ARAC espera 350 participantes na III Convenção Nacional

Por a 6 de Março de 2019 as 11:25

A ARAC – Associação dos industriais de aluguer de automóveis sem condutor espera chegar aos 350 participantes na III Convenção Nacional, iniciativa que decorre a 5 de abril, na Culturgest, sob o tema “O Futuro da Mobilidade e do Turismo” e cujo programa está já fechado.

“Gostaríamos de chegar à casa dos 350 participantes, já seria bom para a dimensão do nosso sector”, disse ao Publituris Joaquim Robalo de Almeida, secretário-geral da ARAC, considerando que “350 pessoas é um número bastante simpático”, até porque o sector do rent-a-car em Portugal tem cerca de 150 empresas.

A III Convenção Nacional da ARAC arranca com a sessão de abertura, com a participação de Paulo Moura, presidente do Conselho Director da ARAC, seguindo-se Francisco Calheiros, presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), e Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, que intervém no debate em representação do ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira.

Já o primeiro painel vai ser dedicado ao tema “Um futuro sem volante?”, com a participação de João Pavão Martins, coordenador Científico da Área Científica de Inteligência Artificial do IST – Instituto Superior Técnico; Trevor Storey, Senior Director Mobility Partnerships da Hertz International; e Licínio de Almeida, diretor Geral da Volkswagen.

O segundo painel vai debater a temática “Afinal o Diesel não morreu!”, contando com a participação de Elisa Falliti, Policy Adviser for Automotive Affairs da LEASEUROPE, e de Stefan Bareiss, Section head of advance engineering for exhaustgas treatment in diesel cars da Robert Bosch GmbH, cuja apresentação vai, segundo Joaquim Robalo de Almeida, colocar “a assistência ao corrente das últimas novidades sobre o Diesel, porque afinal o Diesel não é mais poluente, é tão poluente como os outros motores”.

Depois de uma pausa para café, o debate é retomado com o tema “O digital muda tudo”, no qual vão participar Ricardo Tomé, diretor e coordenador da Media Capital Digital; Jorge Marrão, partner da Deloitte; João Ricardo Moreira, Executive Board Member da NOS Comunicações e Head of Corporate da NOS SGPS.

A partir do quarto painel, a III Convenção Nacional da ARAC entra nos temas dedicados ao Turismo, colocando logo em debate a temática “Como vai ser o turismo daqui a cinco anos?”, com a participação de Francisco Vieira Pita, administrador da ANA – Aeroportos de Portugal; Bernardo Trindade, ex-secretário de Estado do Turismo; Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT; e Pedro Machado, presidente da Turismo Centro de Portugal.

Já o quinto painel é dedicado ao tema “Portugal: De 17 milhões para 30 milhões de visitantes” e vai incluir intervenções de Álvaro Covões, managing director da Everything is New; Marta Cabral, presidente da Rota Vicentina; Duarte Guedes, CEO da Hertz Portugal; Carlos de Melo Ribeiro, empresário da área do Turismo; e Francisco Spínola, diretor geral para a Europa, África e Médio Oriente (EMEA)  da Liga Mundial de Surf (WSL).

Todo o debate vai ser moderado pelo jornalista e comentador Camilo Lourença, terminando com uma sessão de encerramento em que estão ainda previstas intervenções do próprio secretário-geral da ARAC, assim como do secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Gomes Mendes.

“Penso que os temas são muito interessantes e que vão motivar um debate muito participado. Vamos ter pessoas com experiência na plateia a quem vão ser lançadas perguntas pelo moderador. Esperamos que haja muita intervenção por parte da plateia”, acrescentou Joaquim Robalo de Almeida.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *