Medidas de apoio ao turismo | Nuno Costa

Por a 29 de Maio de 2020 as 14:00

Por Nuno Costa, CEO da Timeless

No contexto atual, e sem sabermos ao certo o tempo de recuperação que cada empresa de transportes privados com motorista irá necessitar para um regresso a mínimos financeiros, que sejam suficientes para um equilibro de contas, consideramos que o Estado Português deveria criar um pacote fiscal transversal, de forma a que as empresas se possam assegurar a si e aos seus recursos humanos.

Passando por uma continuação do lay-off para os nossos colaboradores, seja ele em regime total ou parcial, redução ou eliminação do pagamento de TSU por parte dos sócios gerentes, redução do pagamento de IRC, respeitante a 2019, a anulação do PEC (Plano Especial por Conta), IVA, o IUC e o valor dos seguros das viaturas deveriam fazer parte deste pacote fiscal de apoio à retoma das nossas empresas.

Nota de editor: O Publituris vai publicar, ao longo dos próximos dias, uma lista de medidas de apoio ao turismo, com base na opinião e visão de 28 personalidades que trabalham neste setor em diversas áreas direta ou indiretamente.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *