Paris-Orly reabre com voo da Transavia para a cidade do Porto

Por a 26 de Junho de 2020 as 11:10

A Transavia foi a primeira companhia aérea a retomar a operação no aeroporto de Paris-Orly esta sexta-feira, 26 de junho, com um primeiro voo para o Porto esta madrugada. De forma simbólica, a companhia aérea low-cost do grupo Air-France-KLM reiniciou o serviço no seu hub da capital francesa pela rota histórica Porto-Paris-Orly – o primeiro voo na história da Transavia France aconteceu a 12 de maio de 2007. Ao longo dos anos, essa rota estabeleceu-se como a primeira da companhia em número de passageiros.
Nos próximos dias, a Transavia retoma também progressivamente o seu programa de voos entre Paris-Orly e Faro, Lisboa e Funchal.

Também esta sexta-feira, a Transavia inicia a sua operação de/para a cidade do sul de França, Montpellier, com várias novas rotas, incluindo Faro-Montpellier (a partir desta sexta-feira; 2 voos/semana), Porto-Montpellier (2 voos/semana) e Lisboa-Montpellier (3 voos/semana), ligações a serem operadas em julho e agosto com tarifas desde 29 Euros (só ida). Estes anúncios estão naturalmente sujeitos à evolução da atual situação sanitária, informa a companhia aérea.

Nathalie Stubler, CEO da Transavia France, afirmou que “a reabertura de Orly é um símbolo do regresso de turistas e dos reencontros amicais e familiares, mas também de retoma da atividade económica em toda uma região. Para festejar este reinício, decidimos efetuar o primeiro voo de Orly na nossa primeira rota histórica Paris – Porto. Hoje, estamos orgulhosos de ser a primeira companhia a propor metade dos destinos com partida de Paris-Orly. Agradecemos ainda às autoridades e a todas as equipas do Aeroporto Paris e da Transavia que trabalharam para a reabertura de Orly e que vão permitir aos passageiros viajar com toda a segurança”.

Após reabrir as suas primeiras ligações de Lyon e Nantes para Portugal (Faro, Lisboa e Porto) a 15 de junho passado, desde aí e até hoje o único mercado de operação de/para França, novos destinos e rotas estão a ser retomados e oferecidos em Portugal, Espanha, Itália, Grécia, Croácia, Irlanda e Islândia, agora também de/para os aeroportos de Paris-Orly e Montpellier. A Transavia planeia realizar 25% do seu programa de voos e, este verão, em França, vai servir a mais de 50 destinos de Paris-Orly – ou 80% dos destinos planeados no seu programa inicial.

Um comentário

  1. Patrícia

    28 de Junho de 2020 at 13:10

    Infelizmente a companhia cancelou os voos que seguiam para a Madeira em julho e agosto. Vergonhosamente deixaram as pessoas usar os vouchers de viagens anteriormente canceladas e pagar mais, para agora anularem os voos.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *