Assine já
Transportes

World2Fly começou a operação entre Lisboa e Varadero

A companhia aérea World2Fly, marca do grupo espanhol World2Meet (W2M), iniciou no passado dia 04 de junho os voos diretos entre Lisboa e Varadero (Cuba). As ligações terão partidas semanais, todos os sábados.

Publituris
Transportes

World2Fly começou a operação entre Lisboa e Varadero

A companhia aérea World2Fly, marca do grupo espanhol World2Meet (W2M), iniciou no passado dia 04 de junho os voos diretos entre Lisboa e Varadero (Cuba). As ligações terão partidas semanais, todos os sábados.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados

Portugal está a consolidar-se como um mercado emissor de interesse, enquanto Cuba caminha para a recuperação do setor, como mostram os dados recentes: a ilha recebeu até abril cerca de 450 mil visitantes internacionais, conforme refere nota de imprensa da transportadora aérea.

Na opinião de Bruno Claeys, diretor da World2Fly, “queremos apostar no mercado português e expandir as ligações com os destinos mais procurados para férias”, para acrescentar que “estamos conscientes do valor acrescentado destes voos diretos e das boas tarifas que oferecemos”.

A rota para Varadero completa a programação da World2Fly para destinos nas Caraíbas: do aeroporto de Lisboa, a companhia voa para Punta Cana todas as segundas-feiras, e para Cancun aos domingos.

Atualmente, a frota da World2Fly inclui três aviões de longo curso: um A330-300 (com base em Lisboa) e dois A350-900 baseado em Madrid.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Turkish Airlines e Icelandair estabelecem acordo de codeshare

A Turkish Airlines e a Icelandair estabeleceram um acordo de codeshare, através do qual vão oferecer uma melhor experiência de viagem aos seus passageiros e mais conexões na América do Norte.

A Turkish Airlines e a Icelandair estabeleceram um acordo de codeshare, através do qual vão oferecer uma melhor experiência de viagem aos seus passageiros e mais conexões na América do Norte.

De acordo com um comunicado das companhias aéreas, com este acordo, os passageiros da Icelandair podem usar a rede da Turkish Airlines para Istambul, enquanto os passageiros da companhia aérea turca podem usar os voos da Icelandair para a Islândia e Canadá.

O acordo, acrescenta a informação divulgada pelas duas companhias aéreas, foi assinado durante a reunião geral da IATA, que termina esta terça-feira, 6 de junho, em Istambul, na Turquia.

Através deste acordo, os passageiros de ambas as companhias aéreas passam a gozar de conexões mais convenientes e com a vantagem de ser necessário apenas um único bilhete, sendo que também a bagagem é diretamente despachada até ao destino final.

“Estamos satisfeitos por assinar este acordo de codeshare com a Icelandair. Com este acordo, pretendemos melhorar as opções de viagem oferecidas aos nossos passageiros através das nossas redes. Estamos também encantados porque esta parceria com a Icelandair vai trazer grandes benefícios às duas companhias aéreas de uma perspectiva comercial”, refere Bilal Ekşi, CEO da Turkish Airlines.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

TAP inaugura voos para Menorca

Os voos da TAP para Menorca acontecem às segundas, quartas, sextas e domingos, em aviões Embraer 190, e aumentam para 12 o total de destinos para onde a companhia aérea de bandeira nacional voa em Espanha.

A TAP inaugurou este domingo, 4 de junho, uma nova rota para Menorca, nas ilhas Baleares espanholas, operação sazonal que conta com quatro voos por semana, à partida de Lisboa, informou a transportadora.

Os voos da TAP para Menorca acontecem às segundas, quartas, sextas e domingos, partindo de Lisboa pelas 15h00, para chegar a Menorca às 18h00. Em sentido contrário, os voos partem de Menorca às 18h50, chegando à capital portuguesa às 20h00.

“A TAP Air Portugal alarga, assim, a sua oferta nas ilhas Baleares com as novas rotas de Lisboa para Palma de Maiorca, cujo voo inaugural aconteceu no passado dia 20 de maio, e para Menorca. A Companhia tem ainda ligações diárias a Ibiza, chegando a um total de 12 destinos em Espanha”, indica a TAP, num comunicado divulgado este domingo, 4 de junho.

Os voos para Menorca são operados em avião Embraer 190.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Grupo Ibéria inicia operação sazonal e inclui Faro e Ponta Delgada

O Grupo Iberia deu início, no último fim de semana, a operação de grande parte das suas rotas de verão, com uma oferta de 15 destinos para satisfazer a procura de férias no mercado espanhol.

Na sexta-feira começaram os voos para Faro, operados pela Iberia Regional/Air Nostrum, que arrancam com duas frequências semanais, passando depois a cinco por semana, para chegar a agosto, a uma frequência diária.

Ainda em relação à operação sazonal, a Iberia repete, pelo segundo ano consecutivo, voos para Ponta Delgada, nos Açores, de 3 de julho a 30 de setembro, com três frequências semanais em julho e agosto e duas em setembro.

A oferta do Grupo Iberia em Portugal completa-se com voos oferecidos ao longo do ano para Lisboa (36 frequências semanais), Porto (26 frequências semanais) e Funchal (sete frequências semanais).

Para além de Ponta Delgada a Faro, em Portugal, a Iberia juntamente com a Iberia Express e a Iberia Regional/Air Nostrum oferecem, durante o verão, voos diretos para Zagreb e Split na Croácia; Olbia, Catânia e Bari na Itália; Corfu, Creta, Mykonos e Santorini na Grécia, assim como Edimburgo, Keflavic e Bergen. Além disso, a companhia aérea espanhola, pela primeira vez, voará para Tirana, na Albânia, em voos charter comercializados pela World2Meet (W2M), todas as terças-feiras, de 20 de junho a 26 de setembro.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

“Tarifa Açores” é medida de sucesso da atual governação, diz José Manuel Bolieiro

No segundo aniversário da entrada em vigor da “Tarifa Açores”, o Presidente do Governo Regional, José Manuel Bolieiro, sublinhou que esta é uma medida de sucesso da atual governação, “disruptiva e reformista” na relação entre o serviço da SATA e a mobilidade interilhas dos cidadãos residentes na região.

Publituris

Depois de “mais de meio milhão de passageiros” ter já usufruído da “Tarifa Açores”, José Manuel Bolieiro adiantou que, para o verão que se aproxima, haverá mais 93 mil lugares disponíveis para reservas, na comparação com o mesmo período de 2022.

Citado na página oficial do Governo Regional, o chefe do executivo açoriano, que se reuniu com a administração da empresa, disse que “conhecemos agora melhor os Açores para os amarmos anda mais”.

A “Tarifa Açores”, medida aceleradora de criação do mercado interno, representa um importante contributo para a mobilidade dos açorianos, para um melhor conhecimento dos Açores pelos residentes nas nove ilhas. A compra de viagens consiste num processo simples e automático, onde se evitam ações suplementares por parte dos passageiros, que pagam um preço máximo pela sua viagem de até 60 euros, indica a mesma fonte.

“Permitimos uma solução que elimina o anátema do subsídio de dependência, da mão estendida e da fraude fiscal. O subsídio que a «Tarifa Açores» permite é dirigida ao passageiro”, vincou ainda José Manuel Bolieiro, valorizando o princípio de “continuidade territorial” garantido pela medida, segundo noticia o site do Governo Regional.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Eventos Publituris

Saiba quem são os nomeados na categoria de “Melhor Companhia de Cruzeiros” nos Publituris Portugal Travel Awards 2023

Conheça os nomeados na categoria de “Melhor Companhia de Cruzeiros” nos Publituris Portugal Travel Awards 2023.

Publituris

Os Publituris “Portugal Travel Awards 2023” estão lançados.

Conheça os nomeados na categoria de “Melhor Companhia de Cruzeiros”:

Costa Cruzeiros
Cunard Line
Holland America Cruise Line
MSC Cruzeiros
Norwegian Cruise Line
Princess Cruises
Royal Caribbean International

Os vencedores serão conhecidos no dia 6 de julho de 2023, a partir das 19h00, no Montebelo Mosteiro de Alcobaça Historic Hotel, em Alcobaça.

Poderá votar em https://premios.publituris.pt/travel/2023/

Os Publituris “Portugal Travel Awards 2023” têm como Main Sponsor o Novo Banco, contando com a NOS SGPS, Nescafé, Grupo Visabeira e MAWDY como patrocinadores, o apoio da Turismo Centro de Portugal e da Câmara Municipal de Alcobaça, e com a GR8 Events, Movielight, Multislide e Workgroup – Publicidade como parceiros.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

ARAC vai estudar implementação de hubs de carregamento elétrico e espera incentivos para o rent-a-car

A Associação Nacional dos Locadores de Veículos – ARAC esteve esta quinta-feira, 1 de junho, reunida em Assembleia Geral Ordinária, durante a qual aprovou os objetivos para 2023.

Publituris

A Associação Nacional dos Locadores de Veículos – ARAC esteve esta quinta-feira, 1 de junho, reunida em Assembleia Geral Ordinária, durante a qual aprovou os objetivos para 2023, com destaque para a vontade da associação estudar a implementação de hubs de carregamento elétrico para o rent-a-car, em relação aos quais, diz a associação, “são esperados incentivos”, assim como para a aquisição destes veículos.

Num comunicado enviado à imprensa, a ARAC, que está a comemorar 48 anos de existência, diz que este tema está já a ser tratado “através do Fundo Ambiental e do Turismo de Portugal”, uma vez que se prevê que, em 2023, surjam “novos modelos elétricos que anunciam níveis de autonomia superiores”.

“Considerando que alguns Estados, como é o caso de Portugal têm apostado na concessão de incentivos públicos à compra de veículos elétricos, este ano deverá ficar marcado por um acréscimo deste tipo de veículos no universo dos automóveis em circulação”, acrescenta a ARAC.

A ARAC mostra-se também disponível para estudar a “viabilidade de implementação/construção” de hubs de carregamento para veículos elétricos para as empresas associadas da ARAC, num trabalho cujas condições vão ser ainda estudadas e determinadas.

“Devido às alterações climáticas provocadas pelo crescente aumento das emissões de CO2, o mundo acordou para a necessidade de reduzir drasticamente a poluição provocada pelas emissões de CO2. Perante tal cenário torna-se importante na atividade de rent-a-car, a construção de Hub’s de carregamento para as viaturas afetas a esta atividade, sobretudo junto dos terminais de transporte (aeroportos e
terminais de caminhos de ferro)”, explica a ARAC.

A ARAC espera poder contar com a colaboração de parceiros, nomeadamente das Câmaras Municipais, fornecedores de energia e empresas de higienização de veículos e quer ter uma “participação ativa”  na “criação e divulgação de novos apoios financeiros à manutenção e ao investimento na atividade representada pela ARAC, tendo por objetivo a ajudar a recuperação das empresas duramente atingidas pela pandemia e introduzir melhorias na capacidade competitiva e produtiva das empresas”.

Em 2023, a ARAC conta também lançar novos serviços de apoio aos associados e membros aliados e proceder ao “desenvolvimento de uma aplicação para gestão de sócios e veículos com vista a garantir a indispensável informação estatística sobre os sectores representados” pela associação.

Nos planos da associação para 2023 está também a realização de “Conferências e Seminários Técnicos e iniciativas afins alargando o leque temático a áreas conexas com a atividade de aluguer de automóveis sem condutor, tais como o Turismo, o
Comércio, Fiscalidade Automóvel, Legislação Laboral e Direitos do Consumidor”, além de pretender promover o “desenvolvimento das Secções da Associação, de modo a tornarem-se um forte motor das decisões setoriais”.

Este ano, a ARAC conta também manter a aposta na formação e, à semelhança do que já aconteceu em 2022, tem prevista a “realização de mais cursos profissionais especialmente dirigidos aos colaboradores das empresas associadas da ARAC, promovendo o emprego e valorizando as carreiras profissionais, com atenção às
especificidades do setor”.

“As ações de Formação Profissional supra referidas serão realizadas em colaboração com o Turismo de Portugal com recurso às Escolas de Formação Turística”, acrescenta a associação.

A associação pede ainda que, este ano, sejam corrigidas as “distorções existentes no rent-a-car face aos restantes países da União Europeia” e que seja revisto o atual quadro legal para o rent-a-cargo, sem esquecer também a revisão do D.L. 181/2012, de 6 de agosto, pelo D.L. 47/2018, de 20 de junho, que regulamenta as atividades de rent-a-car e sharing, de modo a acomodar a celebração de contratos de rent-a-car em formato digital.

A ARAC diz ainda que vai acompanhar, “com especial atenção, o projeto de código de conduta da União Europeia para a atividade de rent-a-car que pretende reunir
um conjunto de princípios aplicáveis às empresas do setor” e conta implementar ainda um canal de comunicação electrónico entre o SCoT e a base de dados
de veículos afetos ao aluguer da ARAC, através de um protocolo com a ANSR.

“Os desafios que atravessamos transcendem os limites da individualidade
das empresas. Desafios que, se os quisermos transpor, é preciso pensar de
modo mais abrangente, traçar novos caminhos, ir além das fronteiras já
dominadas”, refere ainda a ARAC, na informação divulgada.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Ryanair aumenta tráfego de passageiros em 10% em maio

Nos últimos 12 meses, a Ryanair transportou já 171,9 milhões de passageiros, num aumento de 39% face aos 123,8 milhões de passageiros que a companhia aérea tinha transportado no período homólogo do ano anterior.

Publituris

A Ryanair transportou, em maio, um total de 17 milhões de passageiros, num aumento de 10% face a maio de 2022, quando a companhia aérea low cost tinha transportado 15,4 milhões de passageiros, avança a Ryanair em comunicado.

Em maio, a Ryanair alcançou ainda um load factor de 94% nos mais de 94.400 voos operados no quinto mês do ano, o que corresponde a uma subida de 2 pontos percentuais face aos 92% apurados no mesmo mês do ano passado.

A Ryanair realça que os resultados alcançados em maio foram possíveis mesmo com as greves dos controladores aéreos, que obrigaram ao cancelamento de cerca de 300 voos no quinto mês do ano e afetaram mais de 54.000 passageiros.

No acumulado dos últimos 12 meses, a Ryanair conta já 171,9 milhões de passageiros, num aumento de 39% face aos 123,8 milhões de passageiros que a companhia aérea tinha transportado no período homólogo do ano anterior.

No últimos 12 meses, a Ryanair alcançou ainda um load factor de 94%, percentagem que subiu 10 pontos percentuais face aos 84% de ocupação registados nos 12 meses anteriores.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Azores Airlines assinala Dia da Criança com oferta de voos até 13 de junho

Esta oferta, que se aplica a viagens entre 20 de setembro e 14 de dezembro de 2023, permite que cada adulto possa viajar com um bebé até aos 23 meses e uma criança até aos 11 anos, sendo a viagem das crianças entre os 2 e os 11 anos gratuita.

Publituris

A Azores Airlines, companhia aérea do Grupo SATA, lançou uma promoção especial para assinalar o Dia da Criança, que se celebrou esta quinta-feira, 1 de junho, na qual está a oferecer a viagem às crianças, numa campanha que está em vigor até 13 de junho, informou a companhia aérea.

Com esta oferta, que se aplica a viagens entre 20 de setembro e 14 de dezembro de 2023, cada adulto vai poder viajar um bebé até aos 23 meses e uma criança até aos 11 anos, sendo a viagem das crianças entre os 2 e os 11 anos gratuita.

“As companhias aéreas SATA Azores Airlines têm por tradição dedicar uma atenção especial às crianças durante o mês de junho. O abrandar do ritmo das aulas e o tempo ameno permitem a organização de atividades extracurriculares, momento que as companhias aéreas aproveitam para dar a conhecer o interessante mundo da aviação comercial”, refere a informação divulgada pela companhia aérea.

Além desta campanha, a Azores Airlines está também a oferecer 2.500 milhas para novos aderentes ao programa de fidelização SATA Imagine, numa oferta destinada a novos membros com idades compreendidas entre os 2 e os 11 anos.

“A adesão poderá ser concretizada em todos os canais SATA Azores Airlines, sejam estes balcões de venda físicos ou online até ao final do mês”, explica a Azores Airlines na informação divulgada.

A companhia aérea vai ainda levar a cabo outras ações durante o mês de junho para assinalar o Dia da Criança, a exemplo do lançamento da nova edição do Passaporte SATA Kids, que consiste num “caderno de bolso em formato de passaporte que contém ilustrações que ajudam os mais jovens passageiros a registarem as memórias das viagens realizadas a bordo da SATA Azores Airlines”.

Previstas estão ainda viagens de estudo e viagens de avião para crianças que nunca experimentaram voar, iniciativas que vão ser organizadas em cooperação com diversas instituições de ensino.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Costa Cruzeiros retoma operação na Coreia do Sul e em breve Taiwan

O Costa Serena volta ao serviço na Ásia. Após dois cruzeiros entre a Tailândia, Camboja e Vietname, o navio já começou a navegar no final de maio, e até outubro de 2023, do porto de Busan, na Coreia do Sul, com destino a Nagasaki e Yatsushiro, no Japão. É o primeiro cruzeiro a ser retomado na Coreia do Sul após o fim das restrições a este tipo de viagens.

Publituris

Este é um regresso em força da Costa Cruzeiros à Ásia após a restrições a este tipo de viagens naquele continente devido à Covid-19. Assim, depois de dois cruzeiros na Tailândia, o Costa Serena navega desde o final de maio até outubro de 2023, num total 33 cruzeiros, pela Coreia do Sul e Taiwan ao Japão.

“Com a partida do Costa Serena de Busan, celebramos um evento histórico para os navios de cruzeiro na Ásia”, declarou Mario Zanetti, presidente da Costa Cruzeiros, que avançou que “somos, de facto, a primeira empresa a retomar os cruzeiros dedicados à Coreia do Sul, e em breve também a Taiwan, após a pausa devido às restrições de viagens provocadas pela pandemia”, para destacar que “e um momento muito importante para a recuperação do setor de cruzeiros na Ásia”.

Mario Zanetti, sublinhou que “alcançamos este importante resultado devido à nossa presença histórica na Ásia e ao relacionamento estabelecido com parceiros e instituições locais”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Newtour e BestFly compram empresa de gestão de aeronaves privadas MS Aviation

O grupo português de viagens, Newtour, e a companhia aérea de origem angolana acabam de concretizar a compra da austríaca O grupo português de viagens, Newtour, e a companhia aérea de origem angolana, a atuar também em Cabo Verde, acabam de concretizar a compra da austríaca MS Aviation, empresa de gestão de aeronaves privadas., empresa de gestão de aeronaves privadas.

Publituris

A Newtour e a Bestfly anunciaram esta quinta-feira a aquisição conjunta da MS Aviation, empresa austríaca de gestão de aeronaves privadas.

O comunicado de imprensa revela que a MS Aviation disponibiliza soluções transversais de gestão de ativos de aviação privada, desde apoio técnico e resolução de problemas operacionais a otimização financeira para proprietários de jatos executivos.

Segundo Tiago Raiano, CEO da Newtour, esta aquisição “é um passo importante na estratégia de expansão e diversificação” do portefólio do grupo, para apontar que, além das suas operações em Portugal Continental, nos Açores e em Cabo Verde, a entrada na MS Aviation “permitir-nos-á estabelecer um novo ponto de contacto na Europa e fortalecer a abrangência das nossas áreas de negócio com a integração de serviços de gestão de aeronaves privadas”.

Este investimento, conforme referiu ainda o gestor, permite, também, “consolidar a parceria que a Newtour tem vindo a desenvolver com a Bestfly, empresa de aviação de origem angolana que tem estado a atuar em Cabo Verde, um dos principais destinos programados, a partir de Portugal, pela Soltrópico, operador turístico que integra o grupo português de viagens e turismo.

“Estamos, de momento, a avaliar a inclusão de vários tipos de aeronaves comerciais na nossa expertise em aviação comercial.  O apoio das equipas da Newtour e da Bestfly é um passo adicional para reforçar as capacidades da MS Aviation”, afirma Michael Mayer, Accountable Manager da empresa gestão de aeronaves privadas, para esclarecer que “temos uma experiência sólida no que respeita aos jatos executivos Gulfstream, Bombardier e Dassault, pelo que esta é mais uma área de eficiência que será acrescentada às operações da Newtour e da Bestfly na Europa.”

Refira-se que o grupo Newtour, com mais de 30 anos de experiência em Portugal Continental, na Região Autónoma dos Açores e em Cabo Verde, abrange marcas com a Bestravel (grupo de franchising das agências de viagens), a GEA (grupo de gestão de agências de viagens), a Soltrópico (operador turístico), a Picos de Aventura (empresa de animação turística) e a Turangra (operador turístico especializado no destino Açores).

Por sua vez, a  BestFly foi estabelecida em 2009 como uma empresa angolana de serviços de assistência em escala e, desde então, tornou-se num grupo de aviação global com vários novos mercados e segmentos de negócio.  A empresa ampliou a sua presença de Angola para Aruba, Portugal, Cabo Verde, Áustria, Emirados Árabes Unidos, Congo, Guiana e Senegal.

A atual frota do grupo é constituída por 27 aeronaves, incluindo jatos executivos Bombardier, Falcon, Gulfstream, Hawker e Cessna Citation, turboélices Beechraft Kingair, helicópteros Leonardo e Bell, jatos comerciais Embraer e aviões turboélice ATR72.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.