Assine já
Distribuição

GEA: Agências estão “optimistas”

É preciso “sair da zona de conforto” afirma Pedro Gordon.

Patricia Afonso
Distribuição

GEA: Agências estão “optimistas”

É preciso “sair da zona de conforto” afirma Pedro Gordon.

Patricia Afonso
Sobre o autor
Patricia Afonso
Artigos relacionados
GEA debate futuro em convenção no final de Outubro
Distribuição
Grupo GEA regista crescimento nos vários indicadores
Homepage
“Conseguir pagar os reembolsos a todos os nossos clientes é o desafio da nossa sobrevivência”, alerta Costa Ferreira
Distribuição
Nova edição: Futuro das agências de viagens, FITUR e marketing digital
Homepage

A convenção do Grupo GEA Portugal, que teve lugar no início deste mês, “correu muito bem”, afirmou ao Publituris Pedro Gordon, director-geral da rede em Portugal.

Segundo o responsável, “os participantes ficaram satisfeitos com a forma como correu a convenção; com os assuntos tratados, de elevado interesse; assim como pela parte lúdica e educacional.”

O encontro, que este ano decorreu em Salamanca, Espanha, sob o lema ‘Controlo de Custos e Dinamização de Áreas de Negócio’, contou com 158 participantes, que representaram mais de 130 agências de viagens.

Pedro Gordon indicou, ainda, que o ambiente entre as agências da rede é de “optimismo” e que é esperado “um crescimento geral das facturações” em 2013, face ao ano anterior.

*Leia este artigo na íntegra na próxima edição do Jornal Publituris, distribuída no 39.º Congresso da APAVT.

 

Sobre o autorPatricia Afonso

Patricia Afonso

Mais artigos
Artigos relacionados
Destinos

Portugal e Espanha unem-se para promover vinhos ibéricos

A campanha “Feel The European Quality With Wines From Spain and Portugal” foi lançada terça-feira, 20 de setembro, e é dirigida aos profissionais do vinho, líderes de opinião e turistas europeus que visitem Portugal e Espanha.

Portugal e Espanha uniram-se para promover a tradição vinícola ibérica de forma conjunta, num programa que junta a ViniPortugal e a sua congénere espanhola OIVE, no âmbito do qual foi já lançada a campanha europeia “Feel The European Quality With Wines From Spain and Portugal” que, entre outros objetivos, pretende também estimular o turismo.

“Esta é uma das muitas ações previstas no programa conjunto das entidades, que terá a duração de três anos e que procura mostrar a qualidade e a tradição vitivinícola dos dois países”, indica a ViniPortugal em comunicado, dando conta que o evento de lançamento da nova campanha decorreu na terça-feira, 20 de setembro, e contou com a presença de Frederico Falcão, presidente da ViniPortugal, assim como da diretora-geral da OIVE, Susana García Dolla.

A decorrer em Portugal e Espanha até 2024, esta campanha representa um investimento de mais de dois milhões de euros, sendo dirigida aos profissionais do vinho (importadores e sommeliers), aos meios de comunicação, aos líderes de opinião e aos turistas europeus que visitarem qualquer um dos dois países ao longo dos três anos.

“Esta é uma campanha promocional europeia que também pretende abranger os turistas que visitam Portugal e Espanha, com o objetivo de lhes fornecer informações sobre os vinhos de qualidade disponíveis nos dois países. Por outras palavras, queremos sensibilizar os turistas internacionais sobre vinhos portugueses e espanhóis, sua história, cultura, harmonizações… e assim encorajá-los a consumir de forma responsável”.

No comunicado divulgado, a ViniPortugal explica que, mais do que a tradição vinícola, Portugal e Espanha partilham também a paixão pelo vinho, ingrediente que, segundo a campanha agora lançada, é aquele que “faz destacar os vinhos ibéricos”.

O setor vinícola ibérico desempenha ainda “um papel fundamental na sustentabilidade económica, social e ambiental de muitas aldeias em Espanha e Portugal, gerando milhares de empregos diretos e indiretos que vão muito para além das vinhas e adegas, prevenindo e combatendo o despovoamento rural”, acrescenta a ViniPortugal, defendendo que o impacto positivo deste setor “não se limita apenas aos países produtores, mas contribui também para impulsionar a economia europeia através de atividades como o transporte, logística, marketing e vendas”.

Recorde-se que Espanha é, atualmente, o primeiro país no mundo em área de vinha, que corresponde a 950 mil hectares, sendo também um dos países com a maior variedade e qualidade de vinhos do mundo, enquanto Portugal é o décimo maior produtor de vinho do mundo e o país da União Europeia com a maior diversidade de castas por quilómetro quadrado.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Bestravel promove Mercados de Natal na Suíça

Voe para um Natal mágico” é o mote de uma campanha dedicada aos Mercados de Natal na Suíça que a rede de agências de viagens Bestravel acaba de lançar.

Em parceria com o Turismo da Suíça, a campanha visa dar a conhecer aos portugueses um lado menos conhecido do país, os Mercados de Natal.

A Bestravel lembra, em nota de imprensa, que “esta é a época do ano em que procuramos partilhar sorrisos, alegria, esperança e amor com a nossa família e amigos”, por isso, “uma forma especial de o fazer é descobrir os melhores Mercados de Natal do país”, destacando-se os de Montreux, Zurique, Basileia, Lucerna e Lausanne

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Ribeira do Porto é um dos tesouros cinematográficos da Europa

A Ribeira do Porto é o único lugar português na lista divulgada pela Academia Europeia de Cinema, juntando-se a locais em França, Polónia, Espanha, Reino Unido ou Letónia.

A Ribeira do Porto foi esta terça-feira, 20 de setembro, eleita como um dos tesouros da cultura cinematográfica europeia pela Academia Europeia de Cinema, que reconhece que esta zona histórica portuense tem um valor histórico “que deve ser mantido e protegido”, avança a Lusa, que cita a organização desta distinção.

A criação da lista de “Tesouros da Cultura Cinematográfica Europeia” é uma iniciativa da Academia Europeia de Cinema com o objetivo de elencar locais e espaços que são simbólicos para o cinema europeu, “lugares de valor histórico que devem ser mantidos e protegidos não só agora como para as gerações futuras”, lê-se na nota de imprensa.

A Ribeira do Porto é um dos 22 tesouros cinematográficos da Europa, com a Academia Europeia de Cinema a lembrar que esta zona histórica foi já cenário de três filmes do realizador português Manoel de Oliveira, concretamente “Douro, Faina Fluvial” (1931), “Aniki Bobó” (1942) e “O Porto da Minha Infância” (2001).

A Ribeira do Porto é o único lugar português na lista divulgada pela Academia Europeia de Cinema, juntando-se a locais em França, Polónia, Espanha, Reino Unido ou Letónia.

Para a academia é preciso preservar, por exemplo, o Studio Babelsberg (Alemanha), onde Fritz Lang fez “Metropolis” (1927) e Wes Anderson filmou “Grand Budapest Hotel” (2014), a Fontana di Trevi, em Roma, cenário de “A doce vida” (1961), de Federico Fellini, ou uma praia em França, onde Agnès Varda fez “As praias de Agnès” (2008).

“Em vez de nos limitarmos a organizar os prémios europeus de cinema, a Academia Europeia de Cinema vai abranger a história e as pessoas que fizeram o que é hoje o cinema europeu”, afirmou o diretor da academia, Matthijs Wouter Knol, em comunicado.

O objetivo da academia é anualmente acrescentar novos locais a esta lista de “tesouros cinematográficos” e trabalhar este património junto de novos públicos.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Rio Convention & Visitors Bureau abre representação comercial em Portugal

O Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB) acaba de abrir um escritório de representação em Portugal com vista a ampliar a sua atuação no nosso país e fomentar o turismo daquele destino brasileiro.

A Bossa Brazil, que tem sede em Londres, é a representante oficial do Rio CVB nos mercados do Reino Unido, Portugal, Espanha, França, Itália e Alemanha.

O foco dessa colaboração é atrair tanto o turista de negócios como o de lazer, atuando na promoção da cidade, com a participação em feiras e roadshows e em atividades de relacionamento com o trade turístico e com a imprensa especializada presentes nestes mercados.

A Bossa Brazil dará apoio a quem já vende o Rio de Janeiro, e também incentivará aqueles que estão interessados em a Cidade Maravilhosa nos seus programas e pacotes.

“O mercado português tem uma grande relevância na receita turística, tanto para o Brasil quanto para o Rio de Janeiro”, afirmou a diretora-executiva do Rio CVB, Roberta Werner, para lembrar que antes da pandemia, as viagens internacionais injetaram seis mil milhões de dólares na economia brasileira.

Segundo a responsável, a retoma dos estrangeiros está a acontecer, “por isso estamos a intensificar a promoção da cidade nos países emissores”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Summerwind Portugal tem novos contactos

A Summerwind Portugal atualizou os seus contactos gerais, assim como os e-mails dedicados às companhias aéreas Binter e LAM.

A Summerwind Portugal atualizou os seus contactos gerais, assim como os e-mails dedicados às companhias aéreas Binter e LAM, informou a empresa de representação de companhias aéreas.

A Summerwind Portugal informa que a sua morada é na Av. Sidónio Pais, 24, 2.º Esq., 1050-215 Lisboa, e que o e-mail geral da empresa é [email protected], estando também disponíveis os números de telefone 211 642 034 e 210 965 713.

Além dos contactos gerais, a empresa atualizou também os emails dedicados para as companhias aéreas Binter e LAM, com a companhia aérea das Canárias a estar agora disponível pelos e-mails [email protected], [email protected] e [email protected]

Já a LAM, companhia aérea de bandeira moçambicana, passa a contar com o e-mail dedicado [email protected]

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Carla Moreira é a nova comercial da Quadrante para a zona centro e sul do país

Carla Moreira iniciou funções enquanto comercial da Quadrante para a zona centro e sul do país na passada segunda-feira, 19 de setembro.

O operador turístico Quadrante contratou Carla Moreira para as funções de comercial para a zona centro e sul do país, profissional que conta com uma experiência de 15 anos no setor das viagens e turismo, e que passou também pela aviação.

Numa nota enviada à imprensa, a Quadrante sublinha que Carla Moreira é “detentora de um currículo invejável”, sendo, por isso, a profissional indicada para as funções que agora desempenha e que passou a ocupar desde a passada segunda-feira, 19 de setembro.

Carla Moreira iniciou a sua carreira na Halcon Viagens e passou, posteriormente, para a aviação, nomeadamente pela companhia aérea francesa Aigle Azur, onde desempenhou funções comerciais para a zona norte numa primeira fase, tendo, mais tarde, passado a desempenhar as mesmas funções no restante país, incluindo Ilhas.

“Na sua longa permanência nesta companhia, veio a abraçar outros mercados, como Espanha, Itália e Alemanha”, acrescenta a Quadrante.

Mais tarde, com o encerramento da Aigle Azur, Carla Moreira ingressou na Euroatlantic, onde esteve ligada às rotas regulares da companhia aérea, desenvolvendo os mercados de São Tomé e Guiné-Bissau.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Madeira, Dubai e Nova Iorque são as proposta de réveillon das Viagens Tempo

As Viagens Tempo lançaram três propostas para o próximo réveillon na Madeira, Nova Iorque e Dubai, cujos preços começam nos 1.030 euros por pessoa para a Madeira.

Madeira, Dubai e Nova Iorque são as proposta das Viagens Tempo para o próximo réveillon, destinos para os quais o operador turístico disponibiliza pacotes com quatro ou cinco noites de alojamento e voos, cujos preços começam nos 1.030 euros por pessoa no caso da Madeira.

Para a Madeira, o pacote das Viagens Tempo inclui quatro noites de alojamento em APA, na unidade de quatro estrelas Hotel Pestana Village e tem partidas a 29 ou 30 de dezembro, em voos TAP, estando também contemplado o jantar de gala na noite de 31 de dezembro.

Já para Nova Iorque, os preços das Viagens Tempo começam nos 1.980 euros para um pacote de quatro noites de alojamento, que inclui também voos TAP com partida a 29 ou 30 de dezembro, bem como transferes. Já as taxas aeroportuárias e o visto eletrónico de entrada nos EUA não estão incluídos no pacote de réveillon.

Além da Madeira e Nova Iorque, as Viagens Tempo contam também com um pacote de réveillon para o Dubai, neste caso, incluindo cinco noites de alojamento no Hotel Donatello Hotel Dubai, de quatro estrelas, cujos preços começam nos 2.695 euros por pessoa.

O pacote de réveillon das Viagens Tempo para o Dubai conta com voos de ida e volta pela Emirates, cuja partida decorre a 29 de dezembro e o regresso a 3 de janeiro, bem como jantar de réveillon a 31 de dezembro, com bebidas incluídas, seguro de viagem e transferes.

Todos os pacotes de réveillon das Viagens Tempo estão já disponíveis no site do operador turístico.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Vinci dá primeiros passos para desenvolvimento dos aeroportos de Cabo Verde

O grupo Vinci acaba de dar o primeiro passo para o desenvolvimento dos sete aeroportos de Cabo Verde ao escolher a empresa portuguesa Quadrante para desenvolver, em consórcio, os estudos de arquitetura e engenharia para a primeira fase do programa.

O Governo cabo-verdiano concessionou o serviço público aeroportuário ao grupo Vinci, envolvendo a gestão por 40 anos dos quatro aeroportos internacionais e três aeródromos, recebendo 80 milhões de euros, em julho.

O contrato de concessão irá permitir a expansão, modernização, manutenção e exploração de quatro aeroportos internacionais (nas ilhas do Sal, Santiago, Boa Vista e São Vicente) e de três aeródromos destinados a tráfego doméstico (ilhas do Fogo, São Nicolau e Maio) e “responder ao crescimento da economia de Cabo Verde, que tem registado um aumento do tráfego aéreo desde 2010, atingindo 2,7 milhões de passageiros anuais em 2018”, pode-se ler no comunicado.

De acordo com o contrato, a primeira parcela, de 35 milhões de euros, deve ser entregue na data de início da concessão e os restantes 45 milhões de euros “no momento em que se registe a recuperação do tráfego registado em 2019 ou, no primeiro trimestre de 2025.

O grupo Vinci terá ainda de pagar anualmente uma percentagem das receitas brutas ao Estado de Cabo Verde, de 2,5% de 2022 a 2041, de 3,5% de 2042 a 2051 e de 7% de 2052 a 2061.

Segundo o CEO da Quadrante, Nuno Costa, “esta é uma ótima oportunidade para reforçar Cabo Verde como destino turístico e até como um ‘hub’ regional, melhorando a sustentabilidade, a conectividade e performance operacional das infraestruturas aeroportuárias”, ao mesmo tempo que se contribuiu para oferecer uma “experiência de excelência” aos passageiros que visitam estes aeroportos.

“Para a Quadrante é também fundamental participarmos no roteiro para a neutralidade carbónica do grupo Vinci, uma vez que estas obras estão incluídas na meta de redução de 50% da pegada de carbono até 2030, com vista à neutralidade carbónica dos aeroportos até 2050”, destacou o executivo.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hospitality Talks
Homepage

“Hospitality Talks” reúnem hoteleiros e empresas tecnológicas para mitigar escassez de mão-de-obra no setor

A iniciativa conjunta da HiJiffy, RM hub, Climber RMS e OTA Insight vai juntar “cerca de uma centena de gestores hoteleiros”.

A 11 e 13 de outubro, em Lisboa e Porto, respetivamente, hoteleiros e especialistas em tecnologia vão reunir-se nas “Hospitality Talks” para discutir formas de mitigar a falta de trabalhadores no setor.

A iniciativa conjunta da HiJiffy, RM hub, Climber RMS e OTA Insight vai juntar “cerca de uma centena de gestores hoteleiros” com o objetivo de identificar “os contextos em que a adoção de soluções tecnológicas e de revenue management podem funcionar como um trunfo na mitigação desta problemática”, indica a HiJify em comunicado.

As conclusões das Hospitality Talks serão incluídas num plano estratégico, “posteriormente disponibilizado aos diferentes stakeholders”, desde players da indústria, até decisores políticos. O intuito passa por “catalisar um compromisso conjunto no sentido de converter Portugal num exemplo de sucesso a nível a europeu”.

“É fundamental esclarecer que a adoção de soluções tecnológicas não visa eliminar a componente humana, muito pelo contrário. O objetivo passa antes por automatizar tarefas repetitivas e de baixo valor acrescentado, maximizando a eficiência de processos”, sublinha Tiago Araújo, CEO da HiJiffy, no respetivo comunicado.

A mesma mensagem é reforçada pelo CEO da RM Hub, Rudi Azevedo, que explica que “a tecnologia permite que as empresas possam canalizar esforços para as áreas operacionais, podendo desta forma direcionar o seu esforço para melhorar a experiência do cliente externo e interno”.

Evento limitado a 50 participantes por edição

Os hoteleiros interessados em fazer parte das Hospitality Talks devem formalizar a inscrição gratuita na edição de Lisboa, que terá lugar a 11 de Outubro, no NEYA Lisboa Hotel, às 9h00, através deste link.

Por sua vez, os interessados em participar na edição do Porto, que decorre a 13 de outubro no Selina Navis Cowork, às 14h00, poderão fazê-lo gratuitamente através deste link.

O evento será limitado a 50 participantes, “por forma a assegurar um envolvimento ativo de todos os presentes”. No entanto, a HiJiffy sublinha que ainda existem vagas disponíveis.

Além das conclusões resultantes dos diferentes painéis de discussão, os hoteleiros serão também chamados a participar num inquérito final. Todos os insights serão depois plasmados num documento que visa funcionar como um plano estratégico.

“Com a iniciativa ‘Hospitality Talks’ procuramos trazer não só os dados e tendências mais relevantes e atuais do mercado hoteleiro, mas também partilhar dicas de como trabalhar com a falta de staff e manter uma estratégia de sucesso”, remata Joanna Tomaszkiewicz, responsável da OTA Insight.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

“Gea vai ter consigo”, arranca a 10 de outubro e percorre 11 cidades do país

São 11 as cidades espalhadas pelo território nacional que recebem, entre 10 e 25 de outubro, a iniciativa “Gea vai ter consigo”.

Publituris

É já no próximo dia 10 de outubro que arranca a primeira edição do “GEA vai ter consigo”, um roteiro de encontros informais realizados pelo país entre a equipa GEA e os diretores das suas agências de viagens associadas.

Ao longo das 11 sessões, o grupo pretende efetuar um balanço das atividades do período de Verão e apresentar as novidades estratégicas e tecnológicas definidas pelo Grupo GEA para 2023, privilegiando a recolha de feedback dos diretores de agência.

Depois de arrancar no dia 10 de outubro em Braga e Guimarães, a iniciativa visitará ainda o Porto e Aveiro (11 de outubro), Viseu e Coimbra (12 de outubro), Leiria (13 de outubro), Lisboa (14 de outubro), Setúbal (17 de outubro), Algarve (20 de outubro) e Funchal (25 de outubro).

Pedro Gordon, diretor-geral do Grupo GEA, refere, em nota de imprensa que “a realização deste evento constituirá uma oportunidade de os diretores de agências de viagens que não terão disponibilidade para assistir à convenção anual do Grupo de 18 a 20 de novembro de se manterem a par das novidades que temos planeadas para 2023”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.