TAP transportou 1,25 milhões de passageiros em novembro

Por a 6 de Dezembro de 2019 as 12:14

A TAP registou o melhor mês de novembro de sempre, ao transportar 1,25 milhões de passageiros, mais 129 mil que em igual mês de 2018, o que traduz um crescimento de 11,5%, informou a companhia aérea nacional em comunicado.

De acordo com a informação divulgada, no acumulado desde janeiro, a companhia soma já 15,8 milhões de passageiros, mais 1,1 milhões que em igual período do ano passado, o que indica um crescimento de 7,7%.

“A transportadora conseguiu assim, até final de novembro, transportar o mesmo número de passageiros que em todo o ano de 2018, faltando ainda contabilizar o mês de dezembro, que é tradicionalmente, a par com agosto, um dos meses com procura mais elevada ao longo do ano”, assinala a companhia, no comunicado enviado à imprensa.

Em novembro, a TAP viu o indicador RPK (passageiros x quilómetros voados) subir 15,7%, enquanto o ASK (lugares x quilómetros voados) teve um incremento de 12,5%, o que, acrescenta a TAP, “possibilitou uma melhoria da taxa de ocupação dos voos (load factor) de 2,1 pontos percentuais, para 76,4 por cento, face ao mês homólogo de 2018”.

No acumulado desde janeiro até final de novembro, o load factor dos voos da TAP passou para 80,5%.

De acordo com a nota da companhia, em novembro, a TAP cresceu “em todos os segmento de rede em que opera”, com destaque para “o crescimento de 53 por cento nas rotas da América do Norte, para a continuação da recuperação no Brasil, com mais 2 por cento de passageiros e para o crescimento absoluto de mais 63 mil passageiros nas rotas europeias excluindo Portugal, que equivalem a um crescimento de nove por cento relativamente a novembro de 2018”.

“Para este crescimento sustentado do número de passageiros transportados continua também a contribuir, entre outros fatores, o programa Portugal Stopover da TAP, através do qual milhares de turistas continuam a descobrir Portugal antes de prosseguirem viagem para os seus destinos finais”, acrescenta ainda a companhia.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *