Filipinas reabrem ilha de Boracay ao Turismo

Por a 24 de Outubro de 2018 as 11:13

As Filipinas vão reabrir ao Turismo a ilha de Boracay, uma das mais populares do arquipélago, mas que está há seis meses encerrada aos turistas devido a graves problemas de poluição causados pelo turismo de massas.

De acordo com a Lusa, a ilha foi encerrada a 26 de Abril, por ordem do Presidente filipino, Rodrigo Duterte, que comparou Boracay a uma “fossa séptica” devido à poluição das águas e ao crescimento anárquico de hotéis.

Seis meses depois, a ilha prepara-se para voltar a receber turistas, agora com menos hotéis e restaurantes em funcionamento, além de uma quota diária que limita o número de turistas permitidos no território a cada dia e nova regulamentação que proíbe o consumo de tabaco e álcool nas praias, a fim de trazer ordem para o litoral.

“Trata-se de levar em conta o impacto das nossas acções sobre o estado actual e futuro do meio ambiente”, disse Bernadette Romulo-Puyat, ministra do Turismo das Filipinas, que já advertiu outros populares destinos do arquipélago, como El Nido e Palawan, no sentido de se tornarem destinos turísticos mais responsáveis.

Recorde-se que, nos últimos anos, Boracay, uma pequena ilha na zona central do arquipélago das Filipinas, a 315 quilómetros de Manila, capital do país, chegou a receber até dois milhões de turistas por ano.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *