Aeroporto do Montijo prevê implantação de hotel

Por a 29 de Julho de 2019 as 13:07

O projeto para a construção de um aeroporto complementar à Portela no Montijo prevê a implantação de um hotel, segundo informação que consta do Estudo de Impacte Ambiental (EIA), que entrou esta segunda-feira, 29 de julho, em consulta pública.

Na parte respeitante à componente do ‘Lado Terra’ do futuro aeroporto do Montijo, o estudo aponta que a infraestrutura vai ser instalada numa área total de 45 hectares, “composta pela via de acesso principal ao futuro Aeroporto, pelas vias do Lado-Terra, praça do Terminal, parques de estacionamento e áreas verdes de enquadramento paisagístico”, estando ainda previstas “áreas de salvaguarda para futuros imóveis”, a exemplo de um hotel e de um edifício de escritórios.

No caso do alojamento, o projeto prevê uma área de “6500 metros quadrados para implantação de um hotel”, não sendo, por enquanto, conhecidos mais pormenores sobre os prazos para a construção da unidade, nem sobre as suas características.

Além do hotel, o projeto prevê também uma área de “6000 metros quadrados reservados para implantação de um Centro de Escritórios”, lê-se ainda no EIA sobre a construção do Aeroporto do Montijo.

Recorde-se que, após o período de consulta pública, que termina a 19 de setembro, a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) deverá emitir uma Declaração de Impacte Ambiental, um parecer que aprova ou chumba a construção do aeroporto do Montijo.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *