Movimento dos coletes amarelos em França sem impacto nas reservas da Air France/KLM

Por a 4 de Dezembro de 2018 as 12:38

O movimento dos coletes amarelos, que tem vindo a manifestar-se contra o aumento dos impostos em França e que causou diversos distúrbios no passado fim-de-semana, em Paris, não teve, por enquanto, impacto nas reservas da Air France/KLM, até porque, como sublinha Boris Darceaux, director-geral da Air France/KLM para Espanha e Portugal, a maioria dos passageiros tem voos de conexão e não ficam em Paris.

“Este movimento começou há menos de duas semanas, apanhou dois fins-de-semana, e não vemos nenhum impacto, tem um impacto na reputação de França e de Paris, mas nas nossas reservas ainda não teve qualquer impacto, até porque a grande maioria dos nossos passageiros, em Paris, viajam em trânsito”, disse o responsável esta terça-feira, 4 de Dezembro, em declarações ao Publituris, mostrando-se confiante de que a situação vai ser rapidamente resolvida.

Boris Darceaux deu como exemplo as rotas da Air France/KLM entre Portugal e Paris, em que 60% dos passageiros viajam com conexão, não chegando a sair do aeroporto na capital francesa, daí que, nestes casos, não tenha havido “qualquer impacto”, ainda que o responsável admita que no restante tráfego seja necessária uma análise mais aprofundada.

“É muito cedo, precisamos de mais tempo para avaliar”, afirmou, mostrando-se, no entanto, convicto de que a situação vai ser resolvida brevemente.

Recorde-se que o movimento dos coletes amarelos, em França, começou há menos de duas semanas, em protesto contra a subida dos combustíveis e outros impostos em França, tendo provocado vários distúrbios e confrontos com as autoridades policiais, especialmente em Paris, onde várias centenas de manifestantes foram detidos e houve dezenas de feridos.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *