Quarentena deixa de ser obrigatória para passageiros que cheguem aos Açores

Por a 28 de Maio de 2020 as 9:58

O Governo Regional dos Açores aprovou, esta quarta-feira, em Conselho de Governo, novas regras para os passageiros que chegam do exterior à Região. Assim, a partir de sexta-feira, estes deixam de estar sujeitos a isolamento profilático, mantendo-se a necessidade de teste negativo feito antes da viagem ou a realização de um teste de despiste da COVID-19 à chegada aos Açores.
Vasco Cordeiro, presidente dos Açores, realçou que “a alteração principal tem a ver com o isolamento profilático de 14 dias. Com a maior consciência que acreditamos que existe, do ponto de vista dos cuidados que cada um deve ter, essa deixa de ser uma exigência”.

“Mantemos como essencial a necessidade de testes, seja o teste já feito antes da viagem, seja a realização de teste à chegada aos Açores, com a necessidade de aguardar, num período máximo de 48 horas, pelo resultado do mesmo”, referiu Vasco Cordeiro.

Mantém-se também a regra da necessidade da realização de testes ao 5.º e ao 13.º dia, caso se prolongue a permanência na Região por mais de 7 ou 14 dias. “Este aspeto assume maior importância neste momento, porque, com esta maior flexibilização a partir de sexta-feira, permite manter uma vigilância rigorosa sobre essas situações”, sublinhou o Presidente do Governo.

De acordo com Vasco Cordeiro, esta alteração de procedimentos para quem chega do exterior à Região teve em conta o facto da situação pandémica estar a evoluir no bom sentido, o facto de as cadeias de transmissão estarem contidas ou extintas, assim como a constatação de que hoje, em relação ao início da pandemia, as “pessoas têm uma consciência muito mais acentuada dos cuidados que devem ter e das precauções que devem tomar”.

O Presidente do Governo salientou que esta medida pode ser revertida em função do evoluir da situação da COVID-19 nos Açores, tendo como ponderação, não o surgimento de um eventual novo caso positivo da doença, mas a capacidade de determinar todo o contexto dessa cadeia de transmissão.

Relativamente à retoma gradual e progressiva da operação da SATA Air Açores, deixará, a partir de sexta-feira, de ser necessária a autorização da Autoridade de Saúde Regional, passando a haver apenas uma relação normal em termos de disponibilidade e de procura de voos, informa ainda o governo regional.

2 comentários

  1. Rita C

    30 de Maio de 2020 at 9:59

    Saber se ao fazer os testes ao 5° e ao 13° dia estes teste temos que ser nós a pagar? Visto que faremos tb ao entrar na região ou antes…se é assim nenhuma pessoa assumirá estes gastos que vai sair mt mais caro que as próprias férias. Obrigado

  2. Olivia Almeida

    29 de Maio de 2020 at 15:14

    Boa tarde só gostaria de saber se a chegada á Lisboa porque estou na madeira Funchal tenho viagem para o mês que vem vou estar nos Açores 2 horas a seguir volto para Lisboa

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *