SATA SGPS com prejuízo de 38 mil euros no 2.º trimestre

Por a 9 de Outubro de 2018 as 12:38

A SATA SGPS registou, no segundo trimestre de 2018, um prejuízo superior a 38 mil euros, o que resultou, essencialmente, da operação da SATA Internacional, que teve perdas de 28 milhões de euros.

De acordo com a Lusa, que cita o documento relativo às contas do segundo trimestre de 2018 do Sector Público Empresarial Regional (SPER), enviado pelo Governo Regional à Assembleia Legislativa açoriana, além da SATA Internacional, também a SATA Air Açores registou um resultado negativo, que se traduziu num prejuízo superior a 3,7 milhões de euros.

Recorde-se que o Governo Regional dos Açores anunciou, na passada quinta-feira, que, a pedido da administração da empresa, vai transferir este ano mais dois milhões de euros para a SATA, um valor que se enquadra no aumento do capital social da companhia aérea de 27 milhões de euros, que o executivo tem planeado para os próximos seis anos.

O Grupo SATA encerrou o ano de 2017 com o maior prejuízo da história da empresa, num montante de 41 milhões de euros, valor que foi quase três vezes superior ao de 2016, quando o prejuízo tinha sido de 14 milhões de euros.

No caso da SATA Internacional, decorre, neste momento, um processo que visa alienar 49% do capital da companhia aérea, e ao qual Loftleiðir Icelandic, do grupo Icelandair, apresentou, em Julho, uma proposta, que se encontra a aguardar um “parecer técnico-jurídico”.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *