Assine já
Distribuição

Convenção Airmet realiza-se em Viseu

O evento terá lugar no Montebelo.

Liliana Cunha
Distribuição

Convenção Airmet realiza-se em Viseu

O evento terá lugar no Montebelo.

Liliana Cunha
Sobre o autor
Liliana Cunha
Artigos relacionados
Grupo GEA comemora subida de 20% nas vendas com maior convenção de sempre
Homepage
Viseu acolhe convenção anual da GEA
Homepage
ORBITA realiza III Convenção na Nazaré em Janeiro de 2018
Homepage
Madeira recebe convenção de agências de viagens francesas
Destinos

A Airmet vai realizar a sua convenção do grupo entre os dias 23 e 25 de Março, no Montebelo Viseu Hotel & SPA.

Esta será a IX Convenção do grupo.

O agrupamento irá disponibilizar transferes entre Lisboa/Viseu/Lisboa.

Sobre o autorLiliana Cunha

Liliana Cunha

Mais artigos
Artigos relacionados
Budget Surf
Transportes

Rent-a-car adquiriu 2.619 veículos em outubro

O setor do rent-a-car adquiriu, em outubro, mais 24,2% de viaturas que em igual mês do ano passado, apesar da escassez de veículos disponíveis para aquisição, devido à crise dos semicondutores.

O setor do rent-a-car adquiriu 2.619 veículos em outubro, entre viaturas ligeiras de passageiros, comerciais ligeiros, motos e pesados, número que representa um aumento de 24,2% face a igual mês do ano passado, quando tinham sido adquiridas 2.107 viaturas pelas empresas de rent-a-car, de acordo com a ARAC – Associação Nacional dos Locadores de Veículos.

No que diz respeito ao número de veículos ligeiros de passageiros, os mais solicitados a nível turístico, a ARAC, que representa 96% das empresas de rent-a-car que operam em Portugal, revela que as empresas suas associadas adquiriram um total de 2.264 unidades.

Apesar do aumento na aquisição de veículos face a período homólogo do ano passado, a ARAC diz que se tem “verificado no corrente ano uma quebra significativa do número de viaturas adquiridas pelas empresas de rent-a-car e rent-a-cargo face ao ano anterior e sobretudo face ao ano de 2019 (ano pré-crise pandémica)”.

A ARAC explica a descida de aquisições com o facto de as cadeias de produção dos construtores de veículos automóveis continuarem “longe dos níveis pré-pandemia, pois as fábricas continuam a ter falta de semicondutores para incorporação nos veículos, existindo atualmente milhares de automóveis produzidos parqueados à espera do fornecimento de semicondutores”.

Os Açores e a Madeira são, segundo a ARAC, as regiões do país onde existe maior escassez de viaturas disponíveis no rent-a-car, seguindo-se as principais “zonas de forte impacto turístico” nacionais, concretamente o Algarve, Porto e Lisboa.

A aquisição de viaturas abrangeu “os segmentos A, B e C”, que representaram, em outubro, a maioria das aquisições efetuadas pelas empresas de rent-a-car, setor que tem, atualmente, no turismo cerca de 60% do seu volume de negócios.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

.

Destinos

Embratur lança nova campanha de promoção turística na Europa

Sob o mote “Brasil. É mais, muito mais do que você imagina.”, a campanha da Embratur vai estar em vigor na Europa até final de novembro e apresenta o Brasil como o melhor destino de natureza, ecoturismo e sol e praia.

Publituris

A Embratur – Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo lançou uma nova campanha de promoção turística que convida os turistas europeus a visitarem o Brasil no próximo verão, sob o mote “Brasil. É mais, muito mais do que você imagina.”.

A nova campanha da Embratur arrancou em outubro e vai estar em vigor até ao final de novembro, apresentando os destinos brasileiros segmentados por três nichos de turismo: praia e sol, natureza e ecoturismo, cultura e hospitalidade.

“Vamos aproveitar a grande retomada do turismo mundial para consolidar o Brasil como melhor destino de natureza, ecoturismo e sol e praia. E vamos fazer isso enaltecendo a nossa cultura, diversidade e hospitalidade para os europeus”, explica Silvio Nascimento, presidente da Embratur, citado num comunicado enviado à imprensa.

A nova campanha de promoção turística do Brasil conta com peças publicitárias para televisão, outdoors digitais, redes sociais, sites do trade turístico, sites de busca, revistas e taxidoors.

A campanha inclui também vídeos especiais pensados para a internet e que ensinam aos turistas um pouco mais sobre o Brasil e o povo brasileiro, nomeadamente sobre as expressões que os brasileiros tipicamente usam, além de materiais dedicados aos nómadas digitais e a investidores interessados em adquirir visto de residência permanente no Brasil.

“A inspiração para estes vídeos nasce da grande diversidade de destinos que o país oferece e da vontade de apresentar uma surpreendente variedade de opções turísticas existentes nos seus 6 diferentes biomas e nos quase oito mil quilómetros de praias. São tantos destinos turísticos que é impossível saber exatamente o que esperar do Brasil”, acrescenta a Embratur.

A nova campanha de promoção turística do Brasil já está disponível para visualização através do canal de Youtube da Embratur.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Destinos

Consultia Business Travel lança nova ferramenta que ajuda empresas a reduzir pegada ambiental

A Destinux Green está integrada na plataforma Destinux e permite que as empresas automatizem os processos de gestão e gastos, obtendo um certificado aprovado de compensação da pegada de carbono nas viagens de negócios.

Publituris

A Consultia Business Travel lançou uma nova ferramenta para ajudar as empresas a reduzir a pegada ambiental das suas viagens de negócios, a Destinux Green, que está integrada na plataforma Destinux, através da qual as empresas podem automatizar os processos de gestão e gastos, obtendo um certificado aprovado de compensação da pegada de carbono ao incluírem práticas sustentáveis nas viagens corporativas.

“Em resposta às preocupações de impacto ambiental das empresas, o sistema de Destinux Green calcula as emissões de CO2 produzidas pelas viagens corporativas e fornece às empresas um relatório das emissões geradas durante um ano. O novo serviço permite às empresas compensar a pegada de carbono, através da participação em projetos de responsabilidade ambiental e social ao oferecer um conjunto de iniciativas nacionais e internacionais adaptadas aos interesses e políticas empresariais de cada organização”, explica a Consultia Business Travel, em comunicado.

A ferramenta Destinux Green está conectada ao Climatetrade, um sistema aprovado com tecnologia Blockchain que aporta transparência durante todo o processo de compensação de emissões, gerando assim confiança ao mesmo tempo que assegura o impacto real das atividades de compensação de carbono.

De acordo com a Consultia Business Travel, no final da transação, “é emitido um certificado de compensação com informações sobre o projeto escolhido e uma chave de cadeia de bloqueio, bem como o certificado oficial de cancelamento dos créditos no seu registo correspondente”.

“As empresas que compensam todas as emissões de carbono que geram durante um ano recebem o selo “Destinux Green” emitido pela plataforma Destinux, especialista em gestão integrada e avaliação de viagens de empresas”, acrescenta a empresa de gestão integral das viagens de negócios.

Transparência, flexibilidade, segurança e eficiência são as vantagens que o Destinux Green oferece, uma vez que permite compensar a pegada ambiental das viagens de negócios “a pedido da empresa no momento que desejar” e através de um sistema aprovado, o Climatetrade, que permite à empresa obter rapidamente o relatório detalhado com os registos contabilísticos de cada certificação.

“O sistema Destinux, para além de tornar as viagens de negócio mais eficientes permite, agora, às empresas minimizar o impacto ambiental através da utilização de práticas sustentáveis ao incluir a realização de relatórios sobre a pegada de carbono de cada empresa durante todo o processo de gestão das viagens”, indica ainda a Consultia Business Travel.

Segundo Carlos Martínez, CEO da Consultia Business Travel, a sustentabilidade das viagens de negócio é “fundamental” para os clientes da empresa, que estão cada vez mais preocupados com o impacto ambiental das suas deslocações.

“As organizações estão cada vez mais preocupadas em cumprir os seus objetivos de sustentabilidade, com ações que neutralizem o seu impacto ambiental. Pelo que a tecnologia implementada pela Destinux torna mais fácil fazê-lo de uma forma segura e eficiente. Assim, o nosso sistema inovador permite-lhes gerir as viagens das empresas de uma forma abrangente, transparente e sustentável”, explica o responsável.

A Consultia Business Travel concentra a sua atividade em impulsionar e implementar a tecnologia no setor das viagens de negócios, com enfoque na digitalização e escalabilidade do modelo, desenvolvendo internamente toda a sua tecnologia, o que o torna ágil e adaptável às necessidades do setor e de empresas.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Aviação

Austrian Airlines abre nova rota para o Porto no verão de 2023

O Porto é um dos sete novos destinos que a companhia aérea austríaca do Grupo Lufthansa apresentou para o próximo verão e vai contar com até três voos por semana, desde Viena, na Áustria.

Inês de Matos

A Austrian Airlines, companhia aérea austríaca do Grupo Lufthansa, vai abrir sete novas rotas no próximo verão, incluindo uma nova para o Porto, passando a ligar Viena e a cidade invicta três vezes por semana.

De acordo com um comunicado publicado no site da Austrian Airlines esta quarta-feira, 9 de novembro, os voos para o Porto começam com a mudança para o horário de verão e são uma das principais novidades na rede da companhia aérea para a época estival de 2023.

Além do Porto, a companhia aérea austríaca anunciou também a abertura de novas rotas para Marselha, em França; Billund, na Dinamarca; e Tivat, no Montenegro; assim como o regresso da operação para Palermo, em Itália, e Vilnius, na Lituânia, num calendário de verão que fica ainda completo com Tromsø, na Noruega, que vai ter um voo por semana, entre junho e agosto.

“Os destinos Porto, Marselha, Billund e Tivat são completamente novos”, indica a Austrian Airlines no comunicado publicado online, revelando que os quatro novos destinos vão contar com até três voos por semana, desde Viena, capital da Áustria.

Além do Porto, Marselha e Tivat, a Austrian Airlines vai voar, no próximo verão, para 43 destinos no Mediterrâneo, disponibilizando cerca de 300 voos por semana, num aumento de operação que, segundo a companhia aérea, é possível graças ao recente aumento de frota da transportadora austríaca, que recebeu recentemente quatro novos aviões A320neo.

“O crescimento de quatro novos A320neo é visível no calendário de verão. Mais aviões significam mais destinos”, afirma o CCO da Austrian Airlines, Michael Trestl, explicando que a companhia aérea aproveitou a crise para se posicionar competitivamente no mercado e expandir a sua rede ponto-a-ponto.

Além dos novos destinos na Europa, a Austrian Airlines anunciou ainda o regresso dos voos para Los Angeles, nos EUA, a partir do próximo verão, com voos diretos desde Viena.

Todos as rotas e voos para o verão de 2023 estão já disponíveis para reserva através do site da Austrian Airlines.

Sobre o autorInês de Matos

Inês de Matos

Mais artigos
Destinos

Faro já arrecadou um milhão de euros com taxa turística em 2022

O valor arrecadado pela autarquia da Faro com a taxa turística, que é aplicada entre março e outubro, e tem um valor de 1,5 euros por noite, corresponde ao dobro do inicialmente estimado.

Publituris

O presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, revelou à Lusa que a autarquia já arrecadou, este ano, perto de um milhão de euros com a taxa turística, o dobro do que se previa inicialmente.

“Ficámos muito satisfeitos, não só pela verba arrecadada, mas ainda mais porque corresponde ao dobro do que tínhamos previsto”, disse o autarca à Lusa, referindo que este foi o primeiro ano em que a taxa turística de Faro funcionou normalmente, depois de dois anos de suspensão devido à pandemia.

De acordo com Rogério Bacalhau, o montante arrecadado foi muito superior ao previsto, o que quer dizer que, ao contrário do que acontecia há uns anos, Faro já se tornou um destino turístico e prova que a adoção da taxa não provocou qualquer perda de competitividade, como previam os opositores da taxa.

Recorde-se que a taxa turística de Faro tem um valor de 1,5 euros por noite e é aplicada entre março e outubro de cada ano, por um período máximo de sete noites em cada estadia de hóspedes com idade igual ou superior a 13 anos de idade.

O autarca garantiu que a taxa vai continuar a ser aplicada e espera que outros concelhos algarvios aprovem regulamentos em breve para beneficiarem deste acréscimo de receita.

“Esta receita é importante também para o setor turístico, porque permite fazer mais investimentos na melhoria de Faro enquanto destino”, explicou o autarca da capital algarvia, considerando que o valor arrecadado com a taxa permite “aumentar o número de visitantes e a qualidade da oferta”, nomeadamente ao nível do espaço público, património, oferta cultural e de eventos, e serviços prestados aos turistas.

Rogério Bacalhau explicou ainda que a taxa de Faro foi previamente “harmonizada” no seio da Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL), onde estão representados os 16 concelhos algarvios, isto apesar do presidente da AMAL, António Miguel Pina, ter dito que preferia a aplicação, a partir de 2023, de uma taxa turística municipal com um valor comum a toda a região, que só seria, contudo, aplicada depois de ouvidos os parceiros do setor do turismo.

Atualmente, apenas Faro e Vila Real de Santo António adotaram uma taxa turística em todo o território algarvio, ainda que, em Vila Real de Santo António, a taxa tenha moldes diferentes, uma vez que é cobrada ao longo de todo o ano e tem um valor de um euro por noite em unidades hoteleiras, aldeamentos e apartamentos turísticos, turismo de habitação, agroturismo  alojamento local, enquanto nos parques de campismo e caravanismo ou em áreas de serviço de autocaravanas, o valor da taxa desce para 50 cêntimos por dia.

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Azul e JetBlue lançam voos para as Bahamas

A Azul e a JetBlue uniram-se para disponibilizar voos para as Bahamas, nas Caraíbas, numa parceria que permite que os clientes da Azul tenham acesso aos voos da JetBlue entre Fort Lauderdale, nos EUA, e Nassau, capital das Bahamas.

Publituris

A Azul e a JetBlue uniram-se para disponibilizar voos para as Bahamas, nas Caraíbas, numa parceria que permite que os clientes da Azul tenham acesso aos voos da JetBlue entre Fort Lauderdale, nos EUA, e Nassau, capital das Bahamas.

“A Azul oferece mais um destino operado pela companhia norte-americana dentro da sua rede aérea, facilitando que o cliente possa sair do Brasil e se conectar para Nassau, capital das Bahamas, no aeroporto de Fort Lauderdale, em voos da JetBlue”, indica a Azul, num comunicado divulgado esta quarta-feira, 9 de novembro.

Recorde-se que, além das Bahamas, a parceria entre a Azul e a JetBlue, ambas fundadas por David Neeleman, ex-acionista da TAP, abrange também destinos como Cancun, no México; San Juan, em Porto Rico; Port-au-Prince, no Haiti; Punta Cana, na República Dominicana; e Aruba.

“O Cliente Azul que pretende viajar para as Bahamas, desfrutando não somente das belezas naturais das ilhas, mas também de toda a experiência Azul que ele já conhece em nossos voos domésticos e internacionais, e com uma rápida conexão em Fort Lauderdale, tem a opção de realizar a compra até ao seu destino final nos nossos canais”, ressalta André Mercadante, diretor de Planeamento, Revenue Management e Alianças da Azul.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Vila Galé abre recrutamento para contratar 170 colaboradores para novos hotéis

Grupo de hotelaria português está a contratar colaboradores para os quatro hotéis que vai abrir em 2023, dois dos quais em Beja, outro em Tomar e o primeiro hotel Vila Galé em Ponta Delgada (Açores).

Publituris

A Vila Galé abriu um processo de recrutamento para contratar 170 colaboradores para os quatro hotéis que o grupo de hotelaria português vai abrir no próximo ano, concretamente o Vila Galé Collection Tomar (Tomar), Vila Galé Collection São Miguel (Ponta Delgada, Açores), Vila Galé Nep Kids (Beja) e Vila Galé Monte do Vilar (Beja).

O grupo procura “pessoas com gosto particular pelo atendimento ao cliente, com conhecimento de línguas, dinâmicas, empenhadas e com vontade de crescer dentro da organização”, estando o processo de recrutamento já está a decorrer online, através da página de carreiras do grupo e as candidaturas podem ser apresentadas aqui.

Assistentes de direção, chefes e subchefes de restaurante, governantes(as), empregados(as) de mesa, cozinheiros(as), técnicos(as) de manutenção ou empregados(as) de andares são algumas das vagas disponíveis.

Segundo um comunicado da Vila Galé, os colaboradores do grupo têm acesso a vários benefícios, incluindo descontos em alojamentos e serviços do grupo, prémios anuais de produtividade e seguro de saúde após seis meses de inclusão na empresa, ofertas no aniversário, bónus de noites nos hotéis da rede consoante a antiguidade e vantagens exclusivas em entidades parceiras de saúde e bem-estar, cultura e ensino.

Além destes benefícios, o grupo de hotelaria promove também a formação contínua dos seus colaboradores e oferece oportunidades de mobilidade entre Portugal e o Brasil e de progressão na carreira, sendo que, no caso dos hotéis do Alentejo, está também contemplada a possibilidade de alojamento.

A Vila Galé lembra que, ao longo dos anos, “tem sido várias vezes considerada uma das melhores e mais atrativas empresas para trabalhar no setor do turismo e já conquistou várias distinções na área dos Recursos Humanos”.

Com a inauguração dos quatro novos hotéis em Portugal no próximo ano, a Vila Galé passa a contar com 31 unidades em território nacional e dez no Brasil.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Presidente da ALEP assume liderança da European Holiday Home Association

Eduardo Miranda foi nomeado para liderar a European Holiday Home Association (EHHA), em reconhecimento pelo “trabalho que ajudou a tornar Portugal numa referência do sector do Alojamento Local em toda a Europa”.

Publituris

O presidente da Associação do Alojamento Local em Portugal (ALEP), Eduardo Miranda, foi nomeado para liderar a European Holiday Home Association, associação europeia que representa o setor, em reconhecimento pelo “trabalho que ajudou a tornar Portugal numa referência do sector do Alojamento Local em toda a Europa”.

Num comunicado divulgado esta terça-feira, 8 de novembro, a ALEP indica que o primeiro ato oficial de representação de Eduardo Mirando enquanto presidente executivo da EHHA será como orador no Fórum Europeu de Turismo, organizado pela Presidência do Conselho da União Europeia e pela Comissão Europeia, que decorre em Praga, na Chéquia, a 15 de novembro.

Neste fórum, entre outros temas, vai ser discutida a proposta de regulamento apresentada pela Comissão Europeia para reforçar a transparência no domínio do short-term-rental (alojamento local) e criar um sistema unificado de registo.

“Um quadro harmonizado de recolha e comunicação de dados e registos ajudará a enfrentar alguns dos atuais desafios do sector que ainda é dominado por uma fragmentação da regulamentação que propícia um ambiente de falta de segurança jurídica e uma aplicação ineficaz da lei”, considera Eduardo Miranda.

Para a ALEP, a escolha de Eduardo Mirando para presidir à EHHA reveste-se de “particular importância” porque acontece numa altura em que, “pela primeira vez, estão a ser apresentadas propostas de regulamentação do setor a nível europeu”.

“Portugal serve no contexto europeu como exemplo de um dos países mais avançado em matéria de regulamentação do setor, tendo a ALEP participado ativamente neste processo e sendo esta nomeação um reconhecimento do excelente trabalho da Associação a nível nacional e internacional”, defende a associação.

A ALEP considera que, a nível europeu, “as questões de regulamentação trazem ainda grandes entraves na gestão urbanística e no desenvolvimento da atividade do short-term-rental (alojamento local), que representa um grande peso no Turismo e na economia da Europa”.

Apesar da nomeação para a EHHA, Eduardo Mirando vai manter as funções na ALEP.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Transportes

Aeromexico abre nova rota para Roma

Companhia aérea mexicana, que é representada em Portugal pela ATR, vai disponibilizar três voos por semana entre a Cidade do México e Roma, que passam a cinco a partir de 1 de junho.

Publituris

A Aeromexico anunciou a abertura de uma nova rota para Roma, passando a disponibilizar três voos por semana entre a Cidade do México e a capital italiana, que passam a cinco voos semanais a partir de 1 de junho.

De acordo com um comunicado da ATR, que representa a companhia aérea mexicana em Portugal, com a abertura dos voos para Roma, a Aeromexico aumenta em mais de 20% a operação para a Europa face ao último verão, num total de 54 frequências semanais.

“Esta é a maior operação da história da empresa entre os dois territórios utilizando o Boeing 787 Dreamliner, a aeronave mais segura, moderna, eficiente e ecológica disponível”, refere o comunicado divulgado pela ATR.

A companhia aérea conta ainda aumentar a sua oferta até março de 2023, ultrapassando as 100 rotas domésticas e internacionais, estando previsto que, a partir de 27 de março de 2023, a operação de Madrid a Monterrey e Guadalajara passe de três para cinco voos por semana.

“Atualmente, a Aeromexico conecta Espanha e México com 20 voos semanais para a Cidade do México, Guadalajara e Monterrey. Até junho de 2023, haverá 28 voos semanais da capital espanhola para estas três cidades mexicanas”, lê-se ainda na informação divulgada.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Meeting Industry

Lisboa recebe 34.ª Conferência de Mulheres na Aviação

Iniciativa da Associação Internacional de Mulheres na Aviação (IAWA) decorre até sexta-feira, 11 de novembro, e vai ser dedicada ao tema “Um Caminho a Seguir – A Aviação através de uma Lente de Sustentabilidade”.

Publituris

A cidade de Lisboa é palco, a partir desta quarta-feira, 9 de novembro, da 34.ª Conferência da Associação Internacional de Mulheres na Aviação (IAWA), iniciativa que decorre sob o tema “Um Caminho a Seguir – A Aviação através de uma Lente de Sustentabilidade” e que tem lugar até sexta-feira, 11 de novembro, no Epic Sana Lisboa.

“O objetivo é explorar o que está por vir no mundo da aviação e sustentabilidade, e como os membros da IAWA podem ajudar a defender o caminho a seguir”, indica a organização do evento, em comunicado.

Esta conferência, promovida pela associação que reúne mulheres que ocupam cargos de liderança na indústria da aviação & aeroespacial, conta com painéis com os principais especialistas do sector.

Entre os temas em debate encontra-se o Crescimento Sustentável Aeroespacial, os Impactos Geopolíticos e de Políticas Governamentais na Aviação ou a Nova Fronteira Aeronáutica da Mobilidade Aérea Urbana e o Estado da Indústria, estando ainda previstos workshops especiais sobre Orientação de Carreira – De Protegé a Mentor, Desequilíbrio de Talentos: A Urgência da Aviação para Alcançar a Paridade de Gênero Pós-COVID e uma Mesa Redonda de Advogados sobre conexões e a plataforma da IAWA.

Além das sessões incluídas na conferência, os participantes vão também poder participar em reuniões com o Conselho da IAWA, apresentações de bolsas de estudo e educação do setor através de uma viagem local à OGMA, uma empresa aeroespacial focada em manutenção de aeronaves e fabricação.

Já a Gala desta conferência, assim como o jantar, vão decorrer no Museu Nacional dos Coches, em Lisboa.

Recorde-se que a IAWA é uma associação sem fins lucrativos que fornece uma rede mundial dedicada a promover o avanço das mulheres nas indústrias de aviação e aeroespacial em todos os níveis em todo o mundo.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.