Palácio da Bolsa registou “recorde histórico” de visitantes em 2018

Por a 15 de Abril de 2019 as 15:01

O Palácio da Bolsa, no Porto, recebeu um total de 376.172 visitantes ao longo do ano passado, número que representa um “recorde histórico”, de acordo com a Associação Comercial do Porto (ACP).

“É o maior recorde de sempre da história da Associação Comercial do Porto”, assume o presidente da ACP, Nuno Botelho, num comunicado de imprensa e que foi divulgado pela Lusa esta segunda-feira, 15 de abril.

Entre os visitantes que estiveram no Palácio da Bolsa no ano passado, a maioria era proveniente de França, com 82.057 visitantes contabilizados, seguindo-se Espanha, com 66.660 visitas, Estados Unidos da América, com um total de 31.039 visitas, Portugal, que registou 30.480 visitas, e Alemanha, cujos visitantes foram 23.623.

Para fazer face ao aumento do número de visitantes, a ACP está a reforçar a equipa de guias e o número de visitas em língua espanhola, uma vez que, no ano passado, se registou um aumento de procura de turistas espanhóis durante a época da Páscoa.

Em 2018, durante as semanas da Páscoa, o Palácio da Bolsa foi visitado por cinco mil espanhóis, a segunda nacionalidade que mais visitou este monumento no ano passado. Nesta época, devido aos feriados e às pontes no país vizinho, não há nacionalidades que se aproximem relativamente ao número de visitantes”, acrescenta o comunicado da ACP.

O Palácio da Bolsa disponibiliza visitas guiadas diárias, que são pagas e estão limitadas a um máximo de 50 pessoas por sessão. O Salão Árabe, localizado no primeiro andar do edifício e que foi inspirado no Palácio de Alhambra, é o ex-libris do Palácio da Bolsa.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *