Siza Vieira já tomou posse como novo ministro da Economia

Por a 15 de Outubro de 2018 as 12:28

Pedro Siza Vieira, que foi nomeado este domingo, 14 de Outubro, como novo ministro da Economia, em substituição de Manuel Caldeira Cabral, já tomou posse, passando a ser também o responsável pelo Turismo, cuja Secretaria de Estado está na dependência do Ministério da Economia.

A tomada de posse de Pedro Siza Vieira como novo ministro da Economia decorreu esta segunda-feira, 15 de Outubro, numa cerimónia no Palácio de Belém, pelas 12h00, na qual foram também empossados os restantes três novos ministros nomeados para as pastas da Saúde, Cultura e Defesa.

Pedro Siza Vieira tem 54 anos e era, até à data, ministro Adjunto do XXI Governo Constitucional, pasta que vai acumular com a da Economia e que tinha assumido há cerca de um ano, a 21 de Outubro de 2017.

Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, Pedro Siza Vieira foi ao longo da sua actividade académica, monitor na Faculdade de Direito de Lisboa e assistente na Universidade Autónoma de Lisboa, bem como professor convidado da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa e da Universidade Nova de Lisboa.

O novo ministro da Economia foi também formador em pós-graduações e cursos promovidos por diversas instituições, em matérias como contratação pública, contencioso administrativo, arbitragem, direito bancário, project finance e insolvência.

Ao longo da sua vida profissional, Pedro Siza Vieira foi também, enquanto advogado, sócio da Morais Leitão, J. Galvão Teles e Associados, Sociedade de Advogados e, de 2002 a Outubro de 2017, foi ainda sócio da Linklaters LLP, sendo Managing Partner do escritório de Lisboa desta sociedade, entre 2006 e 2016.

O novo responsável pela pasta da Economia integrou também as listas de árbitros de vários centros de arbitragem e foi membro da Direção da Associação das Sociedades de Advogados de Portugal e presidente da Associação Portuguesa de Arbitragem, tendo participado ainda em vários Grupos de Trabalho responsáveis pela elaboração de ante projetos legislativos.

Pedro Siza Vieira foi também membro do Conselho Superior dos Tribunais Administrativos e Fiscais, e vogal da Comissão Executiva da Estrutura de Missão para a Capitalização de Empresas.

Recorde-se que Manuel Caldeira Cabral era o ministro da Economia do XXI Governo Constitucional desde a tomada de posse do governo, a 26 de Novembro de 2015, cargo que abandona agora por iniciativa própria, já que, segundo as notícias veiculadas, teria sido o próprio governante a pedir para deixar o executivo.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *