Assine já
Aviação

Companhias aéreas europeias batem recorde em 2014

As empresas registaram uma taxa de ocupação de 81% no ano transacto.

Publituris
Aviação

Companhias aéreas europeias batem recorde em 2014

As empresas registaram uma taxa de ocupação de 81% no ano transacto.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
Bruxelas dá luz verde a ajudas estatais à Alitalia e Aegean Airlines
Homepage
Companhias ‘low-cost’ liderarão a recuperação pós-COVID
Aviação
Indústria da aviação poderá perder 80 mil milhões de euros em 2021
Aviação
Avião
Executivos de companhias aéreas preveem retoma a partir de 2022
Transportes
Emirates

Segundo a Association of European Airlines (AEA), as transportadoras que participam na análise de dados da associação registaram em voos domésticos, europeus e intercontinentais 11 milhões de passageiros extra durante o ano passado, o que representa um aumento de 3% em relação a 2013.

Três quartos do total de passageiros voaram em rotas intra-europeias e, como em 2013, o maior aumento proporcional foi observado nas ligações de longo curso, em que se registou um crescimento de passageiros de 4,5%.

Já em relação às rotas dentro da Europa, incluindo os serviços domésticos, o crescimento do número de passageiros ascendeu a 2,7%.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Destinos

“Territórios do Interior devem ser uma prioridade na promoção turística”, defende Nuno Fazenda

O secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda, participou esta quinta-feira, 2 de fevereiro, numa sessão pública sobre a Agenda para o Turismo no Interior, em Viseu.

O secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda, defendeu esta quinta-feira, 2 de fevereiro, que “os territórios do Interior devem ser uma prioridade na promoção turística”, motivo pelo qual o Governo conta apresentar, em abril, a Agenda para o Turismo no Interior.

De acordo com o governante, que falava numa sessão pública sobre a Agenda para o Turismo no Interior, que decorreu no Auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, “o Interior tem produtos turísticos únicos que devem ser valorizados”.

E Nuno Fazenda apontou medidas que visam descriminar positivamente o interior, a exemplo do programa Consolidar + Turismo, que prevê mais apoios para empresas do Interior; do Portugal Events, que vai diferenciar positivamente os eventos que decorram em destinos afastados do litoral; e da valoração adicional das produções internacionais que escolham filmar em territórios de baixa densidade, ao abrigo da Portugal Film Commission.

A sessão em Viseu integrou o Roteiro da Agenda para o Turismo no Interior, que o governante está a realizar pelo interior do país entre 31 de janeiro e 3 de fevereiro, com o objetivo de ouvir e debater com os atores locais os desafios, as potencialidades e as prioridades do turismo no interior.

Além de Nuno Fazendo, também Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal; Leonor Barata, vereadora do Turismo e Cultura da Câmara Municipal de Viseu; e José dos Santos Costa, presidente do Instituto Politécnico de Viseu, discursaram nesta sessão pública.

Na sua intervenção, o presidente do Turismo Centro de Portugal manifestou preocupação em combater a sazonalidade, a litoralização e a reduzida estadia média, assim como o despovoamento, problemas que afetam a atividade turística no interior, considerando que, para combater estas dificuldades, devem ser destacados os grandes trunfos do Interior do país.

“O Interior de Portugal é o luxo do século XXI, uma vez que oferece tempo, silêncio e segurança. Se passarmos esta mensagem aos mercados internacionais, nomeadamente os mercados emergentes, seremos capazes de atrair mais turistas a estes territórios”, considerou.

A sessão contou depois com dois painéis dedicados aos temas “O Turismo no Interior e no Centro – Redes e Conhecimento” e “O Turismo no Interior e no Centro – As Empresas”, aos quais se seguiu um período de debate.

No âmbito do Roteiro da Agenda para o Turismo no Interior, Nuno Fazenda visitou, também a Casa das Fidalgas, em Santar, Nelas, e o Grande Hotel Lisboa, nas Termas de São Pedro do Sul.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Emirates é a companhia aérea com melhor reputação em Portugal

Pelo segundo ano consecutivo, a Emirates classificou-se em primeiro lugar enquanto companhia aérea com melhor reputação em Portugal no RepScore 2023, relatório da OnStrategy, que destaca as melhores marcas do país.

Pelo segundo ano consecutivo, a Emirates classificou-se em primeiro lugar enquanto companhia aérea com melhor reputação em Portugal no RepScore 2023, relatório anual conduzido pela OnStrategy, que analisa mais de 2.000 empresas em Portugal e destaca as melhores marcas do país.

“Estamos muito felizes por sermos reconhecidos mais uma vez pelos nossos produtos e serviços líderes da indústria. Obrigado aos nossos passageiros por terem sempre optado por voar melhor connosco. Os passageiros permanecem no centro de tudo o que fazemos e esperamos continuar a oferecer experiências de viagem inigualáveis e a ligar Portugal ao mundo através do Dubai”, congratula-se David Quito, country manager da Emirates em Portugal.

Os prémios foram entregues na passada segunda-feira, 30 de janeiro, numa cerimónia que teve lugar no Hotel Ritz Four Seasons, em Lisboa, e que contou com a presença de David Quito, que recebeu o prémio entregue à Emirates.

Este ano, o relatório RepScore foi elaborado com base num inquérito aplicado a 50,000 cidadãos portugueses, focando no posicionamento da marca, na reputação, e na forma como os clientes veem as empresas nacionais e internacionais.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Governo incorpora Portugal Film Commission no ICA

Com esta alteração, o ICA passa a estar sob tutela dos membros do Governo responsáveis pelo Turismo e pela Cultura, em “matérias relacionadas com incentivos à produção cinematográfica e audiovisual e à captação de filmagens internacionais para Portugal”.

O Governo aprovou esta quinta-feira, 2 de fevereiro, em Conselho de Ministros, um decreto-lei que altera a estrutura orgânica do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA), que passa a incorporar em permanência a Portugal Film Commission.

De acordo com um comunicado do Gabinete do ministro do Mar e da Economia, com esta alteração, o ICA “alarga o escopo da sua missão”, passando a estar sob tutela conjunta dos membros do Governo responsáveis pelas áreas do Turismo e da Cultura, em “matérias relacionadas com incentivos à produção cinematográfica e audiovisual e à captação de filmagens internacionais para Portugal”.

“Esta alteração orgânica constitui o reconhecimento do trabalho da Portugal Film Commission e da política de incentivos concedidos pelo Fundo de Apoio ao Turismo e ao Cinema (FATC), com resultados muito positivos nos setores do cinema e do audiovisual”, explica o comunicado divulgado.

Entre 2018 e 2022, foi registado um investimento total de cerca de 238 milhões de euros (dos quais 129 milhões de investimento estrangeiro), com incentivos de 64 milhões de euros atribuídos a 168 projetos, tendo o ano de 2022 sido aquele que registou maior volume de investimento, que ascendeu a 99 milhões de euros (dos quais 74 milhões foram investimento estrangeiro), e tendo sido atribuídos 27 milhões de euros de incentivos.

O Governo pretende ainda introduzir, já este ano, alterações às regras de acesso ao Fundo de Apoio ao Turismo e ao Cinema, assumindo o compromisso de manter o regime de incentivos deste fundo até final de 2026.

“Nestes termos, as candidaturas ao FATC terão este ano duas fases. A primeira será aberta a 3 de abril de 2023, com uma dotação orçamental de apoio a projetos que será anunciada até ao final de fevereiro. Nesta primeira fase de candidaturas, mantêm-se as regras de acesso aos incentivos atualmente em vigor, com valoração adicional dos projetos realizados em territórios de baixa densidade”, acrescenta a informação divulgada.

No último trimestre do ano e após reflexão das diferentes áreas governativas envolvidas e considerando o relatório “Avaliação do Funcionamento e Efeitos do Incentivo à Produção Cinematográfica e Audiovisual – Cash Rebate”, do PlanAPP, o Governo conta abrir uma 2.ª fase de candidaturas, cujas regras e dotação orçamental estão ainda por definir.

“Esta decisão do Governo baseia-se no reconhecimento do sucesso alcançado na atração de produções internacionais para filmar em Portugal, com consequências muito positivas para o desenvolvimento do setor e para a consolidação das produtoras portuguesas”, realça Pedro Adão e Silva, ministro da Cultura, considerando que esta alteração permite assumir “um compromisso político total relativamente ao futuro, consolidando o que começou por ser um grupo de projeto”.

Já Nuno Fazenda, secretário de Estado do Turismo defende que “a atração de produções cinematográficas internacionais tem um efeito multiplicador para a economia e para o turismo português”, pelo que esta alteração legislativa permite reforçar a “estratégia de atratividade e fomento” de Portugal enquanto destino de excelência das produções cinematográficas, nomeadamente na zonas do interior do país.

“Queremos continuar a afirmar Portugal no mundo e a 7.ª arte é uma ancora para essa afirmação e projeção internacional”, conclui o governante.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Transavia lança nova campanha sob o mote “Os destinos que lhe dizem mais por menos”

A Transavia lançou uma nova campanha de media em Portugal, sob o mote “Os destinos que lhe dizem mais por menos”, que oferece tarifas desde 31 euros para voos de ida e que vai estar em vigor até 2 de abril.

A Transavia lançou uma nova campanha de media em Portugal, sob o mote “Os destinos que lhe dizem mais por menos”, que oferece tarifas desde 31 euros para voos de ida e que vai estar em vigor até 2 de abril.

A nova campanha da Transavia, companhia aérea low cost do Grupo Air France/KLM, arrancou esta semana e inclui cartazes, cartazes digitais em centros comerciais, banners digitais e anúncios na imprensa local, redes sociais e plataformas de vídeo online, tendo sido desenvolvida pela agência Marcel do Grupo Publicis.

O vídeo da nova campanha da Transavia já está disponível para visualização online aqui.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Torre dos Clérigos recebeu 1,2 milhões de visitantes em 2022

A Torre dos Clérigos, no Porto, recebeu 1,2 milhões de visitantes no ano passado, num aumento de quase 250% face a 2021, apesar de ainda estar abaixo de 2019, uma vez que as medidas de segurança da COVID-19 foram mantidas.

A Torre dos Clérigos, no Porto, recebeu 1,2 milhões de visitantes ao longo do ano passado, número que representa um aumento de quase 250% face a 2021 mas que continua ainda 30% abaixo do registado em  2019, antes da pandemia da COVID-19, informou a Irmandade dos Clérigos, gestora do monumento que comporta a igreja, o museu e a torre sineira.

Segundo a Irmandade dos Clérigos, o facto do número de visitantes do espaço continuar 30% abaixo do registado em 2019 deve-se ao facto de se ter decidido manter “as medidas de segurança e proteção dos visitantes vigentes ao longo da pandemia de COVID-19”.

Na lista de mercados emissores, o destaque vai para Espanha e França, que lideram em número de visitantes, ainda que a Irmandade dos Clérigos destaque também o desempenho dos EUA, que é já o terceiro país com maior número de visitantes na Torre dos Clérigos.

No ano passado, a Torre dos Clérigos registou uma quota de 70% de visitantes internacionais, número que, segundo a Irmandade dos Clérigos, vem comprovar o “lugar inestimável” do monumento na atração turística ao Porto e Norte de Portugal.

“Apesar de termos mantido as medidas de segurança e proteção implementadas desde 2020, com redução do fluxo de visitantes em simultâneo no interior da Igreja, Museu e Torre, chegámos ao final do ano ultrapassando a barreira de um milhão de turistas”, assinala o presidente da Irmandade dos Clérigos, Padre Manuel Fernando, considerando que, caso as medidas da COVID-19 não tivessem sido mantidas, o monumento teria “ultrapassado os 1,5 milhões de visitantes de 2019”.

Em 2022, o Complexo dos Clérigos recebeu também vários eventos de vulto, com destaque para o lançamento de vários livros mas também de exposições.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Costa Serena inicia cruzeiros na Ásia em junho

O Costa Serena vai oferecer trinta cruzeiros na Ásia em 2023, incluindo seis cruzeiros dedicados ao mercado sul-coreano, que têm lugar em junho, e vinte e quatro cruzeiros para o mercado de Taiwan, entre julho e setembro.

A Costa Cruzeiros anunciou que, entre junho e setembro, o navio Costa Serena vai voltar a realizar cruzeiros na Ásia, realizando um programa de cruzeiros charter, em colaboração com parceiros asiáticos locais.

De acordo com a companhia de cruzeiros, os acordos comerciais para esta operação já foram assinados numa cerimónia que decorreu no Dubai, a bordo do Costa Toscana, navio que está colocado no Golfo Pérsico durante o inverno de 2022/23, e que contou com a presença de Mario Zanetti, Presidente da Costa Cruzeiros, Roberto Alberti, SVP & Chief Commercial Officer da Costa Cruzeiros, e representantes dos dez parceiros locais.

“O reinício do Costa Serena, em funcionamento antes do previsto, é mais uma confirmação da crescente valorização da Costa Cruzeiros em todos os mercados globais em que operamos”, afirma Mario Zanetti, considerando que os cruzeiros a bordo do Costa Serena representam “um sinal importante para a recuperação da indústria na Ásia”.

No total, o Costa Serena vai oferecer trinta viagens de cruzeiros na Ásia em 2023, incluindo seis cruzeiros dedicados ao mercado sul-coreano, que têm lugar em junho, e vinte e quatro cruzeiros para o mercado de Taiwan, entre julho e setembro.

Os itinerários têm quatro a sete dias de duração e visitam vários destinos no leste asiático, a exemplo do Japão, estando planeadas saídas dos portos de Busan, Sokcho e Pohang, na Coreia do Sul, e Keelung, em Taiwan.

Recorde-se que o Costa Serena é um navio de bandeira italiana construído pela Fincantieri e que entrou em funcionamento em 2007, conta com uma arqueação bruta de 114.000 toneladas e pode acomodar até 3.780 passageiros.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Sem categoria

Tráfego de janeiro da Ryanair sobre 69% e chega aos 11,8 milhões de passageiros

No acumulado dos últimos 12 meses, a Ryanair contabiliza já 165,3 milhões de passageiros, o que indica um aumento de 111% face a igual período do ano anterior.

A Ryanair transportou 11,8 milhões de passageiros em janeiro, valor que traduz um aumento de 69% face a igual mês de 2022, quando a companhia aérea low cost tinha transportado sete milhões de passageiros.

Num comunicado enviado à imprensa, a Ryanair lembra que o tráfego de janeiro de 2022 ainda foi prejudicado pela COVID-19, nomeadamente pela variante Ómicron, e pelas restrições à viagens que foram adotadas no seguimento da pandemia.

Em janeiro, a Ryanair obteve também um load factor de 91% nos 68,200 voos operados pela companhia aérea, valor que ficou 12% acima de janeiro de 2022, quando o load factor dos voos da Ryanair tinha sido de 79%.

No acumulado dos últimos 12 meses, a Ryanair contabiliza já 165,3 milhões de passageiros, o que indica um aumento de 111% face a igual período do ano anterior, enquanto o load factor acumulado chegou aos 93%, também 12% acima do registado anteriormente.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

MSC World Europa

Mediterrâneo: MSC CRUZEIROS com bebidas incluídas e pacotes especiais com voos incluídos no Verão 2023

MSC CRUZEIROS – Embarque nesta Aventura

  • Quer opte por realizar cruzeiros portugueses, pelo Médio Oriente, pelas Caraíbas e Antilhas, pelo Mediterrâneo, pelo Norte da Europa, pelo Mar Vermelho ou caso opte por uma Grand Voyage poderá efetuar a sua reserva com a MSC Cruzeiros e ter a possibilidade de ter bebidas incluídas
  • A MSC Cruzeiros terá 6 navios a navegar no Mediterrâneo Ocidental e 8 navios a navegar no Mediterrâneo Oriental no Verão 2023
  • A MSC Cruzeiros disponibiliza pacotes especiais que incluem o cruzeiro, transferes e ainda o voo incluído para este Verão 2023
  • A MSC Cruzeiros terá 13 cruzeiros de 10 noites com partida e chegada a Lisboa no Verão pelo segundo ano consecutivo e percorrerá as cidades de Génova, Olbia (Itália), Marselha (França), Málaga, Cádis, Alicante e Mahón (Espanha)
  • O MSC World Europa, o primeiro navio movido a LNG, passará a temporada de Verão no Mediterrâneo com itinerários de 7 noites com partidas e chegada a Barcelona, que passarão por Nápoles e Messina, Valetta (Malta) ,Génova (Itália) e Marselha (França), sendo que os passageiros podem embarcar em Marselha, Génova e Nápoles
Greece, Corfu

O Mediterrâneo Ocidental por si só já é um dos destinos de eleição para realizar uma viagem, mas com a promoção Bebidas Incluídas da MSC Cruzeiros, a vontade de viajar é ainda maior. A Companhia terá 6 navios a navegar no Mediterrâneo Ocidental, entre os quais o mais recente navio , MSC World Europa, inaugurado em Novembro em Doha, no Qatar.

Uma das principais novidades do Mediterrâneo Ocidental são os 13 cruzeiros de dez noites com partidas e chegada a Lisboa. e percorrerá as cidades de Génova, Olbia (Itália), Marselha (França), Málaga, Cádis, Alicante e Mahón (Espanha). O MSC Orchestra navegará pelo 2.º ano consecutivo, dentro do próprio Verão Português, em Junho, Julho, Agosto, Setembro e Outubro.  Poderá adquirir este cruzeiro por preços a partir de 589€ cruzeiro + 220€ taxas portuárias + 120Taxa Serviço Hotelaria (TSH).  Com a promoção Bebidas Incluídas, os preços iniciam-se nos 789€ cruzeiro + 220€ taxas portuárias + 120€ TSH.

O MSC Orchestra fará um itinerário mais curto, de 5 noites, com partida de Lisboa a 3 de Novembro de 2023, que navegará pelas cidades de Alicante, Mahón, Olbia e por último fará o desembarque em Génova. Poderá adquirir o seu cruzeiro por preços desde 289€ cruzeiro + 70€ taxas portuárias + 60€ TSH. Com a promoção Bebidas Incluídas, o seu cruzeiro começará nos 389€, mantendo-se não só os valores das taxas portuárias, como também o das TSH.

Para quem optar por embarcar em Génova e desembarcar em Lisboa, também poderá fazê-lo. Com partida a 21 de Junho de 2023, o MSC Orchestra navegará por Marselha, Málaga, Cádiz, regressando à capital lisboeta, num cruzeiro que terá a duração de 5 noites. Poderá adquirir o seu cruzeiro por preços desde 289€ cruzeiro + 70€ taxas portuárias + 60€ TSH. Com a promoção das Bebidas Incluídas, o seu cruzeiro terá o preço de 389€, mantendo-se não só os valores das taxas portuárias, como também o das TSH.

Spain, Ibiza

O MSC World Europa será outra das novidades no Mediterrâneo Ocidental. Este navio fará um itinerário de 7 noites com partida e chegada a Barcelona, entre os dias 14 de Abril e 3 de Novembro de 2023, para destinos como Nápoles e Messina, Valletta (Malta), Génova (Itália), e Marselha, sendo que os passageiros poderão embarcar em Marselha, Génova e Nápoles. Os preços começam nos 199€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias + 84€ TSH. Com a promoção das Bebidas Incluídas, os preços iniciam-se nos 399€ cruzeiro +200€ taxas portuárias + 84€ TSH.

Os  restantes destaques do Mediterrâneo Ocidental incluem:

  • MSC Seashore com partida e chegada a Valência (Espanha), entre 20 de Abril e 19 de Outubro de 2023, fará escala em destinos como Civitavecchia , Génova e Palermo (Itália), Ibiza (Espanha), Marselha (França). Os passageiros têm a possibilidade de embarque em Marselha, Génova e Civitavecchia. O cruzeiro terá a duração de 7 noites e os preços iniciam-se nos 509€ cruzeiro +200€ taxas portuárias +84€ TSH. Com a promoção das Bebidas Incluídas, os preços iniciam-se nos 649€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias +84€ TSH.
  • MSC Seaview partirá de Barcelona (Espanha), entre os dias 22 de Abril e 21 de Outubro de 2023, e fará escala para destinos como Cannes (França), Génova, La Spezia e Civitavecchia (Itália), para além de Palma de Mallorca (Espanha), regressando a Barcelona. Haverá a possibilidade de embarcarem em Génova e Civitavecchia. O itinerário terá a duração de 7 noites e os preços começam nos 479€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias + 84€ TSH. Com a promoção das Bebidas Incluídas, os preços são a partir dos 619€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias + 84€ TSH.
  • MSC Grandiosa partirá de Barcelona, entre 18 de Abril e 31 de Outubro de 2023, e navegará por La Goulette (Tunísia), Palermo, Nápoles, Génova (Itália), Marselha (França) e desembarcará em Barcelona. Há a possibilidade de embarque, para quem assim o preferir, em Génova, Marselha e Nápoles, num cruzeiro que terá a duração de 7 noites. Os preços começam nos 449€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias + 84€ TSH. Com a promoção das bebidas incluídas, os preços iniciam-se nos 589€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias + 84€ TSH.
  • MSC Magnifica partirá de Valência, entre 6 de Maio e 21 de Outubro de 2023, e navegará por Tarragona (Espanha), Toulon (França), Génova, Civitavecchia, Livorno (Itália) e desembarcará em Valência. Os preços começam nos 399€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias + 84€ TSH. Com a promoção das Bebidas Incluídas, os preços iniciam-se nos 539€ cruzeiro + 200€ taxas portuárias +84€ TSH.
Montenegro, from Kotor – Budva

A oferta da MSC Cruzeiros no Mediterrâneo Oriental e o pacote especial voo + transferes + cruzeiro:

Como é habitual, a MSC Cruzeiros tem disponível pacotes especiais que incluem o cruzeiro, transferes e ainda o voo incluído , para que os viajantes saibam o custo exato das suas férias, sem terem de se preocupar com custos extra.

A MSC Cruzeiros terá 8 navios a navegar no Mediterrâneo Oriental e uma vasta variedade de itinerários para oferecer. Um cruzeiro nesta região é uma viagem por diversas culturas repletas de história, deliciosas culinárias e portos com alguns dos melhores destinos que o Mediterrâneo tem a oferecer. Descubra as regiões que fizeram o berço das civilizações ocidentais, com uma rica história e cidades que datam dos antigos impérios grego e romano.

Um dos grandes destaques é o MSC Divina que irá realizar partidas e chegadas a Civitavecchia, entre 9 de Junho e 29 de Setembro 2023, e irá fazer escala em destinos como Siracusa (Itália), Valetta (Malta), Santorini e Mykonos (Grécia) durante 7 noites.  A MSC Cruzeiros disponibiliza estes pacotes especiais no Mediterrâneo Oriental com voo de Lisboa para Civitavecchia e regresso a Lisboa, a que acresce os transferes e o cruzeiro.  Este pacote terá o preço de 1009€ + 200€ + 84€ TSH, ao passo que com Bebidas Incluídas os preços iniciam-se nos 1179€ + 200€ + 84€.

MSC Seashore’s first call at Ocean Cay MSC Marine Reserve – Photo credit Conrad Schutt

No MSC Lírica com partida de Veneza, os passageiros também poderão beneficiar do pacote especial incluindo voos de Lisboa para Veneza e regresso a Lisboa + transferes + cruzeiro por preços a partir de 779€ + 200€ taxas portuárias + 84€ TSH.  Neste  cruzeiro de 7 noites que passará ainda por Dubrovnik (Cróacia), Kotor (Montenegro), Corfu, Zakynthos (Grécia) e Bari (Itália), haverá ainda uma promoção de bebidas incluídas que poderá ser adquirida por preços a partir de 919€ +200€ taxas portuárias + 84€ TSH.

Com partida de Veneza, o MSC Sinfonia fará itinerários de 7 noites no Mediterrâneo Ocidental. Com um itinerário que inclui passagens por Brindsi (Itália), Mykonos e Pireu (Grécia) e Split (Croácia), os passageiros poderão optar também pelo pacote especial que inclui voos de Lisboa para Veneza e regresso a Lisboa +transferes + cruzeiro por preços a partir de 809€ + 200€ em taxas portuárias + 84€ TSH. Com a promoção das Bebidas Incluídas, os preços iniciar-se-ão nos 949€ + 200€ em taxas portuárias + 84€ TSH.

Italy, Messina

O MSC Armonia também navegará a partir de Veneza, entre 8 de Abril e 28 de Outubro de 2023, num itinerário que passará por Kotor, Mykonos, Santorini, Ancona e Veneza ao longo de 7 noites. Com o pacote especial que inclui voos de Lisboa para Veneza e regresso a Lisboa + transferes + cruzeiro, os preços começam nos 1009€ +200€ taxas portuárias +84€ TSH, ao passo que com a promoção das Bebidas Incluídas, os preços iniciam-se nos 1179€ + 200€ taxas portuárias +84€ TSH.

Os  restantes destaques do Mediterrâneo Oriental incluem:

  • MSC Opera também fará itinerários de 7 noites, entre os dias 14 de Maio e 15 de Outubro, a partir de Monfalcone, passando por Cefalonia, Heraklion, Santorini (Grécia), Bari (Itália) e regressando a Monfalcone para fazer o Também haverá um pacote especial que inclui voos de Lisboa para Monfalcone e regresso a Lisboa+ transferes+cruzeiro. Com a tarifa básica, os preços começam nos 269€ cruzeiro+200€ taxas portuárias + 84€ TSH. Com a promoção bebidas incluídas, os preços iniciam-se nos 409€ + 200€ +84€ TSH.
  • MSC Musica com porto de embarque em Pireus (Grécia), entre 23 de Abril e 29 de Outubro de 2023, fará escala para destinos como Santorini (Grécia), Kusadasi (Turquia), Haifa (Israel), as ilhas de Limassol (Chipre), além de Mykonos (Grécia) ao longo de 7 noites. Os preços começam a partir dos 429€ +200€ taxas portuárias +84€ TSH. Com a promoção das bebidas incluídas, os preços começam nos 569€ +200€ taxas portuárias + 84€ TSH.
  • MSC Splendida com partida de Trieste (Itália), entre 30 de Abril e 9 de Outubro, fará escala para destinos como Katakolon (Grécia), Pireus (Grécia), Kusadasi e Istambul (Turquia), Corfu (Grécia) e Bari (Itália). Existe ainda outro itinerário do MSC Splendida, nas mesmas datas, que passará por Mykonos, em vez de passar por Pireus. Estes itinerários terão a duração de 9 noites e incluem um pacote especial incluído voos de Lisboa para Trieste e regresso a Lisboa + transferes + cruzeiro. Com a Tarifa Básica, os preços partem dos 469€ cruzeiro + 210€ taxas portuárias + 108€ TSH.
  • MSC Poesia partirá de Génova, entre 25 de Setembro e 19 de Novembro em 2023, e navegará por Kusadasi e Istambul (Turquia), Pireus (Grécia), Palermo, Civitavecchia e Génova (Itália) com possibilidade de embarque em Civitavecchia. O itinerário terá a duração de 11 noites e poderá ser adquirido a partir de 329€ + 220€ taxas portuárias + 132€ TSH em Tarifa Básica. Com a promoção das Bebidas Incluídas, os preços iniciam-se nos 549€ cruzeiro + 220€ taxas portuárias + 132€ TSH.

Este ano, tem todos os motivos e mais alguns, para fazer um cruzeiro!

Embarque nesta aventura com a MSC Cruzeiros.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos
Destinos

Nova edição: Dossier de companhias aéreas, Soltour Travel Partners e Turismo do Centro

A nova edição do Publituris, a primeira do mês de fevereiro, faz capa com um dossier dedicado às novidades que as companhias aéreas preparam para o próximo verão IATA. Além do dossier, publicamos um artigo sobre a Soltour Travel Partners, uma entrevista com o presidente da Turismo do Centro e outra com o diretor-executivo do NEST – Centro de Inovação do Turismo.

A nova edição do Publituris, a primeira do mês de fevereiro, faz capa com um dossier dedicado às novidades que as companhias aéreas preparam para o próximo verão IATA, que arranca já a 27 de março e se prolonga até 26 de outubro.

Conheça as novidades previstas para Portugal para o próximo verão IATA e saiba também quais são as previsões das transportadoras aéreas para 2023, ano que promete trazer de volta a capacidade que ainda estava por repor devido à pandemia da COVID-19.

Nesta edição, publicamos também um artigo sobre a Soltour Travel Partners na secção de Distribuição, no qual o delegado Luís Alexandrino revela que o objetivo do operador passa por oferecer às agências portuguesas um portefólio mais amplo e não só de destinos de ‘Sol & Praia’.

Leia também o especial sobre o Turismo do Centro, em que Pedro Machado, presidente da entidade regional de turismo, faz um balanço sobre o seu mandato, que está a terminar, e fala sobre a importância do mercado espanhol, que a região quer continuar a captar, naquele que é um dos motivos que levaram a Turismo do Centro a associar-se ao lançamento da primeira Estratégia do Turismo Transfronteiriço 2022-2023, que foi apresentada na FITUR 2023.

Nesta edição, publicamos ainda uma entrevista com Roberto Antunes, diretor-executivo do NEST – Centro de Inovação do Turismo, que defende que “a tecnologia [no setor do turismo] deve ser o facilitador e não a finalidade”.

A nova edição do Publituris volta ainda a divulgar os nomeados para os Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2023, que vão ser entregues no primeiro dia da BTL, a 1 de março.

Este ano, são 100 os nomeados, em 16 categorias, às quais acresce o prémio “Personalidade do Ano”, que é escolhido diretamente pela equipa do Publituris. A votação online arranca já na próxima segunda-feira, 23 de janeiro, prolongando-se até 17 de fevereiro.

Além do check-in, esta edição conta também com as opiniões de Francisco Jaime Quesado (economista e gestor), Helena Pimentel (docente do ISG), Nuno Abranja (diretor do Departamento de Turismo do ISCE e CEO da consultora OMelhorDoTurismo) e Pedro Castro (diretor da SkyExpert Consulting e docente de Sistemas de Transporte no ISCE).

Boas leituras.

A versão completa desta edição é exclusiva para subscritores do Publituris. Pode comprar apenas esta edição ou efetuar uma assinatura do Publituris aqui obtendo o acesso imediato.

Para mais informações contacte: Carmo David | [email protected] | 215 825 43

Nota: Se já é subscritor do Publituris entre no site com o seu Login de assinante, dirija-se à secção Premium – Edição Digital e escolha a edição que deseja ler, abra o epaper com os dados de acesso indicados no final do resumo de cada edição.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Edição digital: Dossier de companhias aéreas, Soltour Travel Partners e Turismo do Centro

A nova edição do Publituris, a primeira do mês de fevereiro, faz capa com um dossier dedicado às novidades que as companhias aéreas preparam para o próximo verão IATA. Além do dossier, publicamos um artigo sobre a Soltour Travel Partners, uma entrevista com o presidente da Turismo do Centro e outra com o diretor-executivo do NEST – Centro de Inovação do Turismo.

A nova edição do Publituris, a primeira do mês de fevereiro, faz capa com um dossier dedicado às novidades que as companhias aéreas preparam para o próximo verão IATA, que arranca já a 27 de março e se prolonga até 26 de outubro.

Conheça as novidades previstas para Portugal para o próximo verão IATA e saiba também quais são as previsões das transportadoras aéreas para 2023, ano que promete trazer de volta a capacidade que ainda estava por repor devido à pandemia da COVID-19.

Nesta edição, publicamos também um artigo sobre a Soltour Travel Partners na secção de Distribuição, no qual o delegado Luís Alexandrino revela que o objetivo do operador passa por oferecer às agências portuguesas um portefólio mais amplo e não só de destinos de ‘Sol & Praia’.

Leia também o especial sobre o Turismo do Centro, em que Pedro Machado, presidente da entidade regional de turismo, faz um balanço sobre o seu mandato, que está a terminar, e fala sobre a importância do mercado espanhol, que a região quer continuar a captar, naquele que é um dos motivos que levaram a Turismo do Centro a associar-se ao lançamento da primeira Estratégia do Turismo Transfronteiriço 2022-2023, que foi apresentada na FITUR 2023.

Nesta edição, publicamos ainda uma entrevista com Roberto Antunes, diretor-executivo do NEST – Centro de Inovação do Turismo, que defende que “a tecnologia [no setor do turismo] deve ser o facilitador e não a finalidade”.

A nova edição do Publituris volta ainda a divulgar os nomeados para os Portugal Trade Awards by Publituris @BTL 2023, que vão ser entregues no primeiro dia da BTL, a 1 de março.

Este ano, são 100 os nomeados, em 16 categorias, às quais acresce o prémio “Personalidade do Ano”, que é escolhido diretamente pela equipa do Publituris. A votação online arranca já na próxima segunda-feira, 23 de janeiro, prolongando-se até 17 de fevereiro.

Além do check-in, esta edição conta também com as opiniões de Francisco Jaime Quesado (economista e gestor), Helena Pimentel (docente do ISG), Nuno Abranja (diretor do Departamento de Turismo do ISCE e CEO da consultora OMelhorDoTurismo) e Pedro Castro (diretor da SkyExpert Consulting e docente de Sistemas de Transporte no ISCE).

Leia a edição aqui.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.