Cancelamentos da TAP chegam ao Parlamento

Por a 10 de Abril de 2018 as 11:53

Os partidos da oposição querem ver os mais recentes cancelamentos da TAP explicados no Parlamento, com PSD a exigir explicações por parte da administração da companhia aérea, enquanto o CDS-PP quer ouvir o ministro do Planeamento e Infraestuturas, Pedro Marques, na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas.

De acordo com a Lusa, o primeiro pedido de explicações chegou por parte do deputado do PSD Paulo Neves, que considerou “completamente inadmissível” a situação dos atrasos na TAP, nomeadamente para as regiões autónomas, da Madeira e dos Açores.

“Só da Madeira, numa semana, foram cancelados 10 voos da TAP”, exemplificou Paulo Neves, defendendo que o Governo, que nomeia a administração da empresa, “também é corresponsável” pela situação.

Já o CDS-PP quer ouvir o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, tendo já apresentado um requerimento que, refere a Lusa, aponta que pode estar em causa o cumprimento das obrigações de serviço público, em especial para as regiões dos Açores e da Madeira, nomeadamente os regulamentos da União Europeia.

“O CDS-PP entende que a empresa não está a cumprir a obrigação do serviço público ‘entre um aeroporto da Comunidade e um aeroporto que sirva uma região periférica ou em desenvolvimento do seu território ou numa rota de fraca densidade de tráfego para qualquer aeroporto do seu território, se a rota em causa for considerada vital para o desenvolvimento económico da região que o aeroporto serve'”, lê-se no texto do CDS-PP.

Recorde-se que a TAP cancelou mais de 40 voos entre a passada sexta-feira, 6 de Abril, e segunda, 9 de Abril, justificando a supressão de voos com “problemas operacionais”.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *