Pullmantur anuncia nova política de cancelamentos

Por a 6 de Março de 2020 as 12:16

A Pullmantur introduziu algumas mudanças na sua política de cancelamentos para novas reservas, que passou a ser mais flexível, de forma a dar uma maior confiança aos passageiros da companhia de cruzeiros nestes “dias de incerteza” provocada pelo Covid-19 e ajudar os agentes de viagens a esclarecer as dúvidas dos seus clientes.

“Na Pullmantur, sabemos que estes dias de incerteza que atravessamos estão a transmitir dúvidas aos seus clientes sobre a reserva das suas próximas férias. Embora não possamos decidir por eles, queremos facilitar-lhes a sua escolha e, ao mesmo tempo, ajudá-lo nas suas vendas com uma nova Política de Reservas mais flexível”, destaca a Pullmantur, na informação divulgada esta sexta-feira, 6 de março.

Com a nova política, a Pullmantur, que em Portugal é representada pela Melair, passa a permitir cancelamentos até 25 dias antes da partida com um custo de apenas 50 euros por passageiro, caso a reserva seja apenas para o cruzeiro. Já se a reserva incluir também voo, a taxa de cancelamento sobe para 100 euros por pessoa.

No caso dos cancelamentos entre 15 e 25 dias antes da partida, a taxa de cancelamento passa a equivaler a 33% do valor da reserva, enquanto nos cancelamentos entre 14 e sete dias antes da partida já corresponde a 67%. Os cancelamentos com menos de sete dias antes da partida obrigam ao pagamento de 100% da reserva.

A nova Política de Reservas da Pullmantur aplica-se a novas reservas individuais realizadas em Espanha e Portugal, entre 5 de março e 30 de abril, cuja partida decorra até 30 de setembro e é válida para todos os itinerários da companhia de cruzeiros.

4 comentários

  1. Alcides Marques dos Santos

    6 de Abril de 2020 at 11:37

    Como passageiro do cruzeiro com inicio em Lisboa no dia 2/5/20, após o envio de 3 emails á Logitravel a solicitar o seu cancelamento e reembolso dos valores pagos (atendendo ao estado de emergência sanitário do país) obtive desta agência uma resposta tardia, vaga e inconclusiva. É lamentável o não assumir das responsabilidades.

    Alcides Santos

  2. Alcides Marques dos Santos

    6 de Abril de 2020 at 11:23

    Como passageiro desse cruzeiro e após o envio de 3 emails ( o 1º há cerca de 1M) a exigir o cancelamento e a restituição dos valores despendidos, tendo como justificação o estado de emergência sanitário do país e o consequente risco de vida, obtive da agência Logitravel uma resposta tardia, vaga e inconclusiva. Lamentável o não assumir das responsabilidades.

  3. Maria jose Marques

    29 de Março de 2020 at 9:09

    Tenho pago na totalidade cruzeiro com saida de Lsboa dia 2 de Maio para 2 pessoas para Marrocos e Andaluzia. A agência responde que está á espera de ordens da operadora. Até agora nao há nenhuma resposta. Aguardo resposta urgente.

  4. Celeste Vidal

    16 de Março de 2020 at 7:16

    Tenho pago cruzeiro Marrocos com partida Lisboa 2 de Maio 2020. Dado o surto Covid 19, pretendo saber como posso pedir já o reembolso, já que a agência nada diz.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *