Edição digital
Assine já
PUB
Aviação

Aeroportos espanhóis crescem 3,3% em Novembro

Durante o mesmo mês, as companhias low-cost cresceram em 9,6% no transporte de passageiros relativamente ao ano anterior.

Publituris
Aviação

Aeroportos espanhóis crescem 3,3% em Novembro

Durante o mesmo mês, as companhias low-cost cresceram em 9,6% no transporte de passageiros relativamente ao ano anterior.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Na BTL: Bestravel disponibiliza projeto piloto de aventura interativa
Agências
in.to: Business Tourism mostra na BTL que “o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”
Meeting Industry
TUI Portugal apresentou novos catálogos na BTL
Distribuição
PortoBay adquire TUI Blue Falésia após acordo de joint venture com o grupo Humbria
Alojamento
APG Portugal é o novo GSA da FlyAngola no mercado português
Aviação
SIXT volta à BTL a 28 de fevereiro com novidades
Unidade da Hoti Hotéis em Luanda deverá abrir entre 2027 e 2028
Alojamento
Nova Edição: O Turismo nas eleições, os vencedores dos “Portugal Trade Awards”, as tendências dos mercados emissores, entrevistas Cabo Verde, BTL e easyJet, NDC e Turismo Cultural
Turismo
E os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024” são:
Prémios
Sonhando reforça operação charter para Djerba em voos TAP de 5 de junho a 18 de setembro
Distribuição

Durante o mês de Novembro, os aeroportos espanhóis acolheram cerca de 3,9 milhões de passageiros, o que representa um aumento de 3,3% face ao mesmo período do ano anterior.

Segundo o Hosteltur.com, do total do número de passageiros transportados, 1,77 milhões escolheram as companhias aéreas de baixo para voar para o país, o que representa um aumento de 9,6% em relação ao período homólogo de 2013.

De notar ainda que, do total dos passageiros transportados nos aeroportos de Espanha, as companhias de baixo custo transportaram 45,4% durante o mês de Novembro.

Já as transportadoras tradicionais transportaram mais de 2,13 milhões de passageiros, representando os restantes 54,6% do total, mas que representa um decréscimo de 1,4% em relação ao mesmo mês de 2013.

A Ryanair, a easyjet e a Vueling são as companhias aéreas low cost que continuam a liderar o número de chegadas do fluxo aéreo internacional recebido na Espanha.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Na BTL: Bestravel disponibiliza projeto piloto de aventura interativa
Agências
in.to: Business Tourism mostra na BTL que “o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”
Meeting Industry
TUI Portugal apresentou novos catálogos na BTL
Distribuição
PortoBay adquire TUI Blue Falésia após acordo de joint venture com o grupo Humbria
Alojamento
APG Portugal é o novo GSA da FlyAngola no mercado português
Aviação
SIXT volta à BTL a 28 de fevereiro com novidades
Unidade da Hoti Hotéis em Luanda deverá abrir entre 2027 e 2028
Alojamento
Nova Edição: O Turismo nas eleições, os vencedores dos “Portugal Trade Awards”, as tendências dos mercados emissores, entrevistas Cabo Verde, BTL e easyJet, NDC e Turismo Cultural
Turismo
E os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024” são:
Prémios
Sonhando reforça operação charter para Djerba em voos TAP de 5 de junho a 18 de setembro
Distribuição
PUB
Agências

Na BTL: Bestravel disponibiliza projeto piloto de aventura interativa

A Bestravel disponibiliza, durante os cinco dias da BTL, uma aventura interativa com base na plataforma ‘Triportation’ powered by Amadeus.

Publituris

Este novo conceito de realidade virtual, desenvolvido em parceria com a Amadeus, de acordo com a rede de agências de viagens em regime de franchising, promete revolucionar a forma como os visitantes interagem com destinos turísticos, estando disponível na feira uma viagem virtual às tartarugas de Cabo Verde.

A Bestravel refere que experiência ‘Triportation’ foi desenhada para ser intuitiva e acessível para visitantes de todas as idades, garantindo que cada participante saia com uma maior apreciação pela beleza e pela importância da conservação marinha.

A experiência estará disponível durante todos os dias da BTL, com a equipa da Bestravel pronta para guiar os visitantes nesta viagem virtual.

“Na Bestravel, estamos sempre à procura de formas inovadoras de envolver os nossos clientes e proporcionar-lhes experiências memoráveis,” referiu Carlos Baptista, administrador da rede, para realçar que, com este projeto-piloto “estamos a testar um novo padrão para um turismo interativo e educativo”.

Refira-se que, o lançamento desta experiência na BTL é apenas o começo de um projeto da marca de oferecer uma experiência mais dinâmica e interativa ao seu cliente, diz a marca, que aponta que, na Bestravel, o uso de tecnologia é fundamental para proporcionar aos viajantes uma nova forma de explorar o mundo antes mesmo de fazerem as malas.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

in.to: Business Tourism mostra na BTL que “o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”

Maria Xavier, Business Tourism Director da in.to: Business Tourism, revelou que, com esta participação na BTL, a nova marca UPPartner pretende “aumentar o conhecimento da marca e dos seus serviços ao mesmo tempo que damos a conhecer a nossa equipa. Importa mostrar como é que o Turismo com Propósito pode beneficiar as empresas”.

Publituris

A in.to: Business Tourism, a nova marca da UPPartner que promete trazer um novo propósito ao turismo de negócios, está presente na BTL. Esta participação tem como objetivo reforçar a posição da marca como referência no mercado de turismo de negócios em Portugal e divulgar o seu compromisso com o Turismo com Propósito, que combina o sucesso empresarial com a responsabilidade social e ambiental.

Através de um espaço com elementos visuais atraentes, interatividade e mensagens impactantes, todos serão convidados, durante a Feira, a refletir sobre como as suas escolhas nos negócios podem ter um impacto positivo no mundo. “Queremos por isso convidar todos a visitarem o nosso espaço onde, através da nossa ativação “in.to: Discover”, poderão descobrir como é que negócios e propósito se conectam de forma envolvente e inspiradora”, disse a responsável pela nova marca.

O stand da in.to: Business Tourism visa inspirar e educar sobre a importância do turismo com propósito e será transformado numa viagem multissensorial, através do uso da realidade aumentada, pelas paisagens de Portugal.

Neste espaço será ainda possível participar numa ativação com postais, dando uma segunda vida a uma parte dos materiais que compõem o expositor da marca. Ao levar para casa um pedaço do stand, os visitantes levam consigo não apenas uma peça de decoração, mas também um lembrete tangível do compromisso das empresas com as práticas responsáveis e significativas no turismo de negócios.

Será ainda oferecido a todos os visitantes um marcador de livros em papel de sementes, brinde que pretende não apenas promover a marca ou a consciencialização ambiental, mas também refletir os valores das empresas em oferecer soluções sustentáveis e responsáveis.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

TUI Portugal apresentou novos catálogos na BTL

Novos catálogos e campanha de incentivo para agentes de viagens foram duas novidades do operador turístico TUI Portugal anunciadas no primeiro dia da BTL.

Publituris

A TUI Portugal, que marca presença na BTL com um espaço exclusivo no Pavilhão 4, apresentou ao mercado, esta quarta-feira, três novos catálogos: “Tendências”, “Viagens sem Fronteiras” e “Safaris” – este último em colaboração da Emirates.

“Tendências” TUI é o catálogo que reflete o espírito de especialista do operador, já que inclui uma seleção de destinos-tendência para a temporada 2024/2025. Já o “Viagens sem fronteiras” revela o vasto portefólio de produtos da TUI Portugal, em destinos onde a sua expertise é reconhecida, mas também em novas ofertas para destinos como Moçambique, Sri Lanka, Dubai & Abu Dhabi, Peru, entre outros. “Com um novo formato, acreditamos que este catálogo é uma excelente ferramenta de vendas e de conhecimento do destino”, refere o operador turístico.

“Safaris” é a grande novidade deste ano. Em colaboração com a Emirates, este catálogo é exclusivamente dedicado às experiências de safari, com propostas para destinos como África do Sul, Quénia, Tanzânia, Namíbia e Botswana.

Para os agentes de viagens, a TUI Portugal aproveitou o momento da apresentação dos catálogos para anunciar o lançamento de três ofertas de incentivo. Para o período da campanha exclusiva BTL, que decorre entre 1 e 17 de março, o melhor vendedor dos resorts Hard Rock Maldives e SAii Lagoon Maldives, irá ser premiado com uma estadia de quatro noites, em pensão completa, para duas pessoas combinada entre ambos os resorts. Esta oferta inclui os transferes (ida e volta) em speedboat.

Por outro lado, o primeiro agente de viagens a confirmar cinco reservas para as Maldivas, será contemplado com uma estadia de quatro noites para duas pessoas, em pensão completa, no hotel TUI Blue Olhuveli, de cinco estrelas.

Além disso, o melhor vendedor da campanha BTL da TUI Portugal, ganha uma estadia para duas pessoas, com tudo incluído, no hotel The Mora Zanzibar, de cinco estrelas, que irá estrear a nova marca do Grupo TUI, no nicho dos hotéis de luxo.

Nos dias abertos ao público (1 a 3 de março), o operador turístico volta a disponibilizar no seu stand balcões de atendimento para apoio ao cliente final, com mais de 150 ofertas a serem disponibilizadas ao mercado, com descontos e condições exclusivas em vários destinos. Para quem fizer a reserva presencialmente na BTL, a TUI Portugal tem reservado um brinde especial e uma vantagem adicional no sorteio de uma viagem a Bali, com estadia para duas pessoas no cinco estrelas The Mulia Resort.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

PortoBay adquire TUI Blue Falésia após acordo de joint venture com o grupo Humbria

O grupo PortoBay celebrou um acordo de joint venture com o grupo Humbria, passando assim a deter a propriedade imobiliária a 50% do PortoBay Falésia e do TUI Blue Falésia, que passará a designar-se PortoBay Blue Ocean.

Carla Nunes

A novidade foi avançada esta quarta-feira, 28 de março, por António Trindade, presidente do PortoBay Hotels & Resorts, durante a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que explicou que este acordo decorre numa altura em que se aproximava o “possível término ou renovação de contrato” do PortoBay Falésia, a par da vontade do grupo em “crescer no Algarve”.

Apesar de tanto o PortoBay como o grupo Humbria deterem partes iguais de ambas as propriedades imobiliárias, a gestão hoteleira destas duas unidades ficará a cargo do PortoBay. Em causa está um investimento superior a 150 milhões de euros, que inclui a requalificação dos hotéis.

Numa conversa com os jornalistas, António Trindade explicou que o PortoBay Falésia, de 314 quartos, passará a estar “mais vocacionado para o lazer desportivo”, após uma renovação que vai decorrer de janeiro a março.

Já o TUI Blue Falésia, de 349 quartos, será reconvertido no PortoBay Blue Ocean, onde o foco será a criação de “produtos de lifestyle”, como indica António Trindade. A atual exploração por parte da TUI cessa no princípio de dezembro, altura em que o hotel vai fechar por um período de seis meses para as obras de remodelação que o vão transformar no PortoBay Blue Ocean.

Sobre este acordo com o grupo Humbria, António Trindade refere que o PortoBay sente a “necessidade de consolidar em termos patrimoniais” os seus investimentos, “num mundo onde há excesso de dinheiro e uma necessidade enorme de fundos de investimento irem à procura de novos projetos”.

Créditos: Frame It

“O que temos assistido no mundo é que este aumento de procura de projetos tem criado um movimento tremendamente inflacionista nos preços da propriedade. Face a esta inflação, e sobretudo às exigências que se põe por parte dos fundos na renumeração destes ativos, leva a que os grupos [hoteleiros] que tenham uma maior posição em termos financeiros comecem a olhar de uma outra forma para novos investimentos imobiliários”, refere António Trindade.

Sobre os futuros projetos hoteleiros do grupo no Funchal e em Lagos, já comunicados anteriormente na Bolsa de Turismo de Lisboa de 2023, o PortoBay deu conta em comunicado de que a construção do PortoBay Old Town, um cinco estrelas no Funchal, deverá começar ainda este ano, prevendo-se a sua conclusão no início de 2027. Quanto à unidade de Lagos, um hotel no segmento cinco estrelas de 120 quartos, o grupo “aguarda a conclusão de um Plano de Pormenor que se encontra em fase final”.

Sobre o autorCarla Nunes

Carla Nunes

Mais artigos
Aviação

APG Portugal é o novo GSA da FlyAngola no mercado português

Apesar de não voar para aeroportos portugueses, a FlyAngola conta com uma rede de destinos relevantes para o mercado português, com destaque para os voos entre São Tomé e a ilha de Príncipe, bem como entre Luanda e Cabinda.

Publituris

A APG Portugal passou a representar comercialmente a FlyAngola no mercado nacional, depois de ter sido nomeada GSA da companhia aérea angolana em Portugal, segundo comunicado enviado à imprensa.

“Esta parceria estratégica visa fortalecer a presença e promover o desenvolvimento comercial da FlyAngola em Portugal”, lê-se na informação divulgada pela APG Portugal.

A empresa de representação salienta que, apesar da FlyAngola não voar para aeroportos portugueses, conta com uma rede de destinos que relevante, com destaque para os voos que a transportadora angolana opera entre São Tomé e a ilha de Príncipe, bem como entre Luanda e Cabinda, em aviões Embraer 145 de 50 lugares.

“A FlyAngola traz algo de muito relevante para o mercado Português que são os voos domésticos de São Tomé para a ilha do Príncipe. Estes vão permitir a reserva de grupos, todos os passageiros poderão levar uma mala de porão de 23kgs e acontecem em dias em que não existem voos ou em que existem menos voos entre as duas ilhas”, salienta Rute Rapaz, responsável pela APG em Portugal.

No caso dos voos entre Luanda e o enclave de Cabinda, que segundo a responsável é “a rota doméstica mais importante de Angola”, a FlyAngola tem ainda “tarifas flexíveis que permitem alterações de última hora, sem custos, o que é excelente para passageiros em ligação”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

SIXT volta à BTL a 28 de fevereiro com novidades

Durante 5 dias, a SIXT rent a car leva à FIL novos serviços e ofertas.

Brand SHARE

Há mais uma edição da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) a caminho e a SIXT rent a car regressa ao evento para divulgar os serviços e ofertas que estão a dar velocidade ao seu projeto de mobilidade premium.

Situado no Pavilhão 4, Stand 4D54, o espaço da SIXT na BTL será paragem obrigatória para agências de viagens e empresas do setor hoteleiro, entre outras do panorama nacional. Para este segmento em concreto, a rent a car tem novamente destinadas tarifas e condições especiais. De um modo abrangente, o público B2B terá aqui a oportunidade de contactar com as diversas possibilidades de parceria SIXT, assim como de descobrir descontos e outros benefícios associados. No stand, será ainda possível às empresas ficarem a par de outras soluções que a SIXT tem para oferecer, a exemplo do serviço de carsharing.

Até 3 de março, os visitantes poderão conhecer novos serviços da marca: o SIXT Ride, através do qual o cliente pode requisitar um motorista em território nacional ou internacional (um serviço útil para quem precisa de um transfer à chegada ao aeroporto ou numa viagem de negócios, por exemplo); o SIXT Guest, que lhe permite pedir uma viatura sem ter de sair do hotel em que está hospedado; e ainda o SIXT Luxury, destinado ao aluguer de viaturas Porsche. Trata-se de uma aposta da SIXT que contempla atualmente as versões mais recentes de 9 modelos da icónica marca germânica. A propósito, na BTL irá estar em exposição um Porsche 911, junto ao qual poderá tirar uma fotografia.

Com uma cobertura nacional em expansão – agora com 30 balcões em todo o país – e uma frota diversificada e cada vez mais sustentável, a SIXT apresenta-se na Bolsa de Turismo de Lisboa como a solução de mobilidade premium de todos os viajantes, sejam eles profissionais ou particulares. Para estes últimos, haverá um desconto exclusivo nos alugueres que sejam feitos diretamente no stand da rent a car na BTL e ainda brindes surpresa.

Em 2023, a SIXT voltou a ser distinguida a nível mundial como a melhor empresa para alugueres corporativos* (6º ano consecutivo), melhor rent a car de luxo* (8º ano consecutivo) e melhor serviço de chauffeur* (11º ano consecutivo).

*distinções atribuídas pela World Travel Awards nas categorias World’s Leading Business Car Rental Company, World’s Leading Luxury Car Rental Company e World’s Leading Luxury Chauffeur Service.

 

 

 

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Créditos: Angola Image Bank, via costalopes.com

Alojamento

Unidade da Hoti Hotéis em Luanda deverá abrir entre 2027 e 2028

O futuro Meliá Luanda ficará situado no complexo Luanda Waterfalls, que está a ser construído junto à Fortaleza de São Miguel. O hotel de cinco estrelas vai contar com 250 quartos.

Carla Nunes

O grupo Hoti Hotéis, que em janeiro deste ano já tinha dado conta da intenção de construir uma unidade hoteleira em Luanda, Angola, deu a conhecer esta quarta-feira, 28 de fevereiro, que o projeto deverá estar concluído entre 2027 e 2028.

O futuro Meliá Luanda, cujo nome ainda não está totalmente fechado, ficará localizado no complexo Luanda Waterfalls, próximo da Fortaleza de São Miguel, local onde estão a ser construídos cinco edifícios. De acordo com Miguel Proença, CEO do grupo Hoti Hotéis, o futuro hotel cinco estrelas do grupo vai ocupar um desses edifícios, com um total de 250 quartos.

“Há uma questão relevante de aportar fluxos novos, tal como aconteceu em Moçambique. A marca Meliá não tem expressão em Moçambique nem em Angola, portanto, o tema da localização [junto à fortaleza] é aqui fundamental para a afirmação do hotel, mesmo dentro da própria Meliá”, referiu Miguel Proença num almoço de imprensa esta quarta-feira.

O CEO do grupo Hoti Hotéis referiu ainda que “percebe-se claramente que para a Meliá o facto de termos firmado uma posição primeiro em Maputo, e agora em Luanda, é relevante, porque vem na sequência de contratos de gestão diretos que têm estado a firmar noutras localizações em África, como no caso da Tanzânia, [por exemplo]”.

Por enquanto, o valor de investimento neste novo hotel ainda não foi colocado em cima da mesa, conhecendo-se apenas que a Hoti Hotéis “terá uma uma parcela claramente minoritária”, de acordo com Miguel Proença.

Para este hotel a expetativa é a de captar clientes do mercado de reuniões, incentivos, congressos e exposições (MICE, na sua sigla em inglês), entendendo-se que o mercado da Península Ibérica é o que “mais facilmente reconhecerá a marca Meliá”.

Leia também: Grupo Hoti Hotéis aponta para receitas de 110 M€ em 2024 e tem Galiza e Angola no horizonte

Miguel Proença deu ainda conta da remodelação total que o grupo está a levar a cabo no hotel TRYP Lisboa Caparica Mar, na qual investiu 1,8 milhões de euros, e das renovações “pontuais” que estão a realizar no Meliá Setúbal – neste caso na receção e na zona de spa – e no Meliá Castelo Branco, com a construção de uma piscina exterior.

Sobre o autorCarla Nunes

Carla Nunes

Mais artigos
Turismo

Nova Edição: O Turismo nas eleições, os vencedores dos “Portugal Trade Awards”, as tendências dos mercados emissores, entrevistas Cabo Verde, BTL e easyJet, NDC e Turismo Cultural

A edição do jornal Publituris que marca o 56.º aniversário da publicação está recheada de temas diversos. O Turismo nas eleições; as tendências dos principais mercados emissores de turismo; os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024”; destinos Solférias; a nova marca Porto e Norte; entrevistas Cabo Verde, BTL, easyJet; World2Fly; NDC; Turismo Cultural e Industrial em 132 páginas na mais antiga publicação do trade do turismo em Portugal.

Publituris

A próxima edição do jornal PUBLITURIS é especial. Especial porque é uma edição que estará na Bolsa de Turismo de Lisboa – BTL 2024. Especial porque traz uma perspectiva sobre o que vale o Turismo para os diversos partidos, com representação parlamentar, nas eleições de 10 de março. Especial porque divulga os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024”.

A começar, em plena campanha eleitoral, trazemos a importância do setor do Turismo nos diversos programas eleitorais dos partidos, com representação parlamentar. Procurámos o que os oito programas trazem em termos de referência ao “Turismo”, “TAP” e “Aeroporto”.

Aproveitando a presença na FITUR 2024, que se realizou de 24 a 28 de janeiro, em Madrid, o jornal Publituris analisa as principais tendências dos mercados emissores mais relevantes. Na conferência da UN Tourism (antiga Organização Mundial do Turismo – OMT), China, Índia, Médio Oriente, Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Espanha, EUA e Canadá deram a conhecer como é que os respetivos habitantes irão viajar em 2024.

Nesta edição, divulgamos os vencedores da 12.ª edição dos “Portugal Trade Awards”. Assim, os vencedores são: Solférias – “Melhor Operador Turístico”; Cosmos – “Melhor Agência Corporativa”; Consolidadro.com – “Melhor Consolidador”; Abreu – “Melhor DMC”; Abreu online – “Melhor Distribuidor B2B”; ATR – “Melhor GSA Aviação”; Amadeus – “Melhor Sistema Global de Distribuição”; CM Private Luxury Tours – “Melhor Empresa de Transfers”; Unlock Boutique Hotels – “Melhor Empresa Gestão Hoteleira”; GuestCentric – “Melhor Empresa de Software de Gestão Hoteleira (PMS)”; Merytu – “Melhor Startup”; Neoturis – “Melhor Consultoria e Assessoria em Turismo”; Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril – “Melhor Formação em Turimso”; Ageas – “Melhor Seguradora de Viagens”; Gr8 Events – “Melhor Empresa de Organização de Eventos”; MEO Arena – “Melhor Venue para Eventos e Congressos”; e, por último, a “Personalidade do Ano 2023”, prémio entregue a Luís Rodrigues, CEO da TAP Air Portugal.

Na “Distribuição”, damos a conhecer a oferta da Solférias para o verão de 2024. O operador turístico, através do evento “Oficina de Ideias, promoveu ações de formação sobre os destinos que constam da sua programação charter para o verão, designadamente, as ilhas do Sal e da Boavista, em Cabo Verde, Porto Santo, Hurgada (Egito), Monastir e Djerba (Tunísia), Saidia (Marrocos), Senegal e Zanzibar (Tanzânia).

Nos “Destinos”, entrevistámos o ministro do Turismo e Transportes de Cabo Verde, Carlos Santos, que admitiu que o destino ainda tem espaço para crescer em Portugal, mercado emissor que faz parte do top 5. Por isso, foi escolhido coo destino internacional convidado da edição 2024 da BTL.

Ainda nos “Destinos”, falámos com Luís Pedro Martins, presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), a propósito da nova marca e conceito da e para a região. De resto, Luís Pedro Martins salientou que a região “está no bom caminho para ter mais turismo e, muito importante, melhor turismo”.

No âmbito das comemorações dos 50 anos do 25 de abril de 1974, o jornal Publituris traz “Capas que fazem História”. Nesta edição mostramos a capa de 1 de março de 1974, edição essa que marcou o 6.º aniversário da publicação.

Com a realização da BTL 2024, de 28 de fevereiro a 3 de março, ficámos a saber que a grande ambição do maior evento do setor do turismo, em Portugal, passa “pelo mundo se mostrar em Portugal na BTL”. Pedro Braga, diretor-geral adjunto da FCE Lisboa – Feiras Congressos e Eventos, deixou a referência de que a BTL “tem a ambição de fazer regressar o Turismo de Portugal, apresentar um Conselho Estratégico e abrir a BTL ao mundo”.

Nos “Transportes”, José Lopes, country manager da easyJet Portugal, disse, em entrevista, que “Portugal continua a ter oportunidades interessantes para crescimento no futuro”. Isto, depois de a easyJet ter registado, em 2023, um ano histórico, e estimar voltar a crescer mais 6%, em 2024.

Ainda nos “Transportes”, depois de, em 2023, ter feito uma forte aposta nas Caraíbas, a World2Fly, companhia aérea do Grupo World2Meet (W2M) volta a disponibilizar, este verão, uma extensa oferta de voos para Cuba, República Dominicana e México. Além das Caraíbas, o grupo tem já no mercado uma vasta programação, com destaque para destinos com a Albânia ou Zanzibar.

Na “Tecnologia”, o tema é NDC. Para tal, entrevistámos um especialista na área da aviação comercial, Mário Almeida, desvendamos, em primeira pessoa, a estratégia da TAP sobre a matéria, e damos a conhecer a APG Platform NDC.

Para finalizar, o “Dossier” desta edição é dedicado ao Turismo Cultural e Industrial. Num país onde, queiramos ou não, a cultura é vista (infelizmente) como um parente pobre, o turismo literário tem conseguido combater este cenário. Contudo, a tarefa não é fácil e o Turismo de Portugal tem-se esforçado por colocar o Turismo Literário – e não só – no mapa de diversificação da oferta turística, para dentro e para fora.

Já no Turismo Industrial, na vila mineira no Baixo Alentejo, é possível recuar 5000 anos para encontrar os primeiros indícios de mineração na área de Aljustrel. Constituindo ainda uma das minas em atividade mais antigas do mundo, nasceu, recentemente, o Parque Mineiro de Aljustrel, revelando Marcos Aguiar, coordenador deste projeto, tratar-se de um produto “muito genuíno e com alicerces históricos muitos robustos”.

Tudo isto além do Check-in, e das opiniões de Francisco Jaime Quesado (Economista e gestor); Ana Jacinto (AHRESP); Carlos Torres (Jurista), Pedro Castro (SkyExpert); Joaquim Robalo de Almeida (ARAC); e Jan-Erik Ringertz (Highgate Portugal).

A versão completa desta edição é exclusiva para subscritores do Publituris. Pode comprar apenas esta edição ou efetuar uma assinatura do Publituris aqui obtendo o acesso imediato.

Para mais informações contacte: Carmo David | [email protected] | 215 825 430

Nota: Se já é subscritor do Publituris entre no site com o seu Login de assinante, dirija-se à secção Premium – Edição Digital e escolha a edição que deseja ler, abra o epaper com os dados de acesso indicados no final do resumo de cada edição.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Prémios

E os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024” são:

Foi no primeiro dia da BTL 2024 que foram conhecidos os 17 vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024”. Destaque para o prémio de “Personalidade do Ano” entregue a Luís Rodrigues, CEO da TAP Air Portugal.

Publituris

Os vencedores dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024” foram conhecidos no arranque do primeiro dia, 28 de fevereiro, da Bolsa de Turismo de Lisboa – BTL 2024.

O evento que contou com a presença do secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda; presidente do Turismo de Portugal, Carlos Abade; presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros; presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), Pedro Costa Ferreira, presidente e vice-presidente executiva da Associação da Hotelaria de Portugal, Bernardo Trindade e Cristina Siza Vieira, respetivamente; vogal do Conselho Diretivo do Turismo de Portugal, Lídia Monteiro; entre outros, deu a conhecer os vencedores nas 16 categorias que estavam a votação, bem como a “Personalidade do Ano”.

Luís Rodrigues, CEO da TAP Air Portugal, foi a “Personalidade do Ano 2023”, prémio que não esteve sob votação e foi atribuído diretamente pela redação do Publituris.

Nas outras categorias, os vencedores foram:

MELHOR OPERADOR TURÍSTICO             
Solférias

MELHOR AGÊNCIA CORPORATIVA
Cosmos

MELHOR CONSOLIDADOR
Consolidador.com

MELHOR DMC
Abreu Events

MELHOR DISTRIBUIDOR B2B
Abreu online

MELHOR GSA AVIAÇÃO
ATR

MELHOR SISTEMA GLOBAL DE DISTRIBUIÇÃO
Amadeus

MELHOR EMPRESA DE TRANSFERS
CM Private Luxury Tours

MELHOR EMPRESA GESTÃO HOTELEIRA
Unlock Boutique Hotels

MELHOR EMPRESA SOFTWARE DE GESTÃO HOTELEIRA (PMS)
GuestCentric

MELHOR STARTUP
merytu

MELHOR CONSULTORIA E ASSESSORIA TURISMO
Neoturis

MELHOR FORMAÇÃO TURISMO
Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril

MELHOR SEGURADORA DE VIAGENS
AGEAS

MELHOR EMPRESA DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS
GR8

MELHOR VENUE PARA EVENTOS E CONGRESSOS
Altice Arena

PERSONALIDADE DO ANO
Luís Rodrigues, CEO TAP Air Portugal

*Pode rever os melhores momentos dos “Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2024” na próxima edição do jornal Publituris.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Sonhando reforça operação charter para Djerba em voos TAP de 5 de junho a 18 de setembro

O operador turístico Sonhando anunciou, esta quarta-feira, no primeiro dia da BTL, que colocou à venda no mercado o sexto veio para a Tunísia, o segundo de Lisboa para Djerba, que vai ser operado pela TAP Air Portugal, às quartas-feiras, entre 5 de junho e 18 de setembro, num total de 15 partidas.

“Depois de uma grande luta é, para nós, uma vitória”, dizia José Manuel Antunes, diretor-geral da Sonhando, quando se referia, esta quarta-feira, durante a BTL, ao reforço da sua programação charter de verão para a Tunísia, designadamente, entre Lisboa e Djerba com a TAP, “colaboração essa que se tinha perdido desde a pandemia e que volta a existir no mercado português, uma excelente notícia para o trade e para os operadores turísticos e penso que também para a TAP”.

Outro dado importante avançado aos jornalistas por José Manuel Antunes: “Chegámos ao princípio da BTL com um aumento de vendas em relação ao ano anterior superior a 300%, que é uma coisa alucinante, e isso deve-se, sobretudo, ao facto de termos antecipado a distribuição e divulgação da programação, mas deve-se, também, na minha opinião, a uma reeducação do mercado em saber que, com a venda antecipada, tem mais benefícios do que com o last minute. Isto é muito importante para nós operadores, para os agentes de viagens e também para todo o trade.

Por sua vez, no encontro com os jornalistas, Fernando Bandrés, diretor comercial da Sonhando referiu que “em relação à programação charter para este verão, estamos a reforçar os destinos que já tínhamos, avançando que a novidade é a ligação de Lisboa para Hurgada e “aí temos feito um reforço da contração dos serviços terrestres para poder também comercializar hotéis na zona turística de El Gouna, que é se localiza a norte do aeroporto de Hurgada, que podemos considerar como uma Vilamoura do Mar Vermelho, com segmento mais de alto ao nível da hotelaria e de qualidade que podemos encontrar na estância turística”.

No entanto, o diretor geral do operador turístico disse que “temos tudo preparado para a operação entre Lisboa e Hurgada, mas falta-nos o slot, que ainda não estão todos distribuídos”.

José Manuel Antunes apontou que “temos a nossa sede em Lisboa, gostamos muito do mercado do Porto, mas o nosso negócio principal está em Lisboa”, acrescentando que, por exemplo, para Monastir, na Tunísia “temos dois voos semanais do Porto e zero de Lisboa porque não conseguimos arranjar slot, o que é inacreditável. E para conseguir viabilizar o segundo voo de Djerba, onde temos três do Porto, foi preciso meter a TAP ao ‘barulho’, que deixou de aproveitar um slot de um voo regular para realizar esta operação”, frisou, para acentuar que “a situação é mesmo dramática”.

Para além do reforço da operação charter para a Tunísia com este sexto voo, Bandrés destacou que o operador turístico mantém os destinos clássicos da casa como é o Porto Santo.

Mas há outras novidades, salientou o diretor comercial do operador turístico: “Uma pequena seleção de circuitos pela Ásia que iremos lançar nas próximas semanas – Vietname, Camboja, Sri Lanka, um produto completamente novo para a Sonhando e acho que vai ser também uma mais-valia para o trade, que inclui também a Ásia Central, nomeadamente, o Casaquistão, Turquestão, destinos novos no mercado português”.

José Manuel Antunes destacou que no ranking das vendas neste momento são o Porto Santo, do Porto, em primeiro lugar, e o Djerba, de Lisboa, em segundo, “destinos que, no final da semana passada já tínhamos ultrapassado os 50% do total da operação, ou seja 64% e 52% de todos os lugares disponíveis, respetivamente”.

Refira-se que, em charters, a Sonhando tem contratados 8.071 lugares, dos quais 2.596 já estão vendidos.

A concluir, José Manuel Antunes deu conta que o Brasil, em voos regulares para cinco destinos com a TAP, está a vender muito bem, “o que é para continuar a reforçar”, bem como a ‘menina bonita’ da Sonhando, São Tomé e Príncipe, “onde estamos a crescer a três dígitos face ao ano anterior, e que queremos continuar a apostar porque, é um grande destino, há novas unidades hoteleiras, e a satisfação dos clientes é cada vez maior”.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.