Enoturismo da Quinta do Crasto reabre já dia 1

Por a 22 de Maio de 2020 as 10:17

Após um longo e necessário período de confinamento, a Quinta do Crasto, localizada em Sabrosa, no Douro, reabre as suas portas já no início do próximo mês.
Segundo comunicado, “todas as normas de higiene e segurança estão a ser cumpridas de forma rigorosa, de acordo com as indicações da Direção Geral da Saúde e do selo “Clean & Safe” do Turismo de Portugal”.

As reservas vão passar a ser obrigatórias para evitar cruzamento entre grupos pelas áreas comuns da propriedade, “não se abrindo exceções a turistas que estejam apenas de passagem pela região e não tenham feito marcação prévia”, reforça a quinta.

“Também a oferta será reforçada para assegurar que nenhuma experiência fique comprometida. Os passeios a pé pela vinha, as viagens na clássica Bedford e as provas de vinhos vão continuar a ser orientados por um especialista da Quinta do Crasto, garantindo-se o devido distanciamento social e obrigatoriedade no uso de equipamento de proteção individual (máscara ou viseira). Estes serão disponibilizados à entrada para quem não os tiver, sendo que serão também criados vários postos de desinfeção de mãos pela Quinta (álcool gel)”.

No terraço exterior da casa senhorial da Quinta do Crasto vai manter-se o serviço de almoços e jantares. A autenticidade da gastronomia da região e os emblemáticos vinhos da casa prometem compor as mesas viradas estrategicamente para o rio, para uma imersão pela paisagem do Douro. No final da refeição é ainda possível visitar a piscina da propriedade, com assinatura do arquiteto Souto Moura, sendo que a sua utilização é condicionada e carece de confirmação por parte da equipa local.

Para Andreia Freitas, responsável pelo Enoturismo da Quinta do Crasto, esta adaptação à nova realidade “foi um processo relativamente simples para toda a equipa. A nossa filosofia é oferecer uma experiência exclusiva a quem nos visita e isso nunca foi compatível com aglomerados de pessoas. O nosso grande desafio é agora fintar as limitações das máscaras e aprender a sorrir com o olhar para preservar aquilo que sempre nos caracterizou: o saber receber.”

Além dos programas disponíveis da Quinta do Crasto, estão também a ser preparadas várias atividades em sinergia com outros operadores da região, como são exemplo as viagens de barco pelo rio Douro, organizadas em parceria com a empresa Pipadouro. Estes programas, ideais para quem viaja com crianças, podem ser reservados através da Quinta do Crasto.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *