NCL coloca mais dois navios em operação no Mediterrâneo

Por a 13 de Setembro de 2021 as 17:19
Norwegian Epic e Norwegian Getaway no porto de Civitavecchia (Roma)

A Norwegian Cruise Line (NCL) assinalou na passada quarta-feira, 8 de setembro, o regresso de mais dois dos seus navios ao Mediterrâneo, com a entrada em operação do Norwegian Getaway, que voltou a realizar cruzeiros à partida de Civitavecchia (Roma), juntando-se ao Norwegian Epic, que tinha retomado os cruzeiros desde Barcelona no dia 5 de setembro.

“Um terço da frota de 17 navios da NCL está agora de volta às operações, recebendo hóspedes a bordo depois dos mais de 500 dias de suspensão de cruzeiros da empresa”, destaca a companhia de cruzeiros, num comunicado enviado à imprensa esta segunda-feira, 13 de setembro.

No caso do Norwegian Epic, a viagem de sete dias tem início em Barcelona e inclui escalas em Livorno, Roma (Civitavecchia), Nápoles, Cagliari (Sardenha) e Palma de Maiorca.

Neste regresso à operação, o navio contou com uma novidade de peso, já que foi a primeira vez que os passageiros puderam experimentar as suites The Heaven, uma área de luxo, sob o conceito de um hotel boutique, que foi totalmente renovada em 2020, em Marselha, França.

“O Norwegian Epic foi o primeiro da frota a estrear o conceito de navio com cartão-chave de acesso da marca em 2010, completo com comodidades privadas, serviços dedicados e as mais luxuosas acomodações a bordo. A recente renovação resultou em 75 suítes reimaginadas e melhoradas, combinadas com experiências redesenhadas, incluindo o The Haven Restaurant e o The Haven Courtyard Pool e Sundeck. O Norwegian Epic apresenta um dos maiores espaços The Haven da frota da NCL”, indica a companhia.

O regresso do Norwegian Epic coincidiu com o início da operação do Norwegian Getaway, navio que iniciou a 8 de setembro um itinerário à partida de Roma (Civitavecchia) e que, até 25 de outubro, vai realizar itinerários de 10 a 11 dias pelas Ilhas Gregas, fazendo escala em Dubrovnik, Corfu, Katakolon – novo porto de embarque da NCL na península de Peloponeso –Santorini, Mykonos, Nápoles e Livorno (Florença/Pisa).

Recorde-se que a NCL retomou a operação a 25 de julho de 2021, depois de mais de 500 dias de suspensão da atividade na sequência da COVID-19, com o Norwegian Jade a realizar itinerários de sete dias pelas Ilhas Gregas.

Na informação enviada à imprensa, a NCL garante que a “redistribuição da frota da empresa continuará em parceria com governos locais e a ser guiada por robustos protocolos do programa de saúde e segurança Sail Safe, que tem na sua base fundamental que todos os hóspedes e tripulantes estejam completamente vacinados para embarcar em viagens até 31 de dezembro de 2021”.

“Trabalhando com os principais peritos do SailSAFE Global Health and Wellness Council, os protocolos da NCL continuarão a ser regularmente avaliados e modificados de acordo com as necessidades, tomando decisões de base científica para para proteger os hóspedes, a tripulação e os destinos que visita”, acrescenta o comunicado da companhia norte-americana.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *