Art District na Cidadela de Cascais

Por a 28 de Janeiro de 2014 as 17:25

A Cidadela de Cascais vai ter um Art District, tornando-se no primeiro hotel na Europa a ter um espaço cultural deste género, que nasce pelas mãos do Grupo Pestana.

O Cidadela Art District (CAD) foi apresentado esta terça-feira, 28 de Janeiro, na Pousada de Cascais, sendo que a unidade passará a acrescentar à sua designação Cidadela Historic Hotel & Art District a partir de 8 de Março, data da inauguração do projecto.

O projecto contempla a transformação de todos os espaços da Pousada em expositores e que a criação no local seja constante entre os artistas de residência periódica e os convidados. O CAD inclui seis galerias culturais, das quais a primeira galeria Raw Art (obras de pessoas com deficiência) em Portugal; e seis ‘open studios’, onde se pode observar os artistas a trabalhar.

O espaço é aberto não só aos hóspedes, como ao público em geral, e conta com Sandro Resende, fundador do P28, na direcção artística.

Em declarações na apresentação do projecto, Luís Araújo, administrador do Grupo Pestana, afirmou que a abertura da Cidadela a toda a gente sempre foi um dos objectivos aquando da construção e do ‘renascer’ deste espaço na vila de Cascais.

Ao Publituris, o responsável indicou que a Cidadela “tem corrido muito bem”, estando a cumprir as expectativas “do ponto de vista do posicionamento.” “Acho que agora, quando agregar o Art District ao hotel, não tenho dúvidas que vai ser uma coisa única no mundo. Conheço muito poucos hotéis que se podem gabar de ter um Art Distric e esse é o objectivo”, acrescentou Luís Araújo, indicando que com as sinergias existentes, por exemplo, com a Câmara de Cascais , “estamos todos em sintonia e o que se pretende para esta zona é exactamente o que estamos a lançar.”

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *