Hotel Santa Justa abre em Coruche em junho de 2021

Por a 25 de Novembro de 2020 as 5:05

O Hotel Santa Justa, unidade com 44 quartos que está a nascer em Coruche, tem data de abertura prevista para junho de 2021 e vai duplicar a oferta de alojamento numa região onde a oferta hoteleira é ainda reduzida, de acordo com a Welcome Hospitality Management (WHM), empresa que atua na gestão de ativos hoteleiros e que é parceira do projeto.

Segundo um comunicado da WHM, a unidade vai ficar inserida nas instalações de um antigo hotel que se encontrava encerrado há vários anos e cuja reconversão arrancou este mês de novembro, e resulta do investimento de um emigrante português no Canadá, Jorge Soares, que recorreu à empresa de gestão de ativos hoteleiros para investir em Portugal, em plena pandemia.

“Este era um desejo de há muitos anos. Investir em Portugal, contribuir para que o património de Portugal pertença aos portugueses. Foi um caminho difícil. Há muitos emigrantes que querem investir no país, mas desistem com os primeiros obstáculos”, refere Jorge Soares, destacando a importância do apoio da WHM para a concretização do projeto.

Localizado no concelho de Coruche, na localidade do Couço e a cerca de uma hora de viagem de Lisboa ou de Évora, e a 15 minutos da Barragem de Montargil, o Hotel Santa Justa conta também, além dos 44 quartos, com vários espaços para eventos, numa área total de 700 metros quadrados que se pode adaptar a diferentes dimensões e necessidades, à qual acresce ainda o espaço exterior.

Além de duplicar a oferta de alojamento na região de Coruche, o Hotel Santa Justa vai também, acrescenta a WHM no comunicado divulgado, tornar-se num “polo de emprego relevante para o município”.

O projeto do Hotel Santa Justa vai ser oficialmente apresentado esta sexta-feira, dia 27 de novembro, na presença da secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, que vai visitar investimentos de emigrantes na região, e participar na assinatura de um protocolo com o Município de Coruche para criação de um Gabinete de Apoio ao Emigrante.

 

4 comentários

  1. Vera Lúcia Casanova Queiroga Menezes Alves Demmler

    11 de Janeiro de 2021 at 0:48

    Olá, alguém me sabe dizer como é que alguém que esteja interessado em mandar cv para se candidatar a uma posição no hotel na altura da abertura?
    Obrigada

  2. Mariana

    25 de Novembro de 2020 at 18:42

    Boa Tarde! Em referência ao assunto do Hotel no Couço parecia-me bem passar a chamar-se Hotel Sorraia, tendo em conta que o Rio Sorraia nasceu no Couço! Junção do Rio Sôr com o Rio Raia

  3. Ricardo

    25 de Novembro de 2020 at 11:06

    Sugiro quo o hotel em Lisboa mude de nome pois a localidade e mais antiga

  4. onestay

    25 de Novembro de 2020 at 9:53

    Sugerimos que o nome seja repensado, pois já existe uma unidade com o mesmo nome em Lisboa e isso vai complicar a aplicação de estratégias de marketing digital.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *