Assine já
Destinos

CNIG e TP lançam novo portal de golfe

O site funciona, simultaneamente, como plataforma de reservas e ferramenta de informação.

Tiago da Cunha Esteves
Destinos

CNIG e TP lançam novo portal de golfe

O site funciona, simultaneamente, como plataforma de reservas e ferramenta de informação.

Sobre o autor
Tiago da Cunha Esteves
Artigos relacionados
Start-up Hole19 lança ferramenta para promover Portugal no golfe
Destinos
Golfe
“Can’t Skip Portugal” é a nova campanha de promoção internacional
Homepage
Programa "Al for All"
TP e FPF investem 320 mil euros para promover Portugal
Destinos
Algarve promove oferta de golfe no IGTM
Destinos

O Conselho Nacional da Indústria do Golfe (CNIG) e o Turismo de Portugal lançaram esta terça-feira o primeiro portal de golfe português online, disponível aqui. O site, destinado a jogadores de golfe e operadores turísticos, agrega simultaneamente a função de plataforma de reservas online e de ferramenta de informação.

O Turismo de Portugal informa que o site proporciona ainda “destaques sobre pontos de interesse turístico com relação potencial com o golfe e uma área de partilha de conhecimento e informação técnica para a Indústria da modalidade, no âmbito da dinamização do Clube de Produto”.

O portal permite fazer reservas “just in time”, sem intermediários, directamente no campo onde o jogador pretende jogar. Por outro lado, “permite também efectuar reservas múltiplas (várias saídas em um ou mais campos) para um ou vários jogadores em simultâneo (grupo) até seis campos no máximo, dentro da mesma operação e com um único pagamento”.

Sobre o autorTiago da Cunha Esteves

Tiago da Cunha Esteves

Mais artigos
Artigos relacionados
Distribuição

Egotravel relança destino Tailândia com mais oferta

Operador turístico Egotravel retoma pacotes para o destino Tailândia com mais programas e combinados para responder às necessidades dos agentes de viagens, dando-lhe a possibilidade de construir o produto de acordo com as suas necessidades.

A Tailândia, um destino considerado importante na programação da Egotravel, acaba de ser relançado, agora com mais programas e combinados permitindo, assim, ao agente de viagens de construir o produto de acordo com as necessidades do cliente.

Dos produtos disponíveis para consulta e reserva destacam-se ofertas para Bangkok, desde 1276€ no Hotel Cross Vibe Bangkok Sukhumvit 4* em regime APA, para a Ilha Phi Phi desde 1301€ no hotel P.P. Erawan Palms Resort 3* em regime APA, para Khao Lak desde 1565€ no Hotel Kalima Resort 5* em regime APA, para Koh Samui desde 1531€no Hotel Chaba Samui Resort 3* em regime APA, para Krabi desde 1238€ no Hotel Deevana Krabi Resort 4* em regime APA e finalmente, para Phuket desde 1226€ no Hotel Deevana Patong Resort & Spa 3* em APA.

Daniel Graça, diretor de Vendas da Egotravel, acredita que “temos uma oferta competitiva que irá responder às necessidades dos agentes de viagens seja em pacote de um destino como em combinados”.

Para amplificar a visibilidade do produto, o operador turístico vai dedicar o mês de abril à Tailândia com ofertas e conteúdos especiais de forma a promover o relançamento deste destino.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

19ª Convenção Airmet vai debater sustentabilidade numa Greentalks

Uma “Greentalk”, com o tema: “Sustentabilidade no Turismo” será um dos pontos altos da 19ª Convenção da Airmet, que decorrerá na Madeira de sexta-feira a domingo (24 a 26 de março).

A palestra, aberta apenas aos associados da rede contará com a presença de um painel de profissionais do turismo especialistas na área da sustentabilidade.

Na sequência da Certificação Biosphere Sustainable Lifestyle da Airmet, e com o compromisso já assumido por um futuro mais verde, Luís Henriques, diretor geral do grupo afirma que “o debate tem como principal objetivo incentivar as agências de viagens a implementar novas diretrizes e práticas sustentáveis no seu dia-a-dia, seguindo as tendências de futuro e, indiretamente, aumentar a rentabilidade do seu negócio”.

Desta forma, acrescentou, “estaremos na liderança de boas práticas de mercado, reforçando o nosso compromisso não só na sustentabilidade ambiental, mas igualmente com a sustentabilidade económica e social”.

O Grupo Airmet reforça, desta forma, o seu empenho na construção de valores para o futuro “é cada vez mais importante integrar o nosso setor nesta visão. Mais do que uma questão de consciência verde, implementar um plano de sustentabilidade é um autêntico potenciador de negócio”, sublinha Luís Henriques.”

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

ADHP desvenda programa do seu XIX Congresso

No ano em que a associação celebra 50 anos de atividade, o XIX Congresso da ADHP debate temas como a cibersegurança, a sustentabilidade e a captação de recursos humanos. Durante o evento, a ADHP incentiva ainda os participantes a abraçar o digital, uma vez que o congresso será paper e merchandising free.

O XIX Congresso da ADHP – Associação dos Diretores de Hotéis de Portugal, que decorre de 30 a 31 de março de 2023 no NAU Salgados Palace, em Albufeira, já tem programação disponível.

Sob o mote “Gerir na incerteza. Rethink the future”, o congresso da associação que este ano celebra 50 anos de atividade “irá abordar alguns dos temas mais prementes que marcam a atualidade na hotelaria e no turismo”, como indicado em comunicado. Nesse sentido, serão debatidos temas como a cibersegurança, a sustentabilidade e a captação de talentos no setor.

O primeiro dia do XIX Congresso Nacional da ADHP começa às 14h30 de 30 de março com a sessão de abertura, que contará com a presença de Fernando Garrido (presidente da ADHP), João Fernandes (presidente da Região de Turismo do Algarve), José Carlos Rolo (presidente da Câmara de Albufeira) e Alexandre Solleiro (CEO da Highgate Portugal).

Já às 16h00 decorre o primeiro painel do dia 30, “Sustentabilidade Social – Estudo do Mercado de Trabalho para o Setor do Turismo”, que terá como keynote speaker Carlos Costa (professor da Universidade de Aveiro), e a participação de Raul Ribeiro Ferreira (vice-presidente da ADHP).

Logo depois, às 17h15, será debatido o tema “Gestão na Incerteza”. Com moderação de João Simões (CEO da Sogenave), o painel reúne Alexandre Solleiro (CEO da Highgate Portugal), Carlos Alves (diretor regional de operações na Vila Galé Hotéis) e Hélder Martins (presidente da AHETA).

Para marcar o final do primeiro dia, o jantar e a entrega dos Prémios Xénios 2023 – que pretendem distinguir os profissionais portugueses da direção hoteleira que se tenham destacado no ano de 2022 – terão lugar às 20h00, no NAU Salgados Palace.

Segundo dia debate a importância dos dados para o setor

O segundo dia do congresso, 31 de março, terá início às 10h00 com um painel dedicado à “Cibersegurança”. O debate será moderado pelo professor Pedro Moita (presidente da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril – ESHTE) e contará com a presença do professor Pedro Machado (coordenador científico e presidente da Assembleia-Geral do Centro de Estudos em Segurança de Informação Cibersegurança e Privacidade – CESICP) e de Miguel Farinha (Paybyrd).

Durante a manhã, ainda sem hora definida, terá ainda lugar a apresentação “Empresa Social by THF”, ao cargo de Susana Garrett Pinto (fundadora e CVO da TEACH How to Fish – THF), que pretende explicar aos presentes, de forma breve, em que consiste uma empresa social.

Às 12h00, o debate incidirá sobre o tema: “A importância dos Dados para Cenários Previsionais”, num debate moderado por Luís Brites (CEO da CLEVER). O painel desta sessão será composto por Cristina Blaj (CEO e fundadora da Open Revenue Consulting), Fulvio Giannetti (CEO da Lybra Tech Intelligent Revenue Assistant), João Freitas (director of Growth & Partnerships da Host Hotel Systems) e Miguel Silva (CEO da MTI – Managing the Intelligence).

Ao início da tarde, às 15h00, as “Novas Tendências do Talento na Hospitalidade” serão o tema em destaque. Os oradores serão João Vieira (diretor de Recursos Humanos do Corinthia Hotel Lisbon), Madalena Carey (diretora da Happiness Business School) e Rosário Pinto dos Santos (hospitality recruiter na Stamina Hospitality). Carlos Diaz de la Lastra (Les Roches) será o keynote speaker da sessão.

O encerramento do XIX Congresso da ADHP terá lugar às 17h00 e contará com a presença de Fernando Garrido (presidente da direção da ADHP) e de Nuno Fazenda (secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços).

Congresso aposta na promoção da sustentabilidade

Pela primeira vez, o Congresso da ADHP será paper e merchandising free, uma forma de “convidar os participantes a repensarem a utilização do uso de papel, incentivando-os a recorrerem aos meios digitais”. Em comunicado, a associação afirma que “esta mudança para o digital representa a adoção de uma medida concreta face à consciência da pegada ambiental da associação e do seu principal evento”.

“Num ano em que comemoramos meio século de existência, queremos celebrar este congresso de modo sustentável e atento ao futuro. Ao mesmo tempo, não esquecemos a nossa missão de continuarmos a promover um fórum de debate e troca de ideias entre players de referência no setor do turismo e da hotelaria, não só a nível nacional, mas incluindo também parceiros internacionais. Estamos abertos ao melhor do que é feito na hotelaria lá fora e, por isso, este congresso é também, pela primeira vez, um Encontro Internacional de Diretores de Hotéis”, refere Fernando Garrido, presidente da ADHP.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Indústria dos cruzeiros quer inclusão da construção de navios no próximo Net Zero Industry Act

Declaração conjunta, assinada por companhias de cruzeiros, estaleiros navais e fabricantes de equipamento marítimo, durante o encontro europeu da CLIA, em Paris, pede mais financiamento e apoio à construção naval sustentável.

A indústria dos cruzeiros emitiu, durante a Cimeira Europeia 2023 da CLIA – Associação Internacional de Companhias de Cruzeiros, uma declaração conjunta que apela à Comissão Europeia e aos governos europeus que incluam a construção de navios e o setor da tecnologia marítima no próximo Net Zero Industry Act, de forma a que existam mais apoios à sustentabilidade para os cruzeiros.

Esta declaração conjunta, que foi assinada por companhias de cruzeiros, estaleiros navais e fabricantes de equipamento marítimo, durante o encontro europeu da CLIA, em Paris, assenta em quatro pontos fundamentais que visam acelerar a descarbonização do setor.

O “acesso mais rápido ao financiamento para a construção naval sustentável e para o fabrico de equipamento marítimo para apoiar a posição de liderança mundial da Europa neste setor” é o primeiro ponto desta declaração, que pede também a “expansão do apoio e dos incentivos aos programas de reequipamento e à utilização de energias renováveis para o setor marítimo”.

A criação de “um programa marítimo especializado como parte do Pacto Europeu para as Competências (EU Pact for Skills), para que as competências técnicas, digitais e verdes permaneçam na Europa” é outro dos pontos da declaração conjunta, que quer ainda colocar o “setor marítimo no centro da estratégia digital da UE para permitir a partilha de conhecimentos sobre as práticas avançadas de digitalização do setor”.

“As companhias de cruzeiros não disponibilizam apenas uma das mais populares opções de férias para os consumidores mas também já fazem parcerias com estaleiros e fornecedores de tecnologia marítima para alcançar a navegação zero emissões até 2050. Estão em curso projetos-piloto para testar novos combustíveis e soluções de propulsão, como baterias, tecnologia de células de combustível, biocombustíveis avançados e combustíveis sintéticos. Chegou o momento dos decisores políticos e governos europeus estabelecerem parcerias com o setor da tecnologia marítima”, considera Pierfrancesco Vago, presidente da CLIA.

De acordo com o responsável, o trabalho que os cruzeiros já fizeram e o conhecimento que já acumularam são “cruciais” para a sustentabilidade do setor e também da própria Europa, onde esta indústria tem ainda um elevado impacto económico.

No comunicado divulgado, a CLIA lembra que a “indústria dos cruzeiros gera um impacto económico significativo para as economias europeias”, não só porque o setor gerou, em 2021, um impacto económico de 41 mil milhões na Europa, apesar do reduzido volume de passageiros devido à pandemia, como pelos 315.000 postos de trabalho gerados.

Além disso, a CLIA diz que, nos próximos cinco anos, os estaleiros europeus vão construir os 62 navios de cruzeiro que estão atualmente encomendados, o que representa mais de 40 mil milhões de euros de investimento direto na Europa.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Reuniões regionais do grupo GEA até dia 30 de março

O conjunto de cinco encontros reúnem agências associadas e terminam a 30 de março, percorrendo as cidades de Coimbra, Porto, Lisboa, Albufeira e Funchal.

O Grupo GEA Portugal começa amanhã, 21 de março, em Coimbra, a primeira de cinco Reuniões Regionais que acontecerão até ao próximo dia 30 de março, reunindo com os responsáveis das suas agências associadas em Coimbra, no Vila Galé Coimbra, Porto, no Vila Galé Porto, e Lisboa, no Meliã Aeroporto, nos dias 22 e 23, respetivamente, e em Albufeira, no Vila Galé Cerro Alagoa, e Funchal, no The Views Monumental, a 28 e 30, completando assim as cinco sessões de trabalho.

A agenda destes encontros focará naquela que é a missão do Agrupamento de agências de viagem: “gerar mais margem e rentabilidade para o negócio dos seus associados”. Para tal, serão analisados tópicos como resultados e produções do ano de 2022, criação e melhoria de parcerias e oportunidades de desenvolvimento de negócio, bem como as ferramentas tecnológicas que criarão valor e que permitirão as agências de viagem estarem ainda mais bem preparadas para enfrentar as rápidas evoluções tecnológicas do sector.

Para Pedro Gordon, CEO da GEA Portugal, as Reuniões Regionais são “mais um momento importante, dos diversos que vamos tendo ao longo do ano, de proximidade com as nossas agências associadas para que possamos, juntos, construir um Agrupamento sólido, rentável e criador de valor individual e coletivo. Acreditamos que são fundamentais para alinharmos estratégias e visão, partilharmos novidades do sector e como planeamos encarar os desafios que se nos colocam sempre para enfrentarmos o futuro com sucesso.”

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

Meliá Lisboa Aeroporto oferece sete salas de reuniões completamente remodeladas

O hotel Meliá Lisboa Aeroporto dispõe agora de sete salas de reunião completamente remodeladas, que respondem a todas as necessidades dos clientes, podendo receber até 570 pessoas.

O hotel Meliá Aeroporto, recentemente remodelado, apresenta agora novos e amplos espaços multidisciplinares que oferecem modernidade, conforto e flexibilidade que permite agilizar qualquer tipo de evento, nas suas sete salas de reunião com uma capacidade total até 570 pessoas.

Com mobiliário modulável, luz natural e sistemas tecnológicos disponíveis em todas as salas, estes novos espaços são ideais para promover momentos de encontro, partilhas e trocas de informação, indica a cadeia em nota de imprensa.

Com constante evolução, e com largos anos de experiência na organização de eventos, o Meliá Lisboa Aeroporto proporciona todo o apoio necessário para qualquer tipo de evento, assim como uma vasta oferta gastronómica.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

Eurostars Hotel Company acrescenta Eurostars Sitges 5* ao portefólio

A unidade, conhecida anteriormente como Dolce Sitges, foi incorporada na cadeia sob um contrato de arrendamento.

A Eurostars Hotel Company, cadeia hoteleira do Grupo Hotusa, acrescentou à sua carteira o Eurostars Sitges 5*, um resort de luxo que funcionava sob o nome Dolce Sitges.

O estabelecimento, que foi incorporado na cadeia sob um contrato de arrendamento, localiza-se na cidade costeira de Sitges, a menos de uma hora de carro de Barcelona e a 30 minutos do Aeroporto Internacional Barcelona-El Prat.

O hotel conta com 263 quartos recentemente remodelados, que “apresentam um design mediterrânico moderno, uma gama de comodidades e um terraço”, além de seis espaços de restauração.

Das restantes valências do hotel fazem parte um clube de golfe e um jardim, bem como um centro de wellness e fitness de 830 metros quadrados equipado com oito salas de tratamento, sauna finlandesa, jacuzzi, terraço panorâmico e uma piscina interior com cascatas cervicais. O centro de fitness tem uma piscina interior e quatro piscinas exteriores rodeadas por grandes jardins, bem como um terraço com vistas para o Parque Natural Garraf.

O Eurostars Sitges 5* conta ainda com um centro de convenções com mais de 2.000 metros quadrados de área útil, com uma receção e entrada separadas do resort e 26 salas com capacidade para até 475 pessoas.

“É um privilégio e um orgulho para nós gerirmos este emblemático resort de luxo e continuar a promovê-lo como uma verdadeira referência do turismo de férias de alto nível e, acima de tudo, do segmento MICE da zona. Este novo ativo enquadra-se perfeitamente nos valores da nossa marca e reforça o nosso firme compromisso com o segmento hoteleiro topo de gama”, afirma Amancio López Seijas, presidente do Grupo Hotusa.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Conselho Consultivo para o Desenvolvimento do Turismo de Braga satisfeito com os resultados do setor

O Conselho Consultivo para o Desenvolvimento do Turismo de Braga está satisfeito com os resultados do setor relativos ao ano passado, manifestou na última reunião que teve também como objetivo debater a estratégia municipal para o turismo no período 2023-2030.

Na abertura dos trabalhos, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, referiu que a retoma do setor no pós-pandemia superou as expectativas, prevendo-se que a tendência de crescimento se venha a manter ao longo deste ano de 2023.

“Depois de três anos de muitas condicionantes, a tendência de crescimento no sector do turismo tem sido muito positiva com a cidade de Braga a posicionar-se como um destino seguro e muito atrativo”, destacou o autarca citado na página oficial do município bracarense.

 

Ricardo Rio realçou ainda o facto de Braga ter dado continuidade à sua promoção nacional e internacional, nomeadamente através da presença em feiras e eventos de promoção turística o que contribuiu para manter e até incrementar os níveis de interesse pelo destino Braga.

“A dinâmica da atração turística está a aproximar-se dos níveis de 2019, ano fenomenal para o setor no nosso concelho”, referiu o presidente da Câmara de Barga, para frisar que ela “é o resultado de uma estratégia concertada de promoção, como foi a eleição de Braga como Melhor Destino Europeu, a nomeação do Bom Jesus como Património Mundial da UNESCO, a participação em feiras destinadas à promoção turística, quer a nível interno quer a nível externo, a presença em vários órgãos de comunicação social e a cooperação com os vários sectores empresariais ligados à atividade turística”, bem como os eventos culturais, desportivos e de negócios que Braga tem acolhido.

O Conselho Consultivo para o Desenvolvimento do Turismo de Braga, refira-se, é um órgão criado pelo município com o objetivo de auscultar a fileira turística regional e nacional para implementar uma estratégia concertada entre entidades públicas e privadas para o desenvolvimento do turismo.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

AHETA organiza seminário sobre alterações à legislação laboral

A sessão está marcada para as 14h30, no auditório da AHETA, em Albufeira, no Algarve, e, além das alterações à legislação laboral, conta com uma “apresentação detalhada das novas tabelas salariais”, referentes a 2023.

A Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) vai organizar, a 3 de abril, um seminário onde vão ser “detalhadamente apresentadas as mais recentes alterações da lei laboral”.

“Porque este é um tema impactante para as empresas, convidamos todos os nossos associados a participar e apresentar todos a suas questões”, indica a associação em comunicado, explicando que esta iniciativa vai decorrer em parceria com o escritório de advogados Colmonero & Associados, que é parceiro da AHETA para a área jurídica.

A sessão está marcada para as 14h30, no auditório da AHETA, em Albufeira, no Algarve, e conta com uma “apresentação detalhada das novas tabelas salariais, já acordadas com o Sindicato, referentes ao ano de 2023 que entrarão em vigor logo que publicadas”.

A sessão de boas-vindas fica a cargo do presidente da AHETA, Hélder Martins, seguindo-se a apresentação das “Alterações da Legislação Laboral”, por José Coutinho Viana, do RCA Colmonero & Associados, assim como a apresentação das Novas Tabelas Salariais, por Joel Pais, vice-presidente da Direção da AHETA.

O seminário carece de inscrição prévia através do email [email protected].

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Sem categoria

Swingo oferece nova forma de conhecer Portugal

A Swingo, uma nova marca que acaba de ser lançada pela startup 100% portuguesa, Avenidas inova, oferece tours personalizados a cada visitante, através do serviço Build Your Tour.

Esta nova marca reforça a presença da empresa num dos setores em que já opera, o do turismo, e pretende oferecer uma experiência personalizada e única a quem quer conhecer melhor o nosso país.

Com a premissa Travel your way, a nova marca diferencia-se das demais ofertas de tours por permitir que o visitante decida o que quer e quando quer visitar e qual o valor que pretende gastar.

Com propostas de tours fora de Lisboa, e que chegam a todos os cantos do país (desde o Porto a Faro, passando por Coimbra, Azeitão ou Évora), na Swingo cada cliente pode definir o seu dia. Na prática, através do site da marca, e da opção Build Your Tour, os visitantes informam o número de pessoas, o dia, a hora, o ponto de recolha e de depósito; depois escolhem a localidade a visitar e as atrações que pretendem conhecer. No final, enviam o seu guia para a Swingo, via website, que trata do resto: motoristas, transporte e até entradas nas atrações, sempre que existam.

Outra das opções disponibilizadas pela Swingo é recorrer ao Shall we Swingo?, um serviço direcionado a todos aqueles que pretendem receber a melhor recomendação da Swingo. Para este serviço apenas precisam de informar o número de pessoas, dias e outras informações relevantes, como por exemplo, os seus interesses e do grupo.

Assim, os visitantes e clientes empresariais podem encontrar, na Swingo, os serviços habituais deste setor, como tours predefinidas, transferes, motoristas privados, serviços de concierge e até recolha e entrega de mercadorias.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.