Assine já
Alojamento

Best Western reforça expansão na Ásia

A cadeia de hotéis independentes irá abrir dois novos hotéis na Indonésia, um no Japão, um na Birmânia e outro na Malásia.

Marta Barradas
Alojamento

Best Western reforça expansão na Ásia

A cadeia de hotéis independentes irá abrir dois novos hotéis na Indonésia, um no Japão, um na Birmânia e outro na Malásia.

Marta Barradas
Sobre o autor
Marta Barradas
Artigos relacionados
Marriott abre nova unidade da marca Courtyard na Indonésia
Alojamento
Best Western integra novas unidades na Ásia
Alojamento
Japão recebe o seu primeiro hotel da marca Aloft
Homepage
Dono da Transhotel vende Hotelminuto
Alojamento

BWP Shwe Pyi Thar_Swimming Pool_ (1)A Best Western, cadeia de hotéis independentes, anunciou a ampliação do seu portefólio no continente asiático, com a abertura de cinco novos hotéis, dos quais dois localizados na Indonésia; um no Japão; um na Malásia; e outro na Birmânia.

Na Indonésia, o grupo incorporou dois novos hotéis, o Best Western Premier Hotel The Bellevue, em Jacarta, situado num edifício de dez andares, com 156 quartos e suites totalmente equipadas; e o Best Western Hotel Bogor Icon, em Java Ocidental, que se trata de um moderno hotel de 16 andares com 345 quartos que dispõe de todos os serviços, com fácil acesso ao aeroporto.

De notar que a Best Western conta actualmente com 14 hotéis na Indonésia, localizados em destinos chave urbanos e de lazer, como Jakarta, Bali, Makassar e Malang. Esta presença aumentará nos próximos anos, com planos para integrar pelo menos sete hotéis em destinos como Bandung, Batam, Medan e Manado.

Já no Japão, o Best Western Hotel Rembrandt Kagoshima é o novo estabelecimento localizado na Cidade de Kagoshima. A unidade apresenta 199 quartos com um estilo contemporâneo e vista para o vulcão, uma zona de lazer e 230 metros quadrados de espaço para reuniões.

Na Malásia, nomeadamente na cidade de Shah Alam, o grupo abriu o Best Western Hotel i-City Shah Alam, situado a 25 km da capital, Kuala Lumpur. Com dezoito andares, o hotel dispõe de 214 quartos e suites de estilo contemporâneo, restaurante, cafetaria com esplanada exterior e três salas de reuniões com capacidade para até 180 pessoas.

Por fim, na Birmânia, a cadeia abriu uma unidade Premier na cidade de Mandalay, o Best Western Premier Hotel Shwe Pyi Thar, que apresenta 91 quartos e suites espaçosos, entre as quais se destaca a suite presidencial, com 380 metros quadrados. O hotel procederá ainda a uma grande ampliação e, com a construção de uma nova ala, adicionará 200 novos quartos, cuja conclusão está prevista para o final de 2016.

Sobre o autorMarta Barradas

Marta Barradas

Mais artigos
Artigos relacionados
Hotelaria

Grupo Solverde assinala as bodas de ouro com presença de Marcelo Rebelo de Sousa

O Grupo Solverde assinala o seu 50º aniversário no próximo dia 4 de novembro com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, num cocktail que terá lugar no Hotel Solverde Spa & Wellnes Center, em Vila Nova de Gaia, Praia da Granja.

Publituris

Refira-se que ao longo de 50 anos de atividade, a Solverde “tem vindo a contribuir de forma inequívoca para a promoção do país, na dinamização do Turismo, criação de postos de trabalho e na valorização da identidade e cultura das regiões onde opera, através de uma forte aposta na produção de eventos e espetáculos, nacionais e internacionais, e proporcionando experiências únicas nas áreas do jogo, hotelaria e lazer”, conforme indica o grupo, que nasceu em Espinho, pelas mãos de Manuel Oliveira Violas.

O Grupo Solverde detém a concessão de jogo do Casino Espinho, inaugurado em 1974, dos três casinos do Algarve – Vilamoura, Monte Gordo e Praia da Rocha, em funcionamento desde 1996, e do Casino de Chaves que abriu portas em 2008.

Na indústria hoteleira, o grupo liderado atualmente pelos irmãos Manuel e Celeste Violas, possui, desde 1984, o Hotel Apartamento Solverde de quatro estrelas em Espinho, o Hotel Solverde Spa & Wellness Center, de cinco estrelas em Gaia, desde 1989, o Hotel Algarve Casino cinco estrelas) na Praia da Rocha desde 1997 e o Hotel Casino Chaves quatro estrelas) em Chaves, desde 2008. Em 2017 lançou a plataforma de jogo online solverde.pt.

A Solverde – Sociedade de Investimentos Turísticos da Costa Verde S.A é fundada, em abril de 1972  por Manuel de Oliveira Violas sob o título Solverde – Sociedade de Empreendimentos Costa Verde. Vocacionada para a área turística, surge com o intuito de conjugar lazer, animação, cultura, investimento e emprego.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Clever Hospitality Analytics lança novo módulo de análise personalizada para a hotelaria

O novo módulo de análise personalizada é independente da Plataforma Clever e permite a construção de tabelas e gráficos ajustados a cada negócio hoteleiro.

Publituris

A Clever Hospitality Analytics lançou o Clever Data Studio, um novo módulo de análise personalizada, que é independente da Plataforma Clever e que permite a construção de tabelas e gráficos ajustados a cada negócio hoteleiro.

De acordo com um comunicado da Clever Hospitality Analytics, o Clever Data Studio funciona numa lógica de “self-service” e “proporciona aos seus utilizadores
ferramentas avançadas que facilitam a criação de relatórios” com dados do
PMS e POS, para que o foco do negócio seja a “eficiência na tomada de decisões informadas e baseada nos dados recolhidos”.

“Compreendendo a dificuldade que os hoteleiros têm em conseguir soluções
para analisar detalhadamente apenas os indicadores que interessam para o crescimento do negócio hoteleiro, este módulo permite a criação de relatórios customizados, através da escolha de uma seleção de dimensões, indicadores e períodos a analisar”, explica a Clever Hospitality Analytics.

O novo módulo incorpora uma funcionalidade que permite converter diretamente os dados em gráficos, ferramenta que “possibilita a gravação de layouts para simplificar a localização dos mesmos e, ainda, a sua partilha entre colegas, em poucos cliques, para que cada equipa tenha acesso aos relatórios com relevância para a sua operação”.

“Estes relatórios personalizados são passíveis de serem verificados a qualquer momento e em qualquer lugar, para que os utilizadores da plataforma possam analisar os seus indicadores da maneira mais conveniente e completa possível”, acrescenta a Clever Hospitality Analytics.

De acordo com Luís Brites, CEO da Clever, “o Clever Data Studio vem revolucionar a análise de dados e métricas que qualquer gestor hoteleiro necessita”, de forma rápida e intuitiva, numa vantagem que, segundo o responsável, permite que os profissionais se dediquem a tarefas mais importantes.

“O uso de tecnologia deve servir a finalidade de libertar os «knowledge workers» das tarefas repetitivas e de pouco valor acrescentado, para que se dediquem a utilizar o seu talento na criação de valor nas suas organizações”, afirma Luís Brites.

Para que os hoteleiros possam experimentar o Clever Data Studio, a Clever Hospitality Analytics está a oferecer a primeira mensalidade aos utilizadores que se registem aqui.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Avião Fotos de banco de imagens por Vecteezy

Destinos

Viagens continuam a ser prioridade para os europeus apesar do aumento dos preços

O mais recente estudo da European Travel Commission (ETC) apurou que 70% dos europeus pretendem viajar nos próximos seis meses, apesar do aumento dos preços.

Inês de Matos

As viagens continuam a ser uma prioridade para os turistas europeus, apurou o mais recente estudo da European Travel Commission (ETC), que indica que 70% dos europeus pretendem realizar, pelo menos, uma viagem nos próximos seis meses.

Segundo o estudo, a intenção de viajar nos próximos seis meses tem vindo a aumentar e está agora 4% acima dos resultados do ano passado, o que, segundo a ETC, revela um “apetite crescente por viagens”.

Alta é também a percentagem de turistas europeus que pretendem realizar, pelo menos, duas viagens nos próximos meses, indicador que chega aos 52%, o que, considera a ETC, mostra que existe uma “procura reprimida por férias”.

Do total de entrevistados neste estudo, 62% dizem que planeiam viajar na Europa durante o outono e inverno, naquela que é a percentagem mais elevada desde o outono de 2020.

Por outro lado, também o receio relativamente à guerra na Ucrânia parece estar, cada vez menos, a interferir com os planos de viagem dos europeus, uma vez que, desde o último estudo, se registou uma descida de 6% entre os europeus que admitem que o conflito armado levou a uma mudança dos planos de viagens.

De acordo com o estudo da ETC, 52% dos europeus dizem mesmo que o conflito armado na Ucrânia não terá efeito direto nos seus planos de viagem nos próximos meses.

Tal como a guerra, também a COVID-19 parece interferir cada vez menos nos planos de viagem dos turistas europeus, já que apenas 5% dos entrevistados afirmaram que as preocupações relacionadas com a pandemia os impediram de realizar uma viagem que estava planeada.

O que parece estar a aumentar é a preocupação face ao aumento dos preços, com 23% dos entrevistados a manifestarem preocupação face à previsível subida dos preços das viagens, e enquanto 17% mostram-se mais preocupados com o impacto da inflação nas suas finanças.

O estudo apurou também que, ao contrário dos preços, os orçamentos para viajar não apresentam grande variação, uma vez que 32% dos entrevistados dizem que vão gastar entre 501 e 1000 euros por pessoa nas próximas férias, incluindo custos de alojamento e transporte, o que quer dizer que muitos europeus estarão a ponderar reduzir o período de férias, de forma a suportar os aumentos de preços.

Neste sentido, o estudo mostra que a percentagem de turistas europeus que contam passar até três dias de férias subiu para 23%, quando em setembro de 2021 esta percentagem estava nos 18%, enquanto as viagens com sete ou mais noites entram nos planos de 37% dos entrevistados, o que  traduz uma quebra de 9%.

O estudo diz ainda que a vontade de viajar parece ser menor entre os turistas mais novos, a exemplo da geração Z, cujas idades variam entre os 18 e os 24 anos, uma vez que apenas 58% dos turistas europeus desta geração contam viajar nos próximos meses, quando nas restantes faixas etárias esta percentagem ultrapassa os 70%.

“Isto revela uma perspectiva mais hesitante para os viajantes mais jovens, o que também pode ser atribuído às preocupações com as finanças pessoais e aumento dos custos de viagem”, refere o estudo da ETC.

Já os europeus com mais de 45 anos de idade são os que maior probabilidade para viajar revelam, com o estudo a apurar que mais de 73% destes turistas pretendem realizar viagens de city break e explorar a cultura e história dos destinos.

Por destinos, França assume-se como o destino mais popular para os europeus, com 11% dos entrevistados a indicar que contam viajar para este país nos próximos seis meses, seguindo-se Espanha e Itália, países que entram nas opções de 9% dos turistas europeus inquiridos.

“Os esforços incansáveis ​​do setor de viagens europeu para se fortalecer estão começando a dar frutos”, considera Luís Araújo, presidente da ETC e do Turismo de Portugal.

De acordo com o responsável, a ETC está “animada” com estes resultados, apesar de considerar que a crise dos preços e do custo de vida é “outro desafio inegável para o turismo na Europa”.

“É da maior importância para a Europa garantir uma indústria mais resiliente, apoiando a transição digital e ambiental, e colocando as pessoas no centro do desenvolvimento”, acrescenta o responsável.

 

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Alojamento

W Algarve eleito melhor resort de luxo do sul da Europa

Os World Luxury Awards distinguem anualmente os melhores hotéis e resorts a nível e, este ano, foram entregues a 22 de outubro, numa cerimónia que decorreu em Antalya, na Turquia.

Publituris

O W Algarve foi eleito como melhor “Luxury Lifestyle Resort” do sul da Europa nos World Luxury Awards, prémios que distinguem anualmente os melhores hotéis e resorts e que, este ano, foram entregues a 22 de outubro, numa cerimónia que decorreu em Antalya, na Turquia.

“Muitos fatores desempenham um papel determinante na escolha do vencedor; marca, design, instalações únicas e satisfação geral dos convidados, que são refletidos nas votações recebidas durante o período de votação anual de três semanas”, afirma Jana Stoman, Executive Manager dos World Luxury Awards.

Situado no topo de uma falésia algarvia, o W Algarve apresenta um design sofisticado e marcante, com interiores coloridos que contam histórias, assumindo-se como o local perfeito para uma escapadinha no sul do país.

Recorde-se que os World Luxury Awards distingue anualmente os melhores Hotéis, Spas, Restaurantes e Estabelecimentos de Viagens com um serviço de excelência a nível mundial. Os prémios são entregues numa base nacional, regional, continental e global, e os vencedores são selecionados por votação pública online.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Lucro da Air France/KLM no 3.º trimestre supera período homólogo de 2019

No 3.º trimestre do ano, que corresponde ao pico do verão, as companhias aéreas do grupo Air France/KLM transportaram ainda 25 milhões de passageiros, subida de 47,6% face a igual período do ano passado.

Publituris

No terceiro trimestre de 2022, o Grupo Air France/KLM registou um lucro de 460 milhões de euros, valor que já é superior ao registado no mesmo período de 2019 e que dá esperança ao grupo de aviação franco-holandês de que será possível terminar 2022 com um lucro superior a 900 milhões de euros.

De acordo com o Grupo Air France/KLM, entre julho e setembro, foi registado um volume de negócios de 8.110 milhões de euros, o que traduz um crescimento de 77,6%, num resultado que foi superior em 500 milhões de euros ao do terceiro trimestre de 2019, antes da pandemia da covid-19.

Com o lucro do terceiro trimestre, a empresa apresenta resultados líquidos de 232 milhões de euros desde o início do ano, depois de prejuízos de 7.100 milhões de euros em 2020 e de 3.300 milhões de euros em 2021.

O resultado permite que a Air France/KLM possa voltar a reduzir a sua dívida, tendo o grupo de aviação anunciado já que tenciona antecipar o pagamento de mil milhões de euros dos 3.500 milhões de euros em empréstimos garantidos pelo Estado francês.

Os resultados financeiros foram também acompanhados por uma melhoria dos resultados operacionais, já que, neste trimestre, que corresponde ao pico do verão, as companhias aéreas do grupo transportaram 25 milhões de passageiros, o que indica uma subida de 47,6% face a igual período do ano passado.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Solférias e Emirates reforçam parceria com agências de viagens na linha da frente

O operador turístico Solférias e a companhia aérea Emirates reforçam a sua longa parceria e colocam as agências de viagens na linha da frente.

Publituris

Pautando o seu posicionamento no mercado pela escolha cuidada dos diferentes parceiros, o operador turístico Solférias reforça a sua colaboração com a Emirates juntando os agentes de viagens num “cocktail sunset”, que decorreu em Lisboa, cujo objetivo foi apresentar as novidades das duas partes.

Perante uma plateia de cerca de 50 agentes de viagem, o momento de networking serviu também para apresentar os destinos Solférias operados em conjunto com a Emirates, com destaque para os bloqueios de fim de ano e relembrando a existência de uma brochura digital dedicada aos mesmos.

Por parte da Emirates, a apresentação incidiu sobre as novidades para 2023 a nível de operações e de produtos, nomeadamente a nova cabine “Premium Economy” com serviço a bordo diferenciado, já disponível em algumas rotas da Emirates.

Com este evento, a Solférias e a Emirates “demonstram a forte parceria e excelente relação entre as duas entidades, que sai ainda mais reforçada através de outras ações de promoção programadas em 2022, nomeadamente a publicação da brochura dedicada e a realização, muito em breve, de visitas em conjunto nas cidades de Lisboa e Porto” indica nota de imprensa do operador turístico.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
novo aeroporto
Transportes

Mudança da Vueling para o Terminal 2 do aeroporto de Lisboa acontece a 4 de novembro

A ANA Aeroportos de Portugal explica que a mudança se deve à alteração das “quotas de mercado das companhias aéreas” no aeroporto de Lisboa e visa “garantir uma utilização otimizada dos recursos aeroportuários”.

Publituris

A ANA Aeroportos de Portugal veio esta sexta-feira, 28 de outubro, esclarecer que a mudança da Vueling para o Terminal 2 do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, acontece a 4 de novembro, ao contrário do que a empresa que gere os aeroportos nacionais tinha inicialmente indicado.

Numa nota informativa enviada à imprensa, a ANA Aeroportos de Portugal explica que a mudança se deve à alteração das “quotas de mercado das companhias aéreas no Aeroporto Humberto Delgado” e visa “garantir uma utilização otimizada dos recursos aeroportuários”.

Esta alteração já tinha sido comunicado a 20 de outubro, ainda que, na ocasião, a ANA Aeroportos de Portugal indicasse que a passagem da Vueling para o Terminal 2 da infraestrutura aeroportuária lisboeta deveria acontecer a 30 de outubro, data em que também a easyJet e a Eurowings mudam de terminal, passando a low cost britânica para o Terminal 1, enquanto a transportadora de baixo custo do Grupo Lufthansa passa a operar no Terminal 2.

A ANA Aeroportos de Portugal pede, no entanto, aos passageiros que contactem a companhia aérea ou consultem o website do aeroporto de Lisboa, de forma a obterem mais informações.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Dolce by Wyndham CampoReal Lisboa tem novo diretor de F&B

Ricardo Soares Ferreira é o novo diretor de F&B do Dolce by Wyndham CampoReal Lisboa, ficando responsável pela estratégia da área nos bares e restaurantes do hotel, e pelo serviço de banquetes para eventos e MICE.

Publituris

O Dolce by Wyndham CampoReal Lisboa anunciou esta quinta-feira, 27 de outubro, a contratação de Ricardo Soares Ferreira para diretor de Comidas & Bebidas (F&B), profissional que passa a ser responsável pelo “desenvolvimento da estratégia da área no que toca ao serviço dos quatro restaurantes e bares do hotel, assim como o serviço de banquetes para eventos de lazer e MICE”.

Num comunicado enviado à imprensa, a unidade hoteleira indica que, antes de chegar ao Dolce by Wyndham CampoReal Lisboa, Ricardo Soares Ferreira esteve cerca de oito anos em unidades da marca Tivoli Hotels & Resorts, onde foi, numa primeira fase, diretor do restaurante Hippopotamus, no hotel Tivoli Oriente Lisboa, passando, posteriormente, a diretor de F&B do mesmo hotel, liderando uma equipa de 80 pessoas.

Mais recentemente, Ricardo Soares Ferreira passou pelo grupo Marriot Hotels & Resorts, onde também exerceu o cargo de diretor de comidas e bebidas, acrescenta a informação divulgada.

O novo diretor de F&B do Dolce by Wyndham CampoReal Lisboa é formado pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, conta com mais de 20 anos de experiência em gestão hoteleira, catering, consultoria, direção de F&B, e operacionalização em eventos.

Ricardo Soares Ferreira começou o seu percurso profissional no Hotel Vila Galé Estoril e, posteriormente, passou também pelo grupo Portugália e Areas Portugal, onde este sempre em funções de direção e coordenação.

Ricardo Soares Ferreira integrou ainda a gestão de F&B nas edições de 2012, 2014, 2016 e 2018 do festival Rock in Rio Lisboa, e mais recentemente do festival MEO Kalorama.

“O Dolce by Wyndham CampoReal Lisboa é um projeto simultaneamente desafiante e entusiasmante. Com a minha experiência, espero promover o desenvolvimento da qualidade do serviço de comidas e bebidas, principalmente no segmento de eventos e reuniões, onde a marca Dolce Hotels & Resort é já bastante reconhecida e onde o nosso objetivo de crescimento, enquanto propriedade, é mais ambicioso”, afirma o novo diretor de F&B do hotel, citado no comunicado divulgado.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Porto Duck Tours lança passeios no Douro em veículos anfíbios

Os passeios que são realizados em terra e na água, a bordo de veículos anfíbios, originais da segunda guerra mundial, conhecidos como DUKW.

Publituris

A Porto Duck Tours vai passar a disponibilizar uma nova forma de conhecer o Porto e Gaia a partir do rio Douro, passeios que são realizados em terra e na água, a bordo de veículos anfíbios, originais da segunda guerra mundial, conhecidos como DUKW.

“Diferentemente de outros anfíbios modernos, os nossos “patos” têm características únicas e transportam-nos aos meados do século passado com o seu design da época”, indica a Porto Duck Tours, num comunicado enviado à imprensa esta quinta-feira, 27 de outubro.

Os novos passeios, cujos bilhetes vão estar em breve à venda, não implicam mudança de veículo, já que os DUKW podem circular em terra e na água, o que, segundo a empresa, permite disponibilizar “o passeio mais elegante da cidade”.

Para mais informações sobre estas nova atividade no Porto, está disponível o e-mail [email protected], assim como o número de telefone 913 029 944.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Arquivo: WTM London 2017

Destinos

WTM London confirma realização apesar da greve nos transportes na capital britânica

O WTM London está a aconselhar os participantes a utilizarem “rotas alternativas” para chegarem ao ExCel London, já que está marcada uma greve que deverá afetar os comboios de Londres no primeiro e último dia do certame.

Publituris

A organização do World Travel Market London (WTM) veio esta quinta-feira, 27 de outubro, confirmar a realização da feira, apesar da greve que deverá afetar os comboios na capital britânica, no primeiro e último dia do certame.

“É decepcionante que tenham sido convocadas greves no primeiro e no último dia do World Travel Market London, mas a nossa mensagem é: negócios como de costume”, considera Juliette Losardo, diretora do WTM London.

Devido à greve, que deverá provocar perturbações nos comboios e possivelmente também em algumas linhas de metro de Londres, o WTM London está a aconselhar expositores e visitantes a confirmarem a disponibilidade dos transportes antes de se deslocarem para a feira, através do site www.tfl.gov.uk ou a aplicação “TfL Go”.

A organização da feira sugere também a utilização de viatura própria nas deslocações para o certame, uma vez que o ExCel London disponibiliza 1.500 lugares de estacionamento, além de contar com vários outros parques de estacionamento nas proximidades.

“Não é tarde demais para participar do principal evento da indústria de viagens”, acrescenta Juliette Losardo, indicando que “existem rotas alternativas” e que a feira está a aconselhar os participantes a “planearem a sua deslocação com antecedência”.

Recorde-se que o WTM London vai decorrer entre 7 e 9 de novembro, no ExCel London, na capital britânica, sendo considerada uma das principais feiras de turismo da Europa.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.