Assine já
Transportes

Emirates passa a ter 11 voos semanais a partir de Lisboa

Desde o voo inaugural em 2012, mais de 2,2 milhões de passageiros realizaram a rota Lisboa-Dubai. A partir de 1 de Agosto, a companhia voará 11 vezes por semana a partir de Lisboa.

Publituris
Transportes

Emirates passa a ter 11 voos semanais a partir de Lisboa

Desde o voo inaugural em 2012, mais de 2,2 milhões de passageiros realizaram a rota Lisboa-Dubai. A partir de 1 de Agosto, a companhia voará 11 vezes por semana a partir de Lisboa.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Emirates aumenta operação em Lisboa para quatro voos semanais em dezembro
Homepage
Fevereiro acentua quebra na movimentação de passageiros nos aeroportos portugueses
Aviação
Movimento de passageiros nos aeroportos nacionais diminuiu 42,6% face ao mesmo mês de 2020
Transportes
British Airway corta mais 10.000 voos
Transportes

Na semana em que celebrou o 10.º aniversário da operação em Portugal, a Emirates anunciou que passará a ter um total de 11 voos semanais a operar desde Lisboa para o Dubai, a partir do dia 1 de agosto.

Com mais de 2,2 milhões de passageiros transportados desde o voo inaugural, em julho de 2012, David Quito, Country Manager da Emirates em Portugal, considera que o nosso país “é um mercado chave em toda a nossa operação e continuamos empenhados em servir o país e todos os passageiros portugueses com produtos e serviços de uma qualidade inigualável no setor”.

Este aumento para 11 voos semanais a partir de Lisboa tem por objetivo “responder ao aumento da procura no mercado, numa fase marcada pela retoma do turismo”, revelando o responsável pela operação em Portugal que “a Emirates tem desempenhado um papel decisivo como dinamizadora do turismo em Portugal e como impulsionadora da descoberta de inúmeros destinos no Médio Oriente, Ásia, Oceânia, e Oceano Índico pelos turistas portugueses”.

Francisco Pita, Chief Commercial Officer da ANA-Aeroportos de Portugal, destaca o papel da Emirates, considerando que, ao longo destes 10 anos, a companhia “abriu aquela que foi a primeira ligação direta de Lisboa ao Médio Oriente, vindo assim facilitar a conectividade, não só com ro Dubai, mas com um alargado conjunto de países da África Oriental, Oceânia e Ásia”, salientando, ainda, que, “em 2019, mais de metade dos passageiros desta rota utilizavam o Dubai como plataforma de transferência, sendo que a rota assume também uma enorme importância para o turismo em Portugal”.

Já para Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal (TdP), “a diversificação de mercados emissores tem sido uma das orientações estratégicas do Turismo de Portugal para o crescimento do turismo recetivo no nosso país, conforme verificado na última década”.

Por isso, considera que, “desde a primeira hora, com o início das suas operações em Portugal, a Emirates foi uma ‘porta aberta’ e um parceiro essencial para atingir esse objetivo, tendo desempenhado ao longo dos anos um papel fundamental no desenvolvimento de fluxos sobretudo de mercados da Ásia/Pacífico”.

Luís Araújo salientou ainda o contributo que a Emirates teve para “a abertura de novos mercados emissores para Portugal como a China, Japão, Coreia do Sul, Austrália ou Índia, entre outros”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Figuras

W Algarve contrata novo diretor de marketing e comunicação

Henrique Pires é a nova aposta do W Algarve para dirigir o departamento de marketing e comunicação da unidade hoteleira, como anunciado em comunicado.

Com 11 anos de experiência no setor hoteleiro, o profissional setubalense começou o seu percurso profissional no Pine Cliffs Hotel, passou pelo Waldorf Astoria Ras Al Khaimah e fez carreira na cadeia Minor Hotels, onde foi responsável pelas áreas do marketing e comunicação dos Anantara Hotels & Resorts e dos Tivoli Hotels & Resorts, em Portugal.

Chega agora ao recém-aberto W Algarve, onde irá desempenhar funções como diretor de marketing e comunicação.

“Estou muito contente e entusiasmado por me juntar à fantástica equipa do W Algarve e abraçar este novo desafio. É um grande orgulho para mim trazer as minhas ideias e visão para um hotel que abriu há cerca de meio ano e que já conquistou tanto terreno na região”, garante Henrique Pires.

O W Algarve marca o primeiro Hotel da marca W a abrir em Portugal. Situado no topo das icónicas falésias do sul de Portugal, o recém-aberto W Algarve junta-se à família de W Escapes, oferecendo “uma mistura de descontração à beira-mar com uma energia exuberante”, como referido em comunicado.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

CARAÍBAS: Viaje com a MSC Cruzeiros e não perca a oportunidade de ter tudo incluído nos cruzeiros deste inverno por um preço irresistível

Quer opte por realizar um cruzeiro pelo Médio Oriente, pelas Caraíbas e Antilhas, pelo Mediterrâneo, pelo Norte da Europa ou caso opte por uma Grand Voyage poderá efetuar a sua reserva com a MSC Cruzeiros e ter a possibilidade de ter tudo incluído neste Inverno 2022/2023!

As Caraíbas são, para quem já as visitou, um lugar de sonho. São encaradas como um dos mais belos e fascinantes destinos do mundo, um sonho para qualquer turista que pretende descansar em cenários majestosos, rodeados por enormes praias de areia branca, palmeiras, frutos exóticos, barreira de corais, repleta de peixes tropicais de todas as cores e um mar azul-turquesa.

Ciente do forte interesse que existe por esta região, a MSC Cruzeiros terá 4 navios a navegar pelas Caraíbas durante o Inverno 2022/23 para que nada falte aos passageiros que desejam conhecer melhor as praias caribenhas, entre outras atrações.

Bahamas, Ocean Cay MSC Marine Reserve – Photo credit Conrad Schutt

O MSC Seascape, que será inaugurado em Nova York, iniciará a sua temporada inaugural no dia 11 de Dezembro de 2022 em Port Miami (EUA) aos Domingos. O navio vai disponibilizar itinerários de 7 noites com escala na Ocean Cay MSC Marine Reserve nas Bahamas, em Cozumel no México, George Town nas Ilhas Caimão e Ocho Rios na Jamaica antes de regressar a Miami.

Com porto de embarque em Port Miami, os passageiros da MSC Cruzeiros poderão antes de realizarem o embarque, encontrar uma cidade cujos bairros são muito diversificados, um autêntico puzzle que forma um corredor urbano de duas cidades tecnicamente separadas: a parte continental de Miami e o enorme banco de areia conhecido por Miami Beach.

Ao realizar um cruzeiro nas Caraíbas com a MSC Cruzeiros, a maioria das pessoas acaba por passar o tempo em South Beach, uma área relativamente pequena na extremidade sul do banco de areia, onde encontrará muitas das principais galerias de arte da Flórida, restaurantes em voga e grande parte da sua efervescente vida noturna.

Antigua, from St John’s – English Harbour

De seguida, o navio irá escalar na Ocean Cay MSC Marine Reserve, uma autêntica ilha Caribenha, onde poderá encontrar um ambiente eco-friendly, sentir o calor do espirito bahamiano, fazer uma massagem relaxante numa cabana, descobrir toda a beleza dos mares e explorar a ilha com excursões dedicadas.

O MSC Seascape passará também por Cozumel, uma ilha de quarenta quilómetros de extensão junto à costa de Playa del Carmen, a Ilha Cozumel é um porto de escala famoso, onde quase diariamente atracam até 10 navios numa das docas especializadas da ilha, todas situadas a sul da única cidade, San Miguel.

Posteriormente, o navio irá para o porto de George Town, uma cidade tradicional das Caraíbas com casas coloridas em madeira intercaladas com edifícios mais recentes. Poderá também mergulhar na história da ilha no Museu Nacional de George Town que serve duas finalidades: além de poder descobrir exemplos das espécies endémicas de flora e fauna mais interessantes, pode ainda conhecer a história da ilha.

Antes de regressar a Miami, o navio passará por Ocho Rios que se caracteriza pelos seus rios e pelo seu mar cristalino. No seu cruzeiro pelas Caraíbas recomendamos-lhe que experimente as diversas atividades ao ar livre disponíveis nos rios, como caiaque e tubing.

O MSC Meraviglia também estará a navegar pelas Caraíbas, partindo do porto de embarque Port Canaveral, onde a cerca de 20 minutos de carro, pode descobrir o fenomenal Centro Espacial Kennedy, onde os veículos da NASA são desenvolvidos, testados e enviados para a órbita do planeta.

O navio passará por Nassau que conta com o maior aquário ao ar livre do mundo, com mais de 100 espécies diferentes de peixes tropicais coloridos. Nesta região é possível interagir com golfinhos e fazer excursões a ilhas vizinhas em lanchas.

De seguida, o navio irá para a Ocean Cay MSC Marine Reserve antes de passar pelo porto da Costa Maya, onde é possível sentir a vivacidade sentida na região com as suas bancas de recordação turísticas e de aluguer de jet-ski ao largo do passeio marítimo sofisticado.

O navio passará ainda por Cozumel, antes de regressar ao porto de desembarque, Port Canaveral, num itinerário que terá a duração de sete noites.

O MSC Divina realizará itinerários de 10 noites com partida de Port Miami (EUA), fazendo escala em Ocho Rios (Jamaica), passando depois por Cartagena (Colômbia), antes de chegar ao Panamá na cidade de Colón. Através da MSC Cruzeiros poderá ter a oportunidade de realizar excursões a Portobelo. Como lugares imperdíveis em Colón, poderá visitar o Lago Gatún e o Canal do Panamá.

USA, Miami – South Beach

De seguida, o navio navegará em direção a Puerto Limón (Costa Rica), onde poderá realizar uma excursão que tem como destino o Veragua Rainforest, um parque de investigação e aventura interessante na floresta tropical que apresenta várias exposições sobre a vida animal, podendo, se assim o desejar, conversar com os biólogos responsáveis e saber mais sobre os estudos desenvolvidos continuamente sobre a extraordinária coleção de borboletas do parque.

Antes de regressar a Miami, o MSC Divina fará escala ainda na Ocean Cay MSC Marine Reserve nas Bahamas para que os passageiros conheçam a ilha.

A bordo do MSC Seaside poderá realizar cruzeiros de 7 noites com partidas de Fort- de-France (Antilhas Francesas), Pointe-à-Pitre (Guadalupe) e Philipsburg (St Maarten) com dois itinerários que incluem escalas para destinos como Castries (Santa Lúcia), Bridgetown (Barbados), Saint George (Granada) ou St John´s (Antigua e Barbuda), Basseterre (St Kitts e Nevis) e Roseau (Dominica).

Antes de embarcar no seu cruzeiro em Fort- de- France poderá desfrutar de locais imperdíveis nessa região como da Praia Anse Mitan, de andar numa ponte suspensa no jardim e da destilaria de rum Depaz que já produz a bebida nacional desde 1651.

MSC Divina in Port Canaveral – Photo credit: Port Canaveral for MSC Cruises

De seguida, o navio irá para Point-a Pitre, em Guadalupe, onde poderá desfrutar dos aromas e sons que emanam dos seus inúmeros e pequenos mercados. Destaca-se o Mercado Central, também chamado de Mercado de Saint Antoine, situado na praça com o mesmo nome em pleno centro da cidade, o Mercado das Flores na Praça Gourbeyre, em frente à Igreja de São Pedro e São Paulo, e o Mercado do Porto de Keruland no mar das Caraíbas. Para os amantes de Parques Nacionais não poderão perder a oportunidade de visitar o Parque Nacional de Guadalupe reconhecido como Reserva Mundial da Biosfera pela UNESCO.

Um dos itinerários percorrerá a capital de São Martinho, Philipsburg, onde poderá aproveitar para realizar um passeio a cavalo, ou ainda visitar a conhecida Lagoa de Simpson Bay. Posteriormente, seguirá para Saint John´s (Ilha de Antígua), uma colónia da Coroa Britânica ao longo de mais de 300 anos onde não pode perder a oportunidade de visitar o Estaleiro de Nelson, um velho estaleiro restaurado e ainda a Shirley Heights que é considerado o local ideal para apreciar o pôr do sol ou as festas mais famosas da ilha.

De seguida, irá para Basseterre onde poderá encontrar duas ilhas das Caraíbas que foram frequentadas pelos turistas de elite ao longo de, pelo menos, dois séculos, tendo sido o destino da nobreza europeia entre os séculos XIX e XX.

Antes de regressar a Fort-de-France o navio navegará para Roseau, a capital de Domínica, situada na costa do mar das Caraíbas. Trata-se de um lugar muito envolvente e o seu estilo colonial francês e o seu traçado urbano original ainda podem ser apreciados nas zonas do Antigo Mercado. São várias as excursões que cada passageiro pode realizar que envolvem caminhadas desde as menos exigentes às mais exigentes fisicamente.

Martinique, from Fort-de-France – Balata Church

Já o outro itinerário partirá também de Fort-de-France, fará escala em Pointe-à-Pitre, antes de ir para a capital de Santa Lúcia, Castries, antigo refúgio de piratas, onde poderá encontrar as melhores praias desertas e os melhores centros comerciais das Caraíbas.

De seguida, o MSC Seaside passará por Barbados, onde poderá descobrir a capital Bridgetown. Entre as várias atrações desta pequena cidade das Caraíbas, vale a pena admirar os seus vários edifícios coloniais, o Edifício do Parlamento e a estátua de Lord Nelson, situada na praça atual denominada National Heroes Square.

Posteriormente, o seu navio irá para Saint George (Granada), onde poderá vislumbrar algumas casas crioulas do século XIX que ainda mantêm os telhados de telhas em tijolos, usadas como lastro nos navios do Velho Mundo.

Antes de desembarcar em Fort-de-France, o navio passará por Kingstown onde encontrará a atmosfera típica das Índias Ocidentais, com o seu mercado de peixes, lojas de rum e edificações coloniais.

Considerada um paraíso escondido nas Caraíbas, Kingstown tem também belíssimas igrejas como a Catedral de Santa Maria, datada de 1820, famosa pelos seus arcos de estilo romano, torres góticas e ornamentos mouriscos.

Não lhe faltam motivos para fazer um cruzeiro!

Embarque nesta aventura com a MSC Cruzeiros!

 

 

Sobre o autorMargarida Magalhães

Margarida Magalhães

Mais artigos
Meeting Industry

FITUR 2023 aposta no desporto

A próxima FITUR, a realizar de 18 a 22 de janeiro de 2023, terá no desporto uma nova área, reconhecendo a organização da feira tratar-se de “um dos produtos turísticos de maior crescimento global”.

A FITUR 2023, organizada pela IFEMA Madrid, a realizar de 18 a 22 de janeiro de 2023, terá no desporto uma das grandes apostas, com o lançamento da nova área FITUR Sports, reconhecendo a organização tratar-se de “um dos produtos turísticos de maior crescimento global”.

O novo espaço, organizado em colaboração com a associação desportiva espanhola AFYDAD, responde à preocupação permanente da FITUR em dotar-se de novas ferramentas e plataformas que contribuam para potenciar ainda mais o relançamento de uma indústria do turismo cujo desenvolvimento e expansão assenta fundamentalmente na crescente especialização e segmentação da oferta.

A FITUR Sports, que vai mostrar como o turismo desportivo é um motor de crescimento sustentável para a indústria do turismo, será o ponto de encontro de ambos para destacar “o potencial desta alavanca de desenvolvimento socioeconómico, analisar os seus desafios, partilhar conhecimento e gerar oportunidades de negócio”, refere a organização do evento. Tudo isto enquadra-se no objetivo da FITUR de “continuar a aprofundar o seu papel de referência e dinamizadora da indústria do turismo, aprofundando o seu conhecimento e divulgação dos principais nichos de mercado e segmentos de negócio com maior futuro na indústria do turismo global”.

De referir que a FITUR Sports vai complementar as outras nove áreas monográficas já presentes na FITUR, ligadas às tipologias de turismo, segmentos de mercado e divulgação do conhecimento (MICE, Know-how&Export, TechY, Talent, LGBT+, Lingua, Screen, Woman e Cruises), “tornando possível que todo o ecossistema da indústria do turismo se reúna na feira”.

Turismo desportivo em todas as facetas
A FITUR Sports, que realizará o 1.º FITUR Sports Tourism Summit, a 19 de janeiro de 2023, abordará o turismo desportivo em todas as suas vertentes: eventos desportivos, estágios, férias desportivas, entre outras. A nova área, que incluirá um dia de conhecimento e um espaço de networking, analisará nesta primeira edição eventos de alta participação (maratonas, corridas de trilho, triatlos, marchas ciclísticas, torneios amadores) e eventos nacionais e locais. Irá também centrar-se em campos de treino (centros de treino para equipas profissionais e amadoras) e férias desportivas (viagens desportivas sem ambições competitivas relacionadas com o golfe, esqui, cicloturismo, ténis, turismo ativo).

A organização revela, desde já, que os eventos desportivos internacionais de grande audiência (Formula 1, Liga dos Campeões, LaLiga, Ténis, Basquetebol) serão o foco da segunda edição.

Esta primeira edição tem como foco o turismo desportivo ativo. Entre os conteúdos a serem discutidos na FITUR Sports estarão o turismo desportivo como motor do desenvolvimento territorial, económico e social; turismo desportivo e sustentabilidade; turismo desportivo, inovação, tecnologia; marketing e comercialização do turismo desportivo; e sinergias e oportunidades entre as indústrias do turismo e desporto. Além disso, a nova área da FITUR mostrará como os eventos desportivos e o turismo desportivo e de atividade física podem responder aos desafios globais dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Nos últimos anos, o turismo desportivo tem aumentado notavelmente em importância tanto para os destinos como para as empresas, pelo facto de contribuir para a combater a sazonalidade da época; dinamizar o desenvolvimento territorial em ambientes não turísticos e não urbanos; criar imagem e marca e posicionar destinos internacionalmente; e possuir, igualmente, um perfil de visitante com nível de gastos acima da média.

Os números mais recentes relativamente ao turismo desportivo em Espanha dizem que este segmento gerou uma receita de 2.416 milhões de euros, em 2021, mais 36,8% que no ano anterior, embora o valor tenha atingido os 7.151 milhões de euros antes da pandemia, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol, concluindo a organização da FITUR “o seu potencial de dinamização e relançamento continua muito importante”.

Sobre o autorVictor Jorge

Victor Jorge

Mais artigos

Foto: José C. Castillo

Meeting Industry

Turismo de Portugal ganha prémio na InTur pelo compromisso com o turismo interior

Na 25.ª edição da InTur, Feira Internacional de Turismo Interior, o Turismo de Portugal ganhou um prémio pelo “firme compromisso com o turismo interior em todas as suas facetas”.

Publituris

O Turismo de Portugal foi um dos vencedores dos prémios da InTur, por ocasião da celebração do 25º aniversário do evento, revelando a organização do prémio se deveu ao “firme compromisso com o turismo interior em todas as suas facetas” pela entidade liderada por Luís Araújo.

A InTur voltou a ser uma plataforma de negócios para profissionais e um instrumento de divulgação para destinos, empresas e grupos que participaram no evento, estando representados na “Intur Viajeros” mais de 1.200 destinos.

A oferta de exposição da InTur cresceu 26% em relação à edição anterior, e uma parte significativa deste aumento correspondeu, segundo a organização, a Portugal, com a incorporação de novos expositores que “vieram à feira pela primeira vez – regiões, municípios e empresas privadas – que se juntaram aos destinos habituais durante anos”, explica Alberto Alonso, diretor-geral de Feria de Valladolid, em comunicado.

Porto e Norte, região Centro, Lisboa, Oeste, Guarda, Tras-os-Montes, comunidade do Alto Tâmega, Loulé, Barcelos, comunidade do Douro, Sabrosa, Maia, Gondomar, Rota da Bairrada, Inature, Alto Alentejo, Vila de Rei, Museu Téxteis, Resente, São Brás de Alportel, Felgueiras, Portogalegre, a marca de garantia Amêndoa coberta de Moncorvo, a empresa de sinalização turística Floema e Bezerreira com Vida foram os participantes portugueses na 25.ª edição da InTur, Feira Internacional de Turismo Interior, que se realizou de 17 a 20 de novembro, em Valladolid, Espanha.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Crédito: Cacio Murilo – MTur

Destinos

Embratur destaca locais para nómadas digitais

Com os nómadas digitais a constituírem uma das mais recentes tendências atuais do “novo” turista, a Embratur dá a conhecer alguns dos locais mais procurados no Brasil.

Publituris

Com os nómadas digitais a constituírem uma das mais recentes tendências atuais em vários países, a Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo – divulga os locais mais procurados por este “novo” tipo de turista no Brasil.

No Brasil, estabeleceram-se regras para a concessão de visto e autorização de residência temporária para imigrantes sem relação de trabalho estabelecida no Brasil e cuja atividade profissional possa ser desenvolvida de forma remota pelo prazo de até um ano, prorrogável por igual período.

Entre os destinos mais procurados pelos nómadas digitais no Brasil estão João Pessoa, cidade portuária e capital do estado de Paraíba.

Localizada no ponto mais oriental do Brasil, João Pessoa está no topo da lista das cidades mais bem preparadas do Brasil para receber os nómadas digitais, dada o custo de vida, as atrações que oferece e a velocidade de conexão com a internet. Considerada um destino turístico tranquilo, a cidade possui condições geográficas privilegiadas dada a sua proximidade a Natal, Recife e Campina Grande.

Destaque, também, para São Paulo, uma das maiores potências em história, economia, cultura e turismo, classificada como a cidade mais cosmopolita do Brasil, seguida de Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina, conhecida como Ilha da Magia. Florianópolis divide-se em duas partes: uma ilha costeira e a pequena península continental que formam a cidade. Com cerca de 100 praias, a região é perfeita para quem gosta de desportos aquáticos, com a forte influência dos colonizadores portugueses a ser identificável na arquitetura, culinária e nas manifestações culturais e religiosas.

De referir que o registo, com a emissão de Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM), é obrigatório para o imigrante portador de visto temporário ou titular de autorização de residência temporária. O imigrante que ingressar no Brasil, portador de visto temporário, deverá solicitar o registo em qualquer unidade da Polícia Federal no prazo de 90 dias após a chegada no país.

O imigrante que obtiver a autorização de residência temporária no Brasil terá o prazo de 30 dias, após a publicação do deferimento, para solicitar o registo na unidade da Polícia Federal de seu domicílio.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Americanos consideram várias opções para voar mais barato

São várias as possibilidades que os americanos equacionam para obter voos mais baratos. Desde viajar de pé, não ter acesso a casas de banho ou sujeitar-se a diversos ‘stopovers’, se o desconto for adequado, estes são alguns dos “sacrifícios” que os viajantes estão dispostos fazer.

Publituris

Uma recente pesquisa realizada pela WayAway, motor de busca de viagens, revela que a maioria dos americanos consideraria diversas opções para obter viagens de avião mais baratas. Entre as opções estão viajar de pé, não ter acesso às casas de banho ou realizar cinco ‘stopovers’, tudo para ter voos mais baratos no próximo ‘Black Friday’, dia que inaugura a temporada de compras natalícias com significativas promoções e que tem início um dia depois do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, ou seja, no dia seguinte à quarta quinta-feira do mês de novembro.

Com os preços dos voos a subir, a pesquisa conclui que os viajantes procuram preços mais baixos, revelando que 8,6% estaria disposto a voar de pé se obtivessem um desconto entre 5 a 10%. Já 30,8% consideraria esta opção se o desconto fosse de 20 a 30% e 31,6% admite esta possibilidade se a promoção chegasse aos 50%. Já 29% não consideraria qualquer dessas possibilidades de desconto.

No que diz respeito à opção de viajar sem acesso às casas de banho, 8,7% dos inquiridos consideraria essa hipótese se o desconto fosse de 5 a 10%, sendo que 23% optaria por um voo com esta limitação se o desconto chegasse aos 20 a 30%. Já 29,2% admite voar caso o desconto fosse de 50%, enquanto 39% não considera voar com estas limitações nos voos.

Finalmente, no que diz respeito aos ‘stopovers’, 4,6% considera essa possibilidade se o desconto chegasse aos 10%, subindo para 18% em descontos entre os 20 a 30%. Já 35,4% optaria por este tipo de voos, caso o desconto atingisse os 50%, enquanto 42% não optaria por esta possibilidade.

Janis Dzenis, porta-voz da WayAway, diz-se “surpreendida com a quantidade de americanos que estão dispostos a enfrentar alguns inconvenientes realmente sérios para obter preços com desconto”, considerando que “não podemos deixar de nos perguntar se isso reflete os atuais altos preços dos bilhetes ou se sempre foi esse o caso”.

Dzenis refere, contudo, que existem opções mais fáceis de economizar nos voos. Em primeiro lugar, “ser flexível com as datas”, frisando que “escolher um dia da semana em vez de um fim de semana pode ser a chave”. Em segundo lugar, “reservar com antecedência, especialmente ao escolher os destinos mais procurados”. E, finalmente, “assinar um plano de assinatura pago para obter reembolso de até 7% em todas as ofertas de viagens”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Alentejo e Porto e Norte promovem-se no Brasil

O roadshow tem como palco as duas maiores cidades do Brasil – São Paulo e Rio de Janeiro – e tem como objetivo apresentar a oferta turística das regiões e promover a captação de investimento.

Publituris

As Agências de Promoção do Alentejo e do Porto e Norte de Portugal promovem um roadshow pelas duas maiores cidades do Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, para apresentar a oferta turística das regiões e promover a captação de investimento.

Esta missão decorre até 25 de novembro e conta com a presença de representantes do setor, 14 empresas e sete elementos institucionais e insere-se na iniciativa Invest in Alentejo, da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo.

A realização deste roadshow pretende recuperar o posicionamento da região do Alentejo no mercado brasileiro, através da apresentação da renovada oferta turística do Alentejo, cimentada na exclusividade e sustentabilidade, junto dos novos operadores e agentes.

Para além dos eventos, a agenda do roadshow é composta por diversas reuniões e ações de formação com as agências de viagens fortemente enraizadas no mercado brasileiro, como a Abreu, Teresa Perez, TGK Travel e Agaxtur. Estes momentos centram-se no reforço das relações existentes e no diversificar da oferta de programas turísticos dedicados ao Alentejo neste mercado.

“É importante, senão mesmo vital, investir para recuperar um mercado que tem uma tripla importância para o destino Alentejo. Importante pelo volume que já representou e pode voltar a representar para a região, pelo facto de nos visitar em contraciclo, contribuindo para a atenuação da sazonalidade, e importante pelo gasto médio diário efetuado por turista, que ronda o dobro do valor despendido por um turista europeu,” considera Vitor Silva, presidente da Turismo do Alentejo-ERT e da Direção da ARPTA.

“O turismo é um eixo de elevada importância para o Alentejo e um dos principais setores exportadores da Região, tendo registado, nos últimos anos, um crescimento notável nas várias componentes de oferta. No entanto, ainda persistem alguns problemas relacionados com a situação de quebra de alguns mercados em virtude da pandemia. Entendemos que a estratégia de promoção externa da ADRAL para a região, através da iniciativa Invest in Alentejo, representa um grande contributo para a vitalidade e crescimento do setor turístico, tal como tem sido para outros setores estratégicos do Alentejo,” reforça João Maria Grilo, Presidente da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo.

De referir que, em 2019, o Brasil era o segundo mercado externo mais relevante em termos de investimento, mas perdeu essa força devido à pandemia e à crise económica que tem abalado o Brasil.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Terminal de Cruzeiros de Lisboa eleito o melhor da Europa

Inaugurado em 2017, esta é a primeira vez que o Terminal de Cruzeiros de Lisboa recebe o prémio de Melhor Terminal de Cruzeiros da Europa, atribuído pelos World Cruise Awards.

Publituris

O Terminal de Cruzeiros de Lisboa conquistou, pela primeira vez, o prémio de Melhor Terminal de Cruzeiros da Europa, atribuído pelos World Cruise Awards.

António Caracol, administrador do Porto de Lisboa, considera que esta distinção vem “destacar as excecionais condições que Lisboa dispõe para acolher navios e passageiros de cruzeiro com exigências cada vez maiores, prestando, assim, um serviço de excelência a quem visita a capital portuguesa”.

O responsável salienta ainda que o prémio vem numa fase em que a Administração do Porto de Lisboa (APL) está a desenvolver “um conjunto de ações no âmbito da estratégia de valorização e qualificação da indústria de cruzeiros na cidade, nomeadamente ao nível da sustentabilidade”, acreditando o mesmo que Lisboa – como porto e destino de cruzeiros – “garante uma resposta sustentável aos desafios presentes e futuros”.

A concorrer para este prémio, estiveram, juntamente com o Terminal de Cruzeiros de Lisboa, os terminais de Civitavecchia (Amesterdão), Limassol (Málaga), Barcelona, Kiel, Mónaco, Oslo, Rostock-Warnemunde, Portsmouth, Valletta e Zadar.

Inaugurado em 2017, o Terminal de Cruzeiros de Lisboa, projeto da autoria do arquiteto Carrilho da Graça, e que contou com um investimento de 28 milhões de euros, tem uma área de 13.800 m2 e um cais com 1.490 metros de comprimento com capacidade para receber navios de vários tipos e dimensões com um calado até 12 metros.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Viagens El Corte Inglés tem nova agência em Ponta Delgada

As Viagens El Corte Inglés passarão a deter uma nova agência de viagens nos Açores, mais concretamente, em Ponta Delgada, espaço que espaço seguirá a nova linha de imagem para a rede.

Publituris

As Viagens El Corte Inglés inauguram, no próximo dia 24 de novembro, uma nova agência de viagens, desta vez nos Açores, em Ponta Delgada.

Localizada na Rotunda de São Gonçalo 131, Loja 3, o espaço segue a nova linha de imagem para a rede, que terá Manuel Medeiros como chefe de agência.

A empresa revela, em comunicado, que na nova agência estará disponível “uma ampla oferta de produto, com especial destaque para Cruzeiros, Disney, Circuitos cidades europeias, Pacotes inter-ilhas e destinos como a América do Norte, Madeira e Ilhas Espanholas”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

2.º Webinar Portuguese Trails: desenvolvimento e comunicação de uma oferta turística sustentável

A iniciativa tem como objetivo estimular, desenvolver e promover os seus programas de acordo com critérios de sustentabilidade económica, ambiental e social, respondendo assim a uma procura crescente dos mercados internacionais.

Publituris

O Turismo de Portugal organiza, esta quarta-feira, 23 de novembro, a partir das 10h00, o 2.º Webinar Portuguese Trails – desenvolvimento e comunicação de uma oferta turística sustentável que conta com a presença de vários oradores e que visa a partilha de informação e boas práticas no âmbito da sustentabilidade.

Este evento surge na sequência das ações desenvolvidas no âmbito dos Programas 100% Responsible, iniciativa dirigida às empresas parceiras do projeto Portuguese Trails e que tem como objetivo estimular, desenvolver e promover os seus programas de acordo com critérios de sustentabilidade económica, ambiental e social, respondendo assim a uma procura crescente dos mercados internacionais.

Do programa fazem parte várias intervenções como, Programas Portuguese Trails 100% Responsible: Estado da Arte, por João Portugal, Turismo de Portugal; Programa Empresas Turismo 360º: para uma jornada de sustentabilidade, por Gisela Borges, Turismo de Portugal; _ Comunicar Portugal como destino turístico sustentável, por Filipa Cardoso, Turismo de Portugal; Mercados nórdicos: a valorização de uma oferta turística sustentável, por Stig Kaspersen, Turismo de Portugal; A importância da sustentabilidade na animação turística: a visão da ATTA, por Carlos Picanço, Embaixador da Adventure Travel Association (ATTA).

A sessão online decorre em Plataforma TEAMS.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.