,4% face ao mês homólogo de 2022, demonstrando uma “resistência na recuperação depois da quebra provocada pela pandemia”, refere a consultora.

A análise feita pela GlobalData indica que o volume de negócios na indústria ficou a mais de metade dos 111 negócios realizados em fevereiro de 2022, atingindo 44 negócios no segundo mês de 2023.

Aurojyoti Bose, Lead Analyst da GlobalData, refere que “este declínio salienta a incerteza e os desafios contínuos, incluindo a mudança no comportamento do consumidor e a volatilidade económica enfrentados pela indústria de turismo e viagens”. O responsável frisa ainda que, “como o cenário do mercado está a mudar rapidamente, com receios de recessão, os investidores parecem ter-se tornado mais  cautelosos”.

A atividade de negócios caiu significativamente na maioria dos países, em fevereiro, com várias quedas na casa dos dois dígitos, com alguns dos principais mercados a não registarem qualquer negócio durante o mês.

Nos EUA, por exemplo, principal mercado em termos de volume de negócios, a quebra foi de 71,9% no volume de negócios, em fevereiro de 2023. Da mesma forma, o Reino Unido testemunhou uma descida considerável na comparação anual no volume de negócios, apontando a GlobalData para uma queda de 46,2%.

Mercados como o Japão, Alemanha e Espanha não viram, por sua vez, qualquer negócio no setor do turismo e viagens durante o mês de fevereiro.

Todos os tipos de negócios (fusões e aquisições, financiamento de risco e negócios de private equity) também registraram queda no volume de negócios em fevereiro de 2023. O número de negócios de financiamento de risco e private equity caiu 59,4% e 60%, respetivamente, enquanto as fusões e o volume de transações de aquisição caíram 60,9% no segundo mês de 2023 face a igual período de 2022.

Bose conclui, assim, que “o declínio na atividade de negócios na indústria do turismo e viagens é um forte lembrete dos desafios e incertezas que ainda se registam, ao mesmo tempo que se procura uma recuperação da pandemia”.

Bose considera, contudo, que esta realidade também apresente uma “oportunidade para explorar novos modelos e parcerias que podem impulsionar a inovação e o crescimento na era pós-pandemia. À medida que a indústria continua a enfrentar esses obstáculos, os investidores devem permanecer vigilantes e adaptar-se às tendências e oportunidades emergentes”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Douro Wine City: Régua celebra o vinho de 8 a 11 de junho
Press Releases
Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort desvenda novidades para desfrutar em junho
Press Releases
Publituris Portugal Travel Awards 2023
AL representou 40% do total de dormidas, em 2019, e hóspedes deixaram 8MM€ na economia nacional
Alojamento
Iberia defende voos de curta distância ao contrário da França
Transportes
Os nomeados na categoria de “Melhor Hotel Resort” nos Publituris Portugal Travel Awards 2023 são?
Eventos Publituris
Conheça “Os Melhores Hotéis de Quatro Estrelas” nomeados para os Publituris Portugal Travel Awards 2023
Eventos Publituris
Portugal mostra-se em São Paulo no maior evento sobre o destino no Brasil
Destinos
Setores ligados ao turismo lideram constituição de novas empresas no início de 2023
Destinos
Autarca de Mira formaliza candidatura ao Turismo do Centro a 19 de junho
Destinos

Publituris Portugal Travel Awards 2023

Vote, a sua opinião é fundamental.

As votações para os Publituris Portugal Travel Awards 2023 decorrem até dia 26 de Junho. Caso seja assinante da edição impressa ou subscritor da newsletter diária, pode votar em https://premios.publituris.pt/travel/2023/

Os vencedores serão conhecidos dia 6 de Julho, na cerimónia de entrega de prémios que decorre no Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, que conta com o apoio do Turismo Centro de Portugal e Câmara Municipal de Alcobaça. Como patrocinadores, que nos ajudam a celebrar o turismo, contamos também com o Novo Banco, NOS, Nescafé, MAWDY e Visabeira Turismo.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos
Alojamento

AL representou 40% do total de dormidas, em 2019, e hóspedes deixaram 8MM€ na economia nacional

Num relatório preliminar que antecede um estudo aprofundado sobre o Alojamento Local em Portugal, a pedido da ALEP, a realizar pela NOVA SBE, fica clara a importância para a economia nacional.

O número de dormidas em Alojamento Local (AL) representou cerca de 40% do total de dormidas em território nacional, em 2019, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) e do EUROSTAT combinados, e ainda superior em alguns dos destinos nacionais como Lisboa e Porto. Esta é uma das conclusões apresentadas pela NOVA SBE na apresentação de um relatório preliminar para um estudo aprofundado sobre o alojamento local em Portugal, a pedido da Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP), intitulado – ‘Avaliação de Impacto do Alojamento Local em Portugal’, que está a ser desenvolvido pelos professores João Bernardo Duarte, Pedro Brinca e João Pedro Ferreira da Nova SBE.

Os dados mostram ainda que os turistas alojados em AL gastaram mais de 8 mil milhões de euros, o que representa 3,8% do PIB nacional, correspondendo ainda a mais de 8,5% das exportações totais de bens e serviços.

Na apresentação deste relatório preliminar ainda foi esclarecido que as despesas dos turistas com o alojamento só correspondem, em média, a 26% do total dos seus gastos. Ou seja, “sem o Alojamento Local, há o risco de se perder o rendimento associado ao AL, mas também os restantes 74% que é despendido por estes turistas noutros produtos e serviços, nomeadamente 5,8 mil milhões de euros de gastos em restauração e bebidas, 4,2 mil milhões de euros de gastos em transportes, onde a TAP é um dos grandes beneficiários”.

A estes valores acrescem ainda as despesas em supermercados, as margens comerciais, os 500 milhões de euros gastos em operadores turísticos diversos, serviços culturais e recreação e lazer.

Na ausência de Alojamento Local e mesmo perante o crescimento de uma taxa de ocupação dos hotéis de 15% ao longo do ano, para valores nunca vistos em termos anuais, os autores do estudo referem que “mais de 23 milhões de dormidas ficariam sem ocorrer”. Em termos diretos, a perda destas dormidas significaria também perder 4,7 mil milhões de euros das despesas dos turistas, o que corresponde à destruição de 2,2% do PIB nacional.

Outra forma de perceber a atual relevância do AL em Portugal passa por estimar o número de hotéis que seria necessário construir a fim de substituir a capacidade de alojamento do AL: “seriam precisos 1.030 novos hotéis, dos quais 168 no Porto, 169 no Algarve e mais 211 hotéis na cidade de Lisboa.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Eventos Publituris

Os nomeados na categoria de “Melhor Hotel Resort” nos Publituris Portugal Travel Awards 2023 são?

Conheça os nomeados na categoria de “Melhor Resort” nos Publituris Portugal Travel Awards 2023.

Na 18.ª edição dos Publituris “Portugal Travel Awards 2023”, os principais prémios do turismo nacional contam com 174 nomeados, que concorrem num total de 22 categorias. Para “Melhor Resort” há oito nomeados.

Anantara Vilamoura Algarve Resort
AP Adriana Beach Resort
Hotel RIU Madeira
Pestana Porto Santo
Praia D’El Rey Marriott Golf & Beach Resort
Praia do Canal Nature Resort
Santa Bárbara Eco Beach Resort
Vila Vita Parc Resort & Spa

Os vencedores serão conhecidos no dia 6 de julho de 2023, a partir das 19h00, no Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, em Alcobaça.

Poderá votar em https://premios.publituris.pt/travel/2023/

Os Publituris “Portugal Travel Awards 2023” têm como Main Sponsor o Novo Banco, contando com a NOS SGPS, Nescafé, Grupo Visabeira e MAWDY como patrocinadores, o apoio da Turismo Centro de Portugal e da Câmara Municipal de Alcobaça, e com a GR8 Events, Movielight, Multislide e Workgroup – Publicidade como parceiros.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Eventos Publituris

Conheça “Os Melhores Hotéis de Quatro Estrelas” nomeados para os Publituris Portugal Travel Awards 2023

Na 18.ª edição dos Publituris “Portugal Travel Awards 2023”, são oito os nomeados na categoria de “Melhor Hotel de Quatro Estrelas”.

Os principais prémios do turismo nacional contam com 174 nomeados, que concorrem num total de 22 categorias.

Conheça os nomeados na categoria de “Melhor Hotel de Quatro Estrelas”:

Aethos Ericeira
Jupiter Lisboa Hotel
NEXT Hotel
Octant Lousã
Sé Catedral Hotel Porto Tapestry Collection by Hilton
Senhora da Rosa, Tradition & Nature Hotel
Vincci Ponte de Ferro
Vitória Stone Hotel

Os vencedores serão conhecidos no dia 6 de julho de 2023, a partir das 19h00, no Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, em Alcobaça.

Poderá votar em https://premios.publituris.pt/travel/2023/

Os Publituris “Portugal Travel Awards 2023” têm como Main Sponsor o Novo Banco, contando com a NOS SGPS, Nescafé, Grupo Visabeira e MAWDY como patrocinadores, o apoio da Turismo Centro de Portugal e da Câmara Municipal de Alcobaça, e com a GR8 Events, Movielight, Multislide e Workgroup – Publicidade como parceiros.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Free Stock photos by Vecteezy

Transportes

Companhias aéreas esperam transportar 4,35 mil milhões de passageiros este ano

As companhias aéreas esperam transportar este ano 4,35 mil milhões de passageiros em todo o mundo, perto do recorde de 4,54 mil milhões atingido em 2019, antes da pandemia, anunciou a principal Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA).

Reunida em assembleia geral em Istambul, na Turquia, a IATA indica que esta recuperação do tráfego aéreo, graças principalmente à reabertura da China, resultará num regresso das transportadoras aos lucros.

As transportadoras aéreas esperam chegar aos 9,8 mil milhões de dólares (9,1 mil milhões de euros) de lucro líquido este ano, o dobro do previsto inicialmente pela IATA, que também reduziu pela metade as suas estimativas de perdas para 2022, fixando-as em 3,6 mil milhões de dólares (3,3 mil milhões de euros).

O volume de negócios global das transportadoras aéreas deverá atingir os 803 mil milhões de euros, ao alcance dos 838 mil milhões em 2019, segundo a IATA, que reviu em alta as suas anteriores projeções em dezembro (779 mil milhões).

Ainda que as margens operacionais do setor continuem muito baixas este ano, em 1,2%, segundo a IATA, esses lucros – os primeiros desde o início da pandemia – marcarão uma melhoria em relação aos 42 mil milhões de dólares (39 mil milhões de euros) perdidos em 2021 e ao abismo de 2020 (137,7 mil milhões de dólares).

Contudo, a IATA alertou para o facto de nem todas as áreas geográficas voltarem este ano aos lucros.

Espera-se que as operadoras da América do Norte, Europa e Médio Oriente estejam em grande parte no verde, com 11,5, 5,1 e dois mil milhões de dólares, respetivamente.

Mas as empresas da região Ásia-Pacífico (-6,9 mil milhões de dólares), América Latina (-1,4 mil milhões) e África (-500 milhões) permanecerão deficitárias este ano, alertou a associação.

“O desempenho financeiro das companhias aéreas é melhor do que o esperado. A lucratividade mais forte é apoiada por vários desenvolvimentos positivos: a China suspendeu as restrições da covid-19 antes do esperado”, disse o diretor-geral da IATA.

Willie Walsh acrescentou que “as receitas de carga continuam mais altas do que antes da pandemia, mesmo que esse não seja o caso dos volumes” e que “os custos começam a abrandar”, exemplificando: “Os preços do combustível, ainda altos, contraíram no primeiro semestre”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Tecnologia

TTS Consolidator terá conteúdo NDC ainda em 2023

A solução TTS Consolidator da empresa criada em Portugal e que atua no mercado das soluções tecnológicas para a indústria de viagens irá suportar New Distribution Capability (NDC), ainda em 2023.

A solução TTS Consolidator, da TTS Travel Technology Solutions, irá suportar New Distribution Capability (NDC) ainda em 2023. A empresa criada em Portugal e que atua no mercado das soluções tecnológicas para a indústria de viagens refere que “essa integração permitirá que os agentes de viagens e as sub-agências que utilizam o TTS Consolidator acedam e reservem o conteúdo NDC das companhias aéreas, oferecendo uma variedade maior de opções e ofertas para os seus clientes”.

“Ao disponibilizar NDC no TTS Consolidator, estamos a reafirmar o nosso compromisso em fornecer soluções inovadoras que impulsionam o sucesso dos nossos clientes”, afirma Rui Figueiredo, CEO da TTS, salientando que a solução dá a possibilidade de capacitar os clientes com “uma ferramenta que oferece maior flexibilidade, controlo e acesso a oportunidades de negócio lucrativas”.

Ao integrar o conteúdo NDC das companhias aéreas juntamente com as ofertas tradicionais do GDS, os agentes de viagens podem oferecer uma variedade mais abrangente e diversificada de opções aos seus clientes. Esta integração é resultado de dois anos de desenvolvimento dedicado e reflete o compromisso da empresa em oferecer soluções revolucionárias para o setor de viagens.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Global Blue e El Corte Ingés promovem Turismo de Compras no Brasil

A Global Blue e o El Corte Inglés vão participar juntos na mostra “Portugal360”, em São Paulo, no Brasil, naquele que é um dos maiores eventos de promoção do país organizado pelo Turismo de Portugal no estrangeiro.

Publituris

A Global Blue e o El Corte Inglés vão participar juntos na mostra “Portugal360”, em São Paulo, no Brasil, naquele que é um dos maiores eventos de promoção do país organizado pelo Turismo de Portugal no estrangeiro.

A Global Blue e o El Corte Inglés (ECI) irão marcar presença, em São Paulo, de 9 a 11 de junho, no evento “Portugal360”, organizado pelo Turismo de Portugal, num evento que é considerado um dos maiores na vertente de promoção do país no estrangeiro. As duas empresas vão ter um espaço de exposição comum para promoverem Portugal como destino de compras para os turistas brasileiros e com recurso à interatividade e à gamificação, a Global Blue e o El Corte Inglés vão recriar a experiência do Tax Free, desafiar os visitantes a percorrer os diversos departamentos do El Corte Inglés (Moda & Acessórios, Tecnologia, Relojoaria…), e conhecer a vantagem de obter o reembolso imediato do IVA dessas compras nos quiosques da Global Blue disponíveis nas lojas do ECI Lisboa e ECI Gaia.

Para Renato Leite, Managing Director da Global Blue, “a participação no evento Portugal360 deste ano reveste-se de particular relevância porque é preciso promover Portugal também como destino de Compras e, naturalmente, porque o Brasil é um dos mercados estratégicos mais importantes”.

De acordo com os dados, os brasileiros são os clientes que mais compras Tax Free fazem em Portuga, gastando, em média, 936 euros (dados de 2022). “É preciso, por isso, passar a mensagem e mostrar aos turistas brasileiros as vantagens do Tax Free e de escolherem Portugal como o seu destino de compras, enquanto disfrutam das restantes ofertas turísticas que o país tem para oferecer”, salienta Renato Leite.

Para Sofia Fernandes, responsável de Marketing Internacional do El Corte Inglés, “esta oportunidade de exibir a oferta turística junto do público brasileiro é fundamental”, considerando que “estes turistas, que usam Portugal como porta de entrada para a Europa, ou como destino principal na Europa, terão acesso à enorme oferta que o país tem para lhes oferecer”, além de, em parceria com a Global Blue, “estamos a afirmar as nossas cidades não apenas como destinos culturais, mas também como destinos de turismo de compras, capazes de competir com as demais capitais europeias”.

Foto crédito: Depositphotos.com
Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Star Alliance tem novo CEO

Theo Panagiotoulias substitui Charlotta Wieland, quando da da Scandinavian Airlines (SAS), que assumira o cargo de forma interina, desde janeiro de 2023.

Publituris

Theo Panagiotoulias foi nomeado CEO da Star Alliance, sucedendo a Charlotta Wieland, Vice President of Alliances & Industry Affairs da Scandinavian Airlines (SAS), que tinha assumido o cargo de forma interina, desde janeiro de 2023.

Panagiotoulias tem mais de 25 anos de experiência internacional na indústria da aviação, transitando da Hawaiian Airlines, onde exercia o cargo de Vice President for Global Sales and Alliances desde 2014.

Antes disso, o novo CEO da Star Alliance passou pela Sabre Corporation como vice-presidente e diretor-geral (Ásia Pacífico), tendo ocupado, durante 15 anos, vários cargos comerciais, operacionais e de gestão na American Airlines.

Theo Panagiotoulias refere, em comunicado que, “mais de 200 milhões de clientes voam com as 26 companhias aéreas membros do grupo a cada ano, em mais de 16.000 voos por dia”, pelo que “continuaremos a inovar como a aliança de companhias aéreas líder mundial”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Marina de Vilamoura apostada em ser cada vez mais sustentável

As últimas ações implementadas pela Marina passam pela instalação de painéis fotovoltaicos e medidas de redução dos consumos de água e energia.

Publituris

A Marina de Vilamoura reforçou o seu compromisso com a sustentabilidade, desenvolvendo iniciativas de melhoria da qualidade em geral e da qualidade ambiental que já lhe valeram a atribuição de certificações abrangentes como a ISO 14001 e ISO 9001, mas também de distinções específicas para marinas como a Bandeira Azul ou a 5 Anchor Platinum e a Clean Marina atribuídas pela The Yacht Harbour Association.

Entre as medidas mais recentes conta-se a instalação de 136 módulos fotovoltaicos (460W), que permitem uma redução de CO2 estimada em 12 toneladas por ano.

Além disso, a Marina de Vilamoura adquiriu recentemente um veículo 100% elétrico para o transporte de resíduos. Esta viatura circula na envolvente da marina diariamente, permitindo a redução do ruído e evitando a emissão de gases de escape junto dos transeuntes e esplanadas.

Já no que toca ao consumo de água e energia, a Marina de Vilamoura tem vindo a tomar medidas de redução e controlo, tanto através da modernização de equipamentos – por exemplo, torneiras com redutores de caudal acionados por sensores e/ou temporizadores – como da implementação de regras e da sensibilização ambiental junto dos clientes, parceiros e prestadores de serviços. Este tipo de medidas permitiram uma redução do consumo de água e de eletricidade nos balneários da Marina na ordem dos 50%.

Para Isolete Correia, administradora da Marina de Vilamoura, “a sustentabilidade ambiental é um critério indispensável para investidores, clientes, parceiros e, claro, para nós próprios e para os nossos colaboradores. Por isso, é também palavra de ordem em tudo o que se faz na Vilamoura World”.

Assim, afirma Isolete Correia, “queremos, enquanto uma das Marinas mais reconhecidas da Europa, manter-nos na vanguarda da adoção de medidas que contribuem para um mundo mais verde e sustentável”

A formação e experiência das equipas da Marina inclui também um foco sobre o tema da prevenção, controlo e correção de ocorrências com impacto ambiental. Esta capacidade de resposta passa pela disponibilidade de materiais de combate a derrames de hidrocarbonetos na água, o sistema pump-out para recolha de águas residuais e oleosas, assim como a fiscalização diária no terreno e dos trabalhos desenvolvidos nas áreas de influência da Marina.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Eventos Publituris

Conheça “Os Melhores Hotéis de Cinco Estrelas” nomeados para os Publituris Portugal Travel Awards 2023

Na 18.ª edição dos Publituris “Portugal Travel Awards 2023”, os principais prémios do turismo nacional contam com 174 nomeados, que concorrem num total de 22 categorias. Para “Melhor Hotel de Cinco Estrelas” há nove nomeados.

Publituris

Na 18.ª edição dos Publituris “Portugal Travel Awards 2023”, os principais prémios do turismo nacional contam com 174 nomeados, que concorrem num total de 22 categorias.

Conheça os nomeados na categoria de “Melhor Hotel de Cinco Estrelas”:

Casa de São Lourenço
Conrad Algarve
InterContinental Porto – Palácio das Cardosas
Les Suites at the Cliff Bay
Montebelo Vista Alegre
Palácio Ludovice Wine Experience Hotel
Pedras do Mar
Quinta da Comporta
W Algarve

Os vencedores serão conhecidos no dia 6 de julho de 2023, a partir das 19h00, no Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, em Alcobaça.

Poderá votar em https://premios.publituris.pt/travel/2023/

Os Publituris “Portugal Travel Awards 2023” têm como Main Sponsor o Novo Banco, contando com a NOS SGPS, Nescafé, Grupo Visabeira e MAWDY como patrocinadores, o apoio da Turismo Centro de Portugal e da Câmara Municipal de Alcobaça, e com a GR8 Events, Movielight, Multislide e Workgroup – Publicidade como parceiros.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.