Edição digital
Assine já
PUB
Restauração

Global Gastro Guide lança-se com ofertas gastronómicas em Portugal

O guia internacional Global Gastro Guide acaba de ser lançado com uma seleção de restaurantes em Portugal, o primeiro país protagonista da plataforma.

Publituris
Restauração

Global Gastro Guide lança-se com ofertas gastronómicas em Portugal

O guia internacional Global Gastro Guide acaba de ser lançado com uma seleção de restaurantes em Portugal, o primeiro país protagonista da plataforma.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados
DUO Hotel Lisbon: A nova unidade hoteleira da Hilton em Lisboa
Hotelaria
Soltour lembra: “Este verão, a felicidade está aqui. Nos Bahia Principe Hotels & Resorts”
Distribuição
Conselho Executivo do Turismo da ONU reuniu-se para colocar o setor na agenda económica global
Meeting Industry
GEA destaca Marrocos em campanha de vendas
Distribuição
Azores Airlines já abriu rotas do Funchal para Toronto e Boston
Aviação
Portugal desce um lugar mas continua a ser um dos países mais pacíficos do mundo
Destinos
FEITUR com programação centrada na atividade turística, gastronomia e música
Destinos
TUI Portugal lança campanha de incentivo de vendas para o Dubai
Distribuição
DHM promove oferta de reuniões e incentivos junto de agências de negócios francesas
Alojamento
Lufthansa City Center leva 250 operadores e agentes de viagens a Braga e Guimarães
Destinos

O Global Gastro Guide, um novo guia gastronómico que acaba de ser lançado, convida os fãs de gastronomia a descobrir novos lugares. A plataforma foi criada com o intuito de explorar lugares por todo o mundo que juntam cozinha de excelência com uma experiência social garantida.

Diferentes anfitriões locais irão visitar espaços emblemáticos em várias partes do mundo e relatarão as suas experiências e sensações no Global Gastro Guide. Para isso, os autores foram cuidadosamente escolhidos pelos seus conhecimentos gastronómicos, pela sua capacidade de detetar ícones e tendências e pelo seu estilo minucioso. Através das suas viagens pelo país irão mostrar no guia uma variedade de bares e restaurantes que pode conhecer e sugestões para todos os gostos e preferências.

Portugal é o primeiro país presente no Global Gastro Guide. As diferentes influências da cozinha portuguesa, maioritariamente mediterrânea, a variedade de conceitos culinários usados na hotelaria, a ligação ao turismo e a um público que vive intensamente o lazer gastronómico fizeram com que fosse o escolhido para ser o primeiro país protagonista deste guia.

Com o objetivo de melhorar a experiência de pesquisa no guia, a plataforma tem uma ferramenta de geolocalização que permite aos visitantes explorar as diferentes áreas onde se destacam os bares e restaurantes selecionados. Adicionalmente, pode ainda, encontrar conteúdos editoriais escritos por especialistas para cada um dos restaurantes, artigos temáticos e publicações sobre pratos excecionais.

A plataforma terá disponível uma conta Instagram onde serão partilhados diariamente conteúdos audiovisuais educativos e informativos sobre receitas, restaurantes parceiros e criações dos autores. Através deste canal, os clientes poderão interagir de forma mais direta e próxima com o guia.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
DUO Hotel Lisbon: A nova unidade hoteleira da Hilton em Lisboa
Hotelaria
Soltour lembra: “Este verão, a felicidade está aqui. Nos Bahia Principe Hotels & Resorts”
Distribuição
Conselho Executivo do Turismo da ONU reuniu-se para colocar o setor na agenda económica global
Meeting Industry
GEA destaca Marrocos em campanha de vendas
Distribuição
Azores Airlines já abriu rotas do Funchal para Toronto e Boston
Aviação
Portugal desce um lugar mas continua a ser um dos países mais pacíficos do mundo
Destinos
FEITUR com programação centrada na atividade turística, gastronomia e música
Destinos
TUI Portugal lança campanha de incentivo de vendas para o Dubai
Distribuição
DHM promove oferta de reuniões e incentivos junto de agências de negócios francesas
Alojamento
Lufthansa City Center leva 250 operadores e agentes de viagens a Braga e Guimarães
Destinos
PUB
Hotelaria

AHRESP tem nova imagem, mas continua a “representar, apoiar, comunicar”

A AHRESP (Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal) tem uma nova imagem sob a máxima “Uma marca cheia de passado que se apresenta cheia de futuro”. Desenvolvida pela Ivity, a nova imagem de marca institucional pretende ter um papel ainda mais impulsionador, dinamizador e decisivo.

Publituris

Inspirado nos 128 anos de atividade da AHRESP (Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal), a nova imagem da associação nasce de uma inspiração que não nega o passado, mas antes o elogia ao tê-lo como inspiração para os desafios do futuro. “AHRESP – Respostas para o Futuro desde 1896”, passa a ser a mensagem inspiradora desta nova marca.

Para Carlos Moura, presidente da AHRESP, a nova marca representa uma continuidade daquilo a que a AHRESP se propõe há 128 anos “representar, apoiar, comunicar”.

Na vertente do “apoiar”, Carlos Moura destaca “a importância que as 15 delegações da AHRESP (Açores, Évora, Albufeira, Portimão, Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Lisboa, Lisboa Norte, Porto, Santarém, Setúbal, Viseu), a que se vão juntar mais duas (Braga e Funchal), têm para os empresários locais que procuram acompanhamento nas mais diversas áreas que se cruzam com os seus negócios”.

Desta simbiose de representatividade e apoio com proximidade surge a estratégica arte de comunicar. “Temos que comunicar assertivamente e deforma cada vez mais eficaz, para todos aqueles que a AHRESP representa, dos grupos económicos aos pequenos negócios familiares que são cada vez mais determinantes para o desenvolvimento da economia nacional”.

A nova imagem reflete esta diversidade que a AHRESP representa, incluindo agora na sua marca o alojamento turístico, que não estava representado na imagem anterior, que todos reconhecem como carregada de história e simbolismo, e que foi o rosto da instituição ao longo de várias décadas.

Carlos Moura propõe atingir “uma mudança que acompanha as dinâmicas de mercado da última década, que vai ao encontro do crescimento da AHRESP e da atividade turística, com Portugal a assumir-se como um dos melhores destinos turísticos do mundo, atraindo visitantes e investidores”.

Pedro Machado, secretário de Estado do Turismo, que marcou presença na apresentação da nova imagem, destacou que “é preciso cuidar das marcas, alimentar as marcas para construir o futuro, um caminho novo”. Assim, para Pedro Machado, a nova marca da AHRESP não apaga o passado. “As marcas não apagam a sua herança, as marcas têm a oportunidade única de representar um país, hoje, mais competitivo, mais moderno”, afirma.

Em homenagem à herança que a marca AHRESP representa, o secretário de Estado do Turismo recorda que “durante 128 anos, milhares e milhares de homens e mulheres, durante muitas e muitas horas, trabalharam ininterruptamente, deram o seu contributo para que, ainda hoje, a nossa gastronomia, o nosso vinho, o nosso alojamento, as nossas empresas, os nossos empresários, sejam cada vez mais relevantes no posicionamento da marca Portugal”.

Com assinatura da IVITY BRAND CORP., a nova imagem da AHRESP inclui uma alteração do logótipo, da assinatura de marca e da estratégia de comunicação.

O novo símbolo remete-nos para um portal dinâmico, alusivo à restauração e ao alojamento, numa viagem que não renuncia as origens, mas antes as enaltece, numa estrutura que se expande em harmonia, em equilíbrio, sugerindo uma liderança firme e afirmativa.

No logótipo, AHRESP surge em maiúsculas, de forma afirmativa e musculada, fruto de 128 anos de credibilidade e com um posicionamento assente na capacidade de acrescentar, estar próximo e criar valor para os seus associados, para as suas atividades, e sempre com respostas direcionadas ao progresso do nosso Turismo e da nossa economia.

Carlos Coelho, presidente da IVITY BRAND CORP., refere que esta nova marca ambiciona “reposicionar uma marca centenária é sempre um grande desafio. A modernidade não deve ser o enterro do passado. As palavras, os conceitos e o design têm de saber escrever novos capítulos sem renunciar aos anteriores. A nova marca é, na essência, a recuperação do que sempre lá esteve e que agora se afirma com maior determinação e modernidade”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Crédito: Nuno Martinho / AHRESP

Restauração

Conheça a lista de finalistas dos Prémios AHRESP 2024

Os Prémios AHRESP 2024, que este ano celebram a 8ª edição, foram “os mais concorridos de sempre” de acordo com a associação, que recebeu 400 candidaturas.

Publituris

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal deu a conhecer a lista de finalistas dos Prémios AHRESP 2024, que este ano celebra a sua 8ª edição.

A iniciativa, da responsabilidade da AHRESP, “visa premiar os projetos, as empresas e os profissionais que mais se distinguem nas categorias definidas, partilhando assim as melhores práticas com todos os atores do canal HORECA”, como a associação refere em comunicado.

No mesmo documento, a AHRESP refere que esta edição foi “a mais concorrida de sempre”, tendo registado mais de 400 candidaturas.

Durante três meses, a AHRESP percorreu o país de Norte a Sul, e também as ilhas dos Açores e da Madeira, para identificar projetos que reunissem as características para serem candidatos aos prémios. Posteriormente, todas as candidaturas recebidas pela AHRESP passaram por um Comité de Seleção, composto por 39 personalidades do setor.

Conhecidos agora os cinco finalistas em cada uma das dez categorias votadas pelo público, o período de votações decorre de 25 de abril a 20 de maio, através do website dedicado aos Prémios AHRESP.

Os vencedores serão conhecidos na gala que se realiza a 21 de junho no Salão Preto e Prata do Casino Estoril, na presença de cerca 600 convidados, e que terá a apresentação da jornalista Sara Pinto.

Recorde-se que os Prémios AHRESP contam ainda com três categorias nomeadas pela direção e comissão de honra, nomeadamente: “Prémio Portugueses Lá Fora”; “Personalidade do Ano” e “Prémio Mário Pereira Gonçalves”, antigo “Prémio Carreira”.

Conheça os 50 finalistas da 8ª edição dos Prémios AHRESP na lista abaixo:

Embaixador Gastronómico

  • José Diogo Costa (Madeira);
  • Lamelas (Setúbal);
  • Restaurante Casa, Chef Victor Felisberto (Santarém);
  • Restaurante O Palco (Coimbra);
  • Stramuntana Restaurante (V. Nova de Gaia).

Melhor Restaurante

  • Ferrugem Restaurante (Braga);
  • Mugasa (Aveiro);
  • Restaurante Páteo Real (Alter do Chão – Portalegre);
  • Solar dos Presuntos (Lisboa);
  • Tombalobos (Portalegre).

Melhor Alojamento Turístico

  • Cherry Sculpture Hotel (Castelo Branco);
  • Herdade da Malhadinha Nova (Albernoa – Beja);
  • Lava Homes (Açores);
  • Reid’s Palace (Madeira);
  • Valverde Santar Hotel & Spa (Nelas).

Estabelecimento Solidário

  • Café Joyeux Portugal;
  • Cresaçor;
  • É um Restaurante;
  • Quarto Solidário Neya Lisboa Hotel;
  • Turismo com Propósito.

Sustentabilidade Ambiental

  • Cooking and Nature Emotional Hotel (Leiria);
  • Corpo Santo Lisbon Historical Hotel (Lisboa);
  • NEYA Porto Hotel (Porto);
  • Noah Surf House (Torres Vedras);
  • Salema Eco Camp Around the Eden (Faro).

Turismo nos Media

  • “Aqui entre Nós”, Turismo do Centro;
  • Entre Vinhas;
  • “Aldeias com História”, Jornal do Centro;
  • Rede-T;
  • Rostos da Aldeia.

Jovem Empreendedor

  • Afonso Magalhães;
  • André Santos;
  • Marco Daniel Marques Almeida;
  • Nuno Miguel Silveiro Varela;
  • Vitor Hugo Machado Adão.

Destino Revelação

  • Açores;
  • Douro;
  • Guarda;
  • Ílhavo;
  • Mafra.

Marcas à Mesa e Marcas na Cama

  • Book in Xisto
  • Cascais Food Lab
  • Comboio Presidencial
  • Reutilbox
  • Wissi

Profissional do Ano

  • Daniel Gomes
  • Francisco Siopa
  • Hugo Araújo
  • José Santos
  • Sandra Teixeira
Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Crédito: Nuno Martinho / AHRESP

Restauração

AHRESP revela finalistas da sua 8ª edição de prémios esta terça-feira

A AHRESP (Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal) dá a conhecer os finalistas da 8ª edição dos Prémios AHRESP 2024 esta terça-feira, 23 de abril.

Publituris

Numa cerimónia dirigida à imprensa que terá lugar no Montebelo Vista Alegre Chiado Hotel, em Lisboa, serão divulgados os cinco finalistas das dez categorias a concurso, além de serem dadas a conhecer as novidades desta edição.

Todos os anos os Prémios AHRESP distinguem “o que de melhor se faz” nos setores da restauração, do alojamento e da promoção turística, como a associação refere em nota de imprensa. A gala final, onde serão conhecidos os vencedores, está agendada para 21 de junho, no Casino Estoril.

Recorde abaixo as dez categorias a concurso e as respetivas distinções.

Embaixador Gastronómico: Distingue o estabelecimento ou chef que promove a adoção do receituário tradicional português e a utilização preferencial de produtos regionais e sazonais, diretamente ou por incorporação nas suas confeções.

Melhor Restaurante: Distingue o estabelecimento de restauração com conceito único e decoração original que se diferencie pela inovação, não só no serviço como também na gastronomia.

Melhor Alojamento Turístico: Distingue o alojamento turístico que se destaca pela excelência do seu serviço (receção, housekeeping, conforto, facilities, inovação tecnológica e sustentabilidade ambiental).

Estabelecimento Solidário: Distingue o estabelecimento que tem implementadas iniciativas de solidariedade, com impacto junto da comunidade, nomeadamente iniciativas que privilegiem a inclusão social, doação de alimentos, entre outras.

Sustentabilidade Ambiental: Distingue o estabelecimento que se evidencia pela implementação organizacional de políticas de eficiência energética, poupança de água e eficiente gestão de resíduos.

Turismo nos Media: Distingue o órgão de comunicação social ou programa que mais contributo teve para a divulgação e promoção das empresas turísticas em Portugal.

Jovem Empreendedor: Distingue um jovem, até aos 35 anos, que tenha criado um negócio de sucesso com base num conceito inovador ou diferenciador.

Destino Revelação: Distingue o destino que mais contribuiu para alavancar o crescimento e o desenvolvimento da sua região.

Marcas à Mesa e Marcas na Cama: Distingue produtos e serviços inovadores e diferenciadores nos segmentos restauração e alojamento.

Profissional do Ano: Distingue um profissional do canal HORECA, podendo abranger qualquer categoria profissional, como chefe de sala, bartender, diretor de Food & Beverage, entre outros. Nesta categoria o Comité de Seleção realizará uma entrevista, em formato “shark tank”, a cada um dos candidatos para escolher os finalistas. Esta candidatura deve ser proposta pela entidade empregadora, que pode sugerir mais do que um colaborador da sua organização, de diferentes categorias profissionais, como forma de valorizar as suas pessoas.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

Publituris é media partner da 8.ª edição dos Prémios AHRESP

O jornal Publituris e a revista Publituris Hotelaria juntam-se à AHRESP na divulgação da 8.ª edição dos prémios da associação.

Publituris

O jornal Publituris e a revista Publituris Hotelaria são os novos media partners da 8.ª edição dos Prémios AHRESP.

As publicações dedicadas ao Turismo juntam-se este ano à promoção e divulgação do evento que está em fase de candidaturas até ao dia 1 de abril.

As inscrições às 10 categorias a concurso são gratuitas e podem ser feitas no site oficial dos Prémios AHRESP.

As candidaturas às 10 categorias dos Prémios AHRESP estão a decorrer até 1 de abril.

EMBAIXADOR GASTRONÓMICO – Distingue o estabelecimento ou chef que promove a adoção do receituário tradicional português e a utilização preferencial de produtos regionais e sazonais, diretamente ou por incorporação nas suas confeções.
MELHOR RESTAURANTE – Distingue o estabelecimento de restauração com conceito único e decoração original que se diferencie pela inovação, não só no serviço como também na gastronomia.
MELHOR ALOJAMENTO TURÍSTICO – Distingue o alojamento turístico que se destaca pela excelência do seu serviço (receção, housekeeping, conforto, facilities, inovação tecnológica e sustentabilidade ambiental).
ESTABELECIMENTO SOLIDÁRIO – Distingue o estabelecimento que tem implementadas iniciativas de solidariedade, com impacto junto da comunidade, nomeadamente iniciativas que privilegiem a inclusão social, doação de alimentos, entre outras.
SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL – Distingue o estabelecimento que se evidencia pela implementação organizacional de políticas de eficiência energética, poupança de água e eficiente gestão de resíduos.
TURISMO NOS MEDIA – Distingue o órgão de comunicação social ou programa que mais contributo teve para a divulgação e promoção das empresas turísticas em Portugal.
JOVEM EMPREENDEDOR – Distingue um jovem, até aos 35 anos, que tenha criado um negócio de sucesso com base num conceito inovador ou diferenciador.
DESTINO REVELAÇÃO – Distingue o destino que mais contribuiu para alavancar o crescimento e o desenvolvimento da sua região.
MARCAS À MESA E MARCAS NA CAMA – Distingue produtos e serviços inovadores e diferenciadores nos segmentos restauração e alojamento.
PROFISSIONAL DO ANO – Distingue um profissional do canal HORECA, podendo abranger qualquer categoria profissional, como chefe de sala, bartender, diretor de Food & Beverage, entre outros. Nesta categoria o Comité de Seleção realizará uma entrevista, em formato shark tank a cada um dos candidatos para escolher os finalistas. Esta candidatura deve ser proposta pela entidade empregadora, que pode sugerir mais do que um colaborador da sua organização, de diferentes categorias profissionais, como forma de valorizar as suas pessoas.

Todas as candidaturas, através de inscrição ou referenciação, serão analisadas por um Comité de Seleção constituído por representantes da AHRESP e outras personalidades de destaque e com reconhecida experiência e conhecimento nos setores da Restauração, do Alojamento e da Promoção Turística. Serão escolhidos cinco finalistas dos quais sairá o grande vencedor a premiar na gala final.

Além destas 10 categorias a concurso, este ano também serão atribuídos mais 3 prémios a vencedores nomeados diretamente pela Comissão de Honra e pela Direção da AHRESP:

PORTUGUESES LÁ FORA – Distingue o português que se destaca no estrangeiro através de uma marca ou estabelecimento HORECA.
PERSONALIDADE DO ANO – Personalidade que firmou um percurso de destaque no Turismo e contribuiu para o desenvolvimento do mesmo.
PRÉMIO MÁRIO PEREIRA GONÇALVES – Personalidade que mais se destacou no Turismo ao longo da carreira profissional. Este prémio foi instituído em homenagem ao Comendador Mário Pereira Gonçalves, presidente da AHRESP durante quatro décadas e destacado empresário pelo seu contributo no turismo nacional. Em 2000 recebeu o grau de Comendador pelas mãos do então Presidente da República, Jorge Sampaio. Em dezembro de 2022, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, atribuiu ao Comendador a Ordem Infante D. Henrique, que reconhece a prestação de serviços relevantes a Portugal, no país ou no estrangeiro, ou serviços na expansão da cultura portuguesa, da sua história e dos seus valores.

As inscrições gratuitas no site www.premiosahresp.com.pt

A gala final está agendada para 21 de junho e terá lugar no Salão Preto e Prata do Casino Estoril.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Delegação da AHRESP em Coimbra muda de instalações

A delegação da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) de Coimbra vai mudar de instalações em setembro, passando a funcionar no Mercado Municipal D. Pedro V.

Publituris

A delegação da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) de Coimbra vai mudar de instalações em setembro, passando a funcionar no Mercado Municipal D. Pedro V, informou a associação através da sua Magazine de Negócios.

Na informação divulgada, a AHRESP indica que a data da mudança será revelava “oportunamente” e explica que a mesma se deve a um proposta da Câmara Municipal de Coimbra, que a associação aceitou, uma vez que “assim se mantém próxima dos empresários da região”.

“A proposta da Câmara Municipal de Coimbra para a troca de instalações dos serviços da AHRESP foi aprovada por unanimidade dos vereadores em reunião da autarquia realizada esta segunda-feira, 21 de agosto”, lê-se na informação publicada pela associação.

A AHRESP revela que a intenção da autarquia já tinha sido comunicada em maio, quando a Câmara Municipal de Coimbra indicou não pretender renovar o contrato da Rua da Couraça da Estrela, onde ainda se encontra a delegação da AHRESP em Coimbra e que vigorava desde 2013.

No entanto, a autarquia disponibilizou-se de imediato para “ceder um espaço alternativo noutro edifício municipal”, o que vai acontecer em setembro, quando a associação se mudar para a Loja P4 do Mercado Municipal D. Pedro V.

A AHRESP diz ainda que a cedência da Loja P4 do Mercado Municipal D. Pedro, cuja entrada principal se situa na Rua Olímpio Nicolau Rui Fernandes, insere-se nos objetivos de promoção e desenvolvimento do turismo definidos pela autarquia e mostra-se confiante de que a nova localização vá ao encontro das “necessidades e expetativas dos empresários da região”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Restauração

Algarve vai acolher em fevereiro de 2024 primeira gala Guia Michelin só portuguesa

A cerimónia terá lugar a 27 de fevereiro, no NAU Salgados Palace & Congress Center, em Albufeira (Algarve). Neste evento, anunciado sexta-feira, será apresentada, pela primeira vez, a seleção de restaurantes do guia exclusivo de Portugal.

Publituris

O Algarve é a região portuguesa escolhida para celebrar a Michelin Guide Ceremony, em que será apresentada a seleção do Guia Michelin Portugal 2024. Esta será a primeira vez que o nosso país apresenta a sua própria seleção, separada de Espanha, e com um evento próprio. A gala terá lugar a 27 de fevereiro de 2024, no NAU Salgados Palace & Congress Center.

Gwendal Poullennec, diretor internacional dos Guias Mi chelin, destaca a importância de Portugal enquanto destino de referência na Europa, e aplaude a chegada de um evento dedicado, em exclusivo, à gastronomia portuguesa.

O Guia Michelin Portugal 2024 evidencia a evolução gastronómica e a crescente excelência e consistência encontrada em Portugal pelos inspetores do Guia, como ilustra a edição de 2023, onde foram incorporados cinco novos restaurantes portugueses com uma Estrela. Com a organização de um evento próprio, a revelação da seleção de restaurantes e a consequente criação e publicação de conteúdos editoriais e de comunicação, o Guia dá o seu contributo para a promoção de Portugal enquanto destino gastronómico europeu, um país que, atualmente, conta com sete restaurantes com duas Estrelas, 30 com uma Estrela 38 Bib Gourmand e três projetos reconhecidos com a Estrela Verde Michelin.

A seleção de restaurantes do Guia Michelin Portugal 2024, além de recomendar as melhores mesas do país, reconhecidas com as diferentes categorias do Guia, dará especial ênfase à sustentabilidade através da Estrela Verde Michelin, uma distinção de criação recente que reconhece os restaurantes e chefs particularmente dedicados e comprometidos com uma gastronomia sustentável e com o futuro do planeta.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Coldplay e Queima das Fitas trazem aumento de 63% para a faturação da restauração e hotelaria de Coimbra

A faturação da restauração e hotelaria no concelho de Coimbra verificou um crescimento de 63% entre 17 e 21 de maio, quando comparada com a média deste período semanal registada desde o início do ano.

Publituris

A conclusão é do REDUNIQ Insights, relatório da rede nacional de aceitação de cartões nacionais e estrangeiros REDUNIQ e marca da UNICRE, que verificou que aquando da realização de dois grandes eventos na cidade neste período – nomeadamente os concertos da banda Coldplay e a Queima das Fitas – a faturação destes setores registou um crescimento “bastante expressivo”, como a rede refere em comunicado.

Analisando a performance homóloga da faturação destes dois setores, a restauração registou uma variação positiva de 55%, com um aumento do consumo estrangeiro (113%) e nacional (45%).

Por sua vez, a hotelaria registou um crescimento de 48%, marcado pelo aumento de 84% do consumo estrangeiro e 22% do consumo nacional. No setor da hotelaria, em particular, a transação média registada entre 17 e 21 de maio foi de 112,90 euros – um valor mais elevado do que o registado na mesma semana de 2022 (87,90 euros) e da média desde o início do ano (95,80 euros).

A procura por este e outros setores de atividade resultou num aumento de 15% do número de transações e de 8,4% da faturação dos negócios no concelho de Coimbra, entre 17 e 21 de maio e face à mesma semana do ano anterior – com o distrito a registar um crescimento de 12% no mesmo período.

A REDUNIQ explica que este crescimento pode ser justificado pelo aumento da faturação estrangeira no concelho, que representou 10,2% do total da faturação, cerca de 63% acima do registado no ano passado.

Para Tiago Oom, Chief Commercial Officer da UNICRE e porta-voz oficial do REDUNIQ Insights, estes dados “comprovam que a organização de grandes eventos, como os concertos dos Coldplay e a Queima das Fitas, permitem atrair os clientes nacionais e estrangeiros para estas regiões do país. Este género de atividades, que têm uma duração superior a um dia, acabam por obrigar a permanecer na localidade, impulsionado, assim, uma maior procura por hotéis e restaurantes”.

Numa análise mais aprofundada, comparando com a média desde o início do ano, a quarta-feira de 17 de maio, dia do primeiro concerto dos Coldplay, registou um crescimento de 14% na faturação total, face às restantes quartas-feiras do ano.

O relatório destaca ainda o domingo de 21 de maio, dia do último concerto dos Coldplay e terceiro dia de Queima das Fitas, que registou uma variação positiva de 11% face à média dos restantes domingos do ano.

Já quando analisado o consumo estrangeiro no concelho entre 17 e 21 de maio, o REDUNIQ Insights demonstra que este foi composto, essencialmente, por Espanha (22%), França (14%), Brasil (10%), Estados Unidos (8%) e Irlanda (8%). Comparativamente com o período homólogo, a faturação espanhola registou um crescimento de 258%.

Os dados recolhidos têm como base o REDUNIQ Insights, a solução de conhecimento que analisa as transações registadas pela rede de aceitação de pagamentos da REDUNIQ.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Representantes da APHORT (da esquerda para a direita): António Condé Pinto, presidente executivo da APHORT; Rodrigo Pinto Barros, presidente da APHORT; Inês Sá Ribeiro, vice-presidente da APHORT.

Atualidade

APHORT regressa à HOTREC para representar hotelaria e restauração portuguesas

O regresso da representação portuguesa do setor a esta organização europeia acontece passados dez anos. Nesse sentido, a APHORT já lançou o desafio aos empresários portugueses para se “questionarem sobre o papel que querem ter neste espaço europeu”, além de terem mostrado a sua “disponibilidade junto do Turismo de Portugal para a criação de novas áreas de cooperação a nível europeu”, como indicam em nota de imprensa.

Publituris

APHORT regressa à HOTREC para representar hotelaria e restauração portuguesas
A APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo volta a representar a hotelaria e restauração portuguesas através do seu regresso à HOTREC, a organização europeia do setor sediada em Bruxelas que, de momento, “reúne 47 associações nacionais de 36 países”, como indicado em comunicado.

Em nota de imprensa, a APHORT explica que a adesão à HOTREC foi formalizada na última assembleia geral deste organismo, que teve lugar no final do mês de abril. Desta forma, a APOHORT passou a ser “a única associação portuguesa a representar os interesses dos empresários nacionais no palco europeu”.

O regresso da representação portuguesa do setor à HOTREC acontece passados dez anos, pelo que este foi considerado como “uma necessidade urgente” por parte da APHORT, com esta a vincar que “hoje em dia a maior parte da legislação que rege a atividade dos hotéis e restaurantes é debatida e decidida nas instituições europeias”.

“É inconcebível para nós ver atribuído aos empresários portugueses um papel de meros espectadores, que se limitam a receber instruções vindas de Bruxelas e a acatar, de forma passiva e sem alternativa, uma série de diretivas que vão impactar o seu negócio e o seu dia-a-dia”, afirma Rodrigo Pinto de Barros, presidente da APHORT.

Como a associação portuguesa refere em comunicado, “no puzzle que representa a União Europeia na HOTREC, Portugal era, até agora, a única peça em falta”. Dado o “momento fulcral em que o turismo enfrenta importantes desafios pós-pandemia”, a APHORT refere que “as associações europeias do setor estão concentradas em debater, em conjunto, alternativas e formas dos empresários encontrarem soluções”.

“Não podemos ficar de fora deste processo, sob pena de nos mantermos alheados da realidade. É imperativo acompanharmos de perto e voltarmos a ter uma palavra a dizer na construção do futuro do nosso setor”, defende o líder da APHORT.

Numa nota final, a APHORT afirma estar comprometida em “deixar o seu contributo na Europa”, pelo que lança o desafio “aos empresários de todo o país a questionarem-se sobre o papel que querem ter neste espaço europeu, deixando-lhes o repto para fazerem parte desta missão”. A associação garante ainda já ter mostrado “a sua disponibilidade junto do Turismo de Portugal para a criação de novas áreas de cooperação a nível europeu”.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Restauração

Jornada Regional do Norte AHRESP dia 18 no Porto

“Desafios e soluções para o seu negócio”, é a temática da Jornada Regional do Norte promovida pela AHRESP, que se realiza no dia 18 de maio, na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto.

Publituris

Entidades oficiais, especialistas, empresários e profissionais das áreas do Alojamento e da Restauração e Bebidas reúnem-se, no próximo dia 18 de maio no Porto, para uma reflexão sobre os desafios que os empresários enfrentam e as melhores soluções para fazer crescer os seus negócios. O evento vai ter lugar na Escola de Hotelaria e Turismo do Porto e inclui almoço confecionado pelo chef Rui Paula.

A Jornada Regional de Norte também dará espaço à partilha de experiências e das melhores soluções para desenvolver e fazer crescer as empresas.

A abertura da Jornada Regional do Norte vai contar com as intervenções do presidente da AHRESP, Carlos Moura, do presidente da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, e da vereadora do Turismo da Câmara Municipal do Porto, Catarina Santos Cunha.

Ao longo do dia, oradores das mais diversas áreas vão integrar três painéis focados em diversas temáticas, nomeadamente “O licenciamento da atividade” – entraves e desafios à abertura e arranque das empresas, tais como os licenciamentos e outros requisitos burocráticos a cumprir; “investimento e financiamento do negócio” – investimentos necessários à requalificação e ao cumprimento da estratégia traçada no plano de negócios; e “A experiência do empresário” – partilha de experiências e debate sobre soluções que, na ótica do empresário empreendedor, podem ajudar ao desenvolvimento, crescimento e consolidação da atividade das empresas.

A Associação, segundo nota de imprensa, está convicta de que “a transmissão de informação e a capacitação dos empresários sobre estas matérias é de extrema importância para facilitar e agilizar a gestão das empresas”.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Restauração

Alta cozinha encontra-se no Valência Culinary Festival

A sexta edição do Festival de Culinária de Valência, evento que celebra a gastronomia naquela cidade espanhola e que se tornou um acontecimento imperdível para os amantes da boa comida, acaba de ser apresentada, e vai decorrer de 11 a 21 de maio.

Publituris

A iniciativa, organizada por Valencia Premium, uma associação de empresas que reúne a oferta turística mais exclusiva e única do destino, com a colaboração de Turisme Comunitat Valenciana, Visit València e Diputación de Valencia, será o ponto de encontro dos sabores do Mediterrâneo, de chef’s, dos produtores e dos que trabalham neste setor que combina as propostas gastronómicas mais hedonistas.

No total, serão 10 dias em que os amantes da gastronomia, os especialistas do setor e todos os que queiram desfrutar do melhor da gastronomia valenciana poderão experienciar menus a quatro mãos, palestras e múltiplas atividades. Tendo a gastronomia como protagonista, conseguem sinergias que vão para além do prato, com referências à cultura e ao Mediterrâneo.

O Festival de Culinária de Valência continua o seu carácter internacional com o convite a chef’s de diferentes partes do mundo para cozinharem, a quatro mãos, com chef’s valencianos como anfitriões.

Este ano, Valência está imersa na comemoração do centenário da morte de Sorolla, e o chef Jorge de Andrés prestar-lhe-á homenagem em Veles i Vents, a 11 de maio, com um showcooking de quatro pratos criados a partir dos painéis da “Visão de Espanha” do pintor valenciano que estão expostos na Hispanic Society de Nova Iorque.

O Festival de Culinária de Valência apresenta um programa poderoso que destacará a riqueza e a diversidade dos produtos locais e a excelência dos profissionais da restauração, juntamente com os enclaves naturais que constituem a cultura gastronómica valenciana.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB
PUB

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se informado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.