Projecto de resort de raíz da AP Hotels & Resorts vai iniciar obras em breve

Por a 14 de Março de 2019 as 11:00

Atualmente com seis unidades hoteleiras, o grupo AP Hotels & Resorts vai iniciar, dentro em breve, obras daquele que será o seu primeiro projeto concebido de raiz.

O projeto, que vai integrar o Cabanas Park, vai resultar num resort com 280 quartos de capacidade com foco no estilo de vida saudável e na natureza e respetiva sustentabilidade.

Mar Bayo, diretora-geral do grupo hoteleiro, explicou ao Publituris, à margem da BTL, que decorre até domingo em Lisboa, que este vai “refletir a nossa filosofia sobretudo em tudo o que tem que ver com a sustentabilidade” e vai ter um foco especial na promoção do estilo de vida saudável, seja entre clientes, como também nos colaboradores da unidade. O resort, ainda com nome em definição, conta com amplas áreas caraterizadas por um “conceito compatível com a envolvência natural” do projecto. A unidade vai contar com um spa de grandes dimensões, mas também uma piscina grande interior, ginásio e um largo leque de oferta a nível de restauração. A complementar vai estar também uma área de conferências, de forma a captar também o segmento de negócios.

A diretora-geral do grupo indicou que a unidade tem abertura prevista para o final do próximo ano e um investimento na ordem dos 15 milhões de euros.

No que diz respeito a outros investimentos, a responsável realçou que as atenções estão direcionadas para o novo projeto e para consolidar o grupo que teve “um crescimento muito acelerado nos últimos três anos”. Porém, a responsável não descura a possibilidade de o grupo vir a ter outros investimentos, revelando que existe “ativamente uma procura de expansão em outras zonas, mas para já esperamos consolidar (…) mas há projetos que estão a ser estudados”.

Resultados

Em análise a 2018, Mar Bayo realçou que “foi um ano em termos globais excelente, ultrapassámos os objetivos que tinhamos proposto em todas as vertentes”, destacando os crescimentos de 18% no RevPAR e 11% no preço médio no geral das seis unidades do grupo. Os mercados com maior destaque para o grupo são o francês,

Para 2019, as expetativas continuam a apontar para um aumento, apesar de identificar um atenuar do ritmo de crescimento. Mar Bayo referiu que o grupo fez uma grande aposta “na renovação das unidades”, mas também na “em novos conceitos diversificados e diferentes nas unidades, e na qualidade do serviço”. “Estamos a conseguir manter os objetivos e as perspetivas de melhorar também os resultados este ano”, concluiu.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *