Sindicato quer greve europeia na Ryanair

Por a 2 de Abril de 2018 as 11:19

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) vai reunir com os sindicatos europeus com vista à marcação de “uma greve da Ryanair a nível europeu”, refere a entidade sindical em nota à imprensa.

“Os tripulantes de Cabine da Ryanair não vão desistir, e exigem ao Governo e às entidades competentes, nomeadamente à Autoridade das Condições do Trabalho, uma actuação rápida e dura para com a companhia aérea irlandesa, à semelhança da excelente resposta dada pela ACT no dia 29, ao mesmo tempo que iremos reunir com os restantes sindicatos europeus, com o objectivo de promover uma greve da Ryanair a nível europeu”, refere o SNPVAC em nota à imprensa.

Recorde-se que os tripulantes da Ryanair cumprem esta quarta-feira, 4 de Abril, o terceiro dia não consecutivo de greve, uma paralisação que, segundo o sindicato, “tem como objectivo o cumprimento por parte da companhia aérea irlandesa das regras mais básicas previstas na legislação nacional, nomeadamente no que se refere à parentalidade e garantia de ordenado mínimo, bem como a retirada de processos disciplinares por motivo de baixas médicas ou vendas a bordo abaixo dos objectivos da empresa”.

Na mesma informação, o SNPVAC lamenta que a Ryanair “incumpra deliberada e descaradamente a Lei” e apela à intervenção do Governo e das autoridades competentes.

A greve dos tripulantes da Ryanair teve início na quinta-feira, 29 de Março, e continuou no domingo, dia 1 de Abril, com uma adesão que terá rondado os 90%, segundo números avançados pelo sindicato. Esta quarta-feira, 4 de Abril, cumpre-se o terceiro e último dia de greve.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *