Algarve recebe Bienal de Turismo de Natureza com mote na sustentabilidade

Por a 4 de Janeiro de 2019 as 16:23

De 22 a 24 de Fevereiro, Aljezur vai ser palco da Bienal de Turismo de Natureza, iniciativa que vai ter a sustentabilidade como mote e que visa juntar profissionais do turismo, empresários, decisores públicos, entidades certificadoras e investigadores num debate que é promovido pela Vicentina – Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste.

“A Vicentina – Associação para o Desenvolvimento do Sudoeste, promotora do evento, não tem dúvidas quanto ao efeito predador de recursos naturais, patrimoniais, humanos e identitários que a indústria do turismo pode provocar e, consequentemente, da importância do planeamento estratégico e da operacionalização de medidas para a sustentabilidade”, refere a organização do evento num comunicado enviado à imprensa.

O objectivo, acrescenta a mesma informação, é colocar a sustentabilidade no debate regional, desafiando o “Algarve a olhar para um futuro mais sustentável, com especial atenção para as zonas de baixa densidade e áreas protegidas, onde um impacto turístico menos pensado pode causar danos irreparáveis na região”.

Para debater o tema, a Bienal de Turismo de Natureza tem já confirmado um leque de oradores “ligados às principais ferramentas de certificação e directrizes de boas prácticas”, como Luigi Cabrini, da Global Sustainable Tourism Council; Fátima Vieira, coordenadora nacional da Green Key; Paulo Castro, da Carta Europeia do Turismo Sustentável do Europarc; Ana Garcia, presidente da Accessible Portugal; e Patrícia Araújo, CEO da Biosphera Portugal.

Além das intervenções dos oradores, os debates vão ser dinamizados com um conjunto de mesas redondas, “onde intervenientes regionais e nacionais irão juntar conhecimento e contribuir para a reflexão do desafio que nos coloca a sustentabilidade”, acrescenta a Vicentina.

Além da sustentabilidade, a Bienal de Turismo de Natureza vai também abordar o Património Natural e Cultural, as Actividades de Turismo de Natureza, a Qualificação, bem como a Gestão e Certificação, temas que vão estar em destaque nas mais de 50 Oficinas do Conhecimento, disponíveis para todos os que trabalham em empresas de turismo ou relacionadas com o sector, estudantes a procurar conhecimento mais específico ou empreendedores.

“As oficinas serão apoiadas por mentores de várias instituições, desde a Universidade do Algarve ao Turismo de Portugal, passando por entidades como a Rota Vicentina ou a Almargem, ou empreendedores ligados à dinâmica turística da região”, refere ainda a mesma informação.

A Bienal de Turismo de Natureza decorre no Multiusos de Aljezur e vai contar com mais três espaços, incluindo uma área expositiva focada em soluções empresariais em torno da sustentabilidade, uma área de negócio B2B apoiada pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) Algarve – Enterprise Europe Network, e um espaço lúdico, onde vai decorrer um arraial.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *