Empréstimo obrigacionista do turismo com procura quatro vezes acima da expectativa

Por a 16 de Julho de 2019 as 17:02

O empréstimo obrigacionista para as Pequenas e Médias Empresas (PME) e ‘midcaps’ da área do turismo, lançado pelo Governo em junho, registou uma procura quatro vezes acima das expectativas, chegando aos 420 milhões de euros, quando o esperado eram 100 milhões de euros.

De acordo com informação enviada à Lusa pela Secretaria de Estado do Turismo, o empréstimo obrigacionista recebeu 76 pedidos de empresas, pelo que vai agora ser feita uma “seleção das empresas, até 13 de setembro, sendo construída a carteira de obrigações adequada e posteriormente a estruturação e colocação da emissão (até 15 de outubro)”.

Este foi o “primeiro empréstimo obrigacionista lançado em Portugal acessível a PME”, refere a mesma fonte, sendo a emissão com um prazo a sete anos e um financiamento de 15 milhões de euros por empresa, com 30% de garantia pública, através do Fundo de Contragarantia Mútuo.

Recorde-se que as candidaturas a este empréstimo obrigacionista foram abertas a 17 de junho, dirigindo-se a PME e ‘mid-caps’ até 3 mil funcionários. A operação foi dinamizada pela Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua e pelo Turismo de Portugal, sendo avaliada por uma agência de rating internacional.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *