Suíça também coloca Portugal na lista de países com elevado risco de COVID-19

Por a 25 de Setembro de 2020 as 15:39

O Ministério da Saúde da Suíça atualizou esta sexta-feira, 25 de setembro, a lista de países com elevado risco de contágio pela COVID-19, que passou a inclui Portugal, pelo que, a partir de segunda-feira, dia 28, todos os passageiros que viajem de Portugal para a Suíça devem cumprir uma quarentena de 10 dias.

Além de Portugal, também a Bélgica, Dinamarca, Equador, Reino Unido, Hungria, Irlanda, Islanda, Jamaica, Luxemburgo, Marrocos, Nepal, Omã, Holanda e Eslovénia passaram a ser considerados países de elevado risco de transmissão da COVID-19.

A necessidade de cumprir quarentena à chegada a território suíço para os passageiros com origem nos países mencionados entra em vigor às 00h00 da próxima segunda-feira, 28 de setembro, e nem a realização de um teste com resultado negativo dispensa a realização de uma quarentena de 10 dias.

“Um resultado de teste negativo não isenta do requisito de quarentena obrigatória nem encurta o período de quarentena. Isto ocorre porque um resultado de teste negativo não exclui uma infeção pelo novo coronavírus”, lê-se no site do Ministério da Saúde da Suíça.

De acordo com a informação publicada, a obrigatoriedade de realizar quarentena não se aplica, no entanto, aos passageiros em trânsito, que tenham passado menos de 24 horas em países ou regiões de elevado risco para a transmissão da COVID-19.

Os viajantes que não cumpram a realização de quarentena podem ser punidos com coimas que chegam aos 10 mil francos suíços, o equivalente a mais de 9.200 euros.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *